1. Spirit Fanfics >
  2. Meu Babá (Imagine Min Yoongi- Suga) Reescrevendo. >
  3. "Capítulo 01"

História Meu Babá (Imagine Min Yoongi- Suga) Reescrevendo. - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oi meninas, tudo bem? Eu espero que siim!!!

Então, aqui está o capítulo.
Meninas, eu espero que gostem, eu estou feliz com o que escrevi e podem ter certeza que vou dar meu máximo aqui, vou tentar não demorar muito para atualizar para vocês.

Eu sei que eu disse que seria uma S/n mais madura, mas bom, é uma S/n na adolescência que aprenderá muitas coisas pela frente.

Qualquer erro ortográfico me avisem ok? Eu irei corrigir rapidinho.

Eu espero que gostem 🥺❣️
Boa leitura 💜
Comentem por favor ♥️

Capítulo 1 - "Capítulo 01"


Fanfic / Fanfiction Meu Babá (Imagine Min Yoongi- Suga) Reescrevendo. - Capítulo 1 - "Capítulo 01"

POVs Yoongi

Acordo com o meu celular tocando. Peguei o mesmo na cômoda e vejo o nome do SeokJin, o que ele quer comigo? Ainda são 05:45 da manhã. Sem contar que ele nem dormiu aqui em casa, agora fico preocupado que aconteceu algo com ele.

Bom, eu me chamo Min Yoongi e tenho dezenove anos e sou de Daegu mas moro em Seoul há um ano com o meu amigo SeokJin. E estou desempregado e não consigo arrumar um emprego. Acho que ultimamente não anda fácil pra ninguém arrumar um emprego, só sei que o primeiro emprego que aparecer eu agarro com todas as minhas forças.

Resolvo atender a ligação já que não para de ligar.

[Ligação]

- Se arruma que consegui um emprego pra você - ele simplesmente gritou. Sim, gritou mesmo e até afastei o celular do meu ouvido - Sorte sua que passei a minha noite aqui na casa do Nam, enfim, já já estou em casa - diz

- Bom dia - digo, e sentei na cama - Como assim emprego? - pergunto

- Longa história, Yoonie - diz rindo

[Ligação off]

Ainda desligou na minha cara.

Levantei da cama, arrumei a mesma e fui até a janela abrindo a cortina.

Pode parecer que não, mas eu estou feliz com isso do emprego, eu já estou a três meses parado e se não fosse o Jin eu estaria morando em baixo da ponte.

- Cheguei - levei um susto ao ver ele parado na porta do quarto. Como ele chegou tão rápido? O apartamento do Namjoon é trinta minutos daqui. - Eu já estava aqui perto quando eu liguei - diz rindo, e concordo

- Mas então Jin, qual emprego? - pergunto animado

- Babá - diz, e comecei a rir - O que foi? - pergunta

Babá? Eu sou péssimo cuidando de crianças.

- SeokJin, sabe que sou péssimo cuidando de crianças - digo rindo

- É sério, Yoongi, melhor aceitar esse emprego porque hoje em dia está complicado um serviço - concordo - A senhora Jisoo quer conhecer você as 10:00 da manhã, Namjoon que conhece a família e comentou sobre você - diz

- Quando eu ver o Namjoon vou agradecer tanto ele - digo

Namjoon é namorado do SeokJin, os dois namoram a um ano e são fofos juntos. Namjoon é médico e SeokJin está fazendo faculdade de Psicologia.

- Eu vou fazer o café da manhã e depois eu irei trabalhar - diz, e concordo - Falando nisso, temos que resolver isso da sua faculdade de direito - sorriu

- Depois que eu conseguir o emprego vou atrás disso, Jin - digo

- Mesmo assim né, Yoongi... Não pode ficar enrolando mais, faculdade de Direito sempre foi seu sonho - diz sério

- Ok SeokJin - digo rindo, e ele sorriu

[.......]

- Aí Jin, eles são ricos - olhei a casa ainda dentro do carro, casa não né, isso é uma mansão. - Eu não vou conseguir esse emprego - olhei para ele

- Você já conseguiu e agora vai logo - diz sério

Saio de dentro do seu carro. Fui até a porta e apertei a campainha e não demorou para uma mulher abrir a porta e que mulher! Roupas de marcas, tem algumas jóias no seu corpo, muito bonita também.

Ficamos nos olhando e ela sorriu.

- Bom dia, eu sou o Yoongi - digo, e ela concordou

- Bom dia e eu sou a Jisoo. Entre, por favor - entrei dentro da casa e ela fechou a porta - Namjoon falou tão bem de você, Yoongi. E você veio na hora certa - diz rindo

- Muito obrigado pela oportunidade, senhora Jisoo - sentamos no sofá, e ela sorriu - Eu não levo muito jeito com crianças mas pode ter certeza que irei dar meu máximo - sorrio

- S/n não é criança - diz rindo, e olhei confuso - Ela tem dezesseis anos mas ultimamente anda dando muito trabalho, e bom, depois que eu parei de ser modelo comecei ajudar meu marido na empresa... E temos outro filho, Jimin, mas ele trabalha e faz faculdade, não tem como cuidar da S/n - diz

- Entendi, adolescentes são complicados - digo rindo

Meu Deus, vou cuidar de uma adolescente que dá trabalho.

- Qual a sua idade? - pergunta

- Dezenove - sorrio

- Bom, você está contratado e começa hoje ok? - concordei sorrindo - S/n saí da escola as 12:00 em ponto. Ela vai fazer uma birra mas pode dizer o que é e o resto me viro com ela - se levantou do sofá

Senhora Jisoo explicou onde fica a escola da S/n, também que vou ter um carro para levar a sua filha onde a mesma quiser.

- A senhora não vai ficar em casa? - pergunto

- Não querido, eu preciso ir para a empresa ajudar meu marido. E bom, qualquer coisa pode pedir ajuda a alguma empregada - foi até as escadas

Levantei do sofá e fiquei olhando tudo em volta. Vejo alguns quadro de fotos em cima da lareira e fui até ali. Vejo uma foto da S/n com um garoto, só pode ser o Jimin. Ela é muito bonita e ele então? Nem se fala né. O genética boa em, uma linda filha e um lindo filho.

Escutei passos e vejo a senhora Jisoo com uma bolsa.

- Até as 18:00, Yoongi - diz sorrindo

- Até senhora e bom serviço - digo

Ela foi até a porta abrindo e não demorou para fechar.

Agora eu espero até às 11:30 para ir buscar a bonita.

[......]

Estou na frente da escola, especificamente encostado no carro. Peguei meu celular e logo em seguida escutei o sinal tocando e várias crianças/adolescentes saindo de dentro da escola. Pela foto que eu vi lá na casa, consigo rapidinho achar a menina.

- S/n - escutei um grito, e olhei para a frente vendo um menino e ela andando rápido

Ela é linda mesmo, pessoalmente é mais ainda.  Vejo ela vindo em minha direção e olhou para o celular e revirou os olhos. Ela já deve saber quem sou né?

- Oi, eu sou o Yoongi - digo, e ela me olhou

- Vamos logo - entrou dentro do carro, e revirei os olhos. 

É muito linda mas mal educada.

Vejo o menino correndo até nós dois e dei a volta entrando dentro do carro. Coloquei o cinto e olhei para ela que está com os olhos cheio de lágrimas. Me aproximei dela e coloquei o cinto e ela me olha atenta. Voltei para o meu lugar e dei partida no carro saindo de frente daquela escola.

- Sua mãe já explicou quem sou né? - pergunto

- Sim e odiei isso - diz séria

- Eu entendo, mas bom, eu preciso do emprego - digo atento ao trânsito

- Tanto faz - diz, e lhe olhei de canto - Eu já avisei a minha mãe que o meu amigo vai ir lá em casa - diz

- Ok mas eu preciso ficar de olho em você - digo

- Acha que vou fazer algo com o Taehyung? - me olhou séria

- Garota, eu nem insinuei nada - digo bravo

- Para de ficar bravo comigo - diz brava

- E você para de ser assim comigo - digo bravo

Ela me olhou e revirei os olhos enquanto dirijo.

Já sinto que vai ser uma maravilha cuidando dessa menina.

[.......]

Estamos almoçando. Assim que ela chegou em casa, foi tomar um banho e se arrumou para almoçarmos juntos. A mulher que fez essa comida deve ter mãos de um chefe de cozinha né, porque o comida gostosa. Enquanto comemos não demorou para escutarmos passos e me virei vendo um menino, esse que tem os cabelos cinza, usa brinco, suas roupas são de marcas, roupas da Gucci em específico. Ele sorriu e tem um sorriso "quadrado", S/n foi até ele e os dois se abraçaram e assim ficarem por alguns segundos. Voltei a comer minha comida e peguei meu celular vendo algumas mensagens da Yerin, não acredito que ela vai voltar a me mandar mensagens.

- Oi - diz o garoto, e lhe olhei - Eu me chamo Taehyung, prazer - sorriu

- Prazer Taehyung, eu me chamo Yoongi - digo sorrindo

- Você é bonito em - diz mordendo os lábios.

Lhe olhei confuso. Ele pensa que sou homossexual? Nada contra quem é né, tenho dois amigos que são mas eu sou hetero. Acabei rindo e ele ficou vermelho.

- Você é muito mais bonito - sorri

- Não mais que você - piscou pra mim

- Taehyung - chamou atenção do amigo, esse que começou a rir - Não liga para ele Yoongi - diz S/n

- Poxa, pensei que o seu babá era homossexual ou até mesmo bi - diz rindo

- Deixa o Hoseok saber que está dando em cima do Yoongi - ela começou a rir - Enfim, vamos comer porque estou com fome - concordamos

Voltamos a comer e o Taehyung está almoçando também.

- E o JooHeon? - pergunta ele

- A não temos mais nada - diz, e riu um pouco - Hoje ele estava beijando a Lalisa na saída, JooHeon achou que eu não ia ver nada - lhe olhei

Então já sei quem é aquele menino que estava atrás dela.

- Licença - diz uma empregada, e olhamos - S/n, o senhor Jimin chegou e quer conversar com você - avisou

- Obrigado Lee - se levantou - Eu já volto - saiu rápido da mesa

[.......]

Estou sentado no sofá enquanto mexo no meu celular. Eu não tenho nada pra fazer, sério mesmo. A S/n está no quarto com o seu amigo e também não vou ficar seguindo ela para tudo que é canto. Eu já conheci seu irmão, ele é legal e muito divertido. Acho que vou conhecer um pouco mais da casa. Me levantei e fui até o quintal, quintal que tem uma piscina, uma área da churrasqueira. Que casa meus amigos, sem contar que deve ter mais coisas lá dentro da casa.

- Yoongi - escutei um grito da S/n, e olhei rápido - O Taehyung - diz desesperada

Fomos rápido até o quarto e vejo ele sentado no chão mas tenta respirar e não consegue. Olhei para o Taehyung, esse que está chorando em silêncio. Ele está tendo uma crise asmática e deve ser horrível ter isso. E que cheiro horrível de cigarro nesse quarto.

- Ele tem asma? - pergunto

- Eu não sei - diz chorando

- Cadê a sua bombinha? - pergunto, e ele fechou os olhos - S/n, alguém da sua casa usa bombinha? - pergunto

- O Jimin - diz chorando

- Pega agora no quarto dele - ela saiu correndo - Taehyung, respira por favor... Sei que é difícil, mas vai ficar tudo bem - digo

Passou alguns minutos e nada dela voltar. Me levantei rápido do chão e fui até o quarto vendo ela jogando várias coisas no chão e nada da bombinha. Fui até o banheiro e comecei a mexer nos armários e achei a bombinha. Saio de dentro do banheiro e ela está sentada no chão e chora desesperadamente.

- Achei - digo

Saio rápido dali e voltei para o quarto. Me abaixei no chão e Taehyung abriu os lábios e encostei na sua boca, apertei duas vezes e ele segurou um pouco mas soltou o ar, deixei de lado a bombinha. Vejo S/n trazendo um copo com água e a mesma não para de tremer.

- Agora respira bem fundo e solta devagar - digo, e ele fez o que eu pedi - Isso, vamos levantar - ajudei ele

- Eu me sinto melhor - diz, e concordei

- Deveria tomar mais cuidado - Ele pegou o copo, e bebeu a água - Lava o rosto no banheiro - ele foi até o banheiro

Olhei para a S/n, essa que começou a respirar aliviada depois do susto que o Taehyung fez nós dois passar. Me abaixei no chão do seu quarto e passei a minha mão por debaixo da sua cama e puxei uma caixinha dali de baixo.

- Você não pode mexer nas minhas coisas - diz brava

- Cigarros - olhei para a caixinha, e me olhou brava - Essa merda quase matou o seu amigo, se eu não tivesse achado a bombinha iria ver ele tendo um treco na sua frente - gritei, e me olhou assustada - Você começa a pensar nas coisas que faz - passei por ela

- Você não é meu pai - gritou

- Mas sou o seu babá e tenho responsabilidade nas minhas costas quando o assunto é você - gritei de volta - Eu vou mostrar para os seus pais - digo

- Não, não Yoongi - diz desesperada - Eu nem estava fumando - olhei sério

- E agora eu sou o papai Noel - debochei - Se toca né garota, seu quarto está com um puta cheiro de cigarro - gritei - E eu tenho que contar para os seus pais - digo bravo

- Por favor - diz Taehyung, esse que está com o rosto molhado - Se o Chanyeol souber vai matar a S/n - olhei para a S/n

- Se eu descobrir que está fumando, eu juro que não vou deixar passar e seus pais vão saber. Nem deveriam estar fumando, isso acaba com o pulmão de vocês dois. E sem contar que tem asma, Taehyung, não pensou no pior? - pergunto. E ele abaixou a cabeça

- Obrigado - diz ela sorrindo, e tentou pegar o cigarro da minha mão mas olhei sério - Isso é meu - diz séria

- Não, isso agora é meu - dei as costas e saio dali

[......]

- Mais uma vez perdeu - diz ela, e revirei os olhos - Qual é, não saber jogar uno e depois reclama que perde - diz rindo

- Tenho certeza que está roubando - digo, e ela sorriu - Por que você está fumando? - pergunto

- Sério mesmo? - concordo, e pegou o copo de suco - Sei lá, o JooHeon que me ofereceu eu só experimentei e acabei gostando - diz

- Fuma por que quer ou por que ele gosta disso? - pergunto, e me olhou confusa - S/n, não precisa fumar para agradar ninguém, eu sei como isso vicia mas parece que não gosta disso, nem tem jeito de querer gostar - embaralhei as cartas

- Eu e o Taehyung prometemos que não vamos mais fumar, eu não sabia que ele tinha asma... Não conheço o Taehyung a muito tempo - diz, e concordo - Enfim, daqui a pouco meus pais chegam e você vai embora - pegou as cartas da minha mão

- Eu dei bronca em você porque está na minha responsabilidade, e cigarro é horrível, nem sei como aguenta fumar aquilo - digo, e ela se aproximou de mim

- Vai dizer que é o santo? - pergunta, e olhei para os seus lábios. E que lábios - Enfim, estou no meu quarto - se afastou

- Não sou santo, ninguém é isso... Ok, vai lá - digo, e ela foi para o seu quarto

Escutei a porta se abrindo e me virei vendo a Jisoo com o seu marido, cada um está com uma pizza nas mãos. Me levantei e guardei o uno na caixa.

Os dois me olharam e sorri.

- Yoongi, esse é o Chanyeol - diz sorrindo

- Oi senhor Chanyeol - digo, e ele sorriu

- Só Chanyeol, por favor - diz, e concordo - Querida, vou ir tomar um banho e já desço para comermos - a mesma concordou

Chanyeol subiu as escadas e eu olhei para a Jisoo, essa que não demorou para levar as duas pizza até a cozinha. Fui atrás dela e vejo a mesma pegando uma garrafa de Coca-Cola dentro da geladeira.

- Eu estou indo - digo, e se virou para me olhar

- Yoongi, jante conosco - diz

- Não, mas obrigado senhora - digo

- Então ok, amanhã esteja aqui as 06:45 da manhã - diz, e pegou quatro copos

- Pode deixar. A chave do carro está em cima da mesa - digo

- Ok, obrigado por tudo e tenha uma ótima noite - diz

[.......]

Estou deitado na minha cama, me sinto o pó e olha que mal fiz as coisas.

Eu não sei o que aquela garota tem na mente, fumar cigarro e ainda achar que ninguém iria descobrir né, o cheiro daquele quarto estava horrível. Eu não sou santo porquê na minha adolescência já fiz várias coisas mas acho estranho vendo ela, uma menina tão linda fumando cigarro, só faltava daqui a pouco ela aparecer com outra coisa ao invés do cigarro. Sem contar que o amigo dela quase teve um treco na frente de nós dois, o menino nem pra pensar na asma que tem.

- Boa noite Yoonie - escutei a voz do Jin, e olhei o mesmo.

Ele está com a sua mochila que leva para a faculdade, com certeza o Namjoon deve ter trazido ele para casa.

- Boa noite Jin - digo sorrindo - Eu fiz a janta e já deixei sua comida no prato, assim é só esquentar - ele sorriu

- Muito obrigado, estou morrendo de fome - diz rindo

- Vou dormir - me cobri

- Até amanhã cedo - sorriu - Estou lá na sala com o Nam - acabei rindo

- Ok amado - ele fechou a porta do quarto

Apaguei a luz e fechei meus olhos e não demorou para eu dormir.


Continuo ou paro?


Notas Finais


Vocês gostaram?? Eu espero que sim ☺️

Comentem o que acharam, por favor... Sério, eu amo ler os comentários e saber o que acharam do capítulo ❣️

Beijos, obrigado por quem está aqui comigo nessa mais nova fase de MEU BABÁ, vocês são tudo pra mim viu, obrigado por tudo mesmo meus bebês🥰♥️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...