1. Spirit Fanfics >
  2. Meu amado professor >
  3. Capítulo 06

História Meu amado professor - Capítulo 6


Escrita por:


Capítulo 6 - Capítulo 06


Hinata on...

- Porque Kiba? Porque você fez isso? Porqueeee? 

Acordei num susto me sentando na cama, lágrimas escorriam pelos meus olhos, chorei baixinho. Eu gostava dele, sei que não o amava, mas gostava muito dele. 

Era meu primeiro namorado, primeiro garoto que beijei, só não era o primeiro que me tornaria mulher. Ele me traiu porque não estava pronta para me deitar com ele, o meu choro aumentou.

- Hinata não chora. *Aquela voz? Olhei pro lado e Naruto-sensei se levantava sentando-se na cama.

- Naruto-sensei? Onde estou? *O perguntei olhando em volta, o quarto estava escuro, mas a luz da lua iluminava uma parte dele, vi que não era meu quarto.

- Estás em minha casa... Não sabia onde morava e como tinha dormindo em meu carro, fiquei com pena de acordá-la. *Me respondeu e corei na hora.

- Su... Sua casa? *Perguntei só para confirmar, não conseguia acreditar.

- Sim. Esse é o meu quarto. Hinata não chore mais, ele não merece nenhuma lágrima sua. *Falou e senti sua mão grande e quente tocar meu rosto, meus olhos fecharam automaticamente.

- Como o toque dele é bom... Quente, muito quente. *Pensei apreciando cada movimento que seus dedos faziam em meu rosto.

- Escute Hina... Ele não merece suas lágrimas nem sua tristeza. Sei que doí, já sofri por término de um namoro, mas vai por mim não vale a pena. *Me disse e eu o encarei, por incrível que pareça a dor ao lado dele não era tão grande assim.

- Porque Naruto-sensei?... Porque ele fez isso comigo? *O perguntei olhando em seus olhos, eu ainda não conseguia entender.

- Por burrice Hina... Homens como Kiba... Homens não, garotos como Kiba respondem somente ao seu próprio prazer. Sem se importarem com os outros. *Me respondeu.

- Eu sou patética... Feia... Insuportável para ele ter feito isso. Como pude achar que ele ficaria comigo...

- Ei, ei... nada disso. Você é uma garota incrível, linda, doce, gentil... Ele é um babaca por não ter visto isso. *Enquanto ele fala o encarei, aquele brilho de confiança estava novamente em seu olhar.

- Jura Naruto-sensei? *O perguntei. – Você não acha meu jeito insuportável? *Completei sem encará-lo.

- Hina! *Me chamou fazendo com que eu o encarasse. – Não, seu jeito tímido de ser não é insuportável. No mínimo estranho e no máximo adorável. *Com essa resposta não pude segurar um enorme sorriso.

- Não se culpe pelo que houve, você não tem culpa. *Concluiu.

- Mas foi porque eu não me deitei com ele que ele fez isso comigo. *Rebate abaixando a cabeça, me sentia envergonhada.

- Isso é uma escolha sua Hinata, o corpo é seu e você sabe a hora e com quem quer fazer isso. *O encarei, agora seu rosto tinha um sorriso tranquilo.

Olhando bem para ele não tinha percebido a camisa de tecido leve que demarcava seus músculos... Ajoelhado na cama as coxas dele ficavam mais largas e sua barriga aparecia mais os gominhos e havia um volume que me fez corar violentamente.

Com Naruto sentia sensações que nunca senti por Kiba... Um calor enorme que tomava conta de meu corpo, principalmente, entre minhas pernas. Seu toque e sua voz me causavam arrepios e acho que ele percebeu, pois se aproximou mais de mim.

- Hina, tudo bem? *Perguntou, mas não consegui encará-lo, sabia que meu rosto estava vermelho ainda.

- Hina olhe para mim. *Chamou-me de novo e com muita força o encarei.

Sua mão grande foi novamente em meu rosto e seu polegar que antes só acariciava meu queixo passou a acariciar meus lábios, contornando o inferior e o superior... 

Os entreabri sem perceber. Só o vi se aproximar mais, mas especificamente, dos meus lábios então fechei os olhos. Senti seus lábios sobre os meus e como se não fosse eu enlacei seu pescoço com meus braços, acho que ainda é o efeito do álcool. 

O beijo estava calmo e lento, mas senti sua língua pedir passagem e deixei e céus como foi bom... A língua dele explorava cada canto de minha boca e depois as duas se envolveram numa dança sensual. 

A mão que estava no meu queixo desceu para a minha cintura me empurrando para que eu deitasse e assim deitei com Naruto sobre mim.

Agora as mãos dele passeavam por todo meu corpo, desde a cintura até as minhas coxas, arfei com o toque dele parecia fogo queimando minha pele por onde passava. 

Ele me ergueu um pouco tendo acesso ao zíper do meu vestido, o abriu e o tirou sem se afastar dos meus lábios. Agora outras partes do meu corpo queimavam com seu toque. 

- Como você é linda Hina! *Esse elogio me fez corar, eu agora estava somente de sutiã e calcinha.

Tentei cobrir meu corpo com as mãos, mas ele segurou meus pulsos voltando a me beijar me puxando para sentar em seu colo...

- Hmm Naru... *Gemi quando senti algo duro roçar por cima do pano fino da minha calcinha.

Os lábios dele voltaram a cobrir os meus enquanto ele abria o fecho do meu sutiã jogando a peça em seguida para longe, com eles amostra Naruto abocanhou um e Deus! Como era bom, arfei de novo. 

Ele chupava, mordiscava o mamilo e passava a língua circulando a aréola enquanto eu jogava a cabeça para trás e gemia seu nome. 

- Aaah… Naruto! *Gemi.

Ele abandonou o seio esquerdo para ir pro direito, com as mãos espalmadas em minha bunda fazendo com que nossas intimidades se esfregassem mais uma na outra...

- Aaah Narutoo...

Naruto me deitou e ficou a me olhar com desejo me fazendo corar... Ajoelhado na cama ele tirou a própria camisa e eu pude deslumbrar o seu físico, era de tirar o fôlego, falando nisso já estava sem fôlego. 

Ele voltou a se deitar por cima de me enquanto suas mãos passeavam pelo meu corpo e eu agarrada a seus ombros gemendo muito.

- Aaah Naru... Too... Tô tão quente... Nun... Ca senti isso. *Dizia entre os gemidos pelos toques quentes que as mãos dele tinham.

- Calma Hina... Vou já já apagar esse calor seu. *Dizendo isso senti ele segurar na alça de minha calcinha e a puxar.

Involuntariamente, ergui meu quadril facilitando o processo. Cobrir meus olhos, eu estava completamente nua e nenhum homem nunca tinha me visto nua. 

Pude sentir um olhar intenso e arrisquei espiar entre os dedos, seu olhar não só estava intenso tinha desejo nele também, voltei a tampa-los.

- Olha para mim Hina? Não precisa ter vergonha. *Sou voz soou rouca, mas tranquila que me fez tirar as mãos e o encarar.

- Eu... Nunca er... Cheguei nesse ponto er... *Falava, mas não sabia o que dizer, ele sorriu e se aproximou de me ficando novamente deitado sobre meu corpo.

- Céus como ele é duro... Está esmagando meus seios... E isso duro entre as pernas dele é... O membro dele. *Pensava enquanto encarava aquele mar azul imenso, corei com meu último pensamento.

- Céus!... Deus, me perdoe pelo que vai acontecer essa noite? Te quero muito Hina, droga! Como te quero. Desde o dia que a vi. *Aquilo me pegou desprevenida.

- Eu... Também... Te quero. *Falei num sobro e vi aquele sorriso largo tomar sua boca. 

Logo em seguida me beijou, continuando a passear suas mãos pela minha cintura, quadris, bunda, coxas e... Minha intimidade. 

Eu a sentia formigar e também a sentia molhar. Acho que significava que estava excitada. Arfei quando sente seu polegar começar a brincar com meu ponto sensível, ele fez movimentos que no inicio eram lentos mais fora ficando rápidos...

- Aaah Naru... Huum! *Geme contra sua boca e ele parou de me beijar descendo pelo meu pescoço, colo, meio dos meus seios, barriga, oh, não!

- Não... Ai não... Naruto tá sujo, não. *Protestava tentando fazê-lo parar seu caminho em direção a minha intimidade, mas sem sucesso.

- Não está sujo Hina... Ainda não. *Com isso, corei na hora cobrindo meu rosto com as mãos.

Também tentei fechar minhas pernas, mas as mãos fortes dele não deixaram e Naruto mergulhou sua boca entre minhas pernas, o ouvir gemer rouco...

- Como você está molhada e é gostosa Hina. 

Fechei meus olhos com mais força enquanto meus lábios deixavam sair vários e vários gemidos sentindo sua língua trabalhar ali... E por Deus! Como era bom.

As sensações que vinham de cada lambida ou chupada me fazia ir no céu e voltar, mas estava sendo tomado por uma sensação tão forte, eu não sabia explicar, era algo forte e então explode, numa onda de prazer e espasmos por todo meu corpo.

- Aaaah Narutoo! *Geme alto e minhas mãos que estavam cobrindo o meu rosto desabaram ao lado da minha cabeça, ainda o sentia me lamber.

- Delícia! Simplesmente deliciosa Hinata. *Naruto me disse e eu abrir os olhos para encará-lo. 

Ele ainda estava com seu rosto entre minhas pernas, mas me olhava, corei violentamente.

Ele subiu devagar depositando beijos em minha barriga, meio dos meus seios, colo, pescoço e então chegou nos meus lábios os tomando para si. Pude sentir um gosto meio azedinho, acho que era o meu gosto.

- Hina! Quer que eu continue? Podemos parar... Porque depois não terá mais volta. *Me perguntou e eu sei disso, depois que eu me entregar a ele não poderei mais ter minha virgindade de volta.

- Quero continuar. *Falei e pela primeira vez não gaguejei.

Então ele me beijou e sente algo encostar em minha entrada, fiquei tensa e ele percebeu parando imediatamente de me beijar me encarando com aquela imensidão azul cheia de desejo, mas também tranquilidade.

- Não posso prometer que não vai doer, mas a dor logo vai passar e o que vem depois compensa. *Me disse isso tomou novamente meus lábios.

- Só relaxe Hina. *Voltou a me beijar e eu relaxei e sente ele força sua entrada.

- Itaiii! Isso dói... *Reclamei interrompendo nosso beijo.

E realmente doía, parecia que estava me partindo ao meio, mas ele empurrou mais um pouco e parou.

- Gomei Hina... Mas vai passar. *Me dizendo distribuindo beijos pelo meu pescoço, colo e seios fazendo a mesma coisa que tinha feito no início.

E ele estava certo, a dor aos poucos foi sumindo e acho que Naruto entendeu então o senti sair lentamente de dentro de mim, arfei com isso apertando seus ombros, mas logo em seguida me invadiu de novo e nossa...

- Aaah Naru... Huum! *Gemia sentindo ele repetir o mesmo movimento e como tava bom, muito bom.

- Aaah! Aaah!

- Tão apertada e gostosa... Porra! *Xingou e continuou a se enterrar em mim com mais força e velocidade.

Eu já estava em outro mundo, tinha certeza disso, aquele quarto nunca esteve tão quente, pois estávamos suados e os movimentos dele estavam frenéticos, mas precisos, não sei como porque eu estava sem capacidade nenhuma de raciocinar.

- Aaah Narutoo! Aaah! 

- Isso minha Hina... Geme mais para mim. Por*! Você é muito gostosa. Put* merda gostosa demais! *Essas coisas que Naruto dizia já não estava me deixando mais envergonhada, estava mais excitada com isso.

- Aaaah Naru... Aaah!

- Geme meu nome, geme. Oh caral*! *Falando isso vi Naruto se erguer e me levar junto.

Não sabia se era possível, mas quando sente no colo dele o sentir ir mais fundo, sentido ele bater fundo mesmo, acho que no colo do meu útero. 

Converso, fiquei surpresa. Continuamos nessa posição por mais algum tempo até sentir novamente aquela sensação avassaladora, mas estava mais forte. 

O sentir inchar também e então explodir de novo e acho que ele também porque algo quente me preencheu.

- Aaah Naru-to!

- Aaah Hinata!

Eu desabei sobre o peitoral dele com um braço de cada lado, meus batimentos estavam muito acelerados e eu estava ofegante, e Naruto também. 

Eu ainda não entendia bem as sensações que senti, mas tinha a impressão que a sensação avassaladora se chama orgasmo, sorrir com isso, era muito bom de sentir, libertador e gostoso.

- Hinata, estais bem? *Naruto me perguntou acariciando meus cabelos, erguei a cabeça para encará-lo.

- Estou bem sim... Na verdade,... Ótima! *Respondi corando em seguida recebendo um carinho singelo na bochecha e um beijo calmo.

- E você... Está bem? *Perguntei a ele após nos separarmos do beijo.

- Sim, estou bem. Foi a melhor sensação que já senti, fazia tempo que não a sentia. *Respondeu a minha pergunta acariciando meu rosto, sorrir com a sua resposta.

Voltamos a nos beijar e que começou calmo logo se tornou urgente e necessitado e com os beijos pude sentir dentro de mim que o membro do Naruto não tinha se satisfeito, fiquei surpresa.

- Como é possível? *Me perguntei olhando incrédula para o homem loiro deitado embaixo de mim enquanto eu estava sentada em seu colo.

Continuação...


Notas Finais


Aee Narutinho, mandou bem 😉😏
😘 E até o próximo capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...