1. Spirit Fanfics >
  2. Meu amor é teu - tododeku >
  3. Família unida

História Meu amor é teu - tododeku - Capítulo 13


Escrita por:


Notas do Autor


Puta que pariu
Desculpa por ficar 1 semana sem posta ou dá sinal de vida
Eu fiquei doente,tive trabalhos da escola é tomei no cu várias vezes.
Mas eu voltei :"D
:v desculpa mesmo por ter demorado tanto pra posta também fiquei sem IDÉIAS pro capitulo, sério
Tive que rescrever 3 vezes o capitulo pois não estava gostando de jeito nenhum..
Mas voltei cambada :D

Capítulo 13 - Família unida


Fanfic / Fanfiction Meu amor é teu - tododeku - Capítulo 13 - Família unida

Midoriya é Bakugou estavam no aeroporto estavam esperando seus pais eles iam volta de viagem hoje. Inko Midoriya é Yagi Toshinori, os dois irmãos estavam nervosos pois nenhum dos 2 viam seus pais a 5 meses por causa eles tiveram que viajar por causa do trabalho.

Midoriya é nem Bakugou contaram que são gays é estavam namorando, achavam melhor conta pessoalmente do que por mensagens junto com Midoriya é Bakugou estavam Kirishima é Todoroki.

Kirishima estava em pânico ia conhece a sua sogra é Todoroki aparentava está normal mas também estava surtando por dentro.

Não que a Inko é Yagi eram pessoas más, pelo contrário eram gentil é amigável mas tinham medo da reação dos 2.

Horas passaram é nada do casal

- PUTA QUE PARIU!!! - Bakugou berra pouco se fudendo se tinha gente próxima - por que caralhos eles estão demorando? 

- A mamãe falou que já vem Kacchan, parece que ela se atrasou só um pouquinho.. - Midoriya tenta acalma seu irmão mais velho mas adiantou nada - Logo,logo eles vão chegar!

- será que vão gosta da gente? - Kirishima estava suando até agora não conheceu ainda a Inko e Yagi estava com medo se não fosse digno de ser namorado do Bakugou.

- por que caralhos não iam gosta de tu cabelo de merda? - Bakugou pergunta para seu namorado o Kirishima apenas dá de ombros - se eles não apoiarem eles que lutem! 

- digo o mesmo.. - Todoroki finalmente fale mas estava nervoso muito.

Minutos passaram E finalmente Inko aparece procurando seus filhos logo ele para seus olhos no grupo e em seguida..

- IZUKU,KATSUKI!! - a esverdeada corre a direção dos seus bebês - senti tanta saudades! - logo ela abraça Midoriya é Bakugou que retribuem o abraço.

Logo o Yagi aparece é logo abraça Midoriya é Izuku é retribuem. Ficaram ai se abraçando Inko dando beijinhos no rosto do Midoriya é no Katsuki que apenas riram com o carinho.

A família estava unida novamente..

Todoroki é Kirishima estavam observando a cena, Kirishima estava preste a chora era sensível a reencontros de família Todoroki apenas estava sorrindo de leve.

- ah.. desculpem, mas quem são vocês? - Yagi finalmente percebe a presença dos 2 garotos que ficaram nervosos é corados.

- KIRISHIMA EIJIROU! - Kirishima diz alto é se curva na frente da família - PRAZER EM CONHECE VOCÊS!

Kirishima estava nervoso queria da uma boa impressão para família do seu namorado, logo ele escuta uma risada do seu namorado parecia que Bakugou estava adorando seu sofrimento.

Todoroki vendo a atitude do falso ruivo decide fazer o mesmo.

- Todoroki Shoto.. - diz envergonhado estava tímido mas em seguida se curva igual o Kirishima - prazer conhece vocês.

O casal ficou confuso com toda aquela saudação, Bakugou apenas estava rindo da vergonha que seu namorado estava passando Midoriya não era diferente.

- Não ligue para esses idiotas, são apenas "amigos" - Bakugou ainda nem seque contou para seus pais que era gay magina se tiver um namorado, ele ia conta hoje só que mais tarde - Vamos embora daqui, não aguento mais..

Casal concordou logo todo mundo sairam do aeroporto pediram um uber para casa.

[...]

- Que saudades que estava nessa casa! - Inko falar animada estava com saudades da velha casa - pelo visto vocês dois cuidaram muito bem durante esses 5 meses né? 

- Sim, tivemos uns problemas mas deu tudo certo no final - esverdeado diz sorrindo.

- pera de quem é essa roupa? - Yagi encontra um moletom de tubarão que estava jogado no sofá (que era obviamente do Kirishima)

- enquanto estavam fora, eu pedi o cabelo de merda dormir aqui comigo por uns  dias.. - Bakugou foi direto Kirishima estava mais vermelho que seu cabelo.

- ah okay.. - Yagi estava suspeitando mas decidiu ignora.

- parecem que esse tempo vocês ficaram bastante amigos do Kirishima é Todoroki certo? - Inko falar sorrindo inocente.

- ahh c-claro - Bakugou é Midoriya diz unisso.

- Bem já está tarde, Vamos fazer a Janta! - Inko diz animada 

Todoroki junto com kirishima vendo a oportunidade de se aproxima da patriarca da família logo falam. 

- EU POSSO AJUDAR!- diz unisso logo coram Inko apenas rir da reação é assenti deixando eles ajudarem na cozinha.

Bakugou é Midoriya achavam fofo a dedicação do seus namorados para se aproxima da família mas ao mesmo tempo estavam rindo do nervosismo deles.

[...]

Logo todos estavam jantando na mesa agora quem está nervoso era Midoriya é Bakugou os dois estavam se preparando para assumir na frente dos seus pais que eram gays é que estavam namorando.

E se desse tudo errado? E se forem homofobicos? E se tentassem separar os casais? E se forem expulso da casa? E se fossem odiados por serem gays? 

Esse era o tipo de pensamento que estavam no momento não queriam decepciona a família poxa ficaram 5 meses sem se verem por causa do trabalho agora vão se separa por motivo preconceituoso? Não queriam isso.

- que foi filhotes? - Inko percebe o nervosismo do seus filhos.

- N-nada só queremos conta algo.. - Midoriya diz constrangido.

- então fale, se for um problema conte nós iremos resolver, afinal somos uma família certo? - Yagi sorri confiante para seus filhos que apenas sorriam de volta.

- então.. - Bakugou é Midoriya diz unisso.

Do lado do Bakugou estava o Kirishima segurando a mão do namorado abaixo da mesa mostrando confiança se caso tudo dá errado pelo menos iam continua juntos.

Todoroki faz o mesmo com Midoriya estava suando de tanto medo mas não aguentava mas guarda tudo aquilo então Midoriya é Bakugou respiraram fundo é..

- Eu sou gay - Bakugou é Midoriya diz unisso.

Um longo silêncio constrangedor.

Midoriya é Bakugou estavam suando já estavam pensando no pior Midoriya já queria chora é Bakugou ia entra em pânico não queria perde sua família novamente.

Mas tudo que ouviram foram..

 - AHHHHHHHHH - Inko grita super feliz e animada midoriya é Bakugou olharam confusos para a mãe - EU FALEI YAGI! EU FALEI!!!! 

- puta que pariu.. - Yagi estava puto Inko estava super feliz que porra era aquela? - eu não acredito.

- JÁ PODE PASSA O DINHEIRO EU ACEITEIII!!! - Inko

- que porra é essa ? - foi tudo isso que Bakugou falou.

Logo a inko percebe que estava fazendo é sorri envergonhada Yagi apenas suspira.

- Eu é sua mãe apostamos quem um de vocês dois era gay ou não.. - falou direto é simples logo viu olhar confuso dos casais.

- Eu apostei que vocês dois eram gays pois estava suspeitando mas seu pai estava discordando então, fizemos uma aposta 500 reais se um de vocês fossem gay é adivinha? Eu ganhei! - Inko diz vitoriosa Yagi suspira derrrotado.

- então quer dizer que fizeram aposta se um de nós fosse gay? - Bakugou pergunta ainda confuso como  seus pais podem fazer isso? Esperava tudo menos isso.

- Sim - Yagi diz simples é direto.

- então, não estão decepcionado? - Midoriya pergunta

- Que? Claro que não! Vocês continuam sendo meus bebês, não é como se fossem gays,trans,etc.. fosse mudar todo meu amor é carinho que sinto por vocês! - Inko falar sorrindo o casais Kiribaku e Tododeku suspiram aliviados.

- eu digo o mesmo que a Inko - Yagi concorda

- ah, também estamos namorando - Midoriya falar logo vendo olhar reprovação do seu irmão mais velho.

- ohh - Yagi e Inko diz unisso.

- Quem são? Ninguém pode namora meus bebês sem minha autorização vai que seja um filho da puta - Yagi 

- Querido, Olhar o respeito! - Inko falar rindo empurra de leve seu marido.

- eles estão na mesa praticamente.. - Bakugou falar

Logo os olhares da Inko é do Yagi vão para Todoroki é Kirishima que estavam morrendo de medo.

- ohhh bem que suspeitava - Yagi falar - hmm, Kirishima se tu machucar meu filho tu sabe que vai se homem morto né? 

- e-eu nunca faria isso! - Kirishima tentava mostra confiante mas falhou miseravelmente 

- eu digo o mesmo para Todoroki - Inko falar sorrindo psicopata para Todoroki - nem pensa tira virgindade do meu bebê antes do casamento viu mocinho?!

- Sim senhora! - Todoroki engole seco Midoriya apenas rir da reação do seu namorado.

- Kirishima pra você também, se eu soube que tu encostou esse pau na bunda do meu filho tu vai ser morto moleque! - Yagi falar irritado Kirishima apenas assenti era novo demais para desafia a morte.

Inko é Yagi eram pais super protetores com seus filhos por mais que trabalhassem demais amavam e se importavam com seus filhos.

- Tirando toda essa ameaça, Vocês vão permite? - Midoriya falar esperançoso.

- Okay, só temos 3 condições.. - Inko é Yagi falam juntos.

 - Quais - Kiribaku e tododeku em unisso.

- 1 - sem tira virgindade deles antes do casamento nem pense me enganar viu! - Inko falar em seguida o Yagi - 2 - vocês não podem atrapalhar os estudos deles eles tem um grande futuro não quero que um namoro atrapalhe eles..

- 3 - façam eles felizes tá? Eles merecem é nem pensa brinca com corações deles viu? Se fizer algum mal para meus filhotes vocês já sabem.. - Inko falar Todoroki é Kirishima concordam com a cabeça.

- fazem eles felizes, eu boto essa tarefa em vocês viu? Eu desejo toda felicidade para vocês, eu vou confia em vocês.. - Yagi falar e a Inko concorda.

Logo em seguida eles voltam a conversa é se conhece melhor já que a Inko e Yagi estavam um pouco desconfiados com Kirishima e Todoroki.

Mas deu tudo certo Inko e Yagi estavam mais confiantes com Todoroki é Kirishima.


Notas Finais


AE PORRA TERMINEI
:o finalmente a Inko é Yagi apareceram
Eu decidi bota eles como pais protetores sabe?
Eu nunca vejo fanfics assim então botei na minha xD
Espero tenham gostado
Desculpa pelo sumiço denovo
Vou tenta ser mais ativa xD

Tchauzin\(•u•)\


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...