História Meu amor por você - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Gravity Falls
Personagens Bill Cipher, Dipper Pines, Gideon Gleeful, Mabel Pines, Pacifica Northwest, Personagens Originais, Soos Ramirez, Stanford "Ford" Pines, Stanley "Stan" Pines, Waddles, Wendy Corduroy
Tags Mabill, Willdip
Visualizações 47
Palavras 992
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Fluffy, LGBT, Literatura Feminina, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - Capítulo 3


Fanfic / Fanfiction Meu amor por você - Capítulo 3 - Capítulo 3

P.O.V BILL

Agora vou contar como eu "voltei a vida",para deixar claro eu nunca morri,desculpa ter destruído o sonho de vocês de eu ter morrido.Primeiro,demônios não morrem,só tem uma arma com esse poder de matar um demônio da minha classe,mas eu não sei se é bom ou não mas essa arma está com um dos meus irmão,com a mais nova na verdade e ela leva aquilo para onde ela vá,então está bem protegido,e eu ainda não entendi como ela conseguiu aquilo,já que é era bem protegido mas eu não pergunto,sei que na primeira oportunidade ela vai me mandar para outra dimensão.Segundo,os Pines só destruíram a minha forma de triângulo,assim me obrigando a ficar na minha forma original que é humano,só que eu ainda tenho poderes.E terceiro e último,eu não apareci esse tempo todo pois estava de "castigo",já que o tribunal onde fui julgado decidiram isso por ter transformado o bebê do tempo em pó,e também parece que essa dimensão é protegida,não fiz questão de escutar,já que não me interessava mas nesse castigo só pudi me comunicar com meus irmãos(raras vezes que eles iam lá) e com a estrelinha,por meio de seus sonhos.Parece que a minha irmã conseguiu negociar com os "superiores" a minha liberdade,tenho que admitir que ela é bem esperta.Pode não parecer mas eu tive uma enorme saudade da estrelinha,mas só dela mesmo,e agora que eu sei que ela voltou eu vou conquistar a nossa amizade.

Mabel:-Bill?...Bill?...Tá me escutando?-Falou ela me balançando,sendo assim,acordei do meu transe.

Bill:-Ham?Oi estrelinha,sentiu minha falta?

Mabel:-Sim,muita.-Eu acabei não aguentando e dei um abraço bem forte nela.-Me solta,por favor...Bill...eu não to conseguindo respirar,você tá me apertando.-Falou ela sufocada.

Bill:-Me desculpe,eu estava com saudades.-Falei a soltando do abraço.

Mabel:-Eu também tive...-Ela ia falar alguma coisa mas parece que a mesma se lembro de algo.-Ai meu Deus!Eu sai correndo de casa,sem dar nenhuma explicação pro Dipper.Tenho que ir.-Antes dela sair correndo,eu a segurei pelo pulso.

Bill:-Espera,eu vou te acompanhar.-Eu não sei o porque de eu ter dito isso,já que se o irmão dela me descobrir,ele vai querer me matar(meio impossível),mas se ele conseguir eu vou para o tribunal,e eu não quero ir encarar aquele tribunal tão cedo de novo.

Mabel:-Então vamos,e rápido,daqui a pouco vai anoitecer.-Eu só assenti com a cabeça.

Fomos para a cabana,e tenho que confessar,eu estou com um pouco de medo da reação dele,porque eu não posso chegar nele e fala "Oi,lembra de mim?Sou eu o Bill,o demônio que trouxe caos para a cidade,que transformou os as pessoas da cidade em estátua,e agora eu voltei como um humano,e sou um amigo da shooting star",definitivamente não dá para falar isso,já que mesmo antes de eu terminar de falar ele vai estar me atacando.A estrelinha notou que eu estou um pouco tenso e segurou a minha mão,para passar confiança.

Mabel:-Fica calmo,nada vai acontecer.

Bill:-Mas eu sou o demônio que quase destruiu a cidade,vendo assim eu não sou bem-vindo na cidade e muito menos na cabana,sem mencionar o acordo que eu fiz com o Ford.

Mabel:-Não vamos pensar nisso por enquanto.Vamos,cade o Bill que é todo seguro de si?

Bill:-Você tem razão,já está anoitecendo e queremos chegar rápido,então se prepara.-Ela me olhou confusa,e assim estralei os dedos nos teletransportando para a cabana,uma coisa que eu não mencionei foi que a minha irmã consegui deixar eu com os meus poderes,ás vezes eu tenho medo dos negócios da minha irmã.Quando nos teletransportando notei o rosto de surpresa dela,acho que ela nunca se teletransportou para nenhum lugar antes.Antes mesmo da estrelinha falar algo,a gente foi interrompido.

Dipper:-MABEL!!-Escutei o pinetree chamando a estrelinha,na verdade acho que a cidade inteira escutou.-Que susto que você me deu.-Ele a abraçou.-Nunca mais saia correndo daquele jeito,vai saber se o louco do Bill pode te atacar.-Então eu sou visto como louco?Nossa ficou comovido,sentiu a ironia?-Quem é você?-Agora eu sou notado.

Bill:-Eu?...eu sou o...-Fui interrompido pelo pinheiro ambulante.

Dipper:-Não me diga que é outra paixão de verão.Você tinha parado com essas coisas

Mabel:-Não é,relaxa.-Como ela consegue se manter calma?Eu estou quase infartando aqui.                      

Bill:-Eu já te trouxe aqui,então eu já vou embora.-Eu queria sair daqui o mais rápido possível.

Dipper:-Mas você não se apresentou.-Eu juro que quase calei a boca dele com magia.

Mabel:-Dipper,eu quero te contar uma coisa mas não pira.

Dipper:-Ta,mas por que?-Eu poderia me teletransportar mas com certeza a estrelinha ficaria chateada comigo.

Mabel:-Ele é o Bill Cipher

Dipper:-O QUE?Você voltou mesmo?Mas como?-Não sei se ele estava mais preocupado com a sua segurança ou em fazer perguntas.

Bill:-Tecnicamente demônios não morrem tão fácil,ainda mais por causa de um círculo,vocês só destruíram a minha forma de triângulo então tive que voltar na minha forma original.-Falei como se fosse a coisa mais óbvia do mundo.

Dipper:-Tá,mas por que a minha irmã está com você?

Bill:-O porque dela estar comigo é que somos amigos,algum problema?-Falei me aproximando dele,e ele ia andando para trás.Ele só negou,já que eu estava com chamas nas minhas mãos e provavelmente com uma cara assustadora.

Mabel:-Vamos entrar,por favor.-Ela entrou primeiro e eu fui atrás,o irmão dela logo subiu,pelo jeito foi para o quarto dele,pelo menos ele não me enche de pergunta chatas e bobas.-Vamos subir?E aproveita que tá tarde e durma aqui.-Eu só assenti.

Subimos e ela foi para o banheiro se trocar,eu aproveito e me troco com a minha magia,e de verdade eu tenho que agradecer a minha irmã,a magia adianta muita a vida de quem tem.Logo a estrelinha entrou no quarto com um pijama de unicórnio.E deitamos na cama dela,que por sorte era de casal e começamos a conversar.

Mabel:-Onde você mora?

Bill:-Em uma casa na nuvem,pode parecer clichê mas ninguém te incomoda.

Mabel:-Nossa,amanhã eu vou te visitar.

Bill:-Como?Você não voa,não sabe abrir um portal e nem se teletransporta.

Mabel:-Amanhã quando você for eu vou junto.-Falou como se fosse a coisa mais óbvia,e eu só pudi afirmar.

Ficamos conversando e logo pudi notar que ela havia dormido,então resolvi dormi também,já que amanhã terei uma visita e estou torcendo para não ter nenhum imprevisto.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...