História Meu amor - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Romance, Shoujo-ai
Visualizações 4
Palavras 524
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Drama (Tragédia), Shoujo-Ai, Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Heya pessoas, bem essa é minha primeira história, e eu espero que gostem, boa leitura.

Capítulo 1 - A festa


Fanfic / Fanfiction Meu amor - Capítulo 1 - A festa

Acordei com o celular fazendo barulho, era uma ligação de Carl, o que diabos esse babaca quer tão cedo? Atendo a ligação.

-Eae Betty! - Ele estava empolgado, consigo imaginar ele do meu lado, com um sorriso gigante.

-O que você quer idiota?

-Ui, que mau-humor, eu só queria saber se você queria vir para minha casa pela noite, vai ter uns outros amigos meus e tal...

-Uma festa basicamente, bem eu não tenho interres- Ele me corta.

-Aah pelo amor de deus Betty! Você é muito chata, vem pelo menos nessa festa! Eu prometo que vai ser legal, por favor!

Pensei por alguns segundos, se eu falasse não iria ele continuaria chorando, então descidi aceitar de uma vez, ele me passou o horário e depois eu desliguei antes dele se despedir de forma exagerada.

Alguns minutos depois sentada na cama, descido olhar a hora, percebo que é quase meio-dia e me assusto, como pude ter dormido tanto? Levanto e começo a fazer minhas coisas normalmente.

*No horário previsto para a festa*

Mesmo cansada como sempre, alguma coisa em mim dizia para ir nessa droga de festa, acho que é meu consciente dizendo que Carl vai encher o meu saco na segunda-feira se eu não for.

Coloco uma roupa largada, um casaco azul-escuro que consegue cobrir as minhas mãos por completo, calça jeans preta e um all-star.

Saio de casa e vou caminhando até a casa de Carl que fica três ruas da minha.

*Chegando lá*

Toco a campainha. Ouço muito barulho vindo da sala de estar mas ignoro, devem ser aquelas pessoas que ficam bêbadas no início da festa.

Carl abre a porta com um sorriso de orelha a orelha.

-Você veio!- Ele me abraça por algum motivo, odeio abraços.

Entro na casa dele, já está um lixo, sento no sofá da sala olhando o nada, é assim que me divirto em festas. Depois de alguns minutos me viro para olhar uma roda se formando na minha frente.

-Hey Betty, quer jogar verdade ou desafio?

-Tanto faz.

Ele sorri por uns segundos, me sento na roda ao seu lado, ele irá girar a garrafa, ela girou, girou e parou em uma garota de pele morena.

-Liz, verdade ou desafio?

-Desafio!-Sua voz era suave.

-Beije a pessoa mais atraente dessa roda.- Todos os garotos pareceram ajeitar a postura eu simplesmente comecei a fitar o chão, sem motivo para prestar atenção.

 Sinto uma silhueta se aproximar de mim, sem mais nem menos, a garota coloca a mão no meu rosto e olha nos meus olhos, logo sinto seus lábios tocarem nos meus de uma forma delicada. Olho para ela chocada, logo depois dela voltar para seu lugar, todos os garotos começaram a fazer barulhos estranhos, provocando. Sinto corar de vergonha e saiu da roda sem dizer mais nenhuma palavra, os olhos da garota estão grudados nas minhas costas consigo sentir, Carl parece desconfortável entre apoiar a mim ou ficar rindo com seus amigos. Sem pensar mais eu saio da casa dele. 

Mas que merda acabou de acontecer?

*Chegando na própria casa*

Deito na cama e fico lá, pensando no que aconteceu, vejo que Carl me mandou algumas mensagens "preocupado" eu simplesmente ignoro e mergulho em outros pensamentos, na garota dos olhos bonitos, da pele morena, dos lábios macios, Eliz.




Notas Finais


Até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...