História Meu amor inimigo - Thiam - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Teen Wolf
Visualizações 170
Palavras 450
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, LGBT, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Slash, Sobrenatural, Steampunk, Suspense, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ta meio curto e ruim mas eu tentei. Desculpem qualquer erro :v

Capítulo 2 - Conversar


POV  LIAM

-Theo? O que faz aqui? - perguntei confuso compelindo meu coração a se manter calmo.

-Han... queria ver se podíamos conversar sobre - ele deu uma pausa fugaz - o que quase aconteceu ontem...

Como assim ele queria conversar? Theo Raeken não conversa, ele é traiçoeiro e agitado! Preparado para contrariar meu coração e dizer um obtuso NÃO. Mas fui absurdamente enganado pelo meu corpo.

-Claro. Quando? - o que deu em mim? Também gostaria de saber, mas a fatalidade ja havia sido feita.

-Podemos, sei lá, eu te busco aqui? Aí no caminho da sua casa a gente conversa?

-Beleza... - falei e fui para a aula.

POV THEO

Passei o tempo inteiro ansioso, contando minuto por minuto. O que não costumava ser corriqueiro da minha pessoa.
O que tinha em Liam Dunbar? Bom questionamento.

Me organizei e resolvi ouvir musica para o tempo passar mais rápido. Olhei a hora e faltavam menos de 10 minutos. Escovei os dentes e masquei um chiclete de hortelã. Peguei a chave do carro e fui ao colégio, onde Liam havia acabado de sair. Ele entrou cauteloso no carro, como se fosse inexato ser visto comigo.
Passamos uma parte do trajeto em silêncio quando ele perguntou:

-Então. O que foi aquilo? 

-Para você foi alguma coisa? - indaguei tentando soar indiferente.

-Como assim? Cara, você literalmente quase me beijou! Em livre e espontânea vontade! Vai dizer que isso não é nada, Theo!?

Ri e fui nocauteado com a sinceridade saindo pelos meus lábios - Certo, não foi nada. Foi algo...

-O que, exatamente? - Liam questionou.

-Não sei.

Chegamos na frente de sua casa e passamos minutos encarando um ao outro. Aí ele me beijou. Um beijo de verdade, não um quase beijo. Um beijo de verdade...

POV AUTORA

Theo prosseguiu o beijo, e quando o clima começou a esquentar ambos foram para dentro de casa.
Liam deitou o outro na cama, tirou sua camiseta e prosseguiu, dando leves beijos em seu pescoço, O resto já dá de se imaginar rs...

                                                                                          ***

Liam acordou e pensou automaticamente o que havia acontecido. Negava perplexo que fosse verdade, tenso com o parceiro deitado ao seu lado. Apenas ficou quieto pensando naquela noite e como seria quando Theo acordasse, até que pegou no sono novamente.

POV THEO

Acordei sem reconhecer onde estava, me situei após alguns momentos e as lembranças vieram grandiosas e detalhadas à minha cabeça. Olhei para o lado, Liam ali. Me sentei e coloquei minha camiseta, peguei um papel e caneta e então deixei um recado...

Liam, é o Theo. Fui sem te acordar porque não sei se seria bom eu ficar aqui. Mais tarde mando uma mensagem. XOXO

E saí.


Notas Finais


Opaa! Hehe, esquentou! Espero que tenham gostado. Desculpem erros.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...