1. Spirit Fanfics >
  2. Meu ébano >
  3. Capítulo único: será que eu caí na sua rede ainda não sei

História Meu ébano - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Eu fiz essa fic pelo aniversário do Suho e como a música "Meu ébano" me lembra muito o Kai, saiu essa raridade.

Capítulo 1 - Capítulo único: será que eu caí na sua rede ainda não sei


Fanfic / Fanfiction Meu ébano - Capítulo 1 - Capítulo único: será que eu caí na sua rede ainda não sei

Lá estava Suho com seus cabelos vermelho fogo, a tinta tinha acabado e como ele não tinha recebido o auxílio de pai solteiro, ele pintou os cabelos com papel crepom.

Voltando, lá estava Suho varrendo  calçada do seu salão, sim ele era cabelereiro quando o nego danado gostoso, digo Jongin passou desfilando na sua porta.

Jongin: bom dia, Suho.

Suho (com cara de bobo alegre): bom dia.

Jongin sorriu provocante e isso fez  Suho ficar excitado.

Suho: você é um negão de tirar o chapéu, não posso dar mole senão você créu.

Jongin deu uma gargalhada boba.

Suho sentiu uma corrente elétrica passar pelo seu corpo e parecia que algo tinha molhado suas calças.

Jongin: bem que você podia ir na roda de samba comigo, vai ser legal.

Suho: eu? Pensei que você tivesse convidado o Sehun.

Jongin: o Sehun nem precisa de convite, ele mesmo se convida, mas poxa Su, vai sim. Só pra eu poder te mostrar como se rebola o cuscuz.

Aquela última frase fez Suho se sentir mais molhado do que nunca.

Suho: eu vou, fecho o salão mais cedo e peço pro Chen cuidar do Kwan pra mim.

Jongin: leva ele junto.

Suho: eu vou levar uma criança pra roda de samba?

Jongin: o que tem de mais? Lá é legal.

Suho ia responder, mas Jongin era tão idiota e gostoso ao mesmo tempo que isso o deixava com mais vontade de ter aquele homem só para ele, só que...

Suho: er, Jongin, tá.... eu....

Chen, o vizinho que adorava causar chegou e interrompeu os dois.

Chen: Suho, pode me dar um trato agora mesmo, parece que eu  fui na guerra e fui abatido por vários canhões e fala Jongin delícia, rebolando o cuscuz por aí, hein.

Jongin: tava convidando o Suho pra roda de samba.

Chen: hum programão hein, também quero ir, vai que eu também encontre alguém, minha vida sexual tá uma merda.

Suho: mas Chen, eu ia pedir...

Chen: pedir o quê?

Suho: deixa pra lá, senta na cadeira que vamos começar.

Chen foi todo saltitante pra cadeira.

Jongin: nos vemos mais tarde mesmo? Você ia pedir pra ele ficar com seu filho, né?

Suho: eu ia, mas vou resolver isso, essa roda de samba eu não  perco.

Jongin se animou e selou os lábios de Suho antes de ir embora.

Suho deu gritos animados e ficou cantando enquanto ajeitava o visual do Chen.

Finalmente tinha chegado a hora da roda de samba, Suho acabou contratando uma babá chamada Baekhyun para cuidar do seu pequeno e foi encontrar seu amor.

Chegando lá, Jongin estava sambando junto com Chen e Sehun, que assim que viu Suho, se colou com o moreno só pra ficar se roçando nele.

Jongin: tá com fogo hoje hein.

Sehun: não sabe o quanto, baby.

Jongin riu de deboche da cara dele, ainda mais que olhou meio de lado e viu Suho, então ele saiu de perto de Sehun e foi até o cabelereiro.

Jongin: você chegou a ver aquilo? Se viu me desculpa, a culpa foi do Sehun, tá?

Suho: moleque levado sabor de pecado menino danado.

Jongin começou a rir.

Suho: Confesso quase perco a fala, com seu jeito de me cortejar que nem mestre-sala.

Jongin colou seu corpo ao de Suho.

Suho: me beija logo, Kim Jongin.

Jongin sorriu, agarrou Suho com força, o virou para trás e o beijou lentamente para que ambos pudessem saborear o momento, depois eles ficaram se olhando.

Jongin: foi bom?

Suho: tudo de bom.

Dessa vez foi Suho que agarrou Jongin e eles se beijaram com vontade.

 

Em outro canto da roda, Chen e Sehun  estavam animados e continuavam dançando.

Sehun: gostei de dançar com você.

Chen: você dança bem.

Sehun: vamos nos ver mais vezes?

Chen: tá me pedindo em namoro?

Sehun: acho que sim.

Chen: aceito.

 

 

Suho e Jongin continuavam se beijando e pareciam não se largar mais, depois eles saíram da roda de samba e ficaram olhando as estrelas.

Jongin: o céu tá bonito.

Suho: você é mais, quantas vezes olhei pras estrelas pensando em você.

Jongin: agora vai poder olhar pra mim.

O som da música foi até eles.

Suho: dança pra mim?

Jongin: só se for agora.

Jongin começou a sambar, mas logo puxou Suho para dançar e logo os dois já estavam se beijando de novo.


Notas Finais


Terminei.
Agradeço aos que leram.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...