História Meu Colega De Apartamento É Um Assassino - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Drama, Suga
Visualizações 93
Palavras 713
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei mais rápido do que esperava.

Muito obrigada pelos +100 favoritos.

Capítulo 12 - Capítulo 12


S/N ON...

-O que uma belezinha como você faz aqui?Em um lugar como este?

Fiz a mesma pergunta há uma hora atrás.

-B-bom e-eu...

-S/N?-fui interrompida por Jimin.

-Jimin?-disse aliviada.-A-amor finalmente chegou!

Caminhei até ele segurando sua mão.

-O que você estava falando mesmo?-perguntei ao homem.

-N-nada.-respondeu encarando Jimin.

Tirei um cartãozinho de dentista.

-Aqui está!-peguei a mão do homem e coloquei o cartãozinho.-O dentista é ótimo!-sorri e fui até Jimin novamente.-Vamos querido.-puxei sua mão até a direção oposta do homem.

-O que aconteceu?-Jimin soltou minha mão com delicadeza.

-Aquele homem era maluco.-falei.-Sorte minha que você chegou.-sorri.-Obrigada.

-O que você está fazendo aqui? Esse lugar é perigoso.

Eu poderia dizer que foi tudo culpa de Min Yoongi e dizer também que ele é o assassino, mas como sou uma ótima pessoa eu não vou dizer.

-Foi tudo culpa do Min!

Bem,eu não disse que ele era o assassino.Também não posso mentir para Jimin.Mas também foi somente isso.

-Que?-perguntou confuso.

-Aquele idiota deu uma de maluco e me deixou aqui.Aquele zumbi branquelo magrelo.-cruzei os braços.-Vou matar ele quando chegar em casa.

-Namorados?

-Não!Que nojo.Ele não faz meu tipo.

-Quem faz?

-Você.-soltei sem querer.

Depois que me toquei esbugalhei os olhos.

-N-não,quero dizer,sim...Não!-ele riu.

Começamos a caminhar,não sei para onde.

-Tudo bem.Você também faz meu tipo.-queria fazer um buraco no chão e me enfiar ali, pois a vergonha que senti foi imensa.

-Pare com isso!-dei um soquinho em seu braço.

-Não estou mentindo.Desde que te vi na faculdade time vontade de conversar com você.Mas eu sou muito tímido.E, achei que rolava algo entre você e Min.

-Só ódio!-falei raivosa.

-Você quer que te leve para minha casa?

-Q-que?Sem uma bebida antes?

-Não,não é isso que está pensando.

S/N sua mente suja!

-Ah não?

-Não,sua pervertida!-me deu um empurrão de leve com o ombro.-É que talvez Min esteja preocupado.

-Mas se ele está preocupado, não é melhor eu voltar pra casa?

-Sim,mas seria fácil pra ele.Que tal uma pequena vingança.

-Vingança?

Vingança não seria nada ruim.Ele me deixou aqui.Mas e depois?...Ah mas ele nem deve se importar, me deixou sozinha em um lugar perigoso.

-Topo!-falei com espírito vingativo.

YOONGI ON...



-Aquela idiota.Tô tentando deixa-la viva e é assim que me agradece.

Reclamei ao meu (felizmente) ex cunhado.

-Pense bem Yoongi.A garota veio do outro lado do mundo estudar e de repente ela está morando com um assassino e tem que largar os estudos.

-E daí? É só um sacrifício pequeno.

Hoseok enrolou a revista de carros que estava lendo e bateu com aquilo na minha cabeça.

-Pare de ser egoísta.Aigoo! Como acha que vai conquista-la assim?

-E quem disse que ela faz meu tipo?

-Me engana que eu gosto.-disse irônico.-Agora vá buscá-la.Aquele lugar é perigoso.

-Ela deve estar bem...-olhei relógio.-Deve estar em casa.

Peguei meu celular e liguei para a mesma.

-Caixa postal.-falei.

-Aigoo! Se acontecer algo com ela é sua culpa.

-Eu sei tá legal!-falei preocupado.-Vou lá ver se ela chegou.Diga que mandei um beijo para Yoonji.-saí em disparada.

(...)

Que ótimo, agora estou aqui,procurando essa idiota.Se ela morrer vão desconfiar de mim.

A culpa é realmente minha,mas isso não vem ao caso.

Liguei pela oitava vez.

-Alô?-finalmente!

-Onde está?-fui direto ao ponto.

-Na casa do Jimin.-disse como se fosse a coisa mais simples do mundo.

-Onde?

-É surdo?Na casa do Jimin.

-Passa o endereço,vou ir aí te buscar.

-Não.

-Você disse "não"?-perguntei desacreditado.

-Isso mesmo,você me abandonou,eu poderia ter morrido!

Ela estava exagerando.

-Olha eu...-fui interrompido.

-Não!-afastei um pouco o celular do ouvido.-Você me abandonou!

-Não precisa ficar repetindo toda hora.-resmunguei.

-Precisa sim!Agora tchau!Você nos atrapalhou.

-Espera...A-atrapalhando o que?-desligou o celular.-Aish...-guardei o celular no bolso da jaqueta de couro.

S/N ON...

-Eu acho que peguei muito pesado.-falei para Jimin.

-Poderia ter acontecido algo pior com você.Sabe,aquele cara poderia ter te molestado.-respirei fundo.

Jimin,tinha razão.Poderia ter acontecido algo muito pior.Nunca vou perdoar Yoongi por isso.

-Tem razão!

Ele e eu estávamos deitados no chão da sala.

Vi o horário no celular e já era umas 21:00.

-Preciso ir!-levantei.

-Não quer dormir aqui?

-Não.Não quero atrapalhar.-falei pegando minha mochila.

-Você não atrapalha.-segurou minha mão.

-N-não eu realmente tenho ir.

(...)

Estava no corredor do edifício.

Hoje foi realmente estranho,mas graças a Jimin isso foi consertado.

A sua cama é de outro mundo,tão gostosa.

Dormi à tarde toda nela.

Devo estar com a cara ameaçada ainda.

Vi Yoongi sair do apartamento.Ele me viu e respirou fundo.

Ergui a cabeça e continuei a caminhar.

Parei bem em sua frente.Irei lhe falar umas boas verdades e talvez dar alguns tapas em sua cara.

Olhou para meu pescoço e me encarou.

-Espero que tenha aproveitado.

Esbarrou no meu ombro e saiu.

Me virei e o olhei ir embora confusa.

-Que?

Entrei dentro de casa pensando que Yoongi fosse louco.

Estava indo para o meu quarto, quando paro em frente ao espelho.

-Meu...Deus!

No meu pescoço havia uma mancha roxa.

-Park Jimin eu te mato!


Notas Finais


Se fudeu ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...