1. Spirit Fanfics >
  2. Meu anjo da morte >
  3. Capítulo 16

História Meu anjo da morte - Capítulo 16


Escrita por:


Notas do Autor


Vamos lá,vamos lá.
.
.
.
Boa leituraaaa!!!

Capítulo 16 - Capítulo 16


Fanfic / Fanfiction Meu anjo da morte - Capítulo 16 - Capítulo 16

Terça,25.04

Los Angeles,03:00am

Jackson Wang narrando

Gabriel: QUE DROGA,JACKSON.

Jackson: O que foi agora?

Gabriel: você não está fazendo NADA direito. Ou melhor,voce não está fazendo NADA.

Jackson: está tudo sob controle.

Gabriel: não,NÃO está. Você nem está próximo dela.

Jackson: Claro que eu estou.

Gabriel: NÃO,VOCÊ NÃO ESTÁ. NÃO TRANSOU COM ELA,NEM UM BEIJO VOCÊS DERAM.

Jackson: essas coisas não são de uma hora pra outra,senhor.

Gabriel: Devo lhe alertar novamente que Park está na terra???? Que se Park quiser,ele fica com a garota,e mata nos Todos???hum????? 

Jackson: eu vou conseguir,relaxa.

Gabriel: o tempo está passando Wang,tic tac.

Depois dessas palavras sinto minha vista escurecer.

Jackson: maldito 

Exclamo com extremo ódio ao ver o lugar que ele me deixara. No meio de um beco qualquer,nem pra ele me mandar pra minha casa.

Levanto-me batendo de leve em minha camisa branca,na intenção de tirar o sujo que estara na mesma, pois chão de rua não é o mais limpo.

Após algumas batidas,percebo o quão é em vão,já que a camisa continuava do mesmo estado.

Viro meu corpo para sair daquele lugar,porém meu corpo rapidamente fica imóvel ao escutar um choro,não tão distante.

Vou andando para trás,vou andando e andando até meu olhar ir para o fundo do beco e me deparar com uma menina. Uma menina  sentada,em posição fetal. 

Meus pés sem querer esbarram em um latão de lixo que estara ali,fazendo um enorme barulho.

A menina rapidamente olha para mim assustada,pera,essa não é a.......

Mina: j-jack?

Sua voz estava baixa,quase soou como um sussurro,seu rosto estava vermelho,seus olhos pesados. 

Jackson: o que está fazendo aqui? Ainda mais sozinha,é perigoso.

Mina: eu....Eu briguei com minha mãe e ela me expulsou de casa. 

Ela se levanta,fica bem na minha frente e passa suas mãos em seus olhos,retirando a lágrima que por ali escorria.

Jackson: nossa,complicado,mas vai dar tudo certo. Bom,tenho que voltar para casa.

Viro meu corpo para me retirar do local,porém uma mão puxa  a minha camisa por trás,fazendo assim,eu ficar imóvel.

Mina: o que faz tão tarde na Rua???

Jackson: eu vou...Vou comprar bolo,eu sempre como isso no café da manhã,daí vi você chorando e não me contive. 

Mina: bom,já que está aqui....

Ela em um ato rápido me empurra,fazendo minhas costas se chocarem com a parede que ali havia.

Jackson: o que você está fazendo? A-ah.....

Solto um leve gemido ao sentir ela sugando meu pescoço. Eu queria parar,mas eu também queria continuar ali.

Ela pega minhas mãos e logo põe as mesmas em sua cintura,decido permanecer ali. Aperto levemente sua cintura,e depois desse ato,desço as mesmas até sua bunda, e novamente aperto,porém com mais força do que antes.

Mina: a-ah jack.....

Ela logo ataca meus lábios. Nossos lábios pareciam brigar,ela ficava alternando entre mordidas e chupadas.  

Ela desce suas mãos até meu peitoral,sua mão esquerda continua no lugar fazendo "carinho" no mesmo. Sua mão direita continua deslizando lentamente até chegar ao meu membro.

Ela começa a fazer um leve carinho,logo apertando o mesmo em seguida. 

Aquilo estava muito bom,até ficar totalmente desconfortável. Aquilo que estava prazeroso logo começou a ficar doloroso. E além da dor,me veio rapidamente a SN na cabeça e é aí que percebo que estou fazendo merda.

Me afasto dela rapidamente.

Jackson: me desculpe,me desculpe. Eu Não deveria ter feito isso. Não conte para ninguém o que aconteceu aqui.

E Logo me retiro do local......

_quebra de tempo_

Terça,25.04

Los Angeles,4:50

Chego em casa totalmente desnorteado,se a garota souber que eu fiquei com uma das melhores amigas dela,vai dar muito merda. Não está nem escrito.

Jackson: Jackson,você só faz merda....

Abro rapidamente a porta,porem com o maior cuidado para a mesma não fazer nenhum barulho.

Entro em casa e vou logo para o quarto da Sn.

Chego em frente a porta dela e logo olho para  eu relógio. O aparelho está constatando 04:59

Jackson: 3....2....1- conto na minha mente.

Jackson: SNN

Grito assim que o meu relógio aponta para as 5:00am.

Sn:queee??

Jackson: nossa,essa foi rápida,vai logo tomar banho. 

Realmente foi rápido. Será que ela estava me esperando? Será que ela sabe que eu sai de casa? 

Credo Jackson,deixa de paranóia.

Logo o despertador dela começa a alarmar.

Me dou conta e logo vou correndo para o meu Quarto tomar banho e tentar esconder todo esse roxo do me pescoço. 

Entro no meu quarto e vou em direção ao espelho.

Jackson: droga.....

Tinha 3 enormes marcas,como eu vou esconder isso????

Minha boca estava mais vermelha que o normal. Provavelmente se eu continuasse lá,minha boca estaria sangrando agora.

Tomo um banho rápido,me visto e logo passo um produto da cor da minha pele para tentar esconder as marcas. E da certo. Pelo menos uma coisa deu certo hoje.....

_quebra de tempo_

Estávamos andando em direção a escola. Estava tudo normal,tudo lindo,nossa conversa estava fluindo super bem,nossas risadas estavam escandalosamente altas,o que atraia muitos olhares para nos.

Jackson: aii minha barriga - falo rindo descontrolado. 

Sn: te controlaa- falo na mesma situação que eu.

Do que estávamos rindo? Vimos um gato com um rato na boca,e não sei porque foi tão engraçado,mas em questão de segundos a gente já estava que nem loucos no meio da rua.

Eu realmente achei aquilo muito Hilário e Sn disse que minha risada era mais engraçada que o gato. O que fez ela rir foi isso.

Entramos na faculdade,fomos em nossos armarios e seguimos caminho para nossa sala de aula.

Estou andando despercebido quando ouço um ser falar,não,melhor. Ouço um ser gritar...

Mina: JACKK

e ela pula em meus braços. Droga,droga,NÃO.

Sn da um Tchau com a mão e segue seu caminho.

Jackson: Mina,já disse que você tem que parar com isso.

Mina: poxa Jack,achei que tivesse gosta...

Jackson: Não mencione isso aqui,tá bom? Nada aconteceu.

Mina: mas Jack.....

Deixo a mesma falando sozinha e vou em direção à minha sala.

Entro na mesma e coloco minha bolsa em uma carteira aleatória.

Hoje elas estão em duplas.

Eu estava com um enorme ponto de interrogação,porém ao escutar a conversa da sn,entendo que agora as carteiras ficaram em duplas.

No exato momento que eu ia falar com a "minha metade" o Park metido Jimin chega. Tão exibido....

Em um ato automático eu reviro os olhos.

Park jimin: com licença,o professor de vocês faltou,mas,vocês podem ficar na educação física dos que estão se formando em direitos. Eu estou dando aula de educação física para eles.

Aí,que cara chato.

Toda a turma concordou em ir com o professor metido,afinal,não nos restava muitas opções.

Park jimin: podem ir em silêncio para a quadra,para não atrapalharem as outras turmas e Sn,você pode vim comigo???

QUE? OH MERDA.

Sn: oh,claro. Tchau Kath, até já já - ela ri e acena para sua amiga.

Que merda,merda,merda. 

Todos os alunos vão para a quadra,porém obviamente eu não vou pra quadra. Park pode tentar beijar a garota,isso é um risco.

Vejo ele entrando em uma salinha e quando vou chegando perto,alguém me para.

????: matando aula,mocinho?

Jackson: não,claro que não. Onde é a quadra? Sou aluno novo e o professor Park vai nos dar aula.

????: oh,entendi. É só você virar e seguir reto.

Jackson:Obrigado moço.

E sou obrigado a ir para a merda da quadra. 

Depois de um tempo vejo os pombinhos sorrindo. Merda,o que será que houve? 

Park jimin: então,prestem atenção em mim.- agora todos os olhos estão direcionados a Park. - aqui nesta sacola-aponta para a sacola esquerda- estão as bolas,tanto de basquete,futebol,queimada.

Exibido.......tsc. ...

Todos os alunos se entre-olham  sorridentes.

Park jimin: e nesta sacola -aponta para a sacola da direita- estão algumas bolas menores,de tênis por exemplo. E Se não quiser praticar algo tão radical,nesta sacola também tem cartas,alguns tabuleiros,dama,xadrez e por aí vai.

Na hora que todos os alunos vão se locomover,Park grita,assustando a todos.

Park jimin: TODOS,têm que fazer algo,certo? Nada De ficar no celular,afinal,isso ainda é uma aula.

............quebra de tempo...........

Sn:vamos Jack, por favorzinhoooo.

Ela estava a um bom tempo tentando me convencer a jogar queimada. 

Jackson: Aí Sn,tá bom. Só para de me encher.

Todas as meninas deram pulinhos de alegria e fomos para perto do Park.

Ah,ótimo,fiquei com a Sn em um grupo que não conheço ninguém. Espero que ela saiba jogar,odeio perder.

Porém percebo que ela ficou triste.

Isso mecheu comigo. E aproveito resolvo mecher com meu irmãozinho também.

Jackson: relaxaa a gente vai ganhar - digo e logo pouso minhas mãos em sua cintura.  Vejo ela se arrepiar,eu realmente ainda tenho prática com isso. 

Sn: espero,sou muito competitiva.

Park jimin: todos nós seus postos,AGORA.

Park me olha com um olhar matador e pude perceber que seus olhos estavam vermelhos.

Eu deixei de ser anjo,mas ainda tenho meus poderes. Isso foi como garantia dos anjos da luz que eles iriam me transformar em anjo novamente quando eu conseguir a garota.

Park logo assopra o apito e o jogo começa.

Eu estou deveras impressionado com a Sn. Ela joga muito bem,nossa equipe estava ganhando. Muito bem...

O jogo estava ocorrendo bem até algo totalmente inesperado acontecer.

Mina acerta a bola de borracha no meio da cara da Sn,fazendo a mesma cair,já que elá estava abaixada.

Sn: que droga,MINA. 

Mina: que????? Tu mereceu,nem venha se fazer se Santa.

Park jimin: espera,isso foi de propósito?

Mina: claro que foi.

Park jimin: por que DIABOS você fez isso com ela,garota?

Olha só,Park se mostrando....continuem....

Mina: ela está tentando roubar o MEU Jackson de mim.

Não,não. Parem,parem.....

Sn: e desde quando ele é seu???

Mina: desde que a gente começou a.....

Jackson: CHEGA né???? Vamos levar a Sn para a enfermaria?

Eu estou totalmente nervoso,isso pode ser o meu fim,literalmente.

Sn: continua,Mina.

Aiii que.....

Mina: como você não sabe que a gente 'tá ficando?

Foi só uma vez,que droga. 

Sn: Jackson.....Isso é.....Isso é verdade?

Eu apenas abaixo a cabeça,e ali ela entendeu minha resposta. 

Eu estava sem força,estou sem chão,eu posso não sobreviver depois disso....

Ela tenta se levantar,Park tenta segurar em seu braço,porém ela se afasta.

Sn: não....Por favor....Não.

Ele a solta e então ela se levanta. 

Park jimin: qual é o teu problema,cara? NINGUÉM FAZ A M.....AS MENINAS CHORAREM. 

Jackson:me solta,você não tem nada a ver com isso.

Eu sei que ele tem,mas eu estou tão desnorteado que não pensei antes de formular as minhas palavras.

Park jimin: claro que eu tenho. Eu tenho nojo,de você. Jackson. NOJO. 

Vejo Park correndo.

Jackson: QUE DROGA MINAA

Mina: mas Ja. 

Jackson: MAS NADA

Vou correndo atrás dela,porém tudo que eu encontro é ela abraçada com Park,chorando desesperadamente.

Eu tinha feito uma garota chorar. Eu sou realmente um monstro. Não cumpri o que eu prometi emeti a minha mãe.....


Flashback on

Ja tinha virado rotina minha mãe apanhar de meu pai. Eu estava trancando em meu quarto chorando,escutando os gritos da mesma. Que logo são parados e escuto passos vindo em direção ao meu quarto.

Vejo minha mãe entrar pela porta do meu quarto,tinha marcas por todo seu corpo. E eu só sabia chorar. Ela veio se sentou na cama e me abraçou.

Mãe: filho,quando você crescer,Seja um anjo bom. Nunca faça uma mulher chorar,muito menos bater nela.

Jackson: eu....Eu prometo.

Ela beija o topo da minha cabeça e então eu adormeço.

Flashback off

Vocês devem estar se perguntando," ah mas você não planeja matar ela?".

Tecnicamente não,eu nunca planejei isso. Eles me mandaram apenas para desacordar ela. Isso mecheria bastante com o Park. E minha mãe que me perdoe,mas eu tenho que vingar a morte dela. 

Entro em casa e vou em direção ao seu quarto,na hora que vou bater,escuto ela chorando e então eu desisto...

Me desculpa,Sn.......

Eu preciso me vingar de Park...

Me desculpe mãe.......

Me viro de costa para a porta e encosto na mesma,vou deslizando na mesma até me chocar com o chão.

Jackson: eu sou um monstro....Me desculpe....

E então eu adormeço.







Notas Finais


Uiiiii,que capítulo ein meus amigos,que capítulo..
.
.
.
Me desculpe qualquer erro de ortografia.
.
.
.
Essa foi a primeira vez que escrevi algo mais íntimo,me falem gostaram?? Ou preciso melhorar??? E como???
.
.
.
Até o próximoooo........


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...