1. Spirit Fanfics >
  2. Meu anjo da guarda, Siyoon... >
  3. Eu também não deixaria ninguém te machucar Yoon S.D

História Meu anjo da guarda, Siyoon... - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura....

💗💗💗

Capítulo 4 - Eu também não deixaria ninguém te machucar Yoon S.D


Fanfic / Fanfiction Meu anjo da guarda, Siyoon... - Capítulo 4 - Eu também não deixaria ninguém te machucar Yoon S.D

...

- Obrigada. Começo a comer e não paro de pensar na Heyoon e o ar gelado continua sobre meu pescoço e as minhas costas, ela está aqui ainda me abraçando.

 

Ela é realmente um anjo*

                                                                                                                         

 

Estava dormindo quando escuto o barulho mais irritante do mundo, o do meu despertador, abro os olhos e percebo que ainda estou no quarto do hospital, eu recebi alta e posso voltar agora pra casa, eu não quero ir a escola hoje, mas a Heyoon insistiu pra eu ir então eu vou, dei algumas desculpas, mas não adiantou, ela é muito mais esperta do que eu.

 

Depois de uma meia hora eu tomo um banho  escovo os dentes, odeio ir a hospitais, mas a Dr. Clarke é a única médica que me faz ter vontade de vim pra cá, meus pais vieram me buscar e meu irmão nem venho me visitar de novo ou me ver.

 

 Entro em casa e vejo Josh descendo o andar de cima, ele não fala comigo apenas passa direto e fala um "Oi" mais seco que eu já vi dá para os pais, vejo meus pais se olharem e depois olharem pra mim, eles estão bem tristes pelo fato do Josh os tratar assim, então resolvo falar algo pra animar eles.

 

 

- Não liga pra ele não! Eu acho que deve tá com "TMD" Temperamento masculino diário. Reviro os olhos e eles riem, eu queria que o Josh fosse diferente, mais legal, mas acho que isso nunca vai acontecer, espero que um dia ele mude assim ele perceba o quão triste ele deixa as pessoas.

 

 

Alex: Vem filha, vamos comer alguma coisa. Diz me levando até a cozinha e começa a encher a mesa de comida, pães, bolos, sucos.

 

 

- Tudo isso é pra mim? Eles assentem. - Obrigada mãe, obrigada pai.

 

 

Martin: Como você voltou do hospital, eu irei te levar pra escola e você vai levar o atestado. 

 

 

- Okay, então é melhor eu correr né? Já devo está bem atrasada. Digo sem empolgação alguma. É melhor eu ir logo. Termino de comer e subo no meu quarto, e decido por uma roupa diferente das que eu vou hoje, um top cropped branco de manga longa, uma saia jeans não muito curta nem muito longa, e um tênis branco, e deixo meu cabelo solto.

 

XxX: Você está linda. levo um susto, mas logo me recomponho ao ver a Heyoon na minha cama sentada.- Desculpa se te assustei. 

 

 

- Não está tudo bem, mas você acha que eu estou inda? Ela assente e eu sorrio meio envergonhada. - É que eu tenho vergonha de ir assim pra escola e as pessoas ficarem me olhando. Ela chega perto de mim e acaricia meu rosto.

 

 

Heyoon: Você está perfeita, você já perfeita! Não ligue para os olhares, você tem que ser você mesma. Diz e me abraça e eu retribuo o abraço. - Eu vou com você a escola, eu prometi que esse ultimo mês ia ser incrível e é isso que eu vou fazer.

 

 

- Obrigada, espero que seja um dia bom. Me sento na cama e começo a fuçar o celular e vejo 27 ligações do Noah e 14 da Sofya, eu não sabia o que fazer, eu ligo? Ou apenas finjo que não vi? Tinha 56 mensagens do Noah.

 

 

Heyoon: Sei que você quer atender e responder as mensagens, não deveria se prender a fazer isso, conte a ele, você o ama, então conte a verdade, talvez você saiba o motivo dele ter ido embora.

 

 

- Na verdade, eu vou fazer isso depois da aula, eu não estou com cabeça pra responder o ligar pra ele. Guardo o celular na mochila e coloco nas costas. - Olha se você vai comigo, é melhor fingir que estava vindo até aqui em casa. Ela assente e logo some.

 

Desço as escadas e vejo meus pais vendo TV, me despeço da minha mãe e falo ao meu que uma amiga minha está vindo e que ele não precisaria me levar, a campainha logo toca e a Heyoon já está na porta, fomos andando até a escola e bem fomos correndo porque eu já estava atrasada, ao chegar encontro meu irmão e o grupo dele conversando, sinto a mão da Yoon na minha e passo do lado deles, pensei que eles iriam me perturbar, mas só olharam e eu passei reto indo em direção a sala de aula onde encontro a professora e pergunto se posso ir na diretoria levar o meu atestado até a diretoria, e eu fui, a diretora já sabe que eu só irei ficar aqui por um mês e pude ver um olhar de preocupação em seus olhos e seguir pra minha sala novamente.

 

 

- Você vai ficar na sala comigo?

 

 

Heyoon: Claro que vou, vou sentar do seu lado. 

 

 

- Te amo Yoon. Dou um beijo em sua testa e ela me abraça apertado, entramos na sala e o sinal bate, cheguei bem atrasada já estava na segunda aula, os amigos do meu irmão estavam olhando pra mim, eu os ignorei, eles nunca falaram comigo e o Josh parece que fingi ser meu irmão na escola, então não vou dá atenção a eles também.

 

 

Heyoon: Eles não vão te fazer mal viu? Eu não irei deixar. Ela deita com a cabeça em meu ombro e eu acaricio seus cabelos.

 

 

Eu também não deixaria ninguém te fazer mal Yoon*

 

 

Continua...

 


Notas Finais


Meu Siyoon reina aiai....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...