1. Spirit Fanfics >
  2. Meu Chefe - Imagine Jackson Wang GOT7 >
  3. 3. Three

História Meu Chefe - Imagine Jackson Wang GOT7 - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Oi meus amores!!
☆ Voltei com uma fic de aliens, por quê? Eu amo, aliens e assuntos do tipo. Juntei o MÁXIMO de coisas baseadas em documentários e em coisas que já li, ou mesmo experiências e coloquei na minha história.
Minha história tem nomes fictícios porém todos os personagens SÃO REAIS e meus amigos (óbvio que menos os idols).

Há uma imensidão de sexualidades e quem sabe a sua não está incluída ou você não se descobre ou se identifica com um alien? Vá ler, e me conte!

Espero que gostem. 🤗

Link no final. 🤗

Capítulo 3 - 3. Three


Fanfic / Fanfiction Meu Chefe - Imagine Jackson Wang GOT7 - Capítulo 3 - 3. Three

Já se passaram dois dias e finalmente hoje é o dia do tal evento. Fico surpresa de que em todos esses anos, SOMENTE EU vá à algum evento com o dono de uma das maiores empresas do mundo.

Francis fez um ótimo trabalho com o vevestidostido, eu vou chamar muita atenção hoje.


─ Senhorita Cooper? O senhor Jackson está perguntando se já está pronta. - aparece a Eleanor, uma das ajudantes de Jackson. Literalmente ajudantes, Jackson faz tudo sozinho, mas quando ele chega em casa cansado ou passa o dia fora ela faz tudo para ele. Comida, arruma a casa. Como uma diarista.


─ Estou sim, Eleanor. E por favor, me chame de Alexia. - sorri e ela saiu da sala


Desço as escadas com meu vestido perfeito (capa) e vejo Jackson com um olhar misterioso e sexy ao mesmo tempo. Como ele faz isso?

─ Você está ainda mais linda. - falou me girando

─ Obrigada, senhor Jackson - falei

Ele ergueu sua mão e fomos a limousine.

─ Você tomou o anticoncepcional?

─ Sim. Eu quero tentar algo sério, não usar uma vida forçando nossa possível relação.

─ Tudo bem.. Ah! Como está a gravidez da Beatriz?

─ Está tudo bem, Wang. Seu sonho é ser pai, né?

─ Sim. - fala cabisbaixo

Fico sem o que dizer e olho para a janela.

Passei tanto tempo olhando para fora e me perdi em meus pensamentos que nem pude ouvir Jackson falando que havíamos chegado.

─ Alexia.

─ Hm? Ah! Sim, estou indo - saio do carro ajeitando o vestido e meu cabelo

─ Está perfeita. Você é perfeita. - falou e sorri

Assim que pisamos no tapete vermelho de entrada ao evento, câmeras e microfones se direcionaram a Jackson e a mim.

Jackson era um dos empresários mais famosos e eu faço questão de repetir, porque ele é realmente impecável em tudo que faz, desde que trabalho lá, tenho tudo anotado e não há um erro sequer. Nada de dinheiro, NADA. A empresa é realmente impecável.

─ Você precisa sorrir para os jornalistas não acharem que você está sendo forçada - falou isso olhando para baixo disfarçando

─ Não ligo para o que eles acham - sorri

─ Ah é? E que sorriso é esse?

─ O fotógrafo ali é uma gracinha - sorri ainda mais ao ver ele com uma cara de tacho

Finalmente chegamos e alguns empresários pararam para conversar com Jackson. Conhecia alguns graças às reuniões anuais e eventos da nossa empresa.

─ Senhorita Cooper, está muito bonita hoje. - veio gentil o senhor Hoseok

Shin Hoseok. O segundo empresário eleito à mais bonito. O primeiro é o meu, óbvio.

─ Obrigada - sorri

─ Olá Wang, quanto tempo! - falou Hoseok

─ Sim, sim. Não estamos com tempo para eventos esse ano. Estamos trabalhando em novos produtos.

─ Afinal, quem é o alfaiate de vocês? Vocês trocaram, não foi? - debochou Wonho

─ Não. Não trocamos. Ele está de férias depois de quase ter perdido o emprego por boatos que saíram de sua empresa.

Wonho fechou a cara.

─ Não sei do que está falando.

─ Então por que demorou para responder? Tchau, Hoseok. - saímos dali

─ O senhor quase se mete em encrenca e não temos nem cinco minutos aqui dentro. - falei e o mesmo sorriu

─ É normal. Em eventos assim, sempre ocorrem algumas farpas. Mas o nosso dinheiro compra a mídia e ninguém sabe de nada.

Fomos ao bar, e Jackson avistou um amigo de longa data e foi até ele me deixando sozinha. O que não havia o menor problema, eu não iria ser chamada de Senhorita Cooper tão cedo.

─ Senhorita Cooper, não é?

Merda.

─ Sim, sou eu. - olho para trás e vejo uma mulher

─ Prazer, meu nome nome é Jenifer Guzmàn. Sou espanhola.

─ Tá. - viro para o balcão novamente agradecendo o barmen pela bebida

─ Eu sou ex do Jackson.

Revirei os olhos.

─ Tá.

─ Eu estou grávida dele.

Me engasguei. 

─ O que?

Um cara sai da banqueta ao meu lado, e ela se senta.

─ Eu me relacionei com ele antes da empresa ganhar essa fama. Nós terminamos, e depois bêbados nós nos relacionamos sexualmente e engravidei.

─ Está a quanto tempo?

Ela demora a pensar.

─ Três meses.

─ Sério? Eu trabalho para ele a uns dois anos e nunca te vi na empresa, ele sempre citava das suas ficantes e não me lembro de nenhuma Jenifer Guzman. Me desculpa, não posso lhe ajudar. - me afasto

─ O que foi? - perguntou Jackson ao me ver com uma cara de bunda

─ Tem uma tal de Jenifer falando que está grávida de você. Se a mídia souber, você terá que arcar com isso.

─ Quem é ela?

Apontei para a mesma que estava tentando se esconder. E ele foi até ela.

─ Oi. Eu te conheço? - ele a questionou

─ Me desculpa. Foi meu chefe quem me obrigou.

─ Quem é o seu chefe?

─ Olá, Wang. Minha funcionária não parece gostar da forma em qual você fala. - aparece Sehun

─ Engraçado. Nem eu.

─ Secretaria gostosa a sua. - riu Sehun debochado

Calma, deixe-me explicar.

Sehun e Jackson eram amigos e a empresa Wang na verdade era dos dois. Masss, Wang descobriu que Sehun estava pegando a maior parte do dinheiro para ele, e esquecendo que a empresa gera despesas. Então, Wang demitiu Sehun.

─ Respeito é bom e na minha empresa e com meus funcionários é essencial. - Jackson me colocou atrás dele

Naquele momento todos estavam nos olhando pois sabiam da briga deles, Sehun fez questão de dizer a todos. Havia câmeras por toda parte, e os flashes estavam me incomodando de certa forma.

─ Senhor Wang, é verdade que a secretária do Oh Sehun está grávida do senhor? - uma voz do além ecooa

─ Não. Ela disse que o Sehun a obrigou a dizer tal coisa. - ele me puxa e saímos dali

Entramos na limousine e Jackson liga para seu advogado.

─ Difamação. Quero que pesquise sobre Jenifer Guzman da empresa Oh. - desliga o telefone e tira o terno

Jackson fica tenso e olha para frente, parece que há um ponto fixo.

De repente seu celular começa a tocar.

─ Alô?

─ Parabéns papai. - escuto a voz de Yugyeom e balanço a cabeça negativamente

─ Vai à merda, Yugyeom. Vai cuidar você da sua mulher.

─ Ela está aqui, quer falar com ela?

─ Eu não. - ele afasta o celular do ouvido

─ Alexia, quer falar com ela?

─ Não, não precisa. - ele me dá o celular e vira o olho

─ Oi Bia. 

─ E aí. O socador de secretária está ouvindo? - perguntou e eu comecei a rir

─ Ele está ouvindo, mas é meio difícil entender, estamos conversando em português.

─ Ah é, verdade. Olha, amanhã quero vocês dois em meu apartamento, temos uma coisa a se discutir. - falou Beatriz

─ Jackson, Beatriz nos quer no apartamento dela amanhã.

─ Claro. Do que se trata?

─ Beatriz, do que se trata?

─ O nome do bebê ou da bebê.

─ É o nome da criança, Jackson. - ele sorri e então fala

─ Menino Jackson, menina Sophia. Fácil.

Coloco no viva-voz e escuto a risada do casal.

─ Até parece, Jackson. - ela fala

─ Amanhã resolvemos isso, Bia. Chegamos em casa, vou pegar minhas coisas e ir embora.

─ Quem disse que você vai embora? - Jackson fala e esquece que eu estou com a BEATRIZ NO TELEFONE

Escuto "uiuiui" dos papais do ano super maduros.

Desligo o telefone e saímos do carro.

─ Dorme aqui, aí vamos juntos a casa de Beatriz.

─ Não estou com cabeça pra isso.

─ Não vai ter nada. Eu só quero sua companhia.

─ Eu estou dormindo aqui todos os dias. Já vai fazer uma semana. Seus vizinhos e paparazzi vão descobrir em.

─ Prefiro que descubram que eu estou com você do que com aquela Jenifer Guzman. Me dor de cabeça no evento.

Meu celular toca e é a Beatriz mandando mensagem.

Bia: Lexi. Sabe que eu te amo 

né? Presta atenção, à boatos

que o Jackson te protejeu no

evento porque vocês namoram.

Tem fotos de você entrando na

casa dele e do motorista dele

aqui na rua.

Eu: É O QUÊ?


─ Jackson, lê isso. - entrego o celular à ele

─ Vou resolver isso. Calma. - pega o celular e entra no instagram

Vejo o mesmo ajeitando o cabelo e indo nos storys.

─ Olá. Jackson Wang aqui. Venho esclarecer algumas coisas. A primeira é que eu não vou ser pai. E que eu não tenho secretária. A minha secretária se tornou a minha companheira que muitos viram hoje no evento. Nós não namoramos, nem somos casados. Ela é a minha companheira. Vem aqui em casa resolver algumas coisas e quando é necessário dorme aqui sim. - posta e não demora muito tempo para ter gente assistindo

─ Ok. Agora sim, você enlouqueceu. - ele riu

─ Agora todos sabem que você está embaixo da minha asa. - sorriu

─ E você deveria está embaixo do chuveiro. - sorri e ele pega um travesseiro e joga em mim

─ Palhaço. - paro e faço uns storys explicando a situação já que me encontraram no instagram

Jackson estava no chuveiro e eu fico pensando a respeito de nós. Eu gosto do Jackson, ele gosta de mim. Mas, é tanto trabalho que eu fico irritada. Vai ser completamente difícil eu ter uma vida normal agora. Terei de ir fantasiada comprar pão.

Ou ter que depender de outras pessoas para ir comprar pão para mim. Calma, não é uma ideia não ruim assim. Ai que horror, é sim. Depender dos outros é horrível.

Me levanto e procuro uma roupa aleatória na minha bolsa e de quebra pego uma blusa do Jackson e vou ao banheiro. Nossa, a blusa está cheirosa.

Entro no chuveiro e lembro das nossas noites. Foram duas noites seguidas, e eu quase engravidei. Meu Deus, quanta informação. Ainda bem que eu tomei o remédio.

Saio do box escovo meus dentes e cabelo.

─ Que linda, com minha blusa - Jackson vem e me abraça por trás

─ Eu sei - cuspo a pasta e enxaguo a boca

─ Vamos ter uma noite perfeita de sono. - me pega no colo

─ Falei que não vamos fazer nada, em - falei

─ E quem disse que vamos fazer alguma coisa? - me coloca na cama e me cobre

Liga o ar condicionado e a televisão deitando em seguida.

Ele coloca um filme e dormimos na metade.

07:32


Acordei e Jackson ainda estava dormindo. Ainda bem que ele não vai trabalhar hoje. Por causa do novo produto ele não para mais. Ele é muito ansioso.

─ Bom dia. - falo no ouvido dele e ele sorri

─ Bom dia - fala rouco

─ Dormiu bem?

─ Eu dormi ótimo com a mulher mais linda ao meu lado.

Fico tímida.

─ O-Obrigada.. 

─ Não fica sem graça - riu

Sorri e o abracei.

Acabou que dormimos de novo e acordamos umas dez da manhã. Tomamos banho juntos sem malícia alguma e descemos para tomar café e adiantar o almoço.

─ Eu faço o almoço hoje, que tal? - ele propôs

─ Eu acho perfeito. - sorri

─ Então, vou fazer um macarrão com molho branco. - ele disse

─ Hmm, quero só ver se vai ficar parecido com o da minha mãe.

─ Vai ficar melhor. Como macarrão é rápido para fazer, depois eu faço. - ele senta e prepara seu pão e café.

mensagens:

Bia: Venham agora aqui. Tô fazendo empada!!

Eu: Mas é claro que vamos.

Bia: Não tragam nada. Conheço Jackson. 

Eu: Se eu conseguir convencer ele.

Bia: É só falar que vai fazer greve.

Eu: Que horror, Beatriz. Yugyeom coitado..

Bia: Coitada de mim, brincadeira ele é perfeito.

Eu: Começa não. Eu não quero saber dos negócios estranhos de vocês.

Bia: KKKKKKKK tabom, até depois gatinha. 

Eu: Até.


─ Quem era? - o curioso ou ciumento pergunta

─ Beatriz. É para irmos lá. Ela está fazendo almoço para nós - sorrimos e fomos para o carro

Já no carro..

─ Vou levar alguma coisa...

─ Ela disse para não levar nada.

─ Mas eu vou levar

─ Não vai. 

─ Eu vou.

─ Jackson Wang, VOCÊ NÃO VAI.

─ Ai, ok ok, eu não vou.

Sorri ao ver a cara de espanto.

Chegamos lá e fomos ao elevador.

Recebemos olhares de moradores que estavam na recepção e óbvio do síndico que ficou todo orgulhoso e quase puxou assunto, mas eu puxei ele e fomos até o apartamento de Beatriz.

─ Vocês subiram assim? Com a cara limpa? Gente, o síndico deve estar olhando as câmeras e eu vou ser interrogada. Socorro - rimos e entramos

─ Então, já falei e falo de novo. Jackson ou Sophia. - disse Wang fazendo todos rirem 

─ Estamos em dúvida em Sofie, Aurora ou Harry para menino. - disse Yugyeom

─ Gosto mais de Sophia - disse Jackson

─ Tabom Jackson, se quer sua mãe vai pra Hong Kong - disse Beatriz e mais uma vez rimos

─ Eu gosto de Sofie. - falei

─ E de Aurora? - perguntou Yugyeom

─ Também - falei

─ Tá vendo, queremos um nome que a pessoa fala: gosto desse, do outro não

─ Ambos nomes são bonitos. - falou Jackson

─ Por isso estamos em dúvidas. - disse Yugyeom

─ Então faz o seguinte, fazem uma escadinha. Se for menina agora, coloca Sofie, se engravidar novamente, Sofie e o último Harry. Entenderam? - perguntou Jackson

─ Entendemos. Agora vamos revelar o sexo do baby - fala Beatriz tirando um bolinho da geladeira

─ São dois cupcakes. Vocês mordendo tem a cor referindo o sexo. Porém, não é rosa nem azul. É preto e amarelo. Se for preto é menino e amarelo é menina. - falou e nos entregou

─ Vocês já sabem? - perguntei

─ Não. Por isso temos o nosso - pegou mais dois e sentamos na bancada

─ No três, nós mordemos - falou Yugyeom

Contamos até três e mordemos.

─ Amarelo!!! - gritamos

─ Baby Aurora!!! - Beatriz começou a chorar abraçando Yugyeom

─ Own - deixei sair umas lágrimas

─ Também temos algo a contar...

─ Alexia você não-

─ Não, ela tomou anticoncepcional - disse Jackson demonstrando tristeza

─ Jackson e eu estamos juntos. Porém não namorando, estamos nos conhecendo.. - falei e Jackson sorri

─ Sério? Finalmente!! - Beatriz fala

─ Quem diria em Jackson - falou e eu fiquei sem entender

─ O que? - perguntei

─ Ele é apaixo-

─ Ela já sabe que eu sou apaixonado nela - ele corta e faz questão de falar olhando pra mim

Beatriz sente cheiro da comida e eu reconheço, puta merda. Quanto tempo que eu não como isso!!

─ Eu não acredito!! - falo em português

Beatriz sorri.

─ Sim. Eu fiz isso. - falou em português enquanto retirava o empadão do forno

─ Como a criança vai de adaptar a vocês? - perguntou Jackson à Yugyeom

─ Beatriz e eu conversamos em inglês. Beatriz vai falar com ela em português, para quando levarmos ela ao Brasil e eu em coreano já que moramos aqui. Mas eu vou dar bastante apoio pra ela no inglês. Porque já moramos aqui na Coréia, então não tem muita necessidade de ficar muito no coreano. - ele fala colocando os pratos e talheres na mesa

─ Vão para a mesa. Essa bancada aqui é usada só para quando estamos atrasados - Beatriz fala rindo e leva a empada para mesa

─ O que é isso? - perguntou Jackson

─ A oitava maravilha do mundo. - Alexia responde

Todos se sentam na mesa, e Beatriz serve todos.

─ Como é o Brasil? - perguntou Jackson

─ Quente. - falei e rimos

─ É bonito e rico de natureza. Tenho orgulho de ser brasileira por nossa riqueza. Mas o Brasil, é só um país que é vítima de corruptos - disse Beatriz enquanto colocava refrigerante para nós

─ Ah! O que nós gringos - sorriu - sabemos do Brasil é futebol, e "mulher gostosa" - falou Jackson

─ Exato. O Brasil é bem estereotipado como se lá todas as mulheres fossem com corpo definido, cabelo bonito. As pessoas esquecem que o Brasil é um país misturado e tem desde Índio até Italiano. Por exemplo a Alexia. Certeza com esse nariz dela é italiano - falou Beatriz e eu ri

─ Por que quebrou? - disse Jackson após "cortar" o empadão

Nós rimos. 

─ É assim mesmo. Antes de comer, assopra! - falei quando vi ele levando até a boca

Jackson assoprou e comeu.

─ Gostou? - perguntou Beatriz

─ Isso é muito bom! - falou Jackson

─ Sim! - disse Yugyeom comendo

─ Yugy só abre a boca pra confirmar - falei e ri

─ Ele adora isso. É a comida brasileira dele favorita. - falou Beatriz

─ Ele já comeu estrogonofe? - perguntei

─ Sim, eu adorei. É a minha segunda comida preferida. - falou

─ Ele come igual à mim. - Beatriz riu

─ Ele enche de ketchup e mexe tudo? - perguntei

─ Sim - falou

─ Estranhos, sim ou claro? - sorrimos

─ Cortando o assunto.. vamos sair à noite?

─ Sua namorada está grávida, Yugyeom - disse Jackson

─ Existem outras bebidas que grávidas podem beber, ok? - falou e rimos

─ Então vamos - olhei para Jackson e ele estava comendo e parecia satisfeito

─ Até mais tarde - me despedi de Beatriz e Yugyeom

─ Até - os dois acenaram e eu me abracei no braço de Jackson descendo até o carro com Vincent


Notas Finais


Eu tenho uma amiga que está simplesmente DESENHANDO meus personagens na história. Eu espero que vocês gostem, vai que um dia não se torne um livro ilustrado por ela? 😍

https://www.spiritfanfiction.com/historia/aliens-in-earth-kim-yugyeom-got7-18528877


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...