História Meu Amado Jungkook - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook)
Tags Bts, Drama, Jhope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Romance, Suga, Taehyung
Visualizações 15
Palavras 2.941
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Lembrando que esta fanfic foi rescrita, a original eu exclui. Então se vc já leu algo parecido com este, pode ter sido a primeira versão de 2016 . EU NÃO PLAGIEI NADA MORES, OBRIGADA E DE NADA.
AGORA APROVEITEM <3

Capítulo 14 - Busan Promete


Fanfic / Fanfiction Meu Amado Jungkook - Capítulo 14 - Busan Promete

�� fevereiro, 06 ��

Tudo estava indo bem entre mim e o Kookie, por mais que apenas conversamos e não nos víamos, ele continuava sendo atencioso comigo. Eu já comecei a trabalhar em alguns ensaios fotográficos que agradaram muito o diretor e pra minha sorte eu já começaria minha carreira junto com as veteranas. Hoje o dia seria bem cheio, ontem anoite terminei de fazer minhas malas para ir em Busan ficar uma semana, Kookie ficou feliz em saber que eu começaria de primeira na sua cidade natal. Eu estava muito nervosa por um motivo que o Jungkook acabou fazendo....

Cecília - É sério isso!!! - Ela ela diz com a mão na boca - Você tá encrencada amiga. – bate no meu ombro.

Aurora - E você acha que eu não sei disso? Ai meu Santo G-Dragon - coloquei minhas mãos no rosto jogando para trás.

Cecília - Por quê você tá falando Santo D-Gragon sua maluca? - ela olha seria e preocupada.

Aurora - Eu não seeeii - digo com uma voz de choro - Pôr quê - Começo a choramingar e ela me acompanha e nos abraçamos.

As pessoas em minha volta nos olhava sem entender nada já que falava em português. Tivemos que parar de conversar já que o professor de sociologia iria começar a aula.

Prof. - Bom, devo dizer que o teste da semana passada foi decepcionante! - digamos que meu cu fechou, eu não poderia tirar nota baixa de modo algum por causa da minha bolsa de estudos - Vou começar a entregar os testes corrigidos .... Primeiro Chung Lee ...

Cecília - Vou morrer, acho que não fui bem nesse teste – Ela começou a roer suas unhas nervosa - meus pais vão me matar!

Aurora - Você acha que é só você ? E EU ? Se eu não for bem, só perco minha bolsa e sou chutada pra fora daqui, e posso dizer adeus para Coréia, faculdade, minha carreira e o mais importante ... JK - minha voz sai completamente manhosa e triste.

Prof- Aurora Maria! - ele me chama me olhando sério.

Aurora Sim ... - me levantei e fui direto ao homem.

Prof - Parabéns Senhorita Ywata, você tirou a maior nota. - ele sorrir e volta a entregar os outros testes.

Fui caminhando com pequenos passos para minha cadeira. Eu não estava acreditando que tirei 9.7 nessa merda, estava feliz feliz feliz.

Cecília - A maior nota? Quanto amiga, quanto? - ela toma o teste de minhas mãos-  Wouuuuu. Como tenho orgulho da minha menina hááá -  Batemos nossas mãos.

Hyeon -  Vadia ... - ela diz baixo mas eu e Cecília escutamos.

Nos olhamos de modo travesso e um sorriso perverso invade nossos lábios, e viramos para Hyeon na qual me fuzilava com os olhos.

Cecília - Parece que a putinha que se passa de nerd pro papai tirou nota menor Aura ... - ela fala fazendo um bico.

Aurora - Não pode ser possível Ceci .... opa, pode sim - digo mostrando minha nota pra Hyeon e Ceci faz um "L" com o dedo colocando na testa e dizemos juntas "loser" e rimos.

Hyeon - Isso é impossível professor ! Eu me preparei muito para esse teste e como eu não tirei uma nota inferior para uma vadia que vivi saindo e dorme quase toda noite fora? É inaceitável.. - ela diz alterada e bate a mão na mesa.

Prof - Primeiramente, eu e você não temos nada a ver com a vida da sua colega e segundo, você deveria se envergonhar de estudar tanto e não fechar o teste, sua colega pode sair e curtir a vida como uma jovem e tem a responsabilidade correta em trazer bons resultados. Impossível é você não aceitar que perdeu para ela e difamar sem ao menos saber o que se passa na vida da senhorita Ywata.

Todos os alunos e inclusive eu e a Cecília prestamos atenção em cada palavra que foi dita e pareceu que foi como um tiro certeiro no cabeça de Hyeon. Se eu gostei ? Eu amei !

Hyeon - Mas profes...

Prof - Já basta ! - ele bate os livros em sua mesa fazendo um alto barulho.

Cecília -  Esse professor ganhou pontos comigo. - ela me cutuca e Hyeon nos encara.

Aurora - Como esperado do professor de sociologia... a sociedade crítica algo no que elas não são  boas o suficiente... - apenas sei dei uma piscadela para Hyeon que estava em fúria.

Hyeon - Isso não vai ficar assim Aurora, me aguarde !

Aurora - Aé, e o que você pretende fazer queridinha ? Pelo que eu sei você só serve para abrir as pernas espara ter atenção de rapazes... - Digo me virando totalmente para ela.

Hyeon - Quando menos você esperar eu vou transformar sua vida no inferno.

Aurora - kkkkk pois pode vim minha querida, adoro um desafio, principalmente quando é de poder. - me levanto caminhando na sua direção -  Só não esqueça.... Que eu sou o Diabo em pessoa e o Inferno não  é quente comparado com minha vontade de derrubar quem eu quero. -  Passo direto esbarrando no ombro da mesma.

Saio da sala com as minhas coisas e Cecília vem atrás de mim.

Cecília -  As vezes eu tenho medo de você garota - ela me puxa minha cintura de lado fazendo nossos quadris se chocasse e solto um gemido de dor - Wouuu, parece que o Senhor J.K fez um estrago - bati no ombro da mesma - Tem certeza que foi a primeira vez do dois amiga ? - Rimos.

Aurora - Sim, sim, sim .... Ele deixou muito claro quando se atrapalhou na hora de tirar minha calcinha – Digo e ela rir alto.

Cecília - Se fosse o sutiã eu até entenderia mas a calcinha ? Que mistério tem? - nós estávamos falando em português então não tinha  problema em falar normalmente o assunto.

Aurora - Toda vez que ele abaixa minha calcinha ele meio que ficava corado e inquieto, digamos que o amiguinho dele estava quase para rasgar sua calça. Ele é tão fofo ...

Cecília - Estamos falando de sexo e você misturou com fofura ? Eu sei que o JK é um menino muito fofinho mas como na hora do bora e rola foi fofo ? Olha só pra você, até hoje tá com marcas no corpo e dolorida .... - ela pega no meu corpo me fazendo cócegas.

Aurora - Jungkook deve ter assistido algumas coisas antes de me buscar para o jantar, ele acabou comigo. MAS, ele foi paciente e carinhoso o tempo todo.

Cecília - Bom pra você amiga, minha primeira vez foi dentro de um banheiro masculino que fedia a gambá com diarreia, pelo o que você me contou o Jungkook deve ter nem dormindo anoite planejando cada detalhe disso... tudo que eu queria era uma vela aromática naquele banheiro.  - Eu gargalhei alto e as pessoas achavam que éramos loucas. - Então quer dizer que acabou nossas noitadas juntas? - ela fez carinha de choro.

Aurora  - Jungkook morre se ele souber que sair, ele não pode nem sonhar o que eu e você já aprontamos e passamos nessas noitadas da vida - rir da cara de desapontada dela - Mas você não estava com aquele alemão super gato ?

Cecília -  falou certo ! ESTAVA, ele é tão.... - ela tenta falar mas não conseguia - Babaca !  Você acretida que na noite que saímos ele te viu e te achou uma super gata e ficou olhando para seu decote ? Ele fez isso na minha frente, com minha amiga, imagina o que não deve fazer pelas minhas costas. Inacreditável.

Aurora -  Quê?  Que absurdo, me fala por favor que não tem perigo de vocês voltarem a sair?

Cecília - Sem perigo algum, foi o pior encontro que já tive na minha vida, ele é uma cocô - Rimos e nos sentamos debaixo da árvore e tiramos damos de nossas bolsas salgadinhos e refrigerante. - Que foi que está com essa carinha Aura ? - ela coloca o dedo indicador em minha bochecha. - fala o que te preocupa amiga.

Aurora - É sobre essa viagem para Busan...  - do um sorriso fraco.

Cecília - Continuando o assunto de mais cedo, você não acha que o Jungkook tá indo rápido demais com você ?  Dou 1 mês para se casarem .

Aurora -  Realmente ele está indo mais rápido do que eu no nosso namoro - bebo meu refrigerante rápido.

Cecília - Percebi isso, se ele quer que você conheça os pais dele é porque quer te levar para o Altar. Logo ele que dizia que não pensava em se casar.

Aurora - Exato, eu nem contei para meus pais ainda, e ele quer porque quer que eu já conte. Meu pai vai enfartar isso sim - digo me deitando - Ele quase me comeu viva quando disse que seria modelo, não quero nem pensar na reação dele quando souber que estou namorando.

Cecília - mas se os pais do Kookie não gostar de você ?  Você tá ciente que acaba o namoro né ? - Asceno com a cabeça - Você ainda não é coreana e é uma morena super gostosa e .... - bato palmas fazendo a mesma me olhar e calar a boca.

Aurora - Vou pensar positivo, só queria que ele estivesse comigo nesse momento - Meu celular toca e vejo que é o Kookie. - AI MEU DEUS É O MENINO. AIO QUE EU FAÇO MEU SANTO G- DRAGON.

Cecília - PARA DE GRITAR E FICA CALMA ... ATENDE A POHA O CELULAR GAROTA

Aurora - PARA DE FALAR ALTO COMIGO, ELE COM CERTEZA VAI FALAR ESSE ASSUNTO, COMO VOCÊ QUER QUE EU FIQUE CALMA COM ISSO !!!!

Cecília -  ATENDAAAA - Agente acaba tropeçando e caindo uma em cima da outra.

Aurora- EU NÃO QUERO FALAR SOBRE ISSO. EU NÃO SEI O QUE FALAR...

Cecilia- ATENDA ANTES QUE EU ATENDA!

Ligação O. N

JungKook - Amorzinhoooooo - ele fala bem animado.

Eu - ah o-oi meu amor - falo tremula com o coração na mão e Cecília que estava em cima de mim coloca seu ouvido perto do celular para escultar.

Jungkook - O que você tá aprontando? Sua voz te entrega . - Eu começo gemer de choro - O que foi Estrelinha ?

Aurora - Eu não consigo fazer isso - desabei chorando com desespero - Mude de ideia amor. Eu não vou!

Jungkook - Abom, se é sobre esse assunto que você está falando eu não irei mudar - ele rir, com certeza ele estaria achando ótimo me ver daquele estado, choro mais - Para de fazer birra princesa, seus sogros não mordem .... - choro tão alto que escuto o mesmo dizendo um “ai’’ por ter gritado no telefone.

Aurora - Eu não vou Jeon - digo desesperada.

Jungkook - Há mais você vai - fala com uma voz de desafio.

Aurora - Não vou não vou não vou e não vou.

Jungkook -  Para com isso Aura, eu to te ligando para dizer que avisei aos meus pais que a norinha deles estaria chegando lá daqui alguns dias. Já que é sua primeira vez na minha cidade, eles vão te buscar no aeroporto..... - interrompo o mais velho.

Aurora - Você tá louco, não era para incomodar eles é muito menos por minha causa - Cecília abre a boca não acretidanto que o Kookie fez - Vou estar com a minha equipe e vamos direto para o estúdio, ficarei em um hotel com as outras modelos.

Jungkook - Cancela essa ideia da sua cabeça amorzinho, e outra - Vou matar o Jungkook -   Você não irá ficar no hotel e nem comer com sua equipe. Você ficara Hospedada na minha casa.

Aurora - Jungkook me diz uma coisa, você quer me matar não é mesmo ? Eu já estava preocupada com o fato de conhecê-los... IMAGINA AGORA ?

Jungkook - Como eu queria ver sua carinha Agora-  ele solta a gargalhada - Amor não é coisa do outro mundo.

Aurora -  É claro que é. Se você está me apresentando para seus pais é porque quer ter algo realmente sério comigo .... - ele rir novamente.

Jungkook - Você realmente acha que eu sou tão fácil assim não é Aurora Maria ? Nossa, que imagem eu te passei de mim. - ele continuava a rir - Minha querida eu estou fazendo isso por causa da sua cultura e não pela a minha, você acha que estou totalmente louco por você assim ? Que garota que se acha.

Aurora - Omo, seu idiota, sem coração e sem amor !! - digo nervosa.

Jungkook -  Te amo sua boba, e relaxa meu amor eu sei que pra você é difícil e que deve estar se sentido pressionada mas vai dar tudo certo, minha família quer muito te conhecer . Minha mãe já quer te chamar de filha e meu pai diz que você é muito areia pro meu caminhão. E fique sabendo que meu irmão gostou "muito" de senhorita então se comporte coisinha linda.

Aurora - Como eles.....

Jungkook - Esqueci de dizer, mas já mandei várias fotos nossas e algumas individuais suas, então ela já sabem como é seu rostinho, seu físico e falei que você é brasileira e está indo pra lá por trabalho e blá blá blá. Já fiz tudo para que você não ficasse  desconfortável.

Aurora -  Obrigada Kookie, mas eu queria muito muito que você estivesse lá comigo poxa ! Os pais são seus e vão fazer várias perguntas e me observar, queria que estivesse comigo  quando isso acontecer.

Jungkook - Realmente eu queria muito amor, mas não vai ser possível. - suspiro pesado - Você entende não é ? 

Aurora -  Sim Kookie - dou um leve sorriso.

Jungkook - Estou tão mal por deixar você enfrentar isso sozinha mas seu que minha mulher é capaz de enfrentar qualquer desafio por conta própria. - Eu riu com sua fala. - E outra coisa, seria tão tentador você está debaixo do mesmo teto que eu e não podemos ficar juntinhos anoite toda.... Eu realmente não aguentaria amorzinho.

Aurora -  hahahaha nem fale nisso bonitinho, eu ainda estou sofrendo as consequências dessa ação de algumas noites passadas, tanto interna quanto externa. - Jungkook não parava de rir.

Jungkook - Muito bom saber que meu território ainda está dominando você. Mas fui tão calmo....

Aurora - É né ? - digo sarcástica.

Jungkook -  É ! Da próxima vez eu posso me soltar mais estrelinha ? - fala com manhã.

Aurora -  Deus me livre ! - riu - Sim amor, na hora a gente se entende.

Jungkook - Já disse que amo você ? Já disse que amo seu jeito ? Será que seu corpo aguenta ? To ficando excitado meu Deus.

Aurora -  Vai ensaiar Jeon ... Vou desligar, tenho que ir para aula okay ?

Jungkook - Me despachando, beleza Aurora, essa sua atitude só faz eu querer descontar mais tarde.

Aurora - Amorzinho pelo amor de Deus... te amo te amo te amo. Fica com raiva não Kookie -  digo  de forma manhosa.

Jungkook -  Vai estudar menina !  Um beijo na boca gata.

Aurora -  Dois beijos no pescoço gostoso.

Jungkook - Agora tenho que ir no banheiro, to pensando em você nua beijando meu corpo inteiro e vai descendo... Aiiii meu Deus. - escuto o mesmo andando com passo rápidos e depois um porta é fechada com barulho do zíper se abrindo - Garota má e deliciosa - ele gemi baixinho

Aurora-  Jeon Jungkook, se estiver pensando em mim enquanto está fazendo esse serviço é melhor desligar o telefone agora. Não sou obrigada a escutar essa barbaridade.

Jungkook -  tchau minha pequena - ele fala desligando o telefone na minha cara.

Ligação O.O.F

Cecília - Se aliviando ? - ela comia o resto dos salgadinhos .

Aurora - Se aliviando ! - olho incrédula para Cecília. - homens.

Cecília - Homens.  Mas também faria isso se eu fosse um homem e se a namorada é com você ...

Aurora - Cala a boca.

 

�� fevereiro, 07 ��

Eu já estava no avião esperando pela decolagem, Jungkook iria com para se despedir de mim mas como hoje o aeroporto estaria cheio de fãs de kpop    para poder acompanhar o Got7 ele não pode me ver. Eu estava aflita e eu tinha em minha mãos um folheto de viajem que me deram antes de embarcar e definitivamente eu piquei todo. Meu celular vibra e tinha uma mensagem do meu menino.

" Tudo irá dar certo, minha estrelinha, sentirei sua falta mas vale apena, se divirta com minha família e na sua seção de foto.... fighting "  

Com aquele ato, meu coração se acalmou e me senti abençoada de ter Jeon Jungkook como meu namorado e não apenas Jungkook do BTS. Pensei que não seria capaz de me relacionar com outro homem tão cedo em minha vida mas Jeon virou minha cabeça com apenas um sorriso. Agora eu iria conhecer meus sogros e cunhado que não estava no exército, vou mostrar para eles que estou bem qualificada em entrar na família e ser a mulher perfeita para o filho deles. Se todos da família Jeon estava se esforçando para tudo isso dar certo eu faria o dobro para que esse encontro se torne o mais agradável possível.

Aurora - Ver o sorriso do Kookie é meu único remédio de felicidade e amor. Não irei desaponta- lo meu amor.


Notas Finais


AJUDA AI, FALOU !


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...