História Meu Chefe - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 83
Palavras 1.296
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Literatura Feminina, Luta, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá pessoal,amanhã irei postar a narrativa do Matthew,espero que gostem.
Boa leitura...📚

Capítulo 6 - Conhecendo a Ana


Fanfic / Fanfiction Meu Chefe - Capítulo 6 - Conhecendo a Ana

Já havia se passado um mês,eu eo Matt estamos cada vez mais próximos, algo nele mi intriga,mi instiga a ser mais confiante,talvez o jeito dele,aquele jeito autoritário que mi faz querer provoca-lo, esse virou um de meus passatempos favoritos,provoca-lo.

A cada dia,meu trabalho fica mais interresante,nunca pensei que iria gostar tanto de ser secretária,mas todo dia é algo novo que eu aprendo e novas pessoas que conheço.

Enquanto iniciava mais um dia de trabalho na Cooper,percebi que havia um copo de café na minha mesa.

Pego o café e vejo que nele há meu nome escrito,olho ao redor da minha sala,e suspiro pensando em quem deve ter tido o trabalho de trazer esse café para mim.

Alguém bate três vezes na porta,eu digo um entre,e assim a pessoa faz.

Olho para a pessoa,e percebo que é a secretária loira que mi desejou boa sorte na minha entrevista,ela mi olha sorrindo e eu peço para que ela sente-se.

-E então Srta.Castilho,está gostando do trabalho ? 

-Estou,mas por favor,não mi chamar de Srta.Castilho,mi chame apenas Beatrice,qual o seu nome ?

-Eu mi chamo Ana Carolina,muito prazer.-Estende sua mão e eu aperto.

-Por acaso foi você que deixou esse café na minha mesa  ?

-Foi,eu não sabia qual você gostava, então comprei o mais vendido.

-Você acertou em cheio...

-Que bom !

Quando a Ana saiu,voltei a fazer minhas tarefas.Na hora do meu almoço, tive que enviar uma mensagem para o Sr.Cooper,dizendo que ele terá uma vídeo conferência com um provável sócio em uma hora,arrumei minhas coisas e quando estava a sair dou de cara com a Ana e o Thomas.

-Está afim de almoçar conosco ?

-Claro !

A Ana,o Thomas,o Jake e eu fomos em um Food Truck,pedimos nossos lanches e sentamos em uma mesa para conversarmos.

-Vocês souberam que hoje é a inauguração daquela nova balada  ?-Diz a Ana mordendo seu hambúrguer. 

-Eu não sabia...-Bebo um pouco do meu refri.

-Nem eu.-O Thomas e o Jake falam juntos e se olham.

-Oque vocês acham de irmos juntos depois que nossos expedientes acabarem ?-Pergunto olhando cada um.

-Eu acho uma ótima ideia.-Diz o Thomas.

A Ana e o Jake concordam com a cabeça dando noedidas em seus lanches.

-E então Beatrice,gostando de trabalhar com o big boss ?-Pergunta a Ana sorrindo sacanamente.

-Realmente,percebi os sorrisinhos da Beatrice,toda vez que eu toco no assunto Matthew Cooper.

-Aí por favor né gente !Ele é apenas meu chefe  !-Thomas,Ana e Jake se olham e riem.

-Relaxa princesa !É só uma brincadeirinha !-Thomas diz e Jake gargalha por conta da minha cara de reprovação.

Terminamos de comer,em um clima alegre,os garotos sacaneando com suas brincadeiras e eu e a Ana rindo dos dois.

Voltamos os quatro juntos pra empresa e cada um foi pra seus devidos andares,como eu e a Ana trabalhamos no mesmo andar,fomos juntas não deixando a conversa acabar.

Quando estava a entrar na minha sala,fui avisada de que o Sr.Cooper queria mi ver no final do meu expediente,e sem demoras vou para minha sala para terminar minhas tarefas.

Depois que terminei todas as minhas tarefas,dei uma pequena olhada na agenda do Sr.Cooper e mi direcionei a sua sala.

Paro em frente a porta de sua sala e bato,ele mi manda entrar e assim faço.

Ao ve-lo minhas mãos começam a suar e minha respiração fica entrecortada.

Estranho !

-Mi chamou Senh...quer dizer... Matthew !

-Sim Beatrice !-Diz se levantando de sua cadeira que estava de costas para mim e olhando para suas enormes janelas de vidro.

-Você mi faria o favor de abrir minha adega e pegar um Uísques e dois copos,quero que beba comigo enquanto apreciamos essa bela vista.

-Sim senh...Matthew.-Tenho que aprender a parar de chama-lo de senhor.

Vou até sua adega,pego dois copos servindo o líquido amarelado,eu lhe entrego o copo ao meu chefe e sem querer,nossos dedos se tocam,fazendo eu estresser por inteira,me subindo um calor enorme.Trocamos olhares rápidos e eu acabo enrubeçendo.Ele bebe  o Uísque e mi faz um gesto para que eu o acompanhe.

Bebo um pouco do meu Uísque e sinto o líquido queimar minha garganta, mi viro olhando para as suas enormes janelas que mi dava a ampla e privilegiada visão da exuberante cidade de Nova York.

A cada segundo que se passava naquele silêncio,mi deixava cada vez mais nervosa,eu não sabia oque falar, como agir e nem o por que ele queria minha companhia.

 -Gostou da visão  ?-Ele diz atrás de mim,tão perto que sentia sua respiração quente batendo contra minha pele,minha respiração fica pesada,esse homem tem algum poder sobre mim,nunca nenhum homem mi enlouqueceu dessa forma, nunca mi senti assim.

-Bom..A visão é muito bonita sim..-Sua proximidade é tanta,que mi deixa nervosa,quer dizer,mais do que o normal.

-Eu amo tudo isso aqui.-Diz se referindo a empresa.

Ele circula ao meu redor,mi analisando e para na minha frente,mi olhando dos pés a cabeça.

-Tem algo marcado para esse final de semana Beatrice ?-Pergunta bebendo seu Uísque.

-Não,por que ?

-Vamos para Dubai,tenho alguns negócios importantes a resolver,uma entrevista e um contrato com uma rede de hotéis a se fechar.-Acho que vi isso em sua agenda,mas não esperava que ele mi chamasse para ir com ele.

-Quando iremos  ?

-Essa semana,vamos ficar lá pelo fim de semana.-Concordo com a cabeça e bebo meu Uísque.

-Bom...s..se era só isso..acho melhor eu ir embora,parece que irá chover e o trânsito aqui já é uma merda e com chuva então.-Coro ao perceber o palavreado que disse.

-Mi perdoe...é....-Falo nervosa, fazendo com que o Matt sorria,um sorriso de lado,encantador.

-Podemos esperar se quiser,eu a levo para casa.

-E..eu vim de...

-De carro,eu sei...mas eu quero te levar.-Seus dedos tocam meus lábios para mi calar,mas acaba fazendo com que um enorme calor suba por meu corpo,fecho meus olhos tentando acalmar minha respiração e sinto seus dedos deslizando por meu pescoço.Abro meus olhos e o olho intensamente e ele apenas retribue meu olhar.

Ele se aproxima de mim lentamente, mas seu celular toca nos interrompendo. Maldito universo ! Ele suspira e se afasta de mim,para atender seu celular.

Meu Deus !Oque poderia ter acontecido conosco se o seu celular não tivesse tocado.

Bebo todo aquele líquido quente e caminho até a porta,já preparada para sair,mas ele segura o meu braço mi impedindo de sair.

-Sim...estou indo,thau David.-Desliga seu celular e mi olha.

-Era o meu motorista,já está nos esperando,vamos  ?-Solta meu braço e eu assinto.

Nós saímos de sua sala,entrando no elevador,mi encosto no espelho e fico a olha-lo.

-Você já se apaixonou ?Sentiu algo forte por alguém ?Uma paixão que te tira o raciocínio ?Que faz o seu autocontrole sumir ?

-Humm...Bom...n..não.-Abaixo meu olhar envergonhada.

Olho para o espelho e vejo ele sorrindo,a porta do elevador abre e eu saiu o mais rápido que posso por conta do nervosismo.

-David,vamos levar a senhorita até sua casa.-O David,mi olha sem jeito,acho que ele está mi achando uma daquelas princesas mimadas.

-Oi David !-Sorrio balançando minha mão de um lado para o outro, gesticulando um oi.

-Oi.-Diz timidamente.

Ele olha para o Matthew e acente, abre a porta do carro e nós entramos.

Ele gesticula para que eu entre primeiro,e assim eu faço.Matthew senta bem próximo a mim,quase grudado.

Por toda a viagem ele intermediava entre a mim e seu celular,acho fofo ele tentar arrumar um tempinho para falar comigo,sei que ele é um homem importante e vive recebendo ligações.

Olho para a janela do carro e vejo os pingos de chuva que descem pelo vidro, sorrio  e faço desenhos imaginários no vidro.

O Matthew finaliza a chamada e eu volto a olha-lo,ele sorri para mim,aquele seu sorriso encantador,que mais parece que faz propaganda da Colgate.

-Negócio,negócios e mais negócios.

-O comum homem de negócios.-Que de  comum não tem nada !

-Exatamente.-Pelo resto do caminho, ficamos em um silêncio perturbador,até chegarmos na minha casa.

-Chegou senhorita.-Diz o David abrindo a porta para mim.

-Muito obrigada...

-Não há de que !-Sorrio agradecida e saiu do carro,olho para o Matthew e faço gestos dizendo um thau.

Entro no meu prédio e subo pelas escadas,já que meu apartamento é no terceiro andar.

Já em meu apartamento,tiro meu sapato e deito no sofá olhando para um ponto fixo no teto.

-Matthew...Matthew..Oque que te faz ser são  intrigante ?!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...