1. Spirit Fanfics >
  2. Meu Chefe Dominador (Imagine Lee Jooheon) >
  3. Capítulo 35

História Meu Chefe Dominador (Imagine Lee Jooheon) - Capítulo 35


Escrita por:


Notas do Autor


OBRIGADA PELOS 3.000K💛💛💛

Capítulo 35 - Capítulo 35


Acordo pela manhã com um par de olhos escuros e brilhantes me observando do outro lado da cama. Droga! Odeio que fiquem me olhando pela manhã. Afinal, quem gosta de ser observado assim que acorda, né?

— Bom dia! — diz, ainda me olhando.

— Bom dia! Por que está me olhando? — pergunto, sendo influenciada pelo meu “bom humor” matinal.

— Porque eu quero — responde ele. Reviro os olhos e viro para o lado, levantando. Quando me sento na cama, ele me puxa e me deita novamente, ficando por cima de mim e me beijando. Um beijo desses de tirar o fôlego. Passo a mão pelos seus cabelos desgrenhados pós-sono.

— Tenho que ir para o meu apartamento.

— Você pode ficar aqui, se quiser — diz.

— Minhas roupas estão lá e eu estou com saudades da Lala — digo, negando de modo bem-educado. Minha mãe ficaria orgulhosa se me ouvisse agora. Ele concorda, dizendo que tem que ir ao hospital e levanta para ir tomar banho. Decido esperar e só ir quando ele sair, porque não iria dar certo se eu fosse com ele. Levanto e arrumo a cama enquanto espero. Vou andando pelo quarto, observando tudo ao redor, aproveitando que ele não está aqui para me impedir. Impedir não sei de fazer o que, já que não há nada aqui.

— Procurando alguma coisa? — pergunta, me assustando e me fazendo bater a gaveta da mesa de cabeceira.

— Só estava olhando — respondo, me virando e dando de cara com a visão do paraíso, que também pode ser chamada de “Jooheon com uma toalha de banho enrolada na cintura”, com a barriga à mostra e algumas gotas d’água pelo peito. Jesus!

Tento não ficar encarando-o, o que é uma tarefa bem difícil, e me levanto.

— Você pode me emprestar uma toalha para eu ir tomar banho, por favor? — peço.

— Claro — responde, soltando a toalha da sua cintura e esticando a mão para me entregar, ficando completamente nu. Respira, S/n. Vamos lá! Um, dois, três... Não encare! Como ele pode fazer uma coisa dessas, deixando aquele... aquele... Aquele corpo maravilhoso totalmente exposto, tentando me fazer cair em tentação novamente.

— Obrigada — agradeço, fazendo o máximo de esforço que consigo para não olhar para baixo, e sigo em direção ao banheiro. O aroma do banheiro é uma mistura de sabonete, água quente e desodorante masculino. Um aroma totalmente embriagante. Tomo um banho não muito demorado e saio do banheiro enrolada na toalha, que está bem molhada, por sinal. Mas não me importo nem um pouco com isso. Só de pensar que ela estava enrolada nele... Bom, é melhor não pensar. Vejo a minha roupa em cima da cama, que está devidamente arrumada, e a coloco.

Dou uma última olhada no espelho e vou em busca de Jooheon.

De manhã, realmente, não há nada que faça com que as pessoas fiquem bonitas. Mas há exceções, é claro, como o dono do par de olhos puxados que me olham neste momento.

— Venha tomar café — diz, terminando de passar geleia em uma fatia de pão.

— Estou sem fome.

De manhã não acordo com muita fome e raramente como muito. Acho que meu estômago demora a acordar e dar sinal de vida.

— Coma, S/n!

Reviro os olhos e me sento na cadeira em frente a sua.

— Você não gosta que te compare ao Christian Grey, mas fica difícil não comparar com você agindo dessa forma.

— Já li este livro e não me acho nada parecido com ele — afirma.

— Imagina se parecesse... — comento, pegando um pedaço de bolo.

— Me diga então, no que somos parecidos, S/n — fala, me encarando. Como um pedaço do bolo, mastigando lentamente enquanto ele espera minha resposta.

— Ele adora dar ordens, você também. Ele fica com essa coisa irritante mandando as pessoas comerem, você também. Ele tem um quarto vermelho da dor, você também.

— Não tenho nenhum “Quarto vermelho da dor” — comenta, mas o ignoro e continuo.

— Ele é lindo, você também — digo, me arrependendo imediatamente por ter falado uma coisa estúpida dessas. Ele levanta uma sobrancelha e dá um sorriso de canto.

— Essa é sua opinião sobre mim, S/n ? — pergunta parecendo feliz.

Parabéns, S/n! Ele já se acha o rei da cocada preta, agora vai se achar o rei de todos os tipos de cocada que existem.

— Você é lindo e sabe disso. Já deve ter ouvido isso milhares de vezes, então não deve ser surpresa nenhuma ter ouvido isso agora — falo, colocando um pouco de leite em uma xícara e beberico um pouco. Ele continua me olhando, mas de um modo diferente agora.

— Tem coisas que eu gosto de ouvir da sua boca, S/n.

— Como o que, por exemplo? — pergunto, desafiando-o com o olhar.

— Como os seus gemidos — diz, com a boca bem próxima da minha orelha, o que faz com que um arrepio percorra meu corpo. Ignoro o arrepio e a excitação que já começa a dar sinal só por ele estar próximo a mim e tento manter a postura e não agarrá-lo e pedir para ele me foder.

— Engraçado... Você não é o primeiro a me dizer isso — comento, sabendo que ele não vai ficar muito satisfeito por saber disso, que não é totalmente mentira.

— Imagino que muitos caras já tenham te dito isso — fala, andando até um ponto onde posso vê-lo. — Como você faz para lembrar? Está escrevendo tudo em um livro? — pergunta, sendo o grosso e idiota de sempre.

— Idiota! — digo, terminando de beber o leite. Sua expressão fica séria.

— Do que você me chamou? — pergunta.

— Idiota! — repito. Ele respira, parecendo um touro quando vê o pano vermelho na mão do toureiro.

— A minha mão está coçando pra te dar umas boas palmadas para você aprender a não me chamar assim.

Olho para ele, encarando-o séria e me levanto, ficando ao seu lado.

— Experimente encostar um dedo em mim pra você ver — desafio.

Ele dá alguns passos até mim, e encosta, não apenas um dedo, mas a mão inteira em mim e me puxa para perto de si, fazendo com que meu corpo fique colado ao seu e me beija.


Notas Finais


me desculpem o capítulo curtinho. Minha escola decidiu que infernizar a vida dos estudantes era super divertida então estou lotada de coisas pra entregar :( vou postar mais assim que possível, um beijinho e até o próximo capítulo💛


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...