1. Spirit Fanfics >
  2. Meu doce gárgula >
  3. Irritação e companheira?

História Meu doce gárgula - Capítulo 1


Escrita por: Senhoritaahc

Notas do Autor


Heeei gente bom faz um tempo que queria escrever, algo relacionado a isso agr tomei coragem espero que gostem beijoos

Capítulo 1 - Irritação e companheira?


- Adrien pare de ser infantil, é de seu futuro que estamos falando precisa de uma companheira apenas tente. – Faz mais de duas horas que meu pai insiste no mesmo assunto, se eu quisesse uma companheira eu procuraria uma, mas eu não quero estou bem assim.

“Fale isso por você, idiota”

“A cale a boca, já disse que não precisamos de uma companheira isso é bobagem”.

Ser um shifter não é fácil, ser um shifter da realeza que vive em meio aos humanos merda ao quadrado. Afinal nem é fácil controlar um lado selvagem, muito menos conviver com outra personalidade dentro da sua cabeça, principalmente se você vive em discordância, nem mesmo os 150 anos de experiência facilita isso.

- Já terminou? Eu preciso mesmo ir trabalhar, sabe eu tenho uma empresa para administra, mas eu tenho certeza de que o Plagg fez merda, ele sempre faz.

 Sou o mais velho de seis irmãos, o que posso dizer somos uma grande família “feliz” que tem que o dever de manter os Shifters gárgulas da Europa na linha.

- Deixa o seu irmão em paz, ele tem passado por uma fase difícil e por favor pare de revirar os olhos.

- Quatro humanos, esse foi o resultado da fase difícil dele causou a morte de quatro humanos, já arranquei cabeças de gárgulas por menos que isso e você também.

- Deveria ter mais compaixão Adrien você não faz ideia da dor ou do que ele está passando – disse bagunçando os cabelos nervosamente.

- Tchau.

(...)

- Senhor agreste, sua reunião das 14:30 foi cancelada.

- Obrigado, Marjore e por favor cancele as outras de hoje.

- Como quiser senhor Agreste.

“Sabe poderíamos usar esse estresse acumulado de uma forma mais produtiva”.

Várias imagens de estripes peitudas e polidance rodaram em minha mente, me fazendo suspirar.

“Pare já com isso não seja ridículo achei que queria uma companheira babaca”.

“ Adrieen você sabe que quer, precisamos disso e enquanto não achamos nossa companheira podemos nos diverti seu pé no saco”.

A irritação passou em ondas pelo seu corpo, seu shifter era um idiota que o deixara de pau duro no meio do dia. Sua audição superior identificou uma pequena comoção.

- Eu sinto muito, senhorita Césarie eu tentei entrar em contato, mas não consegui.

- oh – Esse único som que veio através, da porta enviou um espasmo diretamente para seu pênis. Que merda?

- Eu não sou a senhorita Césarie, sou Marinette a Alya teve um imprevisto e não pode vir. Eu estava a caminho, e esqueci meu celular o que deve ser o de não ter recebido o seu recado. – O que em nome me deus está acontecendo? Seu pau estava lutando contra o seu terno, pronto para ação como se estivesse na presença da sua companheira. Por causa da voz de uma mulher humana isso não fazia o menor sentido, e a gárgula estava extremamente quieta.

- Deixe a entrar, Marjore falarei com ela – tinha uma ereção latejante, tinha que descobrir o motivo disso.

Provavelmente estava doente da cabeça, uma mulher causa essa reação só com sua voz, e ele faz o que convida ela para entrar que estupidez.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...