História Meu anjo - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 18
Palavras 824
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Festa
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Mutilação, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 5 - Te amarei para sempre


Fanfic / Fanfiction Meu anjo - Capítulo 5 - Te amarei para sempre

     Já era 08:30 quando entrei no banheiro enchuguei minhas lágrimas tomei um banho e me arrumei para ir ao velório coloquei minha blusa preta escritó DMC (era um grupo de rap que Mateus tinha me ensinado a gostar) minha calça dins preta e a blusa de moleton de Mateus pra esconder os cortes desci as escadas meu pai não estava lá em baixo mas acho que deveria ter ido pro quarto sai de casa e passei na casa da minha avó 

-vó a senhora está aí 

-oi gabie a mãe do Mateus ligou e me contou oque aconteceu como você está

-estou bem vó na medida do possível 

-você quer que eu vá com você ao velório 

-não precisa vó eu vou sosinha 

-tudo bem querida se cuida então 

-obrigada vó 

Sai da casa de minha avó e fui andando até o velório quando cheguei lá vi a mãe de Mateus na porta ela estava com uma cara triste e abatida 

-oi Cecília -era o nome da mãe do Mateus 

-oi gabie que bom que veio 

-eu disse que vinha 

-essa blusa é do Mateus né 

-sim ele tinha me enprestado 

- é eu lembro que vocês viviam trocando de blusa

- é... 

Ela me entrega um boné preto

- esse boné é do Mateus 

-sim hoje de manhã eu fui no quarto dele e vi em um porta retrato uma foto de vocês dois e você estava com esse boné  Achei que ele ia gostar se ficasse com você 

- obrigada... 

-ele era muito especial pra você não é 

- mas do que você imagina 

Depois de sentir que iria chorar novamente fui até o caixão onde o pai do Mateus chorava olhei para o caixão e vi aquela imagem do meu amigo que não daria mas aquele sorriso maravilhoso para mim que não iria mas ouvir Justin, BTS, DMC ou Melanie Martinez comigo que não teria mas aguem que sempre me dissesse que ficaria tudo bem na quele momento lágrimas voltaram a descer em meu rosto 

-gabie está tudo bem - disse o pai do Mateus 

-està sim -disse indo sentar em umas das cadeiras ao fundo da sala 

Eu estava de cabeça abaixada e boné para esconder minhas lágrimas que tornavam a cair vinhame cada vez mas lembranças da queles momentos bons que passamos juntos e com essas lembranças vinham mas lágrimas até que sinto aguem parar em minha frente era o irmãozinho de Mateus Luan enchuguei minhas lágrimas e olhei para ele 

-oi Luan

-oi gabie  toma isto 

Ele me entrega minha blusa que avia ficado com Mateus 

-a minha blusa 

-sim acho que você podia colocar dentro do caixão o Mateus ia gostar de estar com ela para sempre

- você tá certo mas eu acho que você tinha que ficar com ela 

-por que eu ? 

- você se parece muito com seu irmão acho que ele ia gostar de ficar com você sei que vai cuidar dela direitinho - ele me dá um abraço e sinto-o chorar 

-ei carinha tá tudo bem 

-a culpa foi minha gabie só minha 

-não não foi não 

-se ele não tivesse me buscado ele ainda estaria vivo 

Eu não sabia como consolalo então lhe abracei e disse 

-o Mateus não gostaria de te ouvir falar isso 

Ele me soltou e sentou em uma cadeira a frente da minha e ver como ele parecia com Mateus só me dava mas vontade de chorrar.

Já era umas  10:30 quando o padre da igreja que a família de Mateus chegou e começou a fazer uma oração alguns minutos depois a mãe de Mateus pediu para dizer algumas palavras 

- meu filho era um garoto especial ele não sabia nos ver chorar sempre estava disposto a cuidar de todos ele era especial muitas pessoas diziam Isso para nós seu filho é um anjo sem asas bom hoje podemos dizer que ele virou um anjo só que com asas 

-posso falar um pouco 

-claro Gabie 

Fui até perto do caixão 

-mateus era sim um anjo ele era especial lembro de todas as vezes  que ele me fez sorrir de todas as vezes que mesmo não gostando de BTS ou got7 ele sentou na quela pista de skate eu fazendo carinho em seu cabelo  ele ouvindo aquelas músicas comigo olhando aquele sorriso que me fazia esquecer de todos os meus problemas Mateus cuidou de mim e disse que ia ficar tudo bem hoje eu deixo meu obrigada a ele por ser esse anjo tão precioso na minha vida -comecei a chorar novamente -mateus não sei se você vai estar ouvindo isso acho que não mas obrigada por todos os milkshaks por todas as partidas de vídeo game que você me deixou ganhar por não rir da minha falta de talento na dança e por ter tido paciência em me ensinar a andar de skate eu te amo muito e se eu soubesse que seria o último abraço eu não teria soltado ...

         Continua...




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...