1. Spirit Fanfics >
  2. Meu amado lobisomem >
  3. Ataque e cerveja

História Meu amado lobisomem - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - Ataque e cerveja


Fanfic / Fanfiction Meu amado lobisomem - Capítulo 3 - Ataque e cerveja

      Izzy sai da sala de aula indo para seu armário, ao sentir uma mão em sua cintura ela ri.

Izzy- você é irritante Randall.

Randall- mais sou bonito, e forte.

Izzy- claro que é forte, você é um lobisomem maluco.

Randall- ele não gostou do insulto.

Izzy- e eu não gosto de ser lobisomem, mais tem que aceitar e calar a boca né?

Randall- tem dois caras atrás de você deste a manhã.

Izzy- e dai?

Randall- se eles de pegarem o light fury vai destroçar eles na frente de toda a faculdade?

Izzy- seria um espetáculo interessante, já que eles mataram minha mãe.

Randall- o que?

Izzy- a ordem matou minha mãe, por que ela tinha um marido lobisomem, ela tinha a opção de matar ele, ou morrer, ela escolheu a segunda opção.

Randall- Izzy não precisamos de outra Lilith no grupo.

Izzy- não vou ser igual a Lilith, vou ser pior.

      Saindo andando ela vai para a próxima aula, durante a tarde ela percebeu os vários membros da ordem na cola dela, indo pra floresta ela fica afastada da faculdade, deixando as coisas num canto ela se transforma os atacando, matando todos ela volta ao normal, se vestindo ela pega a garrafa de água limpando as mãos e o rosto.

Hamish- entendo sua raiva, mais não pode chamar atenção assim.

      Rindo ela ataca o mais velho, os dois se transformam começando a lutar, quando ela cortou a barriga do mais velho ela sai correndo, atacando Lilith as duas começam, quando Izzy- foi jogada contra uma árvore ela vê Randall, o atacando ele lhe joga no chão recebendo uma mordida no ombro logo em seguida, saindo correndo ela vai para a casa, tomando um banho ela põe uma cueca e camiseta de Randall, indo pro bar ela faz uma bebida pra ela, pegando um livro Izzy começa o ler calmamente.

Lilith- depois de toda aquela cena você voltou, e esta ai, toda calma.

Izzy- impressionante não acha? Coisa fofa.

Lilith- sua cadela.

      Tentando atacar Izzy joga o copo na garota lhe tanto um chute na barriga e uma joelhada, quando iam se transformar os dois as separam. 

Hamish- já chega, estão passando dos limites, principalmente você isabelle.

Izzy- me expulsa.

      Se soltando de Randall ela senta no sofá sorrindo, sabia que eles não podiam a expulsar, Light Fury era um dos mais fortes, era como um segundo alfa.

Izzy- eu sinto muito lhes informar, mais não podem me expulsar, e nem lutar contra mim, é triste, mais é a vida, deveriam der pensado antes de me transformarem.

       Saindo Randall a segui, lhe prendendo contra uma árvore eles ficam se olhando.

Randall- já faz uma semana que estamos nessa guerra idiota, somos um grupo, uma família.

Izzy- eu não pedi pra fazer parte dessa família.

      Se soltando ela volta a andar, ao não sentir mais o cheiro de Randall ela vai para o cemitério abandonado, pegando uma rosa branca que tinha la ela se aproxima se ajoelhando.

Izzy- oi mãe.

      Colocando a rosa ela tira as folhas, olhando a camiseta do garoto ela sorri triste.

Izzy- é eu sei, eu vou ser a que mais vou sofrer, mais não posso manter eles perto, não posso me apegar, se eu morrer, eles não vão sentir tanto assim, mesmo gostando o Randall deste o começo, eu não posso me apaixonar... Mesmo querendo a Lilith... Como minha irmã... Eu não posso me apegar. Mesmo querendo o... O Hamish como meu amigo... Eu não posso...

      Colocando as mãos na cabeça ela fica chorando, ao ouvir passos e braços a apertando contra seu corpo ela reconheci o cheiro.

Anna- sinto muito por isso.

Izzy- não, eu sinto.

      A pegando pelo pescoço Izzy a arrasta para longe, cortando a garganta da garota ela vê os três se aproximarem, se ajoelhando ela fecha seus olhos.

Izzy- eu não posso permitir que ela veja esse tipo de coisa, não vindo de pessoas como vocês da ordem Anna.

       Se levantando ela sai andando, sento seguida pelos três ela para rindo e os olha.

Izzy- podem parar de me seguir, estamos odiando isso.

Hamish precisamos que pare de matar.

Izzy- não vai acontecer.

Randall- Izzy...

Izzy- vão procurar mais alguém pra obrigar a ser um lobisomem que tal, agora tchau.

       Saindo andando os olhos da garota se enchem de lágrimas, as sentindo cair ela controla a vontade de voltar e der Randall tão perto.

Sinto muito, mais preciso afastar vocês, pra dor ser menor.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...