História Meu Caos- Jenlisa - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Blackpink, TWICE
Personagens Jennie, Jisoo, Lisa, Rosé
Tags Jenlisa, Jennie, Lisa, Meu Caos
Visualizações 54
Palavras 1.093
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Lemon, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Me desculpem os erros!😊

Capítulo 5 - Capítulo 5


Capítulo anterior 


Jennie- tá bom Lalisa, eu nunca mais vou destravar Roseanne, eu juro!- ela diz e se levanta e me dá um beijinho na bochecha, fazendo com que eu sinta minhas bochechas queimarem e me sentir leve, nunca senti isso quando alguém me deu um beijinho na bochecha, sempre me sinto desconfortável. 

《》

A enfermeira nos interrompeu dizendo que Rosé já estava melhor e que podíamos lava-lá para o dormitório, ela disse também para ela ficar em repouso durante o restante do dia, eu ela tem que se alimentar direito e também que se possível não usar roupas quentes em dias como esse. Então como a enfermeira nos orientou, levamos Rosé ao dormitório e a deitamos na cama, que fica em baixo da minha, Jennie se sentou nos pés da cama e ficou de cabeça baixa, ela parecia pensativa. 


Lisa- ursinho, você precisa de algo?- pergunto me sentando ao seu lado. 


Rosé- não, obrigada por perguntar!- ela disse, me olha e depois olha para Jennie que continuava na mesma posição.- Jennie, tudo bem?- ela pergunta sem demonstrar nervosismo ou medo. 


Jennie- na verdade não!- ela disse e eu olho para ela.- Roseanne, me desculpa, eu me arrependo de tudo o que eu fiz, eu sou a pior pessoa do mundo!- ela diz se levantando e nos olhando. 


Rosé- tudo bem Jennie, eu te desculpo, e acredite, você não é a pior pessoa do mundo!- ela diz e eu a olho. 


Lisa- gente eu vou pegar alguma coisa para comermos no refeitório!- digo porque não quero atrapalhar a conversa delas, e também porque Rosé deve estar morrendo de fome. 


Rosé- não ursinho, fica aqui comigo, por favor!- ela diz segurando meu braço. 


Lisa- eu não vou demorar ursinho, eu volto rápido, e você e Jennie parecem ter muito a conversar!- digo e ela solta meu braço me olhando com medo da minha reação, ela sabe que eu odeio isso.- tudo bem!- digo, em relação a seu toque, enquanto me levanto e sua expressão muda e ela desvia o olhar do meu, agora olhando para Jennie. 


Rosé- desculpa ursinho! Volta rápido, tá bom?- ela diz e eu assinto, caminho rápido até a porta e saio do quarto batendo a porta atrás de mim. 


Vou até o refeitório em passos rápidos, mas minha cabeça está pensando em como meu primeiro dia de aula foi conturbado, só hoje eu já conversei e convenci Rosé de que ela é minha melhor amiga e que não vou abandona-la, já arrumei briga, fui levemente grosseira com três meninas da sala, e também só hoje tive um ódio mortal por Jennie e agora nem a odeio, juro esse foi o dia mais louco da minha vida, muitos sentimentos misturados, acho que esse dia não consegue ficar pior. 


Vou a cozinha e pego um lanche para mim, para Rosé e para Jennie, faço isso o mais rápido possível, não quero deixar Jennie sozinha com Rosé por muito tempo, ela disse que nunca mais faria isso, mas eu não confio 100 por cento nela, digamos que eu confie nela só 32 por cento, eu não contaria nada a ela sobre mim e minha vida. 


Quando estou voltando para o dormitório no meio do caminho, nas escadas, encontro alguns meninos que estão cabulando aula, eles estão sentados em frente a escada, tampando parte da passagem, eu passo por eles para que eu possa passar no cantinho em que eles não estão sentados e sinto o olhar deles sobre mim, subo o primeiro degrau e a mão de um dos meninos segura meu pulso fortemente, entro em desespero e um forte desconforto toma conta do meu corpo, e sempre assim quando alguém encosta em mim, eu odeio isso. 


Menino1- onde você pensa que vai?- ele diz me puxando pelo braço me fazendo descer o único degrau que eu tinha subido, tentei me soltar mas os outros dois garotos se levantaram e me seguraram, o menino que havia me puxado me soltou e se levantou ficando de frente para mim.- você acha mesmo que vai entrar na escola e não vai ser comida por mim? Ainda mais você? Você é muito linda e gostosa para passar em branco assim!- ele diz pegando minhas bochechas e as apertando. 


Lisa- me solta!- digo tentando me soltar, mas eles não me soltavam por nada. 


Menino1- Chul, Chin-mae, ela está bem presa?- ele pergunta para os meninos que estam me segurando, o aperto deles é muito forte, está me machucando. 


Lisa- SOCORRO, SOCORRO!- grito me debatendo, então o menino que não está me segurando desce sua mão até meu seio esquerdo e o aperta. 


Menino1- não adianta gritar sua vagabunda, é isso que você é, se não estivesse cabulando aula, não teria que passar por isso!- ele diz e coloca sua mão por dentro da minha blusa e do meu sutiã, e aperta meu seio com mais força. 


Lisa- P-para!- digo começando a chorar. 


Chin-mae- Kwan, você não acha melhor continuar esse assunto no nosso dormitório?- ele diz apertando mais meu braço. 


Kwan- o que você acha gatinha?- ele diz parando de apertar meu seio e levando sua mão até meu sexo coberto. 


Lisa- p-para, p-por favor!- digo e ele passa sua mão para dentro da minha roupa, alcançando minha intimidade por dentro da calcinha, ele não fez nada, só ficou com a mão lá. 


Kwan- NÃO!- ele grita fazendo com que eu me escolha. 


Jennie- ei Kwan, solta ela!- ela disse descendo as escadas. 


Kwan- ah Jenniezinha, quer se juntar a ela?- ele pergunta sorrindo maliciosamente. 


Jennie- estou mandando solta-la, anda logo!- ela diz visivelmente irritada, ele para de olha para Jennie e me olha. 


Kwan- não vai ser dessa vez que eu fodo com você, mas se prepara que qualquer dia desses eu vou foder tanto você que você não vai aguentar em pé!- ele diz e passa a mão por toda a extensão da minha intimidade, ele acariciou meu clitóris levemente e tirou sua mão de dentro da minha calcinha, Jennie estava terminando de descer a escada. 


Jennie- eu já mandei você solta-la Kwan, se eu fosse você não arriscaria querer saber da consequência por não me obedecer!- ela diz ele finalmente tira aquelas mãos imundas de mim, ele faz um movimento brusco com a mão indicando aos outros dois para me soltarem, mas espera o movimento foi muito brusco, o que isso quer dizer? 




Ele não me soltam, eles me jogam no chão, eu estava caindo de cara no chão, mas Jennie me agarra antes que eu me estrupie no chão.








Continua 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...