História Meu Daddy Virtual - Imagine Jeon Jungkook ( Hot ) - Capítulo 60


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Advocacia, Amor, Baby, Babygirl, Bangtan, Colegial, Daddy, Daddy Kink, Dominador, Hot, Imagine Jungkook, Jeon Jungkook, Jungkook, Sadomasoquismo, Torturas, Traição
Visualizações 879
Palavras 1.197
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Hentai, Lemon, Orange, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura babys

Capítulo 60 - Chapter Forty Nine


P.o.v S/n


Parque local


Meus olhos estavam fixados em minhas mãos, observava as linhas que haviam entre meus dedos, enquanto esperava, um pouco afastada do parque, Jeon chegar como marcado. Hoje não era o meu melhor dia, de fato, ter em mente o quão mal Taehyung estava me fazia sentir uma dor estranha, não era pena, era arrependimento, saber que poderia ter sido diferente se não tivesse brincado com seus sentimentos me fazia desejar uma máquina para voltar no tempo, entretanto essas coisas não existem e atos feitos não podem ser apagados, principalmente depois de uma bomba dessas, Taehyung ser estéril me fez ter total certeza do pai da criança, estava feliz de certa forma, entretanto imaginar o quanto deveria ter machucado-o ao saber que estava grávida, uma traição havia sido aceitável, mas um filme fruto dela? Até eu entendo seu lado.


Começo a mexer em minhas mãos inquieta, se não fosse por Josh nunca teria conseguido ver Jeon, de certa forma ele parecia entender que merecia um tempo, mesmo que agora ele não soubesse de minha gravidez, ah e quando descobrisse? Será que me olhara com os mesmos olhos? 


Esses questionamentos me tiraram do foco, suspirei fundo recordando-me para que estava ali, ver a única pessoa que aparentemente não fazia ideia do que estava acontecendo, isso era bom, ao menos ele não me faria lembrar das merdas que estavam acontecendo e por incrível que pareça, tudo em menos de dois dias.


Passei minha mão em meu cabelo molhado sentindo a frieza em meus fios tocar meus gélidos dedos, tentei não entrar em pânico ou algo do tipo por meu estresse acumulado, entretanto, estava difícil perante minha situação.


Por um momento fiquei quieta perdida em meus pensamentos, até que por um breve momento algo cobriu meus olhos, sobressaltei pelo susto sentido e coloquei minha mão sobre as que me impediam de enxergar sentindo como eram robustas e familiares.


A pessoa atrás de mim se aproximou de meu ouvido, pude perceber como que respiração era calma, mas o ato de se aproximou não me fez apenas perceber sua respiração, longe disso, conseguia sentir seu perfume forte e amadeirado entrar em minhas vias respiratórias me deixando calma e com lembranças boas. A colônia de Jeon tinha esse efeito sobre mim.


~ Um beijo se acertar quem é - Sussurrou rente a meu ouvido.


Acabei rindo de suas palavras, colocando minhas mãos novamente em meu colo para então entrar no seu pequeno jogo, era impossível não saber as mãos e a voz de meu J.J.


-- Hm - Me finjo desentendimento - Não sei, Dracula?


Ele acabou rindo de minha resposta deslizando sua mão que cobria meus olhos de volta para trás, me fazendo ter visão novamente, nisso me virei tendo total visão do homem atrás de mim. Jeon usava uma camisa social preta que estava com os dois primeiros botões abertos, pequeno detalhe de o deixará ainda mais charmoso, sua calça também escura lhe caia muito bem, porque a malha firme do tecido avantajava suas coxas e principalmente uma região em específico de seu corpo, que não posso citar porque esse é um programa de família, seu cabelo que agora estava um pouco grande quase cobria toda sua nuca, entretanto aparentava estar um pouco úmido pelo seu recente banho resultando em um penteado espontâneo e sexy, por sim, mas não menos importante, seu sorriso e jeito de me olhar, estava lindo como sempre…


~ Dracula? - Questionou confuso - De onde você tirou isso s/n?


Acabei rindo também, me levantando do banco onde estava e dei a volta no mesmo para abraçar Jeon, que me segurou no mesmo momento com carinho e afeto, erguendo-me do chão por alguns segundos.


-- Eu não sei - Sussurrei de olhos fechados, abraçando o pescoço do mais velho - Foi a primeira coisa que me veio a mente, desculpa.


~ Ah céus - Ele riu me colocando no chão - Tudo bem, então não sou mais Jeon Jungkook - Ele puxou um sotaque britânico do fundo de sua garganta me fazendo rir - Eu sou o Drácula.


Fiquei rindo naquele momento ainda abraçada a seu pescoço, finalmente frente a frente com seu corpo encarei seus olhos escuros e intimidadores que tanto me faziam perder o ar, suspirei fundo e me aproximei um pouco fundindo nossos hálitos quentes em um único beijo lento, denso e prazeroso, tal que me fez subir minhas própria mãos até seu maxilar a fim de aprofundar-me mais a aquilo, Jeon retribuo o beijo na mesma intensidade, segurando em minha cintura fortemente para que eu não ousasse sair do lugar e nisso ficamos ali, juntos, durante alguns minutos matando toda nossa saudade.


•••


Curvei meu corpo um pouco para frente com a espingarda em mãos, olhei fixamente para um urso que estava do outro lado e mirei antes de atirar, errando outra vez como esperado.


~ Tadinha - Jeon zombou com um pirulito, que havia ganho em outra barraca, em sua boca preenchendo boa parte de sua bochecha - Errou de novo.


-- Ah poxa - Coloco a espingarda sobre a mesa agradecendo ao dono da mesma - Eu sou muito ruim de pontaria, não ri de mim.


Ele sorriu de lado tirando um dólar do bolso e colocou sobre a mesa pegando a espingarda novamente a a colocou na posição certa de atirar me olhando em seguida, um olhar sereno e calmo junto com um pequeno sorriso.


~ Qual urso você quer? - Perguntou ainda me olhando.


Sorri eufórica olhando os ursos no painel antes de escolher um, apontando com meu dedo vendo-o mirar seu olhar no mesmo, ajeitou a arma e em segundos atirou acertando em cheio o ursinho me fazendo então pular de alegria, ele tinha uma mira muito boa.


-- Como você conseguiu acertar? - Pergunto pegando o urso que o homem me entrega sorrindo - Nem sabia que você usava sabia usar armas.


Jeon tirou o pirulito da boca me olhando com certo deboche, me fazendo rir.


~ Eu sei de muita coisa nenê - Ele beijou minha testa me fazendo sorrir boba - Mas então, vamos pra melhor parte?


Fico confusa, afinal havíamos andado por quase todo o parque, visto diversas coisas e brincando em diversos brinquedos, experimentado comidas diferenciadas e exóticas e nisso tudo não fazia ideia do que mais poderíamos fazer ali.


~ O que? - Ele colocou o pirulito na boca pegando minha mão - Achou mesmo que não iríamos na roda-gigante?


-- Não não não não - Digo negando - Poxa, eu tenho medo de altura você sabe disso, eu não subo naquela coisa nem amarrada.


Ele ergueu uma sobrancelha dando um sorriso diferente, me fazendo ficar corada por um breve momento.


~ Lendo minha mente baby? - Ele sorriu maldoso me fazendo ficar levemente assustada.


-- Ah? - Pergunto parando de andar - Você está falando sério? Digo, aqui? - Me aproximo dele, sussurrando baixinho - Com toda essa gente?


Ele me olhou como se não visse nada estranho no que sugeria.


~ Qual o problema? - Ele beijou sua bochecha, ficando com seus lábios rentes a meu ouvido onde sussurrou a última parte - Tenho certeza que será interessante ver você se controlar aqui.


Notas Finais


Eu disse, eu avisei.

Sigam-me; @Angelita_


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...