História Meu aluno - (TaeJin) - "My Teacher". - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtan, My Teacher, Romance, Taejin, Tia Kim, Vjin
Visualizações 138
Palavras 957
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Festa, Ficção, Fluffy, Harem, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


oi rs.
finalmente amanhã é sexta.
vou tentar atualizar amanhã,
de tarde, ou de noite e depois
duas vezes no sábado, dia e noite.
mas então, vou tentar, mas espero
que dê certo. eu acho que
esse capítulo vai ficar um pouco
curtinho, desculpeeh! eh que ainda
tenho aula amanhã né, eu demoro muito
para acordar, então eu durmo beeeem cedo.
mas espero que gostem;
boa leitura. 🍒

Capítulo 10 - Capítulo Dez;


Fanfic / Fanfiction Meu aluno - (TaeJin) - "My Teacher". - Capítulo 10 - Capítulo Dez;

- Você? - Seokjin "repetiu" a palavra dita por Taehyung.

- Bom, não tem problema, eu, não me importo. Foi por impulso, certo? - Taehyung forçou uma risada, enquanto também forçava o sorriso. Desviou o olhar para a direção contrária, nervoso. 

- Ah, sim, foi por impulso. Pelo menos não está bravo. Fico feliz. - Forçou um sorriso juntamente a Taehyung, desviando o olhar como o mesmo fez.


Estavam ali, um Taehyung nervoso e arrependido e, um Seokjin nervoso e infantil.


Talvez Taehyung tenha esquecido do "Acho que estou te amando". Não, Taehyung não havia esquecido. Só era egoísta e envergonhado para dizer somente um "Eu sinto o mesmo", ou algo parecido.

Taehyung não sabia se estava magoando os sentimentos de Seokjin, mas como era infantil o bastante, não conseguiu dizer o que sente, mais uma vez.


- Você se sente melhor? - Seokjin questionou quebrando aquele silêncio "amaldiçoado".

- Sim, melhor que antes, pelo menos. - Taehyung respondeu deitando-se novamente na cama.

- Que bom. Você tem falado com sua avó? - Seokjin questionou novamente.

- Não muito. Lá não tem um bom sinal, então eu espero ela me ligar, ou postar fotos com a mamãe.. 

- Entendi.


Silêncio... Novamente.


Nesse tempo que nenhum dos dois ousou falar um "a", Taehyung caiu novamente no sono. Jin ao ver o menor dormindo ficou mais tranquilo. 

Foi até a cozinha comer algo e deixar remédios separados, caso algo aconteça. Em seguida voltou novamente para o quarto e se deitou com Taehyung, só que virado na direção contrária.

Amanhã teria que trabalhar, então chamaria o tal Jimin para ficar com ele.

Na verdade, Jin conhecia Jimin antes de Taehyung falar sobre o mesmo, somente não comentou nada. As vezes pensou que não pudesse ser a mesma pessoa.

[•••]

Taehyung sentou-se na cama. Havia acabado de acordar, sua visão estava embaçada, somente via uma silhueta de uma pessoa, sentada na beira da cama, enquanto lhe encarava. Esfregou os olhos algumas vezes vendo um menininho loiro, dos olhos castanhos chocolate.

Era Jimin.

O menor sorriu para Tae, que retribuiu o olhar.

- Minnie! - Taehyung exclamou surpreso com o fato do mesmo estar ali.

- Oi Taetae. - Os dois gostavam dos apelidos carinhosos. - Você está melhor?

- Estou. Mas, bem, como você está? - Taehyung perguntou animado com a visita do loirinho.

- Estou ótimo. 

- Como soube que eu estava aqui? 

- Jinnie me contou. Ele me deu algumas aulas de culinária, então anotei o número dele. Daí ele me mandou uma mensagem perguntando se eu podia cuidar de você. - Deu uma breve pausa. - Enquanto ele estava fora. Ele disse que não queria que nada de ruim acontecesse com você. Como você é meu melhor amigo, e meu soulmate, não pude deixar de vir te ver.

- Entendi. - Taehyung estava meio envergonhado. Seokjin realmente se preocupa consigo, o que é bom e ruim. Isso pode prejudicar ele.

- Como sua vida foi no último tempo, sua mãe, sua avó? - O loiro se aproximou de Taehyung. Em seguida deitou a cabeça em sua coxa. - Me diz. Aah, senti tanta sua falta.

[•••]

Os dois ficaram por longas horas colocando assunto "em dia". Por incrível que pareça, Yoongi também foi até a casa de Seokjin.

- Seu merda! - Yoongi gritou dado um tapa de leve em Taehyung. - Você nunca me avisa quando adoece. Ou quando acontece algo de inesperado. 

- Como assim "inesperado"? - Taehyung questionou.

- Você está na casa do professor gostosão, faz um mês. Ainda tem mais um mês para ficar? Você ficou doente e não me disse nada? - Yoongi esbravejou.

- Ele também não me disse nada Yoongi. Por incrível que pareça. Taehyung sempre conta tudo da vida dele para mim, igual Hobi-hyung, conta tudo. Mas isso ele não havia me dito.

- Está traindo os amigos dele. Só Hoseok que conta agora. - Yoongi fez um tom dramático.

- Ai, para de drama vocês dois. Eu prometo que não vou mais esquecer disso. - Taehyung disse.

- Promete? - Yoongi e Jimin falaram juntos.

- Prometo. - Taehyung rolou os olhos.


.

.

- Cheguei. - Jin deixou sua mochila sobre o sofá e foi se alimentar.

Seokjin escutava alguns barulhos, talvez os meninos ainda estivessem com Taehyung. Ele se perguntava mentalmente se Taehyung havia gostado da surpresa.

Provável que sim. Tae havia dito que fazia tempos que não via Jimin, pois o mesmo sempre estava ocupado.

Após terminar de comer foi diretamente para o quarto.

- Oi gente. Cheguei! - Jin disse adentrando o quarto.

- Jin! Obrigado por ter trazido os dois até aqui. Eu me diverti muito hoje! - Taehyung se levantou correndo até Jin e dando um abraço no mesmo.

KIM TAEHYUNG

"Olha Tae, você precisa se soltar com o Jin. Todo mundo sabe que você é o maior cara de pau, não tem vergonha de nada. - Jimin disse."

"Ele está certo. Você ficar sendo o certinho, não vai dar em nada. Vai ficar parado no lugar. - Yoongi concluí."

Então eu tinha que me soltar com Jin? 

Acho que ficar envergonhado com praticamente tudo, não vai me levar á lugar algum. Não tenho que ser só pessimista. Também não preciso recusar. Ser o Taehyung que eu era antes, de Jungukk.

Difícil, mas já está na hora.

....

- De nada. - Jin sorriu. - Não iria deixar você sozinho também, né? 

- Obrigado mesmo. - O apertei contra meus braços. - Depois eu te recompenso. 

- Bom Jinnie, Yoongi e eu vamos indo. Depois marcamos de nos encontrarmos, nós e os outros meninos. - Minnie disse passando por nós. - Tchau Taetae, tchau Jinnie.

- Tchau gente. - Yoongi disse. Por fim, os dois saíram da casa.

[•••]




Notas Finais


iiiiii trosleikkk
sim eu editei
poxa, achei cedin pra ele se
declarar. agora a sinopse
FAZ SENTIDO MEU PAIII.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...