História Meu pequeno diário amoroso. - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 6
Palavras 335
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Imagem nada haver, porque fiquei com preguiça de achar uma.

Capítulo 5 - Acreditando ou não... Vai!


Fanfic / Fanfiction Meu pequeno diário amoroso. - Capítulo 5 - Acreditando ou não... Vai!

Sabe quando você acredita na pessoa mais que tudo, naquele momento... Tudo faz sentido? Mas o tempo vai passando e você começa a desconfiar, porém mesmo acreditando ou não, você não larga ela de forma alguma. 

Qualquer relacionamento tem suas dificuldades, algumas são tão complexas... Tão intensas que você não suporta e acaba abandonando aquilo. E quando há brigas, você simplesmente joga tudo na banca, nessas horas que é gostoso. Porque a pessoa te contando tudo que você queria saber, te alivia... Em alguns casos a confiança vai retornando.

Eu me irrito com esses relacionamentos que acabam com brigas bobas e medo de não suportar oque está por vir, porque aquela pessoa pode ser o amor da sua vida... E você está deixando ela ir, deixando escorrer pelas mãos. Eu sei como é a dor e não quero você passando isso. É sério! 

Eu acabei com um relacionamento acreditando que aquela pessoa era o amor da minha vida, mas que eu tinha que deixar passar, se não, haveriam consequências daquela paixão. O pior de tudo, é que além de você se machucar, você está machucando a última pessoa do mundo que você gostaria de machucar, fazendo ela ter medo da vida, sentir ódio de tudo... Principalmente, de você. No começo você pensa "Vamos! Me odeie!" Mas no fim, você só quer que ela pare de te odiar e sinta aquele amor. Ela pode ter tanto ódio por fazer isso com ela, que simplesmente... Vai soltar palavras que irá te ferir, como: "Eu nunca te amei de verdade, foi só um lance!", Mas na verdade aquilo é um modo de se proteger e sentir melhor. 

Acreditando ou não, sigam esses conselhos. E não tenham tanto medo dos riscos, apenas não solte a mão dela quando ela mais precisar de você. Quando parecer tudo acabado, não solte! 


"E se eu precisar de ajuda? De apoio?" 


Quando tiverem nas piores situações, não envolva ninguém tão próximo para te ajudar. Porque nem sempre é bom ter amigos em relações pessoais.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...