1. Spirit Fanfics >
  2. Meu chefe - Jikook >
  3. Sétimo capítulo - Traços perfeitos.

História Meu chefe - Jikook - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 7 - Sétimo capítulo - Traços perfeitos.


Autora on

Jin: Jimin, acorda! - Falava o mais velho balançando o corpo do seu irmão de um lado para o outro, este que não mexia um músculo, apenas dormia calmamente, isso sim é ter um sono de pedra. - Jimin! - Falou um pouco mais alto, tudo que o seu irmão fez foi murmurar algo desconhecido.

Sem paciência, Jin chega perto do ouvido do seu irmão e grita, logo, o menor acorda assustado.

Jimin: O que foi? O que aconteceu?

Jin: Hora de acordar, Bela Adormecida. - Vai até a janela e abre as cortinas, fazendo apenas pouca luz adentrar o quarto, por causa do horário em que se encontrava.

Jimin: Que horas são? - Fala com os cotovelos apoiados na cama.

Jin: Quatro e quarenta da manhã.

Jimin: 'Tá muito cedo Jin!

Jin: Temos que ir mais cedo, hoje o Senhor Jeon dará uma festa.

Jimin: E o que nós temos haver com isso?

Jin: Somos empregados dele, temos que estar lá para organizamos tudo.

Jimin: Aff! - Jimin tira o cobertor de cima do seu corpo e se alevanta calçando os seus chinelos, em seguida, vai até o banheiro do seu quarto fazer suas higienes matinais.

Depois de ambos já terem se arrumado, agora eles estavam tomando café da manhã, o silêncio se fazia presente, o mais velho estava esperando o seu irmão falar algo, mas o mesmo ( Jimin ) não dizia nada, então, Jin desisti e resolve se pronunciar.

Jin: Iai, você 'tá melhor?

Jimin: É, um pouco.

Jin: Isso é bom, você... Dormiu bem?

Jimin: Dormi sim, eu sonhei com o Senhor Jeon. - O menor dá um sorriso ladino.

Jin: O sonho deve ter sido bom, hm? - Jin fala em um tom pervertido fazendo o seu irmão rir envergonhado.

Jimin: Ah Jin, para com isso!

Jin: Jimin, me fala a verdade, você gosta dele?

Jimin: P-por que?

Jin: Só curiosidade.

Jimin: Bom, eu acho que... Sim? Eu estou confuso, entende? O Senhor Jeon é um cara legal, ele é bonito, ele é gentil, ele é gosto... Q-quer dizer, eu não sei! Eu não sei se gosto dele.

Jin: Ele parece gostar de você.

Jimin: S-sério?... I-isso não é bom.

Jin: Por que? - Jimin com a dúvida do mais velho se encontrou perdido, ele não queria contar, então, utilizou a mesma técnica que fez da última vez.

Jimin: Eu vou escovar os dentes! Se não iremos chegar atrasados! - Jimin se alevanta da mesa e sai as pressas.

Jin: Amas, Jimin! - Era tarde demais, o menor já havia subido as escadas.

Jin mais uma vez ficou desconfortável com o comportamento do seu irmão, aquilo estava passando dos limites e ficando preocupante, por que ele não queria contar? O que prende a ele de contar o que aconteceu? Esses pensamentos rodavam a cabeça do maior.

O tempo se passou, já eram cinco e dez da manhã, ambos já estavam com as suas mochilas nas costas prontos para ir, Seokjin trancou todas as portas da casa e as janelas, logo, depois de tudo certo, os dois saem de casa rumo a mansão.

Quebra de tempo

Jimin e Jin chegam no local, o maior aperta a campainha e é atendido pela Sana.

Sana: Bom dia Jin, bom dia Jimin! - Fala simpática dando espaço para ambos passarem, em seguida, fecha a porta. 

Jimin e Jin: Bom dia Sana!

Sana: Jin, o Senhor Jeon mandou você preparar o café dele junto com a Nancy, e Jimin, o mesmo ( Jeon )  também mandou você ir limpar o quarto dele. - Os dois concordam com a cabeça, e sem demora, ambos pegam os seus uniformes e correm para se trocar.

Autora off

Jin on

Depois que eu me troquei, fui até a cozinha preparar o café da manhã do meu chefe, chegando lá encontro a Nancy, logo sinto uma sensação de desgosto, mas enfim, trato rapidamente de começar o meu trabalho, pego algumas frutas e coloco em uma cesta, para depois levar a mesa. Quando eu terminei de levar as frutas, fui preparar as torradas, coloco duas dentro da máquina de fazer torradas e espero ficar prontas, depois de alguns minutos, ambas saem e eu pego colocando em um prato.

A Nancy não fazia quase nada, a única coisa que eu vi ela fazendo foi preparar o suco, mas eu não ligo, estou fazendo o meu trabalho e é isso que importa.

Jin off

Jimin on

Eu estava indo em direção ao quarto do meu chefe, achei estranho ele ter pedido para limpar novamente já que eu limpei ontem, por tanto, tenho que obedecer.

Chegando lá, abro a porta e dou de cara com a seguinte cena: o Senhor Jeon apenas com uma calça preta virado de costas, deixando a mostra suas costas largas e nuas, fico sem reação, minhas bochechas ferveram violentamente, com certeza elas estavam muito vermelhas agora, pensei em fechar a porta novamente, mas o Senhor Jeon me viu.

Jeon: Ah Park, pode entrar.

Eu: O S-senhor está t- trocando de roupa, t-talvez seja melhor eu vim q-quando o Senhor t-terminar.

Jeon: Entre, não tem problema.

Não tinha jeito, querendo ou não eu tinha que entrar, um "pouco" envergonhado adentro o local, não estava tão bagunçado, então eu terminaria rápido.

Enquanto eu estava ajeitando a sua cama, escuto um resmungando, olho para trás e vejo o meu chefe tentando colocar sua gravata.

Eu: Algum problema, Senhor?

Jeon: Eu não sei colocar uma gravata, sempre é a Sana que faz 'pra mim, só que ela não estar aqui agora.

Eu: Eu posso ajudar.

Vou até o mesmo, fico na ponta dos pés e começo a ajeitar a sua gravata, dou um nó alí, depois outro nó aqui, e rapidamente ela fica pronta.

Eu: Pronto, perfeito!  - Sorriu ladino, logo , começo a lhe encarar, seus olhos brilhavam, eu sentia sua respiração junto a minha, se eu desse mas um passo nossos lábios se tocavam.

Eu observava cada traço do seu rosto, era tão perfeito, seus olhos de jabuticaba, seu nariz, seus lábios finos e avermelhados, seu maxilar bem delineado, era simplesmente perfeito, meu chefe era perfeito. Derrepente, ele sorri para mim, e foi aí, que eu volto ao mundo real.

Eu: D-desculpe Senhor, eu...

Jeon: Está tudo bem Park, fique tranquilo, certo?

Eu: C-certo.

Jeon: Ah, e obrigado. - Ele sorri ladino e em seguida saí do quarto, me deixando alí sozinho, com o coração acelerado.

Eu não sei o que aconteceu, derrepente eu me perdi naqueles traços, eram tão belos! Droga, eu estou ficando maluco! Acho melhor eu me apressar e tratar de arrumar logo o seu quarto, e tentar esquecer tudo isso.
















Notas Finais


Gente, eu estou escrevendo desde às nove/dez horas kkk, espero que tenham gostado, sim? O próximo vai ser longo também hihi. Enfim, até logo amores, beijos <3.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...