História Meu anjo da guarda, meu park Jimin - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Got7, Hot, Jimin
Visualizações 604
Palavras 1.209
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 25 - Ele e doido


Fanfic / Fanfiction Meu anjo da guarda, meu park Jimin - Capítulo 25 - Ele e doido

S/n on....


Estava assistindo tv enquanto tinha a visão maravilhosa de Tae limpando os móveis, ele era bem atento e as vezes sorria pra mim, namjoon por outro lado, estava mais quebrando do que arrumando as coisas. 

Todos os 7 garotos arrumavam aquele chiqueiro que jimin chamava de casa, Jimin saiu pra comprar suco junto com kook, enquanto o resto arrumava a casa e Jin fazia a comida. Me levantei indo ate a cozinha vendo os ombros largos de Jin na cozinha. 


S/n: Jin? 

Jin: Que foi? 

S/n: Você sabe onde é o banheiro? 

Jin: última porta do corredor subindo as escadas. 

S/n: Obrigada oppa. 


Sai da cozinha passando por namjoon que limpava a mesinha de centro, fui subindo a escada com calma vendo os meninos fazendo suas tarefas, passei pelo corredor vendo 2 portas, uma que podia ser o quarto de Jimin e outra que era o banheiro. 

Naquele momento minha curiosidade foi maior, olhei pra trás me certificado que todos os meninos estavam embaixo,  fui com calma até a porta e abri ela tendo a visão do quarto de Jimin. 

Tinha uma cama de casal com um colcha azul clara, tinha uma escrivaninha na frente da cama com alguns livros e quadrinhos,  fui até a janela vendo que dava pra ver meu quarto, sorrir pois a história de Jimin fazia sentindo agora. 

Fui até sua cama sentindo seu cheiro, apertei o travesseiro sentindo o cheiro bom do seu cabelo, fui botar o travesseiro de volta quando vi uma foto na cama, por pura curiosidade eu puxei vendo uma foto minha.


Nela eu  estava sorrindo, seu querer sorrir, me lembro bem do dia da foto, eu estava saindo pra escola ouvindo música,  guardei a foto no lugar e me levantei indo ate a sua escrivania. Nela tinha o celular de Jimin, peguei ele e não tinha senha, abrir ele vendo alguns jogos e coisas aleatórias. 

Até ver a caixa de mensagens com uma mensagem, eu sei que é falta de educação e até mesmo podia ME dar mal por fazer isso, mas Jimin não podia ficar com raiva de mim por isso, apertei o ícone sem pensar e a foto da morena fez meu coração acelerar, era Jisoo. 


(Mensagens on) 


Jisoo: Você não pode fazer isso, você realmente gosta daquela garota?


Jimin: SIM! Realmente gosto, não quero saber nada sobre você, então por favor me deixa em paz!!  


Jisoo: Ela não vai te querer, não depois do que você fez,do que nos fizemos! 


Jimin: Eu vou lutar...vou ficar com ela, vou cuidar dela, pq eu amo ela. 


(Mensagens off) 



Desliguei o celular deixando encima da escrivaninha e fui com calma saindo do quarto se park, meu coração acelerou so de ler aquelas coisas, eu não sabia direiro o que sentir e precisava pensar direito em tudo. 


Desci a escada segurando o corrimão, procurei os meninos mas nada deles, fui até à cozinha e todos estavam sentados enquanto Jin servia o almoço. 


Jin: onde você tava?  

S/n: B-banheiro!! 

Jimin: Vem comer, está com uma cara ótima. 


Encarei park por alguns segundos, ele estava fofo, seus olhinhos estavam me encarando assim como eu encarava ele, meu coração estava acelerando e mandava eu beijar ele, mas minha mente sabia o que ele tinha feito. 


Suga: S/n...você ta bem? 

Tae: ta pálida.

Jhope: Você limpou o banheiro direito namjoon? Talvez ela se assustou com o que tinha la. 

Namjoon: Eu limpei muito bem, aliás como nunca ficará novamente. 

Jungkook: Quebrou a porta?  

Jin: Calem a boca, s/n Venha comer. 

S/n: E-Eu não posso, hoje e a folga da minha mãe, ela vai fazer o almoço...tenho que ir. 

Jin: Mas...

S/n; Outro dia eu provo sua comida, beijos meninos. 


Sai rápido de la indo pra casa, estava nervosa e precisava pensar em tudo que park fez, entrei em casa correndo subindo as escadas, mas ouvi uma voz atrás de mim e parei. 

Me virei com calma vendo minha omma me encarar seria, ela estava com um olhar que me dava medo, ela botou as mãos na cintura e eu desci os degraus com calma.


Omma: Onde você tava? 

S/n: Ajudando o park e seus amigos. 

Omma: Vai pra seu quarto e se arrume, um amigo DE trabalho irá vir aqui almoçar e eu quero você apresentavel.

S/n: Colega de trabalhado? 

Omma: E seu filho também...agora vai rápido. 


Minha omma não estava normal, subi as escadas correndo indo de encontro a meu quarto, peguei a toalha e corri pro banheiro, deixei a água Quente descer por meu corpo e pensei em park. 

Minha mente estava pensando nisso mesmo quando eu queria esquecer, meu coração dizia pra dar outra chance a park, mas minha mente entedia que ia dar merda, sai dos meus pensamentos terminando aquele banho. 

Peguei um vestido preto com manga e uma sapatilha também preta, arrumei meu cabelo deixando as pontas com Cachos,  ouvi algumas vozes e entedi que eles tinha chegado, desci as escadas vendo um homem muito bonito falando com Minha mãe. 


S/n: omma! 

Omma: A essa é minha filha s/n. 

***: Prazer mocinha,  sua mãe fala muito sobre você. 


Apertei sua mão e minha omma carregava um olhar diferente sobre aquele homem, e ele também JÁ que sempre arrumava uma forma de olhar pra ela. 

S/n: E um prazer conhecer o senhor. 

***: Senhor está no céu, me chame de wang. 


"Espera...eu conheço esse nome." 


S/n: Wang? 

Wang: Sim!! E esse é meu filho, Jackson wang. 


Me virei vendo Jackson que estava com uma camisa social Branca e um short preto, ele segurava o celular numa mão enquanto seus olhos estavam encarando a mim. 

S/n: HAAAAAAAAAAAAAAAA!! 

Jackson: NAOOOOOOOOOOOOOOO!!! 

s/n: QUE VOCÊ FAZ AQUI? 

Jackson: ELE E MEU PAI!! E VOCÊ?  

s/n: ELA E MINHA MÃE, E ESSA A MINHA CASA! 

wang: Você se conhecem?  

Omma: Calma...

Jackson: Você está paquerando a mãe da s/n? 

S/n: QUE? PAQUERANDO? MAEEEE!! 

omma: Calma, ninguém está paquerando ninguém....

Wang: exatamente ninguém. 

Jackson: Meu Deus!! Nós somos irmãos! ! 

S/n: VOCÊ ESTA LOUCO?  

Omma: QUE irmãos? Não...vocês não são. 

Wang: Não? 

S/n: não? 

Omma: NÃO!! 


Quebra de tempo...


Eu e Jackson estávamos  sentados no sofa enquanto minha omma e seu appa estavam encarando a gente em pe, depois do nosso "pequeno surto." Fomos obrigados e ficar sentados ouvido sermão. 


Omma: N-Ã-O E-ST-A-M-O-S J-U-N-T-O-S!!! 

Wang: E mesmo que estivéssemos vocês não precisavam desse surto todo. 

S/n: claro que precisa, ser irmã desse traste, nem aqui e nem na próxima encarnação. 

Jackson: na Próxima encarnação você será uma formiga, e eu terei o prazer de pisar em você. 

S/n: Na próxima encarnação você será uma folha, e eu vou te  rasgar sem dó nenhuma.

Omma: Parecem duas crianças, vou preparar a mesa. 

Wang: Eu TE ajudo, os dois ficam aqui e viram amigos. 


Ele saiu me deixando com aquele energumino,era oficial eu tinha dançando funk na frente da Cruz, pra receber tanta dor e sofrimento nessa vida. Jackson estava encarando o nada e eu fazendo o mesmo. 


Jackson: so pode ser brincadeira.  

S/n: ta reclamando de que? Eu que tenho que ficar com você. 

Jackson: e eu com você. 

S/n: Grosso!! 

Jackson: E grande também..



Pensei por alguns segundos ate enteder o que Jackson havia falando, joguei a almofada nele e ele gargalhou alto, me levantei encarando ele com ódio. 


S/n: Imbecil!! 

Jackson: Também te amo, meu amor. 











Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...