História Meu colega de classe (Imagine Kim Taehyung) - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Fluffy, S/n & Tae
Visualizações 172
Palavras 1.490
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpem a demora♡♡

Capítulo 8 - Novidades


Fanfic / Fanfiction Meu colega de classe (Imagine Kim Taehyung) - Capítulo 8 - Novidades

Acordo e vejo Tae dormindo que nem um anjinho em meu ombro. Provavelmente dormimos abraçados a noite toda. Olho no relógio e já está tarde. Ouço barulhos na cozinha e suponho que seja Yoongi. Sempre acorda com fome!

Resolvo chamar o Tae para ir comer.

-Tae -o chamo com voz manhosa.

Ele não responde.

-Eei TaeTae, acorde sim?.. -ele ainda não responde.

Resolvo ir para o plano b. Dou um beijo demorado em sua boca e o vejo sorrir de olhos fechados.

-Pronto, agora que acordou, levanta!

Levanto indo ao banheiro fazer minhas higienes e me arrumar. Quando volto, Tae ainda está no quarto deitado. 

-Tae, não acredito que ainda está aí!

Ele resmunga e solta um risinho. 

Vou até ele e subo em cima do mesmo. Beijo o seu nariz, seu pescoço e novamente sua boca. 

-Ei Jagi, se você continuar assim não vou acordar sozinho, se é que me entende. -coro e saio de cima do mesmo. Vejo que ele ri e se levanta logo em seguida. 

-Vou lá tomar café com o Suga. Enquanto isso você se arruma mocinho. -sorrio para ele e o mesmo retribui. 

Chegando na cozinha, vejo Suga comendo um sanduíche.

-Oi Suga!!! -falo toda sorridente, dando um beijo sua bochecha.

-Oi princesa! -o mesmo sorri e pisca pra mim. -dormiu bem?

-Dormi sim, e você?

-Claro!

-Sim né, na minha casa. Como não ia dormir bem?!

-Se achou agora. -ele revira os olhos e ri, e eu faço o mesmo.

Faço um sanduíche para mim e um para o Tae, e sento novamente na mesa ao lado de Yoongi.

-Pra mim você não fez sanduíche -ele reclama.

-É porquê você acordou antes de mim.

-Aish -ele fala e eu rio.

Ouvimos passos e olhamos em direção à porta, vendo Taehyung aparecer aos poucos pelas nossas vistas.

-E ai Tae -Suga fala.

-E ai Yoongi -eles apertam as mãos.

Tae me olha e eu sorrio para ele.

-Bom dia princesa -ele me da um beijo na bochecha e senta do meu lado. Suga faz uma cara feia, já que ele também havia me chamado de princesa alguns minutos atrás. 

-Tae você demorou. -falo o olhando preocupada.

-É que eu estava arrumando o quarto.

-Awn que fofo -aperto as bochechas dele, vendo ele abrir um sorriso lindo.

-Jagi eu não arrumei a cama. -Suga diz me encarando.

-Normal... -digo, revirando os olhos.

-É porque hoje eu vou posar de novo aqui -ele fala sorrindo bobo. Aposto que isso foi só pra dar uma desculpa.

-Normal... -Tae diz revirando os olhos. 

-Por que Tae? Ta com ciuminho é? -Suga levanta uma das suas sobranchelhas e da um sorriso cínico. 

-Por que eu teria ciúmes de você Yoongi? Você é só um amigo dela!

-Você também é -ele ri debochado. 

Tae fecha a cara.

-Tae, você sabia que é um anjinho dormindo? -falo, tentando mudar de assunto. Ele da um sorrisinho envergonhado e me da um selinho.

-Ei, o que é isso? -Suga diz, parecendo bravo.

-O que Suga? -falo sem compreender. 

-Olha só Taehyung, a S/n é minha entendeu? -olho pra ele incrédula e ele quando vê minha expressão parece mudar de ideia -minha e do Jimin! -é...ele não mudou de ideia.

-Suga! O que é isso? 

-Nada S/n, nada. -ele bufa e sai da cozinha. 

Olho para o Tae que parece meio surpreso pela reação do Yoongi. Suspiro e pego suas mãos.

-Não liga não Tae, Suga tem muito ciúmes da melhor amiga dele. -dou um sorrisinho fraco.

-Também né, como não ter ciúmes de você? -ele fala e eu o puxo, e o beijo. Um beijo cheio de desejo e vontade. Ele põe suas mãos em minha cintura, e eu seguro seu rosto com minhas mãos. O abraço e beijo sua bochecha. 

-Está cheiroso! -falo sorrindo, ainda abraçada a ele.

-Então...também foi por isso que demorei hoje de manhã...tomei um banho, espero que não se importe.

-Claro que não Tae! Por mim você tomava banho aqui sempre e...-antes de terminar de falar ouço meu celular tocar. Corro para ver quem era, e logo vejo o número da senhora Park na tela do celular.

-Oi tia! -falo ansiosa por notícias do Chim.

-Oi querida -ela não parecia triste.

-Tá tudo bem? Aconteceu alguma coisa com o Chim?? -pergunto preocupada. 

Fico alternando olhares entre o Tae, que estava me observando atentamente, e o chão.

-Sim querida, tudo bem sim! -ela fala e eu sorrio aliviada.

-Ai que bom!

-Só queria avisar que o Jimin vai ganhar alta hoje.

-Sériooo???? -quase grito no telefone. Estava muito feliz. 

-Sim! Mas Jimin está com gesso na perna, então irá voltar a morar conosco por um tempo. Depois que ele estiver se recuperando poderá voltar para a casa dele.

-Ah, ok... E então, vocês irão levá-lo que horas? 

-Daqui a alguns minutos. Se vocês quiserem podem vir aqui vê-lo e passar a tarde lá em casa. Meu marido irá buscar algumas coisas para o Minnie, pode passar ai pegar vocês.

-Ok, muito obrigada tia!! Beijos!

-Beijos querida!

Assim que desligo o telefone, corro em direção ao Tae e pulo para lhe abraçar. Ele fica meio surpreso mas ri da minha felicidade.

-Ele vai sair Tae! Vai sair de lá! -estava quase chorando.

Saio correndo atrás do Suga, parecendo uma louca.

-Suga!! Sugaa!!! 

Encontro ele no sofá da sala, assim que me vê levanta, parecendo assustado.

-O Chim Suga!! -pulo no colo dele, o abraçando. Ele me segura em seu colo e retribui o abraço.

-O que tem o Jimin? -ele pergunta.

-Ele vai receber alta hoje! -começo a chorar de felicidade.

-Sério? -ele parece muito feliz.

Ele começa a me girar pela sala e eu ria e chorava. Eu realmente amava muito o Jiminnie.

Tae observava tudo sorrindo fraco.

-Ai meu deus, temos que nos arrumar.

-Pra que? 

-A mãe do Chim disse que o Sr. Park vai vir aqui nos buscar. Vamos ver o Chim quando ele sair do Hospital. Ele vai ficar um tempo na casa dos pais. 

-Ah, ok... Jimin vai fazer falta na escola -ele faz bico e o acho muito fofo fazendo isso.

-Calma Suga, pelo menos ele ta melhor...e, bom, você tem eu e o Tae...-olho para o Tae sorrindo, e vejo que ele sorri de volta.

-Agora vamos!

Terminamos de nos arrumar e fomos até a frente da casa para esperar o pai do Jimin.

-Oi pessoal! -o pai de Jimin nos cumprimenta assim que nos vê. 

-Oi tioo! -respondemos juntos.

-Irei levá-los direto para minha casa, pois não irá caber todo mundo no carro. Vocês esperam eu e minha esposa chegarmos com Jimin ok?

-Ok -respondemos.

Entramos na casa dos pais do Jimin e ficamos aguardamos ansiosamente. Ninguém falava nada e eu já estava quase explodindo de nervosa.

-S/n dá pra parar de ficar andando pros lados o tempo todo? Que saco hein?

-Ai Suga, cala essa boca que é melhor.

-Viu como é? -ele olha para o Tae, fingindo estar ofendido -viu como ela trata o cara mais legal do mundo? -Tae ri e me observa.

-A T A -rio debochada, até que escuto  um barulho de carro entrando pelo portão da casa.

-JIMIN! -grito, e vejo os dois ao meu lado se encolherem, talvez pelo susto ou pela dor nos ouvidos.

Corro em direção ao carro e espero até que o Sr. Park ajude o Jimin a sair do carro.

-Oi tia! -falo abraçando a mãe do Chim.

-Oi amor! -ela responde, retribuindo o abraço.

-Jiminniee!!! -grito e corro em sua direção assim que o vejo.

Ele sorri ao me ver e abre os braços para que eu o abrace.

-Nunca mais faça isso comigo entendeu? Nunca mais! -falo já começando a chorar.

-Ei pequena, não chora -ele diz, tentando limpar minhas lágrimas.

-Eu vou estar do seu lado ok? -olho para ele e ele concorda com a cabeça. -Hoje, amanhã e sempre! -beijo sua bochecha e o abraço apertado. Encho ele de beijos no rosto, ele ri da minha reação, e quando chego na bochecha novamente dou um selinho mais demorado, sem soltá-lo do abraço um segundo sequer.

-Te amo minha pequena! -ele diz.

-Também te amo Chim! -o abraço de lado, o ajudando a caminhar para dentro de casa.

Ele cumprimenta os meninos, que ficam muito felizes por vê-lo. Jimin também fica muito feliz por vê-los, já que ele estava gostando do Tae.

Ajudo Jimin a ir até seu quarto e o deito na cama, sentando ao seu lado. Tae me acompanha e senta ao meu lado. 

Não podia estar mais feliz.

Alguns segundos depois, Suga entra super feliz pela porta do quarto.

-Gentee!!

-Que isso Suga? -Jimin pergunta.

-Que felicidade é essa? -pergunto curiosa.

Eu, Jimin e Tae estávamos ansiosos pela resposta.

-Tenho uma novidade! -ele responde quase pulando de alegria.

-Fala logo Suga -Jimin fala.

-Então...S/n, sabe aquele apartamento na frente da sua casa?

-Sei...

-Então! Eu vou morar lá! -ele fala finalmente e abre um sorriso enorme. Não sei como suas bochechas não doem de tanto sorrir.

-Jura?? -pergunto empolgada.

-Sim! -ele responde, mais empolgado que eu.

-Ahhh que bomm! -Ele corre em minha direção e o abraço. 

Vejo Tae fazer um biquinho.

-Vem cá Tae.

Puxo ele para perto de onde eu havia me sentado e dou um beijo em sua bochecha, o fazendo sorrir.

-Pessoal, trouxe bolo e suco.

-Aee -Suga responde.

-Obaa -eu falo e Jimin me olha rindo.

-O que foi Jimin? -o olho confusa.

-É que você fica muito fofa falando isso.

Sinto minhas bochechas queimarem e desvio o olhar. Ele ri da minha reação.




 



Notas Finais


Gente vou deixar aqui o link do meu imagine do Jimin (é capítulo único, muito fofo que eu tinha feito em homenagem ao aniversário dele) se quiserem ler ficaria muito honrada♡♡♡

https://spiritfanfics.com/historia/imagine-jimin--namorando-10632316


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...