História Meu anjo da guarda (Taekook) - Capítulo 37


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Namjin, Taekook, Yoomin
Visualizações 23
Palavras 1.679
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Lemon, LGBT, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Esse cap foi voltado um pouco mais para yoonmin pq eu nunca dei mts detalhes sobre a relação deles,e acho q precisava esclarecer.
É isso,boa leitura 💕

Capítulo 37 - Nasci para ter sentimentos


Fanfic / Fanfiction Meu anjo da guarda (Taekook) - Capítulo 37 - Nasci para ter sentimentos

-Esqueçam o jogo, achei que se fôssemos nos encontrar com os demônios daria certo.~Entro no quarto do Hotel já falando.
- não se culpe tanto Tae,agora sabemos o que fazer.~Jin diz logo em seguida colocando sua mão em meu ombro.
- o que aconteceu?~ Jungkook se levanta da cama depressa e vem ate mim colocando suas mãos em meu rosto.
- o Lúcifer quer guerra.
- como eu imaginei~Yoon diz estralando os dedos como se tivesse recordado de algo -mencionaram isso quando era Demônio, aish eu tinha esquecido de contar, desculpa aí.
- o que mais eles comentaram?~ pergunto
- ah não lembro direito mas tem como eu voltar pra lá e descobrir.
- como?~ Jimin diz.
- a maioria dos demônios acha que eu só fui comprir com as ordens feitas mas não sabem que eu sou anjo agora.
- então é só você entrar fingindo ser um demônio?
-sim, aí eu pego algum microfone e uma mini câmera para vocês verem o lugar de resto deixa comigo.~ Jimin abraça seu namorado sorrindo e da beijos em seu rosto.
- só quero que isso acabe logo~ digo
- vai sim~ Jungkook fala e me dá um selinho.


》Quebra Tempo

Já pela manhã arrumados nossas malas e voltamos para a Coreia por teletransporte que foi mais rápido.
- não sabia que isso era possível ~Kook diz quando entra em sua casa.
- tudo é possível.
Há essa hora todos ja estavam em suas casas, marcamos de nos encontrar-mos na casa de Jungkook após todos se arrumarem.

Yoongi acabara de entrar na sede dos demônios e nos o acompanhava-mos pela tela do notebook e microfone.

•|Yoongi on|•

Caminho entre as mesas com os computadores que os seres usavam,todos olhavam pra mim.
Fico com a minha típica cara neutra e caminho até a mesa que era de um dos meus "amigos"
- Demorei mas voltei
DongMin para de digitar e me olha ja fornando seu sorriso típico.
- sabia que iria voltar uma hora ou outra afinal você é um de nós.
- claro. Então, o que vamos fazer?~ me aproximo olhando para a tela do computador.
- bom o chefe quer guerra e como eu sou top nessa parada ele me deu algumas vantagem
- sortudo~ bufo
- eu sei que sou o melhor entre esses merdas.
Reviro os olhos e fico olhando para o computador para que os outros verem também.
DongMin levanta de sua cadeira.
-enfim, ta afim de ir naquele bar lá cheirar um pó e transar um pouco? Soube que tem mais minas e caras novos.
- na- bom quer saber,vamo sim. ~No meu ouvido ja ouvia Jimin gritanto e me xingando pra eu não ir mas eu precisava já que precisava tirar mais informações dele.
-bom a gente se vê lá às 22h
- Beleza. Bom até idiota.
Saio dali o mais rápido possível e volto para a casa de Jungkook.

Já quando abro a porta Jimin vem até mim querendo me bater mas Jin o segura.
- relaxa Jimin eu não vou ir no bar pra me aproveitar.
- e o que você vai fazer ein??
- vou levar vocês comigo e vamos ver o que mais ele fala. Eu começo o DongMin ele fala tudo quando ta bêbado essa vai ser a melhor chance de a gente saber mais sobrebo que ta rolando.
Jimin ainda ficou meio relutante mas concordou.
Arrumo os outros como prefeitos demônios.
- ai credo essa roupa fede~ Jin diz
- os demônios cheiram assim
- é verdade eu lembro~Jimin fala olhando para a sua roupa no espelho.
Sorrio o olhando lembrando dos nossos momentos juntos quando eu ainda era demônio.

Flashback on 》

Tinha acabado de sair para cumprir com meus deveres só faltava atormentar mais uma garotinha, coisa que era muito fácil.
Chego na casa da garotinha entro pela janela da sala e caminho até seu quarto,ela estava dormindo quietinha em sua cama abraçando um ursinho de pelúcia, quem passasse e visse acharia adorável mas como sou um demônio não me importo.
Me aproximo da garota já pronto para atormenta-la quanto algo é arremessado em mim. Olho para a direção que o objeto foi lançado e vejo uma luz ao lado da criança.
- ah sério isso? É só o que me faltava~ bufo -deixa eu fazer meu trabalho logo.~ me aproximo da criança novamente mas sou espesso de toca-la ~a luz se transforma eu um homem.
- você não vai tocar nela ~ele diz olhando em meus olhos.
- veremos ~sorrio cínico e o empurro pra longe de mim.
Ele cai mas logo levanta e vai pra cima de mim saimos do quarto e por um movimento caímos juntos escada a baixo.
Já no chão eu caio e fico por cima do mesmo que está deitado no piso.
Ficamos nos olhando por um tempo até que eu me levanto.
- isso não vai ficar assim.~ o olho pela última vez e ele faz o mesmo se levantando do chão.
- você pode até tentar mas não vai conseguir.
Sorrio sem mostrar os dentes e saio da casa.

Depois daquele dia vi constantemente o Jimin e não queria parar de vê-lo,pra mim ele me divertia no começo mas ao passar do tempo percebi que era mais do que apenas isso.

Alguns dias depois》

Encontro Jimin uma outra vez observando a garotinha que brincava no parque de Seul,fico invisível e vou até onde está Jimin.

- você não cansa não?~ me sento ao seu lado da árvore.
Ele toma um susto e quase cai do casco da árvore eu seguro seu braço e o puxo para se sentar mais perto de onde eu estava - você não sabe mesmo ficar em uma árvore.
- foi minha única opção, aqui da pra vê-la melhor.~ se justifica soltando seu braço da minha mão.
- por que você não me deixou cair?~ me olha
- reflexo~ desvio o olhar.
- hm sei.
- eu ainda posso te empurrar daqui
- duvido!
O olho e começo a empura-lo mas quando ele cai me leva junto e caímos na grama,o aque faz a garotinha se assustar.
E lá estavamos nós eu em cima de Jimin.
- acho que isso foi proposital~ digo
- por que acha isso?
- por que não é a primeira vez que caio em cima de você, acho que você gosta que estejamos nessa posição. ~Jimin cora e me empurra,logo começo a rir.
- até parece!!! ~fico rindo e a menina que assistia a cena começa a rir também.

Tive muitos bons momentos com Jimin mas quando um dos demônios descobriu que eu supostamente estava ficando com um Anjo ele armou pra gente.
- soube que anda se encontrando muito com um Anjo
- bom isso é por causa do trabalho ~não menti
- mesmo assim, tem que ficar tão próximo dele?
-o que você está insinuando DongMin?~o olho
- não estou insinuando nada,apenas te alertando que se você continuar assim o chefe não irá gostar de saber disso.
Rio irônico começando minha encenação.
- acha mesmo que estou me envolvendo com um daqueles? Me poupe Dong.
- não é o que eu vi a uns dias no Parque de Seul.
- aquilo foi um inconveniente, fui lá a trabalho e ele se jogou pra cima de mim como você pode ter visto eu ri da cara dele naquele dia.
- realmente,mas vou ficar de olho em você.
- não tem nada com que você se preocupar.
Naquele dia DongMin gravou nossa conversar e mandou anonimamente para Jimin.

Jimin começou a me evitar em todos os sentidos o que era pra eu não sentir ei senti,saudade dele.
Nos afastamos durante um tempo mas eu sempre o via no café da empresa quando passava por lá, nesses dias eu só o ficava olhando pelo vidro.
Ele tomando seu café olhando pro nada. Cabisbaixo.
Como um demônio tentei não pensar nele, não sentir a falta que ele fazia,mas eu falhava miseravelmente todos os dias.
Até que um dia não aguentei mais,percebi que não nasci pra ser um demônio nunca senti prazer em ver pessoas sofrendo como os outros, eles não tinham sentimentos mas eu tinha, eles não amavam mas eu amava, amava demais Jimin e não suportava mais aquilo.


"Eu simplesmente não aguento mais toda essa pressão, essa angústia que insiste em ficar em meu peito, me ajuda por favor - o abraço fortemente ele é o único ser que confio e amo em todo o mundo. Desabafo tudo que estava me matando por dentro, enquanto eu chorava o mar mediterrâneo Jimin fazia um carrinho em meus fios e tenta me acalmar.

- eu vou estar sempre ao seu lado Yoon pra tudo irei te ajudar no que for preciso me parte o coração te ver chorando. - tento me acalmar e me solto de seu abraço e me ajeito em meu sofá.

- você foi a melhor coisa que aconteceu em minha vida Jimin - passo minha mão em volta de seu rosto - eu te amo Jimin , me perdoa por tudo o que eu fiz , eu não posso te perder - ele sorri e desta vez é ele quem chora

- eu te perdoou,por que eu sei que você foi obrigado a fazer essses atos - limpo suas lágrimas - você nunca vai me perder , eu te amo Yoongi - selo nossos lábios..."


Depois daquele dia eu soube que nasci na verdade um anjo e não um demônio, que nasci pra ter sentimentos, nasci para amar Jimin.

Flashback off》

- por que está sorrindo tanto Yoongi?~Ouço a voz de Taehyung
- ah nada de mais,só estava me lembrando do passado.
Jimin anda até mim e me abraça.
- ainda bem que você descobriu seu verdadeiro ser.
- ainda bem que tenho você ~o abraço de volta.
- bom todos prontos?~Namjoon diz
-sim!~ todos dizem ao mesmo tempo.
- então vamos acabar logo com isso!~ Tae fala colocando sua jaqueta de couro preta e pega a cheve de seu carro.


Notas Finais


Bye💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...