1. Spirit Fanfics >
  2. Meu amor é mais forte que o ódio...(Brawl Stars) >
  3. Um sonho constrangedor

História Meu amor é mais forte que o ódio...(Brawl Stars) - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Heya, sou eu de novo (InFeLiZmEnTe)
Só vim avisar que esse capítulo vai ser um pouco "quente"
Então se você não gosta de coisas +18, peço que se retire da fanfic
Sei que disse que não iria fazer nada +18, mas é que eu queria dar uma animada na fic ,_,
Desculpem :'v
Olha, antes que falem, "Ah nossa, o Carl é humano né?".
NÃO, ELE NÃO É HUMANO
Ele continua sendo um robô, e sim, mesmo sendo robô ele tem um pênis ._.
Olha, ele é tipo o Reg de "Made In Abyss"
Ele foi criado pra se parecer o máximo possivel com um humano, e nisso, Acabaram colocando um pênis parecido com o verdadeiro nele e junto acabaram criando um semen artificial nele, para ele poder engravidar alguem, como os humanos, mas isso ainda não foi testado :/

ENTENDERAM? PQ EU NÃO VOU EXPLICAR DE NOVO :>
VAI DAR UMA OLHADA NO REG DE MADE IN ABYSS PRA VOCÊ ENTENDER

Obs: Sim, ele usa roupas ;-;

Capítulo 4 - Um sonho constrangedor


Fanfic / Fanfiction Meu amor é mais forte que o ódio...(Brawl Stars) - Capítulo 4 - Um sonho constrangedor

Após uma manhã cansativa na escola, Jessie resolveu dormir um pouco para esquecer o que havia acontecido, logo ela começou a sonhar, ela estava na escola fazendo as tarefas, mas então bateu aquela puta vontade de ir no banheiro, ela pediu para a professora se poderia ir, e obviamente ela deixou já que tinha terminado todas as tarefas.

Jessie saiu da sala e foi em direção ao banheiro, depois de fazer suas necessidades ela saiu do mesmo, mas assim que saiu, alguém colocou a mão sobre a parede, assim sercando a mesma, logo Jessie percebeu que era Carl que estava tampando sua saída, a mesma estava confusa e envergonhada com a situação, mas com um olhar de raiva ela soltou a frase:

Jessie: O-O que você pensa que está fazendo idiota!? -Disse Jessie tentando esconder a vergonha.

Logo Carl deu um sorriso malicioso, Apos isso Jessie ficou ainda mais confusa, Então Carl segurou o queixo de Jessie, Assim, Roubando-lhe um beijo, Jessie queria reagir, mas, não conseguia, fazendo-a se entregar por completo, O beijo foi ficando mais quente, permintindo até passagem de língua, depois de um tempo os dois pararam por causa da falta de ar.

Ah esse ponto, jessie já estava muito excitada, nada mais importava, o Carl era a única coisa em seu campo de visão, Carl segurou a mão de Jessie e a levou para o banheiro novamente, logo a empurrou contra a parede, então começou a beijar a mesma dnv, enquanto o beijo ocorria, Carl tirava a blusa de lentamente, Jessie fazia o mesmo com Carl, O mesmo logo ele começou á acariciar a parte íntima de Jessie, então os dois pararam de se beijar, Jessie apenas dava pequenos gemidos, quanto mais Carl aumentava a potência, mais auto era os gemidos de Jessie, A mesma não aguentava mais, e acabou gozando na mão de Carl, ela tava ofegante e cansada, ela apenas fechou os olhos para descansar, mais assim que os fechou..

 Jessie acordou, Ela se sentou na cama assustada e um pouco em choque com o que havia acontecido, ela ficou pensativa por alguns minutos, e logo se tocou com o que havia sonhado, ela ficou pálida, não sabia como reagir a isso, apenas ficou sentada pensando sobre isso, mas logo sentiu algo molhado debaixo da coberta, ela estranhou isso, pois, ela havia parado de fazer xixi na cama desde que ela tinha 6 anos, ela tirou o cobertor da seu corpo, e bem.. ela achou algo estranho e gosmento em sua calcinha, além de ter manchado o lençou e a cama, ela ficou um tanto chocada com isso, ela se levantou da cama para ir tomar banho e esquecer o que havia sonhado, após o banho, Jessie se arrumou, e pegou o lençou para lava-lo, ela desceu as escadas para deixa-lo na maquina de lavar, ela tentou evitar sua mãe, para que não ela pudesse fazer perguntas estranhas.. sabe? Ela então finalmente chegou ao porão, e logo colocou o lençou na maquina e em seguida ligou a mesma.

Ela saiu do porão logo em seguida, mas assim que fechou a porta do porão, viu sua mãe perto de seu quarto conversando no telefone, ele não podia deixar sua mãe entrar em seu quarto! Se não ela iria ver aquela gosma estranha na cama, sua mãe já havia terminado a conversa, então logo desligou o telefone e abriu a porta do quarto de Jessie Lentamente, Pam achava que Jessie ainda estava dormindo, por isso não quis fazer barulho, Jessie Ficou desesperada, ela não sabia o que fazer, mas, teve um plano:

Jessie: Ô MÃÃÃÃÃÃNHÊÊÊÊÊÊÊ! -Gritou Jessie no anda de baixo.

Pam ao ouvir o grito, fecha a porta do quarto e vai em direção ao andar debaixo para ver Jessie:

Pam: O QUE FOI FILHA?!?!? -Perguntou Pam preocupada.

Jessie: Nada demais.. é que eu queria te avisar que já acordei, Hehe.. -Respondeu Jessie nervosa.

Pam: Ah.. então tá querida -Disse Pam alivíada com a resposta da filha- Mas.. como você saiu do quarto sem eu perceber? -Perguntou Pam meio confusa.

Jessie: Ah.. eu s-sei lá, eu só sai e nã-não te vi..-Repondeu Jessie ainda mais nervosa ao ponto de começar a gaguejar.

Pam: Hm, entendo.. bem, eu terei que sair pro mercado, você pode cuidar da casa pra mim? -Perguntou Pam qua já havia pego sua bolsa para sair.

Jessie: C-Claro! Deixa comigo -Repondeu Jessie um pouco confiante.

Pam: Ótimo, eu volto logo -Disse Pam já saindo de casa.

Jessie: Tchau mãe! -Falou Jessie ascenado para a mãe.

Pam: Tchau filha! Se comporte -disse Pam fechando a porta.

Jessie esperou alguns segundos, e logo saiu correndo pro segundo andar, ela entrou no seu quarto e pensou num jeito de limpar aquela gosma, então ela apenas pegou água e passou na macha, e logo em seguida adicionou sabão- Agora é só esperar - Disse Jessie um pouco animada, depois de se acalmar, Jessie pegou seu telefone e ligou para Penny para lhe contar tudo que havia acontecido, ela queria pedir a ajuda da amiga já que Jessie estava muito confusa e assustada, Logo Penny atende:

Penny: Alô? Jessie? -Falou Penny um pouco confusa.

Jessie: P-Penny! Eu preciso da sua ajuda.. -Falou Jessie ainda um pouco assustada.

Penny: O que foi? Pq tá tão assustada? -Perguntou Penny preocupada.

Jessie: Bem.. é que.. eu tive um sonho estranho.. -Respondeu Jessie um tanto constrangida.

Penny: Hm.. me conte, talvez eu possa te ajudar com isso -Disse Penny tentando acalmar Jessie.

Jessie: E-Esta bem.. mas.. promete não zombar ou rir de mim? -Perguntou Jessie um pouco séria.

Penny: Claro! Pq eu zombaria de você? Seu sonho nem deve ter sido tão ruim assim..



                      Continua...



Notas Finais


AAAAAAAAAAA
Desculpem :'''''v
Foi só isso que deu pra fazê, eu to exausta ×-×
Eu prometo que o próximo capítulo vai ser grande :')


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...