1. Spirit Fanfics >
  2. Meu escravo - imagine Bang Chan - stray kids >
  3. Demitido?

História Meu escravo - imagine Bang Chan - stray kids - Capítulo 7


Escrita por:


Capítulo 7 - Demitido?


Sn  on

Depois que saímos do escritório do senhor min , decidimos ir para casa do seung para decidir como iremos botar nosso plano em prática.
No meio do caminho íamos decidindo alguns pontos principais . Mas o que mas me chamou a atenção foi o porquê que o senhor bang comentei suicídio o laudo médico que confirma a data e hora e o motivo era verdadeiro,mas por que ele faria isso?Fico pensando até que paramos em frente à casa dos Kim .
Eu e seung entramos e somos recebidos pela senhora Kim, a cumprimentamos e fomos para o quarto do garoto enquanto a mãe ia na cozinha preparar uns lanches.
Entramos no quarto e sentamos na mesa de estudos de seung , organizamos os papéis
por data e damos início a discussão de como vamos botar o plano em prática.

_Tem alguma ideia?

Sim! Eu pensei muito sobre isso, de toda forma eu não acredito que bang seja ruim pra família, veja só (mostrando uma foto) ele eh uma pessoa totalmente diferente quando esta com a mãe não eh aquele demônio que brigou com a gente no inicio da semana.

_o que tem em mente?

Vou comprar a dívida! A divida da casa está em 4 meses não eh um dinheiro alto para mim.

_rica! Riquíssima! Nem jezabel foi tão traiçoeira!

Xiiiii.... me explica como eu compro.

_ Simples, como a casa foi feita pela construtura do seu pai, assim que eles nao conseguirem pagar a divida,O banco irá  oferecer a casa para seu tio por um terço do preço.

Ótimo então quer dizer que pra mim sairá mais barato!

_talvez , seu tio deverá ser seu fiador, eles não vão aceitar uma  proposta vindo de uma adolescente

Entendo, mas qual desculpa eu daria a o meu tio?

_jsso vai ser complicado.

Ja sei , eh ridiculo , e ai sim vou parecer uma patricinha mimada.

_ hahahaha, me conta.

Vou pedir  meu tio como presente de aniversário. Não to afim de festa esse ano, e o meu presente será outra coisa (digo com um sorriso malicioso)

_ supondo que seu tio aceite , como vai prosseguir partir dai?

Lembra quando pedi pra que vc contratasse bang?

_Sim

Quero que o demita ! Ele te bateu essa semana eh mais que suficiente pra dizer a seu pai, com isso ele não vai receber salário e tentará outro emprego.

_(O mesmo da um sorriso olhando pra mim) ver a cara daquele cretino ao descobrir que trabalha pra minha família vai ser bem prazerosa.

Continuando... assim que eu comprar a dívida irei fazer um contrato ,ele poderá ter sua casa e suas dívidas pagas se ele assinar , porém ?

_porem ?

Durante um ano ele será meu escravo ,24 h por dia , 7 dias por semana.

_seu?

Nosso!

_ah bom.

Falarei hoje com meu tio, consegue fazer o documento?

_obvio,esqueceu que meu pai me usa de aprendiz naquele escritório a 3 anos, usarei o carimbo do meu pai e colocarei junto de outros documentos pra que ele assine como curador .

Certo ! Então só falta eu comprar a dívida.

_e o que fará em relação a mãe dele?

Você quer o que ?que eu mate a velha?

_ Nao é isso , ela está doente e precisa de dinheiro para remédios e o tratamento .

Espero você não me contou o que ela tinha , eh tão grave assim.

_eu também não sei (coça a cabeça) senhor min nao quis dar essa onfirmação.

Aish! 3000 reais e a porra do detetive ainda esconde informação.

_Sn é melhor ir pra casa falar com seu tio, quanto antes resolvemos isso mais rápido ele  Vai ficar em nossas mãos.

Certo , você vem comigo ?

_não, (ri fraco no canto da boca) a matilda ainda me olha estranho desde quando me achou sem calça no seu quarto .

O miro  com os olhos semi cerrados e me levanto .

Ah essa hora o meu tio deve está em casa , já vou indo .

_ espere eu vou te levar !

Nao precisa ! Pego um táxi.

Eu e seung descemos e fomos para o portão da sua  casa , nos despedimos e eu caminhei onde já estava o carro parado.

Bang Chan on

Segunda fui a o escritório levar os Documentos e assinar um breve contrato , apesar de ser 5 meses esse dinheiro vai ser bem útil.

No meu primeiro dia conheci mais alguns garotos e me surpreendi que havia um amigo meu de outra escola , ele estava conversando com um tal de jisung .

Minho?

__chan?

Apertamos nossas mãos animados pois havia um tempo que não nos víamos desde o "incidente"

__não sabia que trabalhava aqui?

Na verdade esse e meu primeiro dia...

Sou interrompido pelo encarregado .___ peguem o material e me sigam começaremos pelo hall.


Passou uma semana o trabalho era cansativo mais não era difícil, e trabalhar com o minho deixava o clima mais divertido lembravamos o que apontamos juntos enquanto o jisung nos olhava boquiaberto .
O jisung , era um cara bem alegre , morava no mesmo bairro que eu apesar de nunca ter o visto. 
Enquanto conversávamos, sou chamado pela senhora Park no RH. Vou até lá bato na porta e entro.

-Boa tarde  _disse ríspida.

Boa tarde _fslo confuso . Aconteceu alguma coisa?

-sim , você está demitido .

Fico parado em choque .d-demito?

-O filho do dono pediu para que você fosse demitido o mais rápido possível ele não disse o motivo mais parecia bastante zangado. Assine aqui vou pagar pelos dias trabalhados  e você pode ir pra casa.

Certo _falo abaixando a cabeça . Assino os documentos , pego o dinheiro . Caminho em direção a saida quando vejo jisung e minho me olhando , como estou cabisbaixo ele se entreolharam e vinheram em minha direção.

-o que aconteceu Chan? -minho

Fui demitido

-demitido? Mais vc só está aqui a uma semana? Qual foi a justificativa? -minho

Nenhuma , o mauricinho não foi com a minha cara e me demitiu, e eu nem vi a cara do cretino .

- como não?  Todo dia ele vem trabalhar com o pai dele, ainda mais vc me contou que estuda em um colégio católico que por coincidência eh o mesmo do garoto . -jisung

Como e o nome dele afinal?

Kim seung min! - disse o mais novo

Dou uma gargalhada - esse cretino me paga !

Bang! Não faça nenhuma besteira o pai dele eh bem influente na cidade pode acabar prejudicando você. -jisung

- eu não sou tão idiota, minho eu quero que vá na.minha casa mais tarde . Minho acente com a cabeca comfirmando.

Saiu em direção a porta com a cabeça baixa tava com ódio de seungmin , mais minha frustração de ter perdido e maior ainda , percebo uma sombra a alguns metros e levanto a cabeça para olhar .

_Olá Bang ! Disse o mais alto com um sorriso cínico no rosto.

Seungmin? Não sabia que trabalhava aqui? Digo pagando de doido.

_Não trabalho ! Apenas acompanho meu pai e o vejo gerir o prédio.

(Riu.... ) Sei da minha frente estou indo .

_Vejo o motivo que foi demitido , essa falara de educação com seus superiores .

Tenho vontade de socar a cara dele mais só pioraria minha situação, saiu  e não olho para trás,mas deu pra ouvir seu riso .











Seungmin você me paga!















Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...