História Meu baby boy virtual (Jikook) - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens Jackson, Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Mark, Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Drama, Revelaçao, Romance
Visualizações 142
Palavras 1.467
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Hentai, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 6 - Capítulo 6


°•°•15 minutos depois•°•°



Jk-    o que achou? – me chamou sobre o assunto dos currículos.


— acho que ninguém foi feito para ser secretário particular do seu amigo, ninguém fez um curso particular/público, a maioria não tem o Ensino Médio completo, mal fizeram uma faculdade, no entanto poderiam trabalhar com outros cargos aqui na empresa, mas não seriam como secretários – esclareci tudo que vi nos currículos, sem falar mal das pessoas.


Jk-   seu vocabulário é excelente, e também, você examina bem as coisas. Pena que não temos ainda um secretário para ele – pegou alguns currículos e os olhou – dois ou três pessoas podem ser contratadas para outro cargo – saiu da sala e logo voltou.


Nj-   licença – bateu na porta e logo recebeu um entre de Jungkook.


Jk-   que bom que chegou Namjoon, quero te apresentar, esse é o Jimin meu secretário particular – me levantei e me curvei – Jimin esse é o Namjoon, o que precisa de um secretário particular.


Nj-   é um prazer – se curvou – e pelo tom de voz seu Jungkook, não temos nenhum secretário para mim, não é? 


Jk-    infelizmente não, mas estamos correndo atrás de um, só ter paciência amigo – colocou a mão no ombro dele e indo em direção a porta.



Me sentei novamente e comecei a trabalhar, fazer os relatórios para entregar no final do dia, eu estava me mantendo discreto, se for para tentar conquistar ele, terei que esperar ainda, esperar e muito. 


Pov's Jungkook

Não sei o que penso direito, mas não paro de fitar ele, seu semblante sério, seus olhos negros e o cabelo loiro, tão concentrado no trabalho, como uma pessoa importante, não que não seja, é muito.

Ele me chamou a atenção, me parece tão responsável, ele está me puxando para uma curiosidade, quero saber de sua vida, mas é seu primeiro dia de trabalho, como posso ser assim? Mal sei o que estou falando, talvez são apenas bobagens que penso.

Mas o grande fato é, ele é misterioso, ou uma pessoa normal? O porquê penso nisso, não sei. 

Ele mexeu na sua bolsa e pegou seu óculos para enchergar melhor, suponho. Parecia gente de negócios, como eu. 

Voltei a mexer em meu computador, digitava os salários de alguns funcionários meus. Me abanei um pouco, estava bastante calor e úmido em Seul e, por pura "sorte" meu ar condicionado quebrou, tive que comprar um novo que vai chegar só no outro dia. Mexi nos meus cabelos para tirar eles da minha testa, eles estavam grudados por conta do calor, era difícil de me concentrar com isso,  tirei meu paleto e desabotoei um botão da minha camisa social, afrouxando a gola dela.



Jimin-    você não quer um copo d'água? – puxou assunto comigo, rodando sua cadeira para minha direção.


— adoraria, pode me trazer um copo cheio bem gelado? – pedi educadamente, vendo o mesmo afirmando com a cabeça.


Jimin-    mas irei trazer água misturada, a gelada causa mal a saúde – sorriu sem mostrar os dentes e se levantou.


— dessa eu não sabia – arregalei um pouco os olhos, sorrindo de lado, mesmo isso podendo ser um pouco preocupante.


Jimin-    ela tranca as veias e causa outras coisas, com licença – saiu da sala.



Torci meu pescoço para o lado e voltei a fazer meu trabalho, já quase terminando, eu fazia as contas matemáticas duas ou três vezes para ver se estava tudo correto. Via que tudo estava certo, imprimi umas vinte cópias, esperei Jimin chegar para entregar as cópias para Namjoon, pois ele cuidava dessa parte também.

O mesmo abriu a porta, estava com as duas mãos com um copo, um cheio de água e outro vazio, estranhei e perguntei:



— por que um copo está vazio? – franzi o cenho e ele me entregou o copo cheio de água.


Jimin-   esse é meu, eu trouxe uma garrafa de casa e quero colocar no copo, assim é melhor para mim – explicou gentilmente e voltou para seu lugar, enchendo o copo de água.


— por que simplesmente não toma água pelo bico da garrafa? – tomei um pouco de água.


Jimin-    não acho muito higiênico, só tomo no bico quando não tiver um copo por perto – encheu o copo pela metade e deu um gole só.


— você gosta de higiene não é mesmo?! – sorri brincalhão.


Jimin-    sou um pouco chato com isso – coçou os cabelos.


— ah, esqueci de te falar – peguei as cópias imprimidas – leve isso até a sala do Namjoon, é no andar abaixo do nosso, na porta do escritório tem o nome dele – arrumei por ordem alfabética e entreguei nas mãos de Jimin.


Jimin-    tudo bem – foi para a sala do Nam.



°•°•quebra de tempo•°•°



Já estava na hora de sair, arrumei minha maleta e desliguei meu computador, peguei meu paleto e coloquei no meu ombro, ainda estava calor, não queria o colocar.



— vamos Jimin, seu trabalho acabou por hoje – esperei ele para poder fechar a porta do meu escritório.


Jimin-    estou indo – desligou o computador e pegou suas coisas saindo da sala, fechei a porta e Jimin apertou o botão para chamar o elevador.


— que tal irmos juntos? Assim eu posso ver onde é sua casa.


Jimin-    pode ser, mas acho que você não passa na rua da minha casa.


— verídico, mas pelo menos vamos ir juntos até certo ponto, meu carro quebrou e está no concerto, aí vou a pé para o trabalho.


Jimin-    tudo bem então.




O elevador abriu e entramos. Depois saímos da empresa e fomos até certo ponto conversando sobre coisas aleatórias, Jimin é bem legal quando está fora do seu semblante sério, é mais animado e sorridente, tão belo, mas um elogio entre amigos, ou entre chefe e funcionário.

Faltava algumas quadras até chegar em minha casa, Jimin parou no meio do caminho e acenou para mim.



— ja? Sua casa é por essa rua? – apontei para a esquina.


Jimin-     por ai, bom, tchau, se vimos amanhã – acenou e saiu.



Acenei de volta e segui meu caminho até minha casa. Peguei minhas chaves e abri minha porta, joguei a maleta no sofá e fechei a porta. Subi até meu quarto e peguei algumas roupas curtas e largas, que não fossem tão calor para usar. Fui até meu banheiro e tomei um banho gelado, para espantar o calor um pouco.

Sai do banheiro e me vesti, desci as escadas indo até a cozinha e peguei um pote de sorvete que estava no freezer, peguei uma colher e uma toalha, coloquei a toalha de baixo do pote de sorvete e comi um pouco, logo depois guardei novamente no freezer.

Peguei meu celular e fui mandar uma mensagem para meu baby, já que ele não tinha me mandado nenhuma.



Eu:  oi baby, está tudo bem?


Fiquei esperando por alguns segundos, mas ele não respondia, desliguei meu celular e liguei a tv, para poder me distrair.


Pov's Jimin

Cheguei em casa e fui direto para o banheiro, nem pegar uma roupa eu peguei, estava calor de mais, só queria tomar um banho bem gelado.

Demorei uns 7 minutos no banho, não queria sair daquela água a geladinha. Desliguei o chuveiro e me sequei, peguei uma toalha e amarrei na cintura, fui até meu quarto e escolhi uma roupa, a coloquei e fui para a cozinha comer algo.

Depois de comer, peguei um pirulito e comecei a chupar, ouvi o celular tocar e fui atender.



Ligação on

Jimin-   oiii Jin.


Jin-   oi Jimin, como você tá aí? 


Jimin-    tudo bem, agora eu estou trabalhando na empresa do Jungkook né.


Jin-   oi?? Você tá trabalhando na empresa dele?? Que babado.


Jimin-    eu sei, é maravilhoso lá, mesmo sendo meu primeiro dia de trabalho.


Jin-    e como ele é? Quando está na sua frente.


Jimin-   ai Jin, ele é muito lindo e legal, você tinha que ver.


Jin-    talvez eu veja, porque eu talvez vá morar aí, não consigo viver sem você Jiminiie.


Jimin-    sério? Mano, isso é muito legal.


Jin-    eu sei, mas eu preciso desligar, tenho um monte de coisas para fazer.


Jimin-    está bem, se cuida.


Jin-    você também, tchau Jiminiie.


Jimin-    tchaaau.

Ligação off


Olhei para a tela do meu celular e vi uma mensagem do Jungkook, arregalei os olhos e a abri.



Jeon Jungkook:  oi baby, está tudo bem?

Eu:  oi daddy, está tudo sim, e com você? Me desculpa a demora para responder.

Jeon Jungkook:  está tudo bem. Como foi seu dia?

Eu:  maravilhoso, só faltava um sorvete na minha vida kk.

Jeon Jungkook:  kk, eu tenho, se quiser é só eu mandar minha localização e você vem.

Eu:  kkk, não se faça de espertinho.

Jeon Jungkook:  pena que você não vem até mim, mas eu iria até você.

Eu:  você é apressado, assim eu demoro mesmo para aparecer.

Jeon Jungkook:  não faz isso comigo, é maldade ,  ,

Eu:  eu sou muito mal kk.

Jeon Jungkook:  merece um punição.

Eu:  mereço.










































































































Continua.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...