História Meu Bad Boy (imagine Jay Park) - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Jay Park
Personagens Jay Park, Personagens Originais
Tags Bangtan Boys (BTS), Blackpinck, Hoseok, Jay Park, Jennie, Jeon Jungkook, Jin, Jisoo, Lisa, Nanjoom, Park Jimin, Rose, Taehyung, Yoongi
Visualizações 83
Palavras 1.174
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa imaginação🍃❤

Desculpe qualquer erro..

Capítulo 7 - Você quer?..


Jay- bem vinda à minha casa ---dá espaço para eu entrar---

S/n- obrigada... ---entro olhando em volta e sento no sofá grande que tinha na sala--- bonita a casa...

Jay- obrigado! ---senta ao meu lado---

S/n- seu tio não mora com você?

Jay- sim, mas ele quase não aparece em casa...

S/n- entendi...

P. V. Jay

S/n apareceu gostar bastante da casa, não parava de olhar... Coloca minha mão em sua coxa dando leves apertos na mesma, subo a mão para sua cintura e com a outra coloco em sua nuca  e a puxo para um beijo um pouco calmo... A mesma retribui sentando em meu colo e entrelaçando seus braços em meu pescoço, ela começa a rebolar no meu colo e eu desço minha mão para sua bunda apertando um pouco enquanto a outra ficava em sua nuca. Ela por sua vez começou a rebolar mais forte em meu colo me fazendo arfar durante o beijo e prendo minha mão em seu cabelo dando um puxão de leve fazendo nossas bocas se desgrudarem e começamos a nos encarar enquanto a mesma ainda rebolava

Jay- você quer mesmo isso? ---aperto sua bunda--- 

S/n- quero... Muito...

Sorrimos e volto a beijar a mesma com desejo, coloco minhas mãos em sua cintura e a puxo fazendo nossas intimidades se encaixarem, ambos soltam um gemido abafado durante o beijo... Pego a mesma no colo e com passos cegos vou andando com S/n no colo sem parar o beijo, abro a porta e entramos, fecho a mesma com o pé e caminho até a cama, deito a mesma e tiro sua roupa deixando apenas de roupa íntima, traço beijos molhados e mordidas começando pelo pescoço e descendo até a barriga, vejo a mesma se arrepiar e arfando pesado com minhas mordidas... Sorrio e tiro sua calcinha, massageo sua intimidade sem tirar o contato visual de suas expressões de prazer

S/n- hmmm... J-Jay aawn... ---me olha---

Jay- que prazoso... Ver você assim... ---sorrio malicioso--- Preciso muito entrar em você... ---ameaço entrar um dedo---

S/n- nhãaa Jay... Hmmm... ---geme manhosa---

Paro de massagear sua intimidade e tiro minha calça junto com minha box, sento na cama

Jay- vem chupar o daddy baby...

A mesma vem engatinhando e segura meu membro já endurecido, ela passa a língua na cabecinha e logo me arrepio soltando um gemido manhoso, S/n começa a chupar meu membro sem tirar o contato visual de mim, sentia sua língua passar pelo meu pau enquanto ela me chupava

Jay- aaah... S/n hmmm... Para... Não quero gozar na sua boca...

Ela para e senta na cama, puxo a mesma fazendo ela sentar em meu colo, ela me beija e tira minha camisa revelando uma cicatriz na barriga com um corte um pouco recente 

S/n- o que é isso? ---fala olhando para a cicatriz---

Jay- meu... Tio fez isso... ---desvio o olhar---

S/n- por que?

Jay- esqueci isso tá? Quero aproveitar esse momento com você ---sorrio de lado---

S/n- tabom...

Volto a beijar ela e deito a mesma na cama, me posiciono e quando ia penetrar nela, a mesma me interrompe

S/n- espera!

Jay- o que?

S/n- eu... Nunca fiz isso ---cora---

Como assim ela é virgem ainda? Ela é muito gostosa e ainda é virgem? Preciso fazer isso com calma, posso machucar e não quero isso

Jay- sério? 

S/n- sim... Desculpa.. ---coloca as mãos no rosto---

Jay- ei... ---tiro suas mãos revelando seu rosto extremamente vermelho--- tá tudo bem.. ---sorrio---

S/n-  certeza?

Jay- sim, aliás... Fico feliz em saber que serei o primeiro, só relaxa tá? 

S/n- mas vai doer...

Estico meu braço até o criado mudo e tiro de lá um pacotinho de camisinha, coloco em meu membro e volto a me posicionar entre as pernas da mesma... Me inclino dando um beijo calmo e a mesma retribui

Jay- se doer muito... Você aperta minha mão tá? ---entrelaço nossos dedos um pouco a cima da cabeça e beijo sua testa na intenção de deixar ela mais calma possível---

S/n- t-tabom...

Penetro devagar em sua intimidade molhada fazendo S/n soltar gemidos de dor, logo a mesma aperta minha mão e paro de me mexer

S/n- J-Jay! Aaah!.... Tá doendo aah!...

Jay- calma princesa... Já já vai passar ---encaro a mesma---

Depois de uns minutos sinto sua mão soltar um pouco a minha, distribuo beijos pelo seu pescoço fazendo ela ficar mais tranquila 

S/n- Jay... Po-de se mover...

Jay- ok... Eu vou começar devagar..

Começo a  me mover lentamente até colocar meu membro por inteiro dentro da mesma, logo vou aumentando as estocadas e ela gemia já de prazer. Quando me dei conta, já estava estocando rápido produzindo sons eróticos pelo quarto... Paro de estocar e sento na cama com as costas encostadas na cabeceira da cama, puxo a mesma fazendo lá sentar em meu membro... Tiro a última peça que S/n usava que era seu sutiã, começo a chupá-los enquanto a mesma quicava em meu membro, dava beijos, chupões deixando marcas em seus seios

S/n- Jay.... Eu vou... ---fala quicando rápido---

Jay- goza baby hmm... Também vou aaawn... ---seguro sua cintura---

Depois de algumas quicadas ambos acabaram gozando juntos, S/n sai do meu colo e deita na cama toda suada e ofegante, deito ao lado dela estando no mesmo estado

Jay- o que... Achou da sua... Primeira vez comigo? ---viro para a mesma---

S/n- foi... Bom, adorei ---sorri ofegante me olhando---

Jay- que bom ---acaricio seu rosto e a beijo calmamente---

A mesma retribui e sorri, deita  meu peitoral e faço cafuné  seu cabelo, ela faz carinho em meu peitoral

S/n- Jay, por que seu tio te machucou assim? ---me olha---

Jay- ---suspiro--- Ele... Tinha chegado em casa bêbado esses dias, aí ele começou a falar várias coisas sobre mim até que ele ficou puto e começou a me bater... Até ele pegar uma faca e me esfaquear...

S/n- e você não fez nada?

Jay- oque eu poderia fazer?.... Estava  cheio de sangue

S/n- chamava a polícia, sla..

Jay- relaxa.... Já passou

S/n- ok.. ---levanta e fica em cima de mim, distribui beijos molhados pelo meu rosto--- Como que... A gente vai ficar na escola?

Jay- a gente poderia... Tentar um relacionamento.. ---encaro---

S/n- tudo bem...

Jay- vamos tomar banho

Ela assenti e sai de cima de mim, pego a mesma no colo e vou até o banheiro.... Depois do banho, visto uma box e ela suas roupas íntimas e uma camisa minha que por sinal ficou enorme nela, deitamos na cama e faço carinho em sua coxa

S/n- faz quanto tempo que seu pai está na prisão? ---acompanha meus movimentos em sua coxa---

Jay- um ano... Ele tem que cumprir a pena durante 5 anos..

S/n- nossa... O que ele fez?

Jay- simplesmente roubou uma das maiores empresas da Coréia ---suspiro--- e também por agressão..

S/n- entendi... E você sente falta dele?

Jay- ---lembro das brigas--- não... Ele me agrediu e agrediu minha mãe, ele perdeu totalmente o respeito por mim... ---falo irritado---

S/n- ei... Não precisa ficar assim, desculpa por querer saber sobre ele ---me olha---

Jay- tá tudo bem... Vamos dormir?

S/n- uhum...

Ela se vira de costas para mim, puxo a mesma encostanto suas costas em meu peitoral, abraço sua cintura e chego perto de seu ouvido digo "eu te amo" sussurrando e vejo que a mesma se arrepia, sorrio satisfeito e acabamos dormindo 


Notas Finais


É isso, desculpe dnv se sla ficou mt grande kkk mas até o próximo capítulo bjs❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...