História Meu amigo completamente HETERO (Jikook) - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Jikook
Visualizações 130
Palavras 329
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, LGBT, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Mano que vergonha
Boa leitura

Capítulo 10 - Namjin (hot)


Nam on

Depois de voltar da faculdade, o Jin resolveu ir para a minha casa, coisa que me surpreende muito, pois geralmente pra ele vir na minha casa eu tenho que quase implorar, mas uma coisa que achei estranho é que ele está com uma cara muito triste, acho que ele está indo mais pra desabafar de algo como ele estava muito quieto resolvo puxar assunto 

Nam: Amor você está bem?

Jin: Podemos conversar em casa?

Nam: Claro

O resto do caminho foi puro silêncio, chegando em casa ele senta no sofá e eu sento ao lado dele

Nam: quer falar?

Jin: meu pai Nam -ele começa a chorar- ele voltou para a cidade

Nam: calma amor ele não vai voltar a te bater de novo

Antigamente o pai do Jin batia muito nele, e quando ele descobriu que ele era gay o pai dele começou a bater mais ainda até que  um dia a polícia bateu na porta da casa do Jin e o pai dele fugiu pelos fundos mas antes e falou para o Jin " eu vou voltar e quando voltar vou te espancar até cansar".

Jin: eu estou com medo 

Nam: eu estou aqui e nunca vou te deixar, pra ele te bater antes ele vai ter que me matar

Jin nada responde só sobe no meu colo e começa a me beijar, no começo foi um beijo calmo, mas de repente começa a esquentar eu paro o beijo

Nam: tem certeza que quer isso meu amor?

Jin: eu preciso tanto como você daddy

Voltamos a nos beijar só que agora um beijo com mais luxúria,  quando eu percebi já estávamos na cama nus.

Jin: daddy ?

Nam: sim baby?

Jin: quer que eu te chupe?

Nam: sim muito

 Ele começa a me chupar e a única coisa que eu conseguia fazer era gemer

Nam: awhhh Jinn que boquinha

Puxo ele e penetro ele sem avisos

Jin: ahhhhhhhhhhhhhhh awhhh isso daddy 

Nam: como vc é apertado meu amor!

Depois de umas 20 estocadas nós dois gozemos

Jin: eu te amo meu amo

Nam: eu tbm Demais


E assim dormimos



Notas Finais


Mano que vergonha


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...