1. Spirit Fanfics >
  2. Meu caos - noart >
  3. 045

História Meu caos - noart - Capítulo 47


Escrita por:


Notas do Autor


e se mesmo assim quiser seguir sozinho.
e se mesmo assim quiser outro caminho.
não vai embora, não vai embora.

essa msc é tão linda😪❤️✊

Capítulo 47 - 045


Fanfic / Fanfiction Meu caos - noart - Capítulo 47 - 045

30 minutos para o baile..🌙


Sina


- NÃO, JOALIN! OS MEUS CABELOS, NÃO! - Sabina gritava, assim que Joalin enroscava seus cabelos no zíper do vestido.

- Sorte sua que não vai com um vestido dos anos 80. - Any dizia, assim que eu fechava seu vestido. - Um vestido tubinho azul combina mais com você. - Eu sorria para Any, alisando seu vestido.

- O Josh vem nos buscar que horas? - Eu perguntava, arrastando Any até a frente do espelho de seu quarto.

- Ele disse que vem daqui a uma hora, mas conhece seu irmão, né? É capaz dele chegar aqui quando o baile estiver acabando. - Ela dava de ombros, me fazendo rir baixinho.

- Tem razão. - Digo, observando a minha melhor amiga pelo espelho. - Você está espetacular, Any. - Digo, sorrindo para a cacheada.

- Eu te amo, amiga. - Ela me abraçava, sorrindo.

- Eu também te amo, amor. - Eu dizia, e uma lágrima escorria por minha bochecha.

- Você está chorando? - Ela perguntava, rindo.

- Último dia de escola, última vez de ser uma adolescente de verdade, e nem dá p'ra acreditar. - Eu dizia, limpando a lágrima.

- Nem parece que nos formamos, que nos conhecemos a tanto tempo. - Ela sorria, me abraçando de lado. - Você é a melhor amiga do mundo, minha metade. - Nós sorrimos, e lágrimas escorriam por meu rosto.

- Aí meu Deus! Você também! Você foi a melhor pessoa que eu conheci, a melhor parte de mim. - Eu dizia, fazendo os olhos de Any encherem de água.

- Para, se não assim vou borrar toda a maquiagem. - Ela limpava o canto dos olhos, me fazendo rir.


*quebra de tempo*


No baile...🌙


- Puta merda! - Krystian dizia, assim que batia os olhos no salão. - 'Tá muito lindo! - Ele dizia, e Diarra fazia reverência.

- Obrigada. - Ela sorria, piscando para ele.

- Você arrumou tudo sozinha? - Eu perguntava, observando o salão, como uma boba.

- Tecnicamente, sim. Mas coloquei o time de futebol p'ra trabalhar. - Ela dava de ombros, me abraçando. - Você está linda! - Exclamava, me fazendo sorrir.

- Você que está uma princesa, Di! - Eu dizia, assim que ela desfazia o abraço.

- Tentei me inspirar na Tiana, deu certo? - Ela sorria, dando uma voltinha com seu vestido verde.

- Deu super certo! Você está magnífica, garota! - Krystian abraçava a mesma, e eu me direcionava a Josh e Bailey na mesa do ponche. Normal.

- Já estão comendo? - Eu perguntava, e Bailey dava de ombros.

- Sabe o que é ser pela última vez um quarterback? É espetacular. - Ele sorria, virando seu ponche, e saindo de perto de nós.

- Colocou vodca, né? - Eu dizia, e Josh assentia.

- Cadê o resto do nosso grupo? - Ele perguntava, e eu apontava para Krystian e Diarra na recepção. - Só veio isso da nossa galera? - Questionava, e eu negava.

- Joalin está na pista com a Sabi e a Any. - Eu dava de ombros, apontava para a pista. - Lamar vem mais tarde só. Hina, Shivani e Linsey, estão conversando na mesa 7, a nossa mesa. - Eu dizia, fazendo um sinal com a cabeça para elas. - Pepe e Bailey estão com o resto do time de futebol. Eu e vocês estamos aqui. - Finalizava, dando de ombros.

- Noah? - Ele perguntava, e eu me distanciava, como se não tivesse escutado.

- Com o par dele, atrás de algum armário. - Eu piscava para Josh, seguindo até uma mesa vazia.

- Sozinha? - Megan perguntava, assim que eu me sentava na cadeira. Mas que porra.

- É o que parece. - Eu dava de ombros, e ela sentava ao meu lado.

- Sem par está noite? - Ela perguntava, brincando com o canudo de seu copo.

- Na verdade, ele ainda não chegou. - Eu dizia, pegando meu celular.

- Não chegou, ou não vem? - Ela perguntava, tirando o celular de minhas mãos.

- Por que se importa? - Eu perguntava, arrancando o celular das mãos dela.

- Só estou tentando conversar com você, calma aí, Pitbull! - Ela dizia, levantando as mãos em rendição.

- Por que agora? Você sempre prefiriu implicar comigo do que ter uma conversa decente. - Eu dizia, guardando meu celular na bolsa.

- Você sempre fica na defensiva assim? - Ela perguntava, arqueando a sobrancelha.

- Não, só quando converso com você. - Eu dizia, bebericando o ponche dela. 

- Ei! - Ela dizia, como se me atingisse.

- O quê? Acha mesmo que eu vou tomar outro ponche? Você colocou vidro no meu iogurte no primeiro dia de aula. - Eu dizia, e ela suspirava.

- Quer crescer, Sina? Estou tentando ser legal! - Ela dizia, me fazendo arquear a sobrancelha.

- Isso é você tentando ser legal? - Eu perguntava, bebericando o ponche.

- Quem é seu par? - Ela perguntava, me fazendo suspirar.

- O Lamar. - Ela tinha  uma expressão surpresa no rosto. - Aposto que o seu é o Noah. - Eu piscava para ela, que ria.

- Não. - Ela fazia uma cara de nojo. - Ele está com a Sofya hoje, são primos. - Ela dava de ombros, e eu arregalava os olhos. - O quê? - Ela perguntava, com a sobrancelha arqueada.

- Nada, nada. - Eu negava. - Quem é seu par? - Eu perguntava, e ela suspirava.

- O único que sobrou, Pet Troy. - Ela dizia, e eu ria. - Ei! Não é engraçado! - Ela dizia, batendo a mão na testa.

- Achei que você era o único ser humano que gostava dele, porque eu acho que os pais dele não gostam. - Eu dizia, fazendo a garota rir.

- Você tem total razão, não posso mentir. - Ela sorria, eu sorrio de volta. - Vou pegar um ponche p'ra mim. Você vem? - Ela levantava, me observando.

- Vou votar p'ra rei e rainha do baile. - Ela sorria, e eu me levantava. - Depois te encontro. - Tá aí uma frase que eu nunca pensei que diria p'ra ela.

- Tudo bem. - Ela saia em direção a mesa do ponche, e eu avistava Lamar entrar pelo salão.

- Morris! - Eu dizia, e um sorriso se formava em seu rosto. - Como vai, amigo? - Eu perguntava, e o sorriso dele aumentava.

- Vou bem, Si. - Eu o abraçava.

- Achei que não ia vir. - Eu o soltava.

- E deixar você na mão? - Ele piscava para mim. - Você está linda, loira. - Ele sorria, me fazendo sorrir.

- O senhor está elegante demais. - Eu enroscava meu braço no dele.

- Claro, com moletom e calça jeans em um baile escolar. - Ele dizia, me fazendo rir.

- É revolucionário, icônico. - Eu dizia, e ele ria das minhas bobagens.

- Cala a boca. - Nós caminhavamos em direção a Josh e as meninas na pista.


✨Josh✨


- Cadê você, cara? Lamar 'tá aqui. - Eu dizia, assim que Noah atendia o telefone.

- Eu 'tô aqui ainda. - Ele dizia, me fazendo bater a mão na testa. Por que um melhor amigo lerdo, senhor?

- Eu te larguei aí quatro horas, Noah! - Eu dizia, e ele suspirava.

- Eu sei, eu sei. - Ele dizia, me deixando com mais raiva. - Enrola a Sina, sei lá! - Ele dizia, me fazendo revirar os olhos. - Por favor, Josh. Quando eu ligar, traga ela p'ra cá, não importa o que você tenha que fazer, traga ela sozinha! - Ele dizia, desligando a ligação.

Filho da puta!

- Hey, Si! - A chamo, e a mesma se virava.

- Oi, maninho. Algum problema? - Ela perguntava, se aproximando.

- Não! Nenhum, só queria saber se você vai ir embora sozinha. - Eu dava de ombros.

- Acho que vou com a Sabi, sei lá. - Ela dava de ombros. - Por quê? - Puta merda.

- Nada, só... - Pensa em algo Joshua, caralho! - Só que eu vou dormir na Any, mas posso largar você em casa. - Eu dizia, e um sorriso se formava no rosto dela.

- Obrigada, Jojo. - Ela me abraçava. - Você é um ótimo irmão. - Ela me soltava, ainda sorrindo.

- Eu espero. - Eu dizia em meio de um sorriso, e aproximando de Any.


Notas Finais


eu rezo por você, que não pode postar.
uma foto com o amante se não vai babar.
e se alguém descobrir aquele caso lá?
que só dia de semana vem te visitar.
você vive querendo o que não pode ter.
Deus não destrói uma família, pra agradar você.
e de uma vez por todas tenta entender.
01 SEMPRE FOI ELA, 02 VOCEEEEEEEE!

então para de falar que ele é seu.
marido dos outros não é presente de Deus.
talarica, tava sentando no macho da tua amiga.
e tu vai tomar um pau.

OUN VAI TOMAR UM PEGÃO

essa msc é tudo.

- Gabi🌙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...