História Meu doce menino-Jikook - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Tags Jikook, Jimin!bottom, Jungkook!top, Reencarnação, Vampiro
Visualizações 142
Palavras 1.730
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Sobrenatural, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 10 - X


Fanfic / Fanfiction Meu doce menino-Jikook - Capítulo 10 - X

-Você...você fez o que? - Yoongi questionou,perplexo e assustado com o que acabara de ouvir e de constatar. - Você ficou louco Jungkook? Droga! O que você tinha na cabeça seu imbecil?! Como pôde matar o Jin?!

-O que você queria que eu fizesse? Ele estava com a mão dentro da barriga do Jimin,ele iria o matar! Eu nunca deixaria que qualquer um,quem quer que fosse não importando o que ela significasse  ou o que ela fosse,machucar o Jimin! Eu não me arrependo de ter matado ele Yoongi, e,eu repetiria tudo novamente se isso significasse a segurança do meu Jimin!

Os três vampiros se manteram calados,apenas tentando compreender o tamanho daquela bagunça toda,o tamanho do perigo que agora estavam e,no meio daquilo tudo estavam tentando achar uma maneira de se livrar ou até mesmo de fugir daquilo. Veja bem, Jin não era qualquer vampiro ao qual estava a mercê da morte sem que os responsáveis por sua morte não saíssem prejudicado caso isso acontecesse. A questão é,ele era um dos membros dos vampiros superiores,não exatamente um deles,no entanto ele trabalhava diretamente para eles,fazia seus trabalhos sujos e era um dos vampiros mais confiáveis daquele núcleo,sem contar também que ele era o que podesse chamar de "marido" ,ou qualquer que fosse o rolo que eles tinham,com o chefe que comandava a existência de todos os vampiros,o ser mais poderoso e mais temido por todos. Se sua regra fosse infragida,ou a pessoa que trabalhasse diretamente para si  tivesse sido morta por alguém,suas consequências eram uma das mais  piores que já existisse. Prejudicando não só ao culpado,mas a todos que ele também amava. E,agora,eles estavam justamente naquela situação. Na situação ao qual estavam todos sendo procurados pelos vampiros superiores.

Taehyung caiu sentado no chão e passou suas mãos por seu cabelo,ainda com os olhos arregalados e assustado com tudo aquilo. Ele não era um vampiro que sentia muito,tão pouco se importava com o perigo que tivessem que serem expostos,no entanto,ele sabia que no fundo,aquilo que haviam se metido era bem mais perigoso do que tudo que antes já vivera. Não sabia se agora,naquela época e século tão bom de sua existência,estava preparado para morrer. Ele se achava jovem demais para isso!

-Você sabe quem irá vim atrás de nós Jungkook? Você sabe em qual burrada você nós meteu por causa desse garoto?- Taehyung indagou,começando a se irritar com tudo aquilo.

- Eu sei droga! Mas eu não posso fazer mas nada em relação a isso. Eu sinto muito,mas eu não poderia deixar o meu garoto morrer sem fazer nada.

Tae suspirou irritado e se levantou,indo em direção a seu irmão em sua velocidade de vampiro e,com toda a força que tinha em si,deu-lhe um soco em seu rosto seguido de outro fazendo com que o corpo de Jungkook caísse em cima do Jimin,sem ter tempo para reagir ao que seu irmão caçula  deu-lhe em  seguida um cuspe em seu rosto, se afastando enrravecido de perto do mais velho,proferindo então as seguintes palavras antes de deixar o quarto:

-Por muito tempo eu estive ao seu lado Jungkook,por muito tempo eu te ajudei nessa situação idiota de amor que você se meteu. Mas agora. Agora que você colocou todos nós em risco por causa desse garoto...- Taehyung suspirou ainda decidido ,virou as costas para os três vampiros e completou- Eu não me juntarei a você. Você terá que lidar com Namjoon sem minha ajuda. E realmente espero que você se toque e perceba que nada disso vale a pena,não por um amor. - e então o vampiro mais novo deixou o quarto,sem olhar para trás.

Jungkook,com os rosto dolorido por causa do soco e com o coração apertado por vê o estado que deixara seu irmão,se levantou e caminhou em direção a janela,olhando através do vidro o vulto de seu irmão mais novo passar por entre as árvores altas e negras que completavam aquela floresta sombria e solitária,assim como estava sendo toda a existência do Jeon mais velho. O moreno apoiou sua testa sobre o vidro desgastado do quarto de Jimin e fechou seus olhos,na intenção de acalmar todos os sentimentos que reviravam dentro de si,deixando-o cada vez mais atordoado com tudo aquilo. Ele sabia que aquela situação não era boa para nenhum que estivesse a sua volta,havia colocado não só a sua,mas a vida de todos em risco,tirando Hoseok que já estava na lista negra dos vampiros superiores a mais ou menos 400 anos. Jungkook sabia que seus irmãos e tão pouco Jimin merecia está ali,envolta daquela situação tão horrenda. Mas o que ele poderia fazer? Ele era o desastre em pessoa e infelizmente sabia disso.

-Jungkook... Não ligue para o que..

-Ele está certo Yoongi- interrompeu Jungkook,ainda sem se virar para os outros dois rapazes.- Desde que eu me apaixonei por Jimin eu tenho colocado a vida de vocês em risco. Isso não é justo com ninguém,eu não posso coloca-los nessa situação. Foi eu que matei o Jin,eu que  tenho que aguentar as consequências que Namjoon impôr para mim. Não vocês! - o moreno proferiu com sua voz firme e forte,não se importando com o quão tivesse soado arrogante.

Ele não queria colocar ninguém mais em perigo,por mais que já tivesse colocado,agora ele estava decidido a  resolver aquilo por si só. Aquilo do que  só dizia interesse para ele e Namjoon,ao qual sabia que não pegaria leve em sua punição,no entanto,ele não se importava. Não se isso significasse a proteção de todos que amasse.

-Eu não me importo com o que você está a dizer Jungkook! Você me conhece o suficiente para saber que eu não te deixarei nessa sozinho, mesmo sendo tão perigoso. Se eu estive ao seu lado em todos esses anos,não será agora que te darei as costas.

-Você só pode está louco!- Jungkook retrucou,virando-se para encarar seu irmão.- Eu não preciso da sua ajuda,não percebeu que eu quero te deixar seguro porra?!

-Louco é você por pensar que se entregando tudo se resolvera. Você matou o marido do Namjoon,Jungkook! Ele não pegara leve com você desgraça! Você não pensa no quão doloroso será para seus irmãos ao vê-lo sofrer? Você não pensa em como será doloroso para Jimin?!

Jungkook engoliu em seco e direcionou seu olhar para a cama,onde o mesmo ainda continuava a dormir. Seu peito apertou com a imagem de seu menino sofrendo por sua culpa,ele não queria aquilo,não era de seu desejo que aquilo acontecesse. No entanto,ele sabia que sua segurança era mais importante que qualquer que fosse a dor que tivesse que enfrentar,se fosse para manter Jimin vivo então ele se arriscaria. Arriscaria até mesmo faze-lo sofrer.

-Ele não se lembra de mim e não se lembrara por um bom tempo. Eu voltarei antes que isso aconteça Yoongi, ele não sofrera por minha causa!

-Mas e eu? Mas e seus irmãos?

O moreno se calou,observando os olhos angustiados de seu irmão do meio. Ele sabia que nada daquilo era justo com ele,afinal fora o mesmo que sempre esteve ao seu lado,o ajudando quando precisava e o apoioando mesmo sabendo o quão perigoso e errado era se apaixonar por um humano. No entanto,ele nunca o deixara desamparado,sempre se empenhou em deixar Jungkook se sentir seguro e esperançoso por todos esses anos. E agora chegara a hora do mais velho retribuir.

Entretanto,assim que Jungkook se pôs a abrir a boca para contestar,o ser que estava desacordado,começara a se mexer,seus olhos tremiam indicando que logo acordaria e,depois de alguns segundos aquelas pequenas íris se abriram,deixando o loiro meio perdido no começo por não reconhecer o lugar onde estava,mas assim que sentara e encarara todos que se encontravam naquele quarto junto a si,toda a memória de minutos atrás surgiram em sua mente como enchurradas,fazendo seu pequeno coraçãozinho acelerar como bateria em carnaval. Ele jurara que aquilo não havia sido um sonho,então...por que estava ainda vivo? Por que diabos não sentia dor ou se encontrava ferido?

-Jimin....- Jungkook chamou-o indo em sua direção, parando assim que se agachara perto do corpo ainda meio sonolento do loiro que amava .- Você se sente bem?

-Acho que sim...mas...por que eu não estou ferido?

-Digamos que eu te curei. - o moreno respondeu com um sorriso triste,olhando com todo carinho para o menor na cama.- Tem certeza que está bem?

O loiro concordou,contudo,sua cabeça começou a doer e um grito agudo sairá de sua garganta ,fazendo o mesmo deitar novamente e apoiar suas mãozinhas na lateral de sua face,como se tentando impedir que aquela dor continuasse,porém ela só aumentava gradativamente.

-O que está acontecendo com ele?- Jungkook questionou desesperado,tentando puxar Jimin para seus braços e o confortar,porém o corpo do pequeno se remexia na medida que seu cérebro doía,com cada informação nova e antiga  que ganhava.- Jimin...porra! O que eu faço?

-Não se preocupe Jungkook.- Hoseok se pronunciou,ganhando então a atenção do moreno,que assim que o vira com as mãos em direção ao loiro percebeu o que estava acontece e assim, se enraiveceu, por saber que Hoseok era  justamente a causa da dor de seu menino.

-O que diabos você está fazendo com ele Hoseok?  - Jungkook questionou em um rosnado irritado,querendo que o de cabelos laranjas parasse com o que quer que fosse que tivesse a machucar o seu garoto,porém, o ruivo não se pronunciou,continuando ao que estava a fazer com a mente de Park.- Pare agora seu desgraçado ou eu irei arrancar a sua garganta!

No entanto,mesmo com aquela ameaça,Hoseok não parou e permaneceu  concentrado nos seus poderes,maltratando a mente de Jimin de uma maneira boa,o forçando a se lembrar de coisas que já haviam se esquecido a anos,mas que ainda estavam guardadas bem no fundo de seu cérebro,como um lembrete fixado.  O ruivo também era invadido com memórias,na mesma medida em que Jimin ganhava a sua de volta,provando que aquilo realmente estava funcionando.

-HOSEOK PARA SEU MERDA! - Jungkook gritou mais uma vez ,avançando no ruivo e o desconcentrando do que antes fazia,caindo com Hoseok  no chão junto ao que Jimin caíra na cama,respirando ofegante e gemendo de dor,por ainda sentir sua cabeça latejar. -O que você pensa que estava fazendo? Eu vou te matar seu desgr....

-Jungkookie? - a voz doce e calma de Park soara atrás do moreno,cessando todos os seus movimentos e o fazendo soltar Hoseok e se virar para encarar o loiro que amava.- Coelho...- Jimin sussurrou,com seus olhos brilhosos e com o coração acelerado por está bem ali,na frente da pessoa que amou e que continuava a amar. - Você me encontrou de novo amor...


Notas Finais


Vocês estão gostando da fic? ;-; 'to meio insegura enquanto a isso.

De qualquer forma,amo vocês.

Até quinta .

^•^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...