1. Spirit Fanfics >
  2. Meu Bebê - ABO - Jungkook. >
  3. Capitulo XI

História Meu Bebê - ABO - Jungkook. - Capítulo 11


Escrita por:


Notas do Autor


Galera desculpa pela demora em postar, essa semana tive aula todos os dias e estou só o pó da rabiola sério kkkkkkkkk nunca escrevi tanto na minha vida. Nem sei como estou viva.

Descobri que só vou ganhar meu celular em abril e estou chorando horrores, mas eu supero ;-;

Bem sem mais enrolação bora pra história.

Capítulo 11 - Capitulo XI


Fanfic / Fanfiction Meu Bebê - ABO - Jungkook. - Capítulo 11 - Capitulo XI

- Jungkook acorda. - sacudo o mesmo e nada. - Jungkook!

- Me deixa dormir mommy. - diz manhoso e sorrio.

- Está bem, mas só tenho uma coisa a dizer.......estou de greve por um mês. - falo e rapidamente ele levanta.

- Acordei! - diz quase caindo e rio.

- Bobo, anda vai tomar banho, tenho que trabalhar. - digo e ele assente indo ao banheiro. Vou a cozinha e preparo sua comida e arrumo algumas coisas dentro da sua bolsinha. - Come e vamos ok?

- Tá. - toma o café da manhã e saímos indo a empresa. Chego e cumprimento Wendy que estava com um barrigão. 

- Oi minha princesa. - diz e sorrio.

- Oi Wendy.

- Oi tia Wendy. - fala e ela sorri.

- Tem uma pessoa lá na sua sala, diz que quer te ver. - fala e fico confusa.

- Ok, irei agora. Obrigado Wendy. - ela sorri e entramos no elevador.

- Quem será mommy? - pergunta e dou de ombros. Entramos na sala e me assusto.

- O que vc quer Tae? - pergunto vendo ele arrancar algumas folhas de uma planta. - Para de matar a coitada.

- Desculpa. - diz risonho e sorrio. - Vim aqui pra te chamar, pra irmos para o Japão.

- O que diabos vou fazer lá? - pergunto me sentando.

- Vai rolar uma grande palestra, com os maiores investidores do país. Seria bom irmos.

- Nossa isso é ótimo, acho que não seria má ideia. Vai só nós dois?

- Não né amada. Vai eu, vc, o Yoongi, Jin, Namjoon, Jimin e o Hoseok. - diz e fico desanimada. 

- Poxa Tae eu não quero mais.

- Vai s/n, vai ser bom pra todos nós. Já pensou um dos investidores querer investir nas nossas empresas? 

- A bolsa de valores cresceria. - digo e ele assente, olho pra Jungkook que brincava no chão e penso bem. - Será arriscado pro Jungkook.

- Ninguém vai atormentá-lo, até porque vc e o Jin estarão lá. - fala e penso um pouco.

- Está bem, mas se rolar algo, eu vou te arrebentar.

- Deus me livre apanhar de gravida. - fala risonho e sorrio. - Blz era só isso, tenho que ir embora. - se levanta e assinto. - Tchau princesa, tchau bebê. - diz beijando a bochecha de Jungkook que cora.

- Taehyung!

- Desculpa o cheirinho de morango dele é viciante. - fala e nego rindo. - Tchauzinho. - sai da sala e sorrio.

- Tio Tae é doido. - fala brincando com um boneco do transformes.

- Sim, bem lezado. - começo a trabalhar tranquilamente.

[...]

Se passou algumas horas e de repente escuto murmúrios e um forte cheiro se instala na sala. Eu não acredito.

- Jungkook? - encaro o mesmo que sorri e passa a mão na barriga discretamente.

- O-oi mommy?

- Vc está no cio de novo? - pergunto me levantando e indo pra perto dele.

- Me desculpa, mas acho que voltou. Tá doendo aqui. - aponta pra barriga e sorrio.

- Que coisa, agora como vou te levar pra Tókio? 

- Pode me deixar aqui, eu me viro sozinho. - fala e nego.

- Não! Iremos dar um jeito. - ele assente e o ponho sentado no sofá. - Tá doendo muito?

- Um pouco. - faz bico e beijo sua bochecha.

[...]

- Arrumou tudo Kookie? - pergunto fechando o zíper da mala.

- Sim mommy. E-eu tô com medo. - diz e sorrio.

- Vai ficar tudo bem, não deixarei nenhum deles tocar em vc. - falo e ele assente. Levamos tudo pro carro e dou a partida indo ao aeroporto. Chegamos e pegamos tudo indo a área de embarque, avistando meu irmão e Jin. - Oi maninho, oi Jin. - cumprimento todos.

- Oi pequena, oi Kookie. Como vai o novo papai do pedaço uh? - o mais novo cora e Yoongi sorri fofo. - Bem acho que todos já chegaram. - fala e olho na mesma direção que ele, vendo o Tae, Namjoon, o Hobi e o Jimin com a IU.

- Oi oppa. - diz abraçando o mesmo.

- Oi IU. - fala sem animo.

- Nossa é assim que vc trata sua irmãzinha? - pergunta e ele revira os olhos. - Oi pirralha.

- Oi s/n, como vc está? - Hobi pergunta e sorrio.

- Estou bem. Olha o avião já vai sair. - puxo a mão de Jungkook indo fazer o check in e logo embarcamos. - Vc está bem? - pergunto me sentando.

- Sim mommy, só com um pouco de dor. - fala e suspiro. 

- S/n o cheiro dele tá inundando o avião. - Jin fala e assinto.

- Mas o que eu faço? - pergunto e ele pensa.

- Bem....vcs podem usar o banheiro. - fala e o encaro. - Ou é isso ou vai ter uns dez Alfas aqui em menos de dez minutos.

- Está bem. - que coisa, onde já se viu fazer isso dentro de um avião? - Vem Kookie. - seguro sua mão e fomos ao banheiro, trancando a porta.

- Por que viemos aqui mommy? - pergunta confuso e fico nervosa. Me aproximo dele e abro o zíper da sua calça. - Mommy aqui não, isso é muito feio. - fala segurando minhas mãos.

- Vamos ter que fazer isso Kookie, ou o seu cheiro vai piorar e vc vai sentir dor. - falo e ele desvia o olhar envergonhado.

- E-está bem. - solta minhas mãos e termino de abaixar sua calça. O ponho sentado sobre o vaso e me ajoelho em sua frente tirando sua box branca que estava molhada. - E-e se aparecer alguém? - pergunta vermelho.

- É só gemer baixinho. - ele assente e pego seu membro que estava duro, começando a fazer movimentos rápidos. Vejo o mesmo se contorcer e morder os lábios com força. Ponho seu pau em minha boca o chupando rapidamente.

- Own m-mommy. - geme cobrindo a boca com uma das mãos. E com a outra agarra meu cabelo ditando seus movimentos. Suas expressões eram de prazer e sofrimento por não poder liberar um som sequer. - Hmm m-mais rápido. - aperto seu membro com força o ouvindo urrar. Tiro seu órgão de minha boca e chupo sua glande fazendo um barulho obsceno. - Mommy eu quero vc. M-me deixa foder vc. - pede e o encaro, o mesmo tinha os olhos fechados e a boca entreaberta.

- Ok. - me levanto e ele me vira pondo meu tronco sobre a pia, abaixa minha calça com a calcinha e sinto seu membro molhado encostar nas minhas nádegas. De repente, se afunda em meu interior me fazendo morder os lábios intensamente. - V-vai logo Kookie.

- Está bem mommy. - vai fazendo movimentos rápidos. Era tão bom ser preenchida por ele, meu corpo queimava e sinto suor escorrer pela minha pele. Encaro seu rosto de relance e o vejo sorri com os olhos fechados. - Tão gostoso mommy. - fala mordendo minha orelha.

- Goza logo! - mando o sentindo bater em minha nádega com força.

- Calma mommy, está bom demais pra acabar. - diminui a velocidade e resmungo. 

- Jungkook! - o repreendo ouvindo sua risadinha gostosa. Me empina mais pra ele e me estoca com mais força. Contraio seu membro o fazendo gemer um pouco alto. Porra que perigo bom.

- E-eu tô quase mommy. - assinto quase chegando ao meu limite tbm. Depois de mais algumas estocadas sinto ele apertar minha cintura com força e o nó ser formado. Ele descansa seu corpo sobre o meu sem me machucar. - Obrigado por isso mommy.

- D-de nada pequeno. - falo ofegante. Esperamos um pouco e ele sai de dentro de mim vestindo sua roupa. Me arrumo e lavo o rosto retirando um pouco o suor. Saímos do banheiro e nos sentamos.

- Como foi? - pergunta sorrindo traveso.

- Para Jin, que vergonha. - falo e ele ri. Me ajeito sobre a poltrona deitando no ombro de Jungkook e adormeço. 

[...]

- Mommy acorda. - me sacode e acordo me acostumando com a luz.

- Nossa dormi a viagem inteira. - ele ri e saímos do avião.

- Bem, vamos pro hotel. - Tae fala e assentimos. Pegamos um táxi separados e fomos pro local. Chegamos e fomos atendidos indo ao quartos em que ficaríamos.

- Bota a mala ali Kookie. - digo e ele pega a mesma pondo sobre a poltrona. Me deito na cama sentindo ele tirar meu tênis. 

- Tá cansada? - assinto e ele sorri. Sobe na cama e me põe sentada. Tira minha blusa e o encaro confusa. - Calma. - tira meu sutiã e me põe de bruços sobre a cama. Se senta sobre minha bunda e começa uma massagem deliciosa. - Relaxa um pouco mommy.

- Isso é tão bom. Suas mãos são mágicas Kookie. - ele ri e sorrio. Sinto uma pressão contra a parte debaixo das costas e gemo sentindo um alivio. 

- Eita o bagulho aqui tá bom. - fala e me assusto. Jungkook sai de cima de mim e me sento na cama cobrindo o seios com as mãos.

- Taehyung não temos privacidade não? - ele ri e Jungkook tira sua camisa me cobrindo.

- Desculpa....eita que visão dos deuses. S/n já pensou em threesome? - o encaro incrédula e Jungkook ri.

- Não é uma má ideia mommy. - olho pro cara de pau do meu lado e ele sorri. - Brincadeira mommy. Mas não seria mesmo uma má ideia.

- Para vcs dois. O que vc quer Tae? - pergunto e ele pensa.

- Vim avisar que vai ter um jantar na casa de um dos investidores e nós vamos. - fala e assinto.

- Ok, agora vai embora. - falo me levantando pondo a camisa do Kookie.

- Belo par de seios s/n. Tem certeza que não aceita o threesome?

- Sai Taehyung! - ele ri e manda beijo pro Jungkook que ri retribuindo.-  O que foi isso?

- É uma brincadeira nossa mommy. Mas olha vc poderia aceitar, tio Tae é muito bonito. E tbm, quem vai me ajudar quando estiver no cio? Vc está gravida e não vai ter tanta disposição assim. - fala e o encaro pensando o que se passa nessa cabecinha.

- Vou pensar nisso. - falo e ele assente.

[...]

- Está muito bonita. - fala acariciando minha barriga. - Será que é menino ou menina? - pergunta e nego.

- Não sei, daqui a dois meses poderemos saber ok? - ele assente ajeito sua gravata. - Vamos! - saímos do quarto e fomos pro salão do hotel encontrando todos.

- Vc está linda pequena.

- Obrigado Suga. Wendy vc tá um arraso. - falo e ela sorri.

- Obrigado. Suga quero chocolate. - fala manhosa e o marido bufa aflito.

- Caralho mulher, vc comeu tem nem dois minutos. - fala e ela sai andando irritada. - Espera amor, era brincadeira. TOMA AQUI SEU CHOCOLATE. - rio e vejo Jimin se aproximar.

- Nem mais um passo Park. - digo e Jungkook fica atrás de mim.

- Calma, não irei fazer nada com vcs. - diz e suspiro. - Só queria pedir desculpas, pelo o que eu fiz com vc Jungkook. Lhe macuquei muito e sinto muito por isso. Vc pode me perdoar? - pergunta encarando o mais novo.

- S-sim. - fala e Jimin sorri.

- Obrigado Kookie. - sai de perto de nós e me viro vendo Jungkook nervoso.

- O que foi? - pergunto tocando seu rosto.

- Nada mommy. - assinto e fomos pro jantar. 

[...]

- Olá senhor Choi. - fala sorrindo quadrado.

- Olá Taehyung. Entrem por favor. - entramos na grande mansão e Jungkook fica deslumbrado. - Oh, quem é essa fofura? - pergunta e Jungkook cora.

- Esse é Jungkook, meu filho. - Jin fala encarando o velho.

- Ah sim. Parece muito com vc Jin. - ele assente e sorri pro mais novo. 

- Bem vamos pra sala de jantar. - fomos e nos sentamos na mesa. Jungkook entre mim e Taehyung. Fomos servidos e vejo Jungkook fazendo careta ao provar sopa de cachorro, quem como isso man? ( em países como a China e a Coreia do sul, a sopa de cachorro é uma iguaria por mais nojento que seja kkkk).

- Não precisa comer Kookie. Sei que isso é nojento. - Tae sussurra pra ele que assente e passa e comer outro prato. Todos conversamos sobre nossas empresas e os investidores presentes se interessaram muito. - Bem eu trouxe os contratos de todos. Agora decisão é de vcs, se querem investir em nossas empresas ou não. - entrega os papeis e impressionantemente todos assinaram. - Muito obrigado.

- É uma honra investir em suas empresas, principalmente a sua senhorita Min. - fala e sorrio fraco.

- Obrigado senhor Choi. - ele encara Jungkook e sorri.

- O que pretende ser futuramente Jungkook? - pergunta.

- Vou administrar a empresa de meu pai. - fala e Jin sorri.

- Oh sim. Quem sabe não poderemos nos juntar e fazer das empresa Kim a maior em? - o mais novo assente. Que velho tarado man. Ficamos conversando mais um pouco e logo já estávamos indo embora.

- Bem temos que ir agora senhor Choi. Obrigado pela oportunidade. - Tae fala sorrindo gentil e o velho assente.

- Eu que agradeço. Jin venha aqui mais vezes e traga seu filho. Ele é um rapaz brilhante e tem um grande futuro. - fala e Jin sorri fraco.

- Ok. - encaro Jungkook e rio discretamente.

- Tá chamando atenção de velhos amor. - sussurro e ele ri. 

- Que azar o meu então. Queria chamar a atenção de uma moça bonita. - fala e encaro. 

- Quem?

- Vc é óbvio mommy. - assinto corada e ele me abraça. 

- Vamos gente, antes que ele nos chame de novo. - Tae fala nos puxando pela mão. Voltamos pro hotel e entro no quarto.

- Mommy acho que estou com um probleminha. - fala olhando pra sua calça e encaro o local que estava com seu membro marcado.

- Poxa Kookie. - me deito na cama e ele vem até mim, se deitando e me pondo sobre ele. 

- Vai é rapidinho. - diz manhoso. Me sento direito sobre ele e beijo seu maxilar.

- Está bem. - abro os botões da sua camisa e a tiro de seu corpo. Abaixo sua calça até o meio de suas coxas e beijo seu membro coberto.

- S/n vc tem....caralho vcs dois tem um fogo. - fala risonho.

- Porra Taehyung, não bate não porra?

- Perdão é que minha base acabou e eu vim perguntar se vc tinha mais. - fala e subo a calça de Jungkook. - Tá com um probleminha é Kookie?

- Sim tio Tae. - fala sorrindo traveso.

- Podem parar com a sem-vergonhice tá? - ele riem e tiro meus saltos. Pego a minha base da bolsa e me aproximo de Tae. - Toma! 

- Obrigado princesa. Olha...sei que está cansada, então eu posso ajudar o Jungkook. - fala e bufo.

- Kim Taehyung!

- Por favor s/n. - pedem ambos e os encaro abismada.

- Taehyung não.

- Vai ser legal eu prometo. Assim eu tbm vou poder te ajudar com a gestação. Sabe como eu amo crianças. - fala e suspiro. - E ai qual a sua resposta?

 


Notas Finais


E ai qual a resposta de vcs? topam um threesome?? kkkkkkk man eu sou muito safada, tenho que parar com isso kkkkkkk

Galera tô com uma fic nova do Tae:

https://www.spiritfanfiction.com/historia/malicias-e-delicias--kim-taehyung-21721823

Ela é bem grande e divertida, vcs vão gostar.

Bem bjss e até o próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...