1. Spirit Fanfics >
  2. Meu Alfa Uchiha... -Sasunaru (ABO)-Fanfic Lemon >
  3. O ômega loiro de Itachi

História Meu Alfa Uchiha... -Sasunaru (ABO)-Fanfic Lemon - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


Desculpem pela demora, Boa leitura 💕🍒

Capítulo 9 - O ômega loiro de Itachi


Os dias se passaram rápido... Tanto que o casal nem percebeu que já haviam se passado mais de quinze dias desde que chegaram ao clã Namikaze... Estavam tão bem por lá, que não queriam voltar a sentir a áurea negativa que sempre rodeou os Uchihas, ali era onde realmente se sentiam confortáveis...

Madara havia mandado várias cartas, não conseguiram achar quem tentou envenena-lós... Mas iria persistir, não deixaria que alguém culpado pela quase morte de quatro pertencentes ao clã Uchiha e mais seu amado... Pois sim, Hashirama também havia sido afetado por isso, já que o mesmo é o ômega marcado de Madara... Mas diferente de Naruto, este concerteza era mais forte e não seria isso que o mataria... Pelo menos não no mesmo instante...

-Era aqui onde você estava daquela vez... Senti tanta vontade de te agarrar e te fazer meu...

-Do que você está falando? -O loiro perguntou com uma das sobrancelhas arqueadas e suas mãos na cintura, estavam caminhando ao redor do local, praticamente não haviam saído do quarto, e agora estavam procurando fazer algo diferente... E algo diferente para Naruto incluía seu tão amado banho no lago...

-Na-nada não... -Sasuke respondeu coçando a nuca ao reparar no que estava falando -Vamos entrar? -Perguntou colocando a mão no cós da blusa para tirar a mesma e adentrar o grande lago

-Pera, o que está fazendo? -Agarrou-se no abdômen desnudo do alfa a sua frente enquanto passava seu olhar desconfiado por todo o lado, afim de se certificar de que ninguém estaria os observando

-Calma meu amor, não sinto a presença de ninguém aqui... Não sinta ciúmes de mim, você sabe que sou só seu... -Sorriu se soltando do "abraço"

-Hm, ok... -Mordeu seu lábio inferior sentindo as bochechas corarem, estava óbvio sua preocupação quanto as marcas de mordidas e chupões por todo o lado do corpo do Uchiha e principalmente do seu...

-Vacê não vai vir? -Perguntou o moreno que já andava em direção a seu destino, o menor hesitou um pouco, mas então decidiu falar o que lhe incomodava

-E se virem... As marcas? -Proferiu sem olhar nos olhos do maior que sorriu ladino tentando se lembrar e vizualizar o belo corpo de seu ômega todo cheio de marcas feitas por si... E se orgulhava disso

-Não tem ninguém aqui... E mesmo se tivesse, isso apenas serve para mostrar que você já tem dono... Que no caso é o seu alfa perfeito -Indagou em um tom brincalhão ouvindo uma risada gostosa ser arrancada de Naruto

-Você se acha muito né... -Começou a tirar suas roupas

-Foi você mesmo que disse isso, e eu até que concordo -Esticou seus braços para rodea-los na cintura fina do ômega que se aproximava já desprovido de roupas

-Isso não vale, eu deveria ler seus pensamentos também... -Se aconchegou no abraço quente de Sasuke

-Aí não teria graça... -Beijou o topo da cabeça do menor que se soltou de seus braços o empurrando sem cuidado no lago -Você é louco? -O moreno perguntou ao tirar sua cabeça da água passando as mãos no rosto

-Louco por você meu amor... -Pulou na água com um sorriso no rosto...

E assim passaram sua tarde, apenas naquele lago... Esquecendo totalmente de todos os problemas e confusões que os rodeavam... Querendo vivenciar cada segundo juntos com calma e felicidade... Estavam contentes por estarem lado a lado...

[...]

-Vocês vão mesmo embora amanhã? -A ruiva pergunta chorosa ao receber a notícia dos "filhos" (por passar esse tempo ali, Sasuke e Kushina haviam criado um carinho especial um pelo outro e as vezes a mulher o chamava de filho. O Uchiha claro adorava isso... Naruto ficou um pouco ciumento no começo, mas logo isso passou)

-Mãe, nós já estamos aqui a tanto tempo... E temos várias coisas pra resolver no clã Uchiha... -Dizia isso lembrando de que teriam que esconder qualquer tipo de prova que o acusasse de traição (após muita insistência do Alfa maior)

-Bebê, podemos conversar? Sozinhos sabe... -A mulher olhou para o Uchiha que entendeu o recado e saiu da sala no mesmo minuto, após roubar um selinho do loiro

-O que foi?

-Você não corre perigo lá naquele clã? Meu amor, não precisa voltar pra lá, pode ficar aqui comigo... Sasuke pode ficar também... você vai estar muito mais seguro aqui comigo do que com eles lá... p-

-Já chega! Mãe... Eu te entendo completamente... Só estou correndo perigo porque você disse que eu precisava fazer isso... Sasuke sabe de toda a verdade e vai me ajudar... ele já me perdoou e  isso significa muito pra mim! Estou realmente apaixonado... Pode ser apenas efeitos da marca... mas é o que estou sentindo no momente e sinto que é belo... por favor, me deixe resolver isso sozinho... vai dar tudo certo... Bom, não quero jantar... Vou descansar, amanhã partirei com Sasuke... Meu alfa. -Se levantou indignado e seguiu para seus aposentos... deixando uma Kushina perplexa pelas recentes e inesperadas palavras do filho...

-Pensei que fossem demorar mais... 

-Ah... ela queria falar bobagens... esquece isso, partiremos amanhã cedo, ok? quer jantar...? -Perguntou deitando sobre o alfa que estava largado na cama... tentava não pensar em coisas ruins e negativas (sendo quase impossível) apenas concentrando no cheiro maravilhoso de chocolate com menta de seu amado abaixo de si

-Se você for a janta eu quero... -Respondeu apertando mais a cintura do loiro que suspirou 

-A gente transou quase a tarde inteira lá no lago... normalmente é você que cansa primeiro... mas hoje estou acabado... quero apenas dormir -Proferiu manhoso se aconchegando mais nos braços do maior que bufou em desaprovação 

-Não posso fazer nada então... -Apenas para provocar, apertou de leve a bunda do loiro que arfou surpreso com aquele toque repentino, o mesmo então, saiu de cima do moreno e se deitou do outro lado do colchão de costas pra ele -Ah loirinho. Me desculpe... -Abraçou o ômega por trás roçando o nariz em seu pescoço... naquele instante seu corpo se arrepiou, como se nunca tivesse sentido aquele cheiro em sua vida... cereja e laranja... uma combinação horrível, mas que, misturados com o fraco cheiro da pele do loiro, trazia um aroma delicioso para as narinas do maior

-Pare de tentar me provocar assim, durma, precisamos ir amanhã... -O jogo estava virando, era isso que Sasuke pensava... mas o mesmo não insistiria mais, pois sabe como Naruto pode ser furioso e vingativo as vezes...

-Pelo menos tire a roupa, pra ficarmos grudadinhos... -Pediu em um sussurro para o menor que suspirou derrotado

-Isso é algo que não posso negar... -Começou a tirar suas roupas vendo o Uchiha fazer o mesmo... então grudaram seus corpos e após um "eu te amo" dito somente pelo moreno, ambos dormiram...

[...]

-Seu safado, eu senti você se tocando a noite inteira, agora acorda -Naruto tentava acordar Sasuke que apenas se agarrava mais no loiro pedindo pra dormir mais um pouco

-Ah Naru, fica aqui e dorme comigo, podemos ir mais tarde... -Pediu mais uma vez tentando convencer o ômega

-Agora agora seu preguiçoso!!

-Nãooo

-Vou fazer greve por d-

-Opam, quem estava dormindo? Ninguém, Bom dia meu amor... Vamos embora hoje né? -Aquela pequena atuação, fez Naruto gargalhar até ficar com o rosto vermelho, só se acalmou quando notou o olhar apaixonado do Uchiha em si

-O que foi? -Perguntou inocente arqueando um pouco a cabeça para o lado

-Você está maravilhoso... -O garoto olhou para baixo notando ainda estar sem roupa, foi aí que corou e foi agarrado pelo maior

-Teme!! -Proferiu enquanto tentava se soltar dos braços do alfa que beijava seu rosto por inteiro

-Meu ômega teimoso e mimado! -Se encararam por um instante

-Você gosta de mim assim... -Ditou convencido

-Não... Eu amo... -Começaram ali um beijo calmo que logo foi interrompido pelo loiro

-Agora, vamos. -Se tirou de debaixo de Sasuke e seguiu para o banheiro sendo seguido pelo mesmo

-Naruto, foi maldade você me deixar duro e não fazer nada comigo, sabia? Passei a noite batendo uma pra você e você nem deu bola... -Fingiu estar triste enquanto via o menor ligar o chuveiro e ajustar a temperatura

-Eu fui bem claro quando disse que não faríamos nada... Não coloque a culpa em mim, ok

-Ok... Mas não vou me esquecer disso quando estivermos no nosso quarto... -Indagou em um quase sussurro no pé do ouvido de Naruto que se arrepiou por inteiro se lembrando do bendito quarto vermelho... Queria muito voltar para lá logo.

-Ok então... Mas será possível, até parece que você está no cio, se esfregando em mim desse jeito o tempo todo... -Arqueou a sobrancelha ao sentir o membro endurecido do Uchiha roçar em seu abdômen

-Poxa, não tenho culpa se você é o tesão em pessoa... -Virou o rosto se fingindo de bravo

-Hm... Não me provoque com palavras, faça o mesmo que fez noite passada e me deixe terminar meu banho.

-Aah Baby... Só um pouquinho... Por que não usa essa sua boquinha maravilhosa? Seu brinquedo quer atenção poxa... -Naruto bateu o pé com aquela teimosia e saiu do banho, o moreno não estava entendendo mais nada, a pouco o loiro queria fazer sexo 24 horas por dia, e agora estava apenas o negando... "Ele enjoou de mim? Merda, eu poderia muito bem ter lido seus pensamentos quando tive chance..."

Terminaram de se secar, sem nem mesmo terem se lavado direito e então voltaram para o quarto... Um silêncio torturante se fez presente no local e nenhum dos dois tinham a intenção de falar algo

-Me desculpa, tá... Estou nervoso com a volta ao clã Uchiha... Minha barriga dói de lembrar que vou ter que encarar quem eu quase m-

-Ei, já te disse pra não falar mais disso... Daremos um jeito, está bem? Mesmo que descubram a verdade, você me terá ao seu lado... Não se esqueça disso... -Confortou o ômega que ainda sentia o nervosismo tomar seu corpo

-Você sabe que me arrependo né...? -Uma lágrima teimosa já escorria de seus olhos, a mesma foi seca pelo longo dedo de Sasuke

-Sim, e você sabe que eu te amo e pode confiar em mim né? -Sorriu ao menor que pegou em sua mão

-Claro... -Se abraçaram docemente... A aquela altura, já estavam vestidos e com as coisas prontas para a partida, não seria uma viagem longa... Mas talvez cansativa...

[...]

Após se despedirem, principalmente da mulher de cabelos ruivos que não parava de chorar, até mesmo de Minato, mas esse nem foi tanto já que não gosta de demonstrar sentimentos... O casal seguiu com um dos guardas de confiança escolhido a dedo pelo Namikaze maior

Algumas horas depois, já se viam de volta ao clã, que estava exatamente como antes, presenças hostis eram sentidas pelos dois... Deveriam ser um pouco mais de 11 horas e os garotos chegavam como se fossem os reis, sendo reverenciados por todo o caminho até a grande mansão Uchiha

Itachi, ao ver os dois, foi correndo avisar Madara, o mesmo se atrapalhou todo mas não deixou de ir rapidamente ver seu filho e seu genro, o Alfa maior estava louco de saudades de seu precioso Sasuke... E Itachi claro, foi fazer suas típicas provocações...

O maior, ao sair da mansão, se recompôs para não mostrar sua imagem preocupada e aliviada por ver seu filho novamente

-Então chegaram... Como foi a viagem? -Naruto se assustou com a presença que Madara quis passar, Sasuke rapidamente entendeu aquilo e já sabia que ao entrarem na residência, o maior os encheria de perguntas e poderia ter até abraços (coisas não típicas de Madara)

-Sim, foi tudo ótimo, estamos super bem e super esfomeados... -O moreno sorriu carinhoso mas logo este se desfez ao ver seu irmão atrás do Uchiha maior

-Oi maninho, que bom que chegou, oi loirinho, estão bem? -Perguntou com seu deboche estampado na face que fez o casal revirar os olhos e pedirem passagem para adentrar o lugar

-Estávamos bem, até agora...

-O que? Vai dizer agora que sente ciúmes do loirinho maravilha...

-Porra Itachi, ele é meu ômega, como você quer que eu não sinta ciúmes se vocês até transaram. Que merda. -Mostrou sua revolta, Madara apenas observou, ainda querendo agarrar seu filho e ter a certeza de que estava bem, em um longo abraço apertado

-Sasu, eu nem lembro do que aconteceu...

-E agora eu tenho meu próprio ômega, não precisa mais ficar com ciúmes... Inclusive, irei apresentá-lo no almoço de hoje... -Virou o rosto e se retirou, Madara olhou para o filho que entendeu e abriu os braços sendo rapidamente abraçado pelo alfa maior

-Por que ficou tanto tempo fora? Você sabe que sinto saudades de você aqui comigo, eu imaginei tantas coisas diferentes sem você aqui... -O loiro apenas observava aquela interação, invejando a mesma, querendo que Minato fosse assim consigo.... Sentia o bem que aquele abraço demorado fez para seu Alfa

-Pai, você está me esmagando... -Tentou proferir sendo logo solto pelo maior que tinhas suas bochechas levemente coradas

-E você Naruto... Está bem? -Perguntou desviando seu olhar para o menor que demonstrava seu nervosismo e cansaço

-Estou sim, obrigado, e o senhor como está?

-Senhor? Bom, EU estou bem... Mas o senhor eu não sei -Todos riram

-É verdade sobre Itachi ter um ômega? Pensei que ele não quisesse se relacionar com ninguém... Isso é meio inesperado... -Indagou se jogando no sofá, sentindo seus músculos relaxarem aos poucos, estava visivelmente cansado

-Bom, a única coisa que sei é que é do clã Akatsuki... Apenas isso... E acho que é loiro, pois quando ele saía, acabava por dizer "vou encontrar meu loirinho"... -Aquele minuto Sasuke sentiu raiva, ódio, pois sabia que Itachi queria Naruto "então esse babaca fez questão de arrumar um loiro por causa de Naruto?"

-O que foi Sasu? -O ômega, que sentiu a raiva do maior, perguntou tentando o acalmar

-Nada... -Mesmo respondendo aquilo, sua raiva apenas aumentava, apenas de lembrar que seu irmão encostou no que é somente seu...

-Tenho que ir ver Hashirama no quarto, vocês sabem como ele é anti social, e agora estou sentindo ele... Errr... Enfim, vou indo.... Daqui a pouco serviremos o almoço, tomem um banho e então poderão descansar o restante do dia inteiro... -Após ver o casal assentir com a cabeça, Madara saiu do cômodo e seguiu para seu quarto, pois havia sentido a excitação de seu ômega

-Agora me conte, o que foi? Não esqueça de que estamos ligados, eu vejo que você não está bem... -Naruto perguntou demostrando sua preocupação enquanto sentava no colo do maior que apenas suspirou e agarrou sua cintura

-Será que Itachi arrumou um ômega loiro apenas para substituir você? Assim, talvez ele te queira tanto, que deu um jeito de ter um Naruto dois... Eu sei como aquele abestado é... -Indagou aproximando seu nariz do pescoço do garoto, sentindo o tão amado aroma natural do ômega que se arrepiou com a ação repentina

-Não acho que seja isso... E mesmo que me quisesse, nunca teria, pois eu amo meu alfa Uchiha e não o troco por nada nesse mundo... Muito menos por um corpo gostoso e um pau grosso... Não faz muito meu estilo... -Riram com aquilo, mas algo deixou Sasuke desconfortável

-Eu sei que você gosta do que eu lhe ofereço.... É algo inegável... -Se sentia mal por não ser tão musculoso quanto Itachi... Havia apenas poucos músculos, mesmo que treinasse muito, seu porte é menos avantajado

-Eu sei que você sabe... E caras musculosos nem são meu tipo... Sabe, meu tipo ideal é um moreno alto, com cabelos escuros, músculos levemente desenvolvidos, nada muito exagerado... Com um pau grande, deve ser uns 18 centímetros

-Exatamente 20

-Bom, melhor ainda... E não pode ser muito grosso, pra caber junto com alguns brinquedos... Bom, vejamos, obviamente Alfa, cheiroso, um pouco delicado, pele naturalmente clara, olhar penetrante, cuidadoso, um pouco f-

-Vai citar todas as qualidades do seu tipo ideal? -Perguntou em um sussurro, mordendo o lóbulo da orelha do garoto

-Você é meu tipo ideal, idiota. -Puxou seus lábios para um beijo cheio de luxúria.... Era incrível como, quanto mais se beijavam, mais necessitavam sentir o calor dos corpos juntos, misturando a fragrância de cerejas com chocolate...

-Vamos tomar banho para depois almoçarmos... -Mesmo contra sua vontade, separou o beijo e proferiu um tanto ofegante

-Tô com preguiça...

-Vamos baby, não é hora de fazer manha... -Com suas duas mãos, o moreno segurou o rosto de Naruto, o fazendo encarar seu semblante, admirou apaixonado, cada detalhe do rosto angelical do menor e sorriu bobo ao sentir um rápido selar em seus lábios

-Ok então, você parece minha mãe as vezes, credo... -Sasuke riu, pois quem mais brigava com ele era Naruto, até parecia o contrário

-Hm, bom garoto... -Aquilo bastou para deixar o membro de Naruto ereto no mesmo segundo... Um leve gemido rouco seguido de uma frase erótica... -O que foi? -Perguntou ao se levantar e seguir o loiro cabisbaixo para o quarto

-Quero transar agora, você me deixou duro, que negócio é esse de "bom garoto" -Reclamou batendo o pé até o quarto, sendo seguido por um Sasuke risonho

-Já que a culpa é minha, serei obrigado a te ajudar... -Desferiu um grande tapa na nádega esquerda do garoto que arfou surpreso

Mas não era pra irem descansar até o almoço?

[...]

-E esse é Deidara, meu ômega, marcado viu, foi difícil, mas finalmente consegui, vocês não sabem o quanto esse garoto é esquentadin- ai. -Foi interrompido por uma cotovelada na costela, estavam agora na mesa, conhecendo o tal loiro de Itachi

-Eu sei falar, sabia? Bom, me chamo Deidara, é um prazer conhecer vocês, irão ver meu rosto muitas vezes ainda, já que vou querer estar sempre perto do meu alfa, espero não incomodar e farei tudo que estiver em meu alcance para me manter em harmonia com todos... -Itachi soltou um sorriso ladino, pois sabia que seu ômega queria mesmo era estar transando e estava mesmo se forçando a ficar ali naquele momento

-Hm... Sou Madara, pai de Itachi, esse aqui é Sasuke, meu outro filho e aquele seu ômega... Tenho um ômega também, mas esse se custa a sair do quarto... Espero que se sinta bem aqui, minha casa, sua casa... -Sorriu fazendo um sinal para que os dois sentassem

Sasuke, naquele momento, estava mais do que cansado, após 30 minutos consecutivos de sexo com seu ômega foguento e agora estava mais aliviado por perceber que o tal loiro de Itachi, não era nem um pouco parecido com o seu...

Naruto, estava um pouco cansado, mas ainda poderia fazer sexo pelo resto do dia, estava com saudade, mesmo que tivessem transado pela última vez na tarde anterior, pensou que seria pior sua volta ao clã, mas até agora tudo estava correndo bem...

Madara, se sentia feliz por ver seus dois filhos com seus ômegas, lembrou então de Obito, que estava no clã Akatsuki, talvez investigando algo ou apenas flertando com a alfa de cabelos azuis que conheceram a pouco e que encantou o Uchiha menor...

Itachi não poderia estar mais feliz, com seu ômega ali e a cara de espanto de seu irmão, ou talvez seja isso, não compreendia muito as expressões do menor... Queria mesmo era estar sentindo o cheiro de morango e creme bem pertinho do seu nariz e foder gostoso aquele loiro ao seu lado

Almoçaram jogando conversa fora, conhecendo mais Deidara e fazendo perguntas bestas um para o outro... O clima estava agradável, até Madara tocar em um assunto digamos... Delicado...

-Shisui conseguiu achar um frasco que continha veneno, no mesmo local onde tomamos a água envenenada, faremos um teste para ver as digitais presentes no frasco e então iremos descobrir quem começou toda essa baderna...


Notas Finais


Vishi...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...