História Meu Cupido É O Amor Da Minha Vida - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Agust D / Suga, Bangtan Boys (BTS), Blackpink, EXO, Got7, HyunA, Stray Kids, Tomorrow X Together (TXT)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys (BTS), Cute, Fanfic, Fofo, Kim Taehyung, K-pop, Mochibell_, Romantico
Visualizações 10
Palavras 1.192
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hesllouuu, fic novaaa❤️
Dêem amor a ela, hum? 🐤
Amo vocês 🤟🏻😔💕

Capítulo 1 - Crise de Paixonite


Fanfic / Fanfiction Meu Cupido É O Amor Da Minha Vida - Capítulo 1 - Crise de Paixonite


PARK S/N ON


Eu acordei com Jiminnie me chamando para nos levantarmos para ir a faculdade, estava com preguiça e não queria ir, não sei por que mudei o horário de estudo para a manhã, era melhor ter ficado a noite mesmo. 


- Hey, princesinha do Jiminnie, acorda! - Meu irmão é um doce, até chega a enjoar... Brincadeira! Eu o amo mais que tudo.


- Eu não quero ir, Chim. - Revirei na cama e coloquei o travesseiro no meu rosto, mas logo tirei.


- Eu também não quero ir, mas temos que ir. Vem logo! - Ele me puxou sem deixar eu dizer nenhuma palavra, me direcionou ao banheiro e depois me entregou minha toalha.


Já que não pude falar nada, então comecei a tomar um banho, enquanto aquilo acontecia, comecei a pensar novamente por que mudei meu horário da faculdade para a manhã, droga! Que mancada, S/N! Que mancada!



{...}



Em poucos minutos, eu e Jimin estávamos comendo e conversando sobre coisas aleatórias, do tipo bem aleatório mesmo.


- Mana, como vai os boys magia? - Chim perguntou antes de dar um gole em seu suco.


- Ãnn... Vai como sempre, eu acho. - Eu disse meio nervosa.


- Huum... E você está melhor das crises?


- Pra ser sincera, não. - Sorri falso.


- Oh princesinha do Jiminnie... Vai ficar tudo bem, tá? Eu tô aqui com você. - Ele chegou perto de mim e me abraçou forte.


- Por isso que eu te amo! 


- Fofa. Vamos indo?


- Vamos, vou escovar os dentes.


{...}


Espera... Aquilo são loucos no meio da rua? Não! Era só eu e Jimin mesmo. Pois é, parecemos duas cabritas embreagadas no meio do asfalto, mas isso é sinal que estamos bem.


- Você nem me pega! - Jimin gritou debochado pra mim.


- Ih... Lá vão eles. - Yoongi suspirou envergonhado e sentiu o braço de Jungkook pelo seu pescoço. O mesmo estava rindo.


- Ah mas te pego, Park Jimin! - Saí correndo em sua direção e pulei em suas costas.


- ME AVISA QUANDO FOR PULAR, S/N!


- MAS VOCÊ ME DESAFIOU!


- Mais um dia normal na vida de Park S/N e Park Jimin. - RM disse e sorriu.


- Sinal de saúde. - Jisoo fez um "ok" com as mãos e também sorriu irônica.


- VOLTA AQUI, JIMIN! - Gritei e passei Jisoo e Namjoon que estavam conversando na frente de nós, fazendo eles se assustarem.


- VOCÊ NEM ME PEGA, S/N! - Debochou mais uma vez.


- PAREM COM ISSO! - Suga implorou com as mãos na cabeça.


- Se acalme, hyung! - Namjoon falou tentando tranquilizar Yoongi.


- Eu te amo, S/A! - Jimin me abraçou e eu o delvovi com um "Eu também".



{...}



- Oi, S/N. - Nayeon veio me cumprimentar com um sorriso.


- Oi, Nayeon. - Devolvi o sorriso e a abracei.


- Como está? 


- Estou... Estou bem. E você? - Falei e cocei a nuca.


- Estou bem também. E... Que bom. - Sorriu mostrando seus dentes fofos de coelha. - Vamos in... - Alguém a interrompeu.


- S/N! Oi! - Tae acenou e chegou perto de mim. 


- Ah, oi, Tae! - O abracei e Lisa parou em nossa frente e fez um coração e direcionou para nós dois, eu abaixei seu braço com raiva e puxei Taehyung para o jardim, só pra ver se eu tinha paz.


- Então... Oi! - Ele disse mais animado.


- Oi! - Falei sorrindo.


- Tudo bem? 


- Tá indo. - Falei sorrindo mais uma vez.


- Você está triste? - Ele perguntou preocupado.


- Não, eu não estou triste. Só estou passando por algumas complicações e... - Ele me interrompeu me puxando para sentar no chão do jardim.


Ele ficou parado por um tempo, me encarando e arqueei a sobrancelha estranhando os atos dele.


- Conte-me oque está acontecendo com você. - Sorriu e colocou as mãos no rosto. Que garoto fofo.


- Tae... Eu...


- Shiu! - Colocou seus dedos nos meus lábios, fazendo-me calar na hora e o encarando. - Eu sou seu amigo, vamos lá!


- Okay... Estou passando por momentos de crises de... Ãnn... Como posso falar? Hum... Paixão, é! É isso. Crises de paixonite!


- É isso? - Fez uma cara séria e virou a cabeça um pouco para o lado.


- É sim.


- Moleza, encontro um cara pra você em pouquíssimo tempo.


- Mas Taehyung, isso é impossível! Eu já procurei e não deu certo e...


- Calma, S/N! A partir de agora serei seu Cupido fiel e te ajudarei a procurar um cara perfeito para você! Ah... Já imagino! O pedido de namoro, o casamento... Os filhos, e claro... Os animaizinhos! Ahhh vai ser tão lindo! - Ele estava com olhos fechados e eu ri.


- KKKKK, TAE... Para de viajar, mano! - Ri e bati de leve no seu ombro.


- Está duvidando de mim?


- Sim... Até por que ninguém me quer!


- Mas eu bem comecei minha missão de cupido ainda! 


- Isso não vai dar certo. - Me banquei a  má profeta.


- Relaxa... Eu vou encontrar o amor da sua vida. - Disse relaxado.


- O-Obrigada, Tae. Quero dizer... Cupido! - Ri e ele fez um fingerheart.


Em movimentos rápidos, ele me abraçou e eu devolvi e fechei os olhos curtindo o momento com o meu Cupido.


- OQUE VOCÊS PENSAM QUE ESTÃO FAZENDO? - Jimin gritou e nos assustou.


- VOCÊ TÁ LOUCO, BRO? - Gritei de volta e coloquei minha mão no meu peito demonstrando espanto.


- Vocês só podem estar ficando loucos! 1°: Estão atrasados.


- Você acha que eu ligo? - Olhei pra ele com cara debochada.


- Pior que eu também não. - O Cupido respondeu.


- 2°: Mandaram-me procurar vocês. - Olhou para nós com olhar mais sério.


- Ah, jura? - Ri.


- 3°: É a aula da professora de história, vulgo demônio.


- Não me import... OQUE? - Arregalei os olhos.


- Isso mesmo, e vocês estão ferra... - Sai correndo e Taehyung foi atrás de mim, Jimin de assustou e correu por último.


{...}


Pensando bem, não é tão bom chegar atrasada na aula de história com a pior professora do mundo. Que mulher horrível! Eu só cheguei atrasada, não precisava me dar uma advertência e ainda me deixar sem ver a aula, bom... V também levou a mesma punição, estamos no intervalo, pensando na burrada que nós fizemos.


- Pelo o menos não foi em vão. - Taehyung falou e deu uma mordida no seu sanduíche.


- Sei não, tenho certeza que perdemos tempo. - Falei fitando minhas unhas mal-feitas.


- Não me deixe triste desse jeito, você vai ver que eu vou conseguir achar uma pessoa pra você! - Falou terminando seu sanduíche, mas se sentindo rejeitado, vi que no canto da sua boca tinha um resto de molho e direcionei um pedaço de guardanapo até lá e limpei.


- Eu acredito em você, Tae. Mas logo logo você vai se cansar, como eu já disse, ninguém me quer e isso é impossível.


- Espere para ver.


- Okay então. - Sorri fofo e ele retribuiu.




Notas Finais


Espero que tenham gostado 💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...