História Meu chef, meu dono e meu amor (kim Namjoon e Kim Seokjin)BTS - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Jay Park, Kim Nam-joon / Rap Monster
Personagens Jay Park, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Amor, Bangtan Boys, Bts, Hot, Imagine Kim Namjoon, Imagine Kim Seokjin, Jay Park, Jin, Namjoon, Rap Monster, Vhope, Você, Yaoi
Visualizações 866
Palavras 1.448
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 10 - A estrangeira


Fanfic / Fanfiction Meu chef, meu dono e meu amor (kim Namjoon e Kim Seokjin)BTS - Capítulo 10 - A estrangeira

(j/n) on

 (j/k) off

 

Como eu não sou fã de comprar mulheres eu fiquei meio deslocado naquele lugar com varia mulheres nuas dançando para seus clientes.Vejo um balcão no fundo do local e vou até o mesmo,me sento ao lado de uma mulher muito bonita por sinal, ela era a única vestida naquele local.Me sento em uma das baquetas olho para a moça ao meu lado e ela parecia estar infeliz com alguma coisa.

 

(j/n) - Você esta bem? - falo me virando ainda encima da banqueta ficando de lado enquanto a mesma ainda estava virada para frente

Xxx - Pra falar a verdade não esta nada bem - ela fala se virando pra mim e assim ficamos um de frente para o outro.

 

(j/n) - Se você quiser desabafar estarei aqui – falo colocando uma de minhas mãos em seu ombro, não deu muito tempo e a mesma me abraça e começa a chorar em uns de meus ombros ela se solta de meus braços e fala o que havia acontecido com a ela – meu deus que historia – penso comigo mesmo.

 

Xxx - Me desculpa já ir falando o que aconteceu comigo assim do nada, mas eu precisava desabafar com alguém – a mesma fala se virando novamente para frente.

 

(j/n) - Posso te fazer uma pergunta? - falo também me virando para frente.

Xxx - Claro que pode - ela fala olhando para mim com um sorriso sem mostrar os dentes.

 

(j/n) - É que até que eu queria saber qual é o seu nome, porque até agora não sabemos o nome um do outro.

Xxx – Ah sim, meu nome é (s/n), e o seu qual é?

 

(j/n) - Jin,o seu nome não é muito comum por aqui,você não desse país né?

 

(s/n) - Não eu sou brasileira, vim pra cá quando completei dezoito anos.

 

Depois de nós apresentamos começamos a falar sobre coisas aleatórias com filmes favoritos,mas como tudo que é bom acaba dessa vez não foi diferente  nosso conversa foi interrompida pelo jungkook.

 

(j/k) - UAU até que você escolhe bem vadias em jin. - assim que Jungkook terminou de falar (s/n) se levanta de onde estava sentada e assim sai de minha vista.

 

(j/n) - Jungkook você tem problemas só pode neh cara, eu não escolhi coisa nenhuma ela é minha amiga.

 

(j/k) - Cara se ela eu não estou nem ai se você ecolheu ela ou não, só sei que ela é bem gostosa e vai ser ela mesma. - Um velho se aproxima de nós dois fazendo com que nos calássemos.

 

Velho – Eai Jungkook já escolheu qual vai ser o presentinho do seu amiguinho?

 

(j/k) – Ele escolheu – falou apontando para mim.

 

Velho – E qual é o nome da vadia.

 

(j/n) – (s/n),mas ela não é nenhuma vadia  - falo cruzado os braços.

 

Velho – Só quero avisar que ela é o dobro do preso das outros e 100 mil dólares a mais. – o velho fala dando uma risadinha.

 

(j/k) – 500 mil dólares em uma vadia, serio isso? –o mesmo falou enquando abria sua mochila e pegava alguns bolos de dinheiro.

 

Velho – Com “embrulho” ou sem - o velho fala fazendo sinal de aspas enquanto fala embrulho,logo após sai com todo o dinheiro na mão.

 

(j/n) – Como assim embrulho Jungkook?

 

(j/k) – Você vai ver Jin,você vai ver.Agora me espera aqui que vu atrás da vadiazinha. – Ele sai do local e vai á procura da (s/n). –Ela deve estar achando que sou um idiota igual o Jungkook e o Namjoon que ficam comprando mulheres para lhes satisfazerem.- penso comigo mesmo.

(j/n) off

(s/n) on

 

 

Estava conversando com um homem chamado Jin até que nossa conversa é interrompida por um cara que não sei o nome e pelo o que eu entendi parecia que jin estava procurando alguém pra lhe satisfazer. -Eu não acredito que ele iria me comprar depois de tudo que eu contei pra ele,eu fui trouxa mais uma vez.- penso comigo mesma e saiu daquele local onde se encontrava o jin e o tal cara lá,ando pela boate procurando alguém lugar para mim sentar, avisto um sofá e me sento no mesmo e assim começo a refletir em tudo o que aconteceu comigo,mas o som da boate atrapalha um pouco,depois de uns 10 minutos refletindo sinto alguém segurar uns de meus braços,era o tal cara que falava com jin.

 

 

(j/k) – Vem você precisa de uma roupa adequada. – ele fala me puxando para um quarto eu acho.

 

(s/n) – Cara isso ta doendo. – falo sendo arrastada pelo mesmo.

 

(j/k) – Cala a boca vadia. – entramos em um quarto onde se encontrava um rapaz,o cara que segurava meu braço me jogou na cama e foi falar com o rapaz que estava ali no quarto.

 

(j/k) – Daqui a 3 minutos eu volto aqui e eu quero ver ela com o melhor “embrulho” que tiver. – ele fala e logo sai o quarto me deixando com aquele cara.

 

(s/n) – Me diz oque que é esse tal de “embrulho” porque eu estou boiando aqui – falo me ajeitando na cama e ficando sentada na mesma,o cara vai em direção a um closet ,abre o mesmo e pega uma fantasia erótica e joga em mim.

 

Xxx – É isso aqui linda,agora se veste porque eu não quero apanhar do Jungkook não. – ele volta para seu lugar e mexe em seu celular.

 

 

(s/n) – Já que eu não tenho escolha,mas agora me diz onde vou me vestir?
 

 

Xxx – aqui ué – fala enquanto continuava a mexer em seu celular.

 

(s/n) – Mas na sua frente?

 

Xxx – Querida relaxa, eu não sei se você percebeu,mas eu gosto mesmo é de piroca,entao ver você nua não vai mudar nada,agora veste essa fantasia logo.

 

Pego a fantasia e vou em uns dos cantos do quarto e coloco a fantasia meio envergonhada por ter um homem na sala,apesar de ele falar que era gay.Depois de estar pronto vou na direção do carinha gay e fico a sua frente.

 

(s/n) – Eai como ficou? –falo dando uma rodadinha.

 

Xxx – Miga tu ta gata viu,agora vamos arrumar esse canelo porque esse penteado já esta se desfazendo.

 

~~~ MINUTOS DEPOIS ~~~

 

 

Alguns minutos depois de eu já estar toda pronta vejo a porta sendo aberta e revelando o Jungkook eu acho.

 

(j/k) – Ela já esta pronta Dong-yul? – ele fala entrando no quarto e fechando a porta.
 
 
(d/y) – Aham, e ela é toda sua – ele fala me empurrando para os baços de Jungkook.Jungkook segura uns de meus braços fortemente e assim saímos do quarto e fomos em direção à um carro que estava fora da boate
 
 
(s/n) – Da pra você parar,meu braço esta doendo seu idiota – falo tentando me soltar,mas como eu sou fraca pra karalho não foi dessa vez.
 
 
(j/k) – Olha como você fala comigo sua vadia,eu só não te dou um tapa na cara agora porque nosso amigo não vai querer um presente com marcas.Agora entra nesse carro e fica quieta a viajem inteira.
 
 
Eu entro na parte de trás do carro e me sento ao lado do Jin,finjo que o mesmo não se encontrava ali não queria nem olhar na cara dele,encosto minha cabeça na janela e assim fiquei por toda a viajem.
 
 
 
~~~ QUEBRA DE TEMPO ~~~
 
 
Saiu do carro acompanhada de Jungkook e jin e dou de cara com uma casa enorme e muito bonita por sinal,entramoseu e Jungkook  na mesma e assim que entro fico de boca aberta – Pqp só essa sala é o tamanho do meu apê. – penso comigo mesma.
 
(j/k) – Bom essa aqui é a sua nova casa,espero que goste.
 
 
(s/n) – Ok,neh – fala me sentando no sofá no centro da sala.
 
 
(j/k) – NEIDEEEEEE
 
 
Neide – Sim senhor – a mesma fala se curvando na frente do Jungkook.
 
 
(j/k) – Onde esta o nam?
 
 
Nam? Será que esse vai ser meu dono?Parece que eu já ouvi esse nome. – penso comigo mesma enquanto eu estava “lendo” uma revista que tinha pegado em cima da mesinha de centro.
 
 
Neide – Ele esta La em cima to mando um banho senhor.
 
 
(j/k) – Ok, já pode se retirar Neide – Neide se retira da sala e Jungkook vem em minha direção e retira a revista da minha mão.
 
 
(s/n) – Por que você fez isso? – falo me levantando do sofá e ficando cara a cara com Jungkook.
 
 
(j/k) – Eu não te devo satisfação nenhuma,agora você sobe essa escada e entra no corredor a direita e entra na ultima porta do corredor,você entendeu o que eu falei?
 
 
(s/n) – Oque que eu vou ganhar com isso? – falo cruzando os braços e batendo uns dos pés no chão
 
 
(j/k) – Você ganha alguns dias de vida,agora faz logo o que eu falei e para de birra
 
 
Dou de costas para o mesmo e faço oque ele falou,entro no corredor e entro na porta que falou...
 
CONTINUA...
 
 
 
 
 
 
 
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...