1. Spirit Fanfics >
  2. Meu escravo - imagine Bang Chan - stray kids >
  3. Assaltado

História Meu escravo - imagine Bang Chan - stray kids - Capítulo 8


Escrita por:


Capítulo 8 - Assaltado


Aguardo minho chegar , vejo que a semana de serviço só me pagou 170 dólares, isso não da nem 5% da dívida (passo a mão pelo rosto) tenho que arrumar um jeito de conseguir esse dinheiro.

Sn on dia anterior

Chego em casa e vou a sala do meu padrinho, Vejo que ele ta com alguns homens conversando e decido esperar na cozinha , pego meu telefone e vou falar com a becky.

~ oi , xuxu♡

~ oi sn

~ que seca

~ oi paixão da minha vida

~agora sim

~Tenho novidades ! Vou falar com o meu tio ,parece que em breve vou ter meu ..... "ajudante"

~você tem certeza que vai fazer isso ? Me parece um pouco cruel.

~eu não vou torturar ele ou coisa do tipo , só Vou humilhar um pouquinho.

~ e isso não é cruel Sn?

~ não, o infeliz me deu um banho de lixo essa semana sabia?

~ hahahahahahaha

~ tá rindo?

~ o seungmin que tome cuidado , vai rolar uma tensão sexual aí.

~Vai se foder

~ (emoticon de beijo)

~ vou me arrumar aqui já são 7 da manhã, falo com você quando eu voltar da escola.

~tchau♡

~ tchau♡

Desligo o telefone e coloco no balcão, Vou a geladeira pegar um suco e fazer um sanduíche antes do jantar, esqueci de comer o lanche que a senhora Kim tinha preparado e estou com fome Até agora .

Passasse alguns minutos e vejo o meu tio se despedindo dos homens e voltando ao escritorio.

Peço licença e entro no escritorio.

Bom noite tio!

__Boa noite sn!

Tio....

__ja sei que quer me pedir alguma coisa!

Sim, tio (falo choramingando) tem um amigo meu na escola prestes a ser despejado.

Posso ajudá-lo mais o banco não permite que uma adolescente compre a dívida, seria um bom negocio pra mim mais não tenho idade.

__o que voce quer fazer ?

Quero comprar a dívida! E preciso que o senhor assine o documento .

__e vc ganharia o que em troca?

O serviço dele por um ano , pode pagar trabalhando para mim ou aos poucos com parcelas pois tera juros .

__ Hum....

__ Onde fica essa casa?

Bom e uma das casas do senhor , a residência dos Bang.

__ falarei com nanjoom e vamos resolver isso pra vc!

Obrigada tio! ( Digo correndo e abraçando o mesmo)

Saiu correndo feliz pro meu quarto ligar pro seungmin .

Ligo para o mesmo e conto cada detalhe , ele ficou irritado de início pois já tinha começado a digitar o contrato mais expliquei pra ele entrega todo pai que pouparia tempo e seria uma boa forma de treinar o idioma formal.

Bang Chan agora

Estava deitado lendo algum assunto da matéria de geografia quando escuto a campainha tocando.

Ding dong

Vou até a porta e me deparo com minho e ..... _jisung? (Pergunto um pouco incomodado , não conhecia jisung há muito tempo não sabia se poderíamos confiar nele )

__Entre! Falo abrindo a porta para os dois.

Minho entra e senta no sofá com jisung que acompanha seus movimentos , dava pra perceber que o mais novo estava incomodado , talvez pela impressao que passei pra ele mais cedo.

Sento na cadeira ao lado do só Da, antes que eu começasse a falar,Minho quebrou o silêncio.

__então o que vamos fazer? -minho

Achei que estava bem óbvio?

__como e quando vamos fazer ? -minho

__ OOOH O que está acontecendo aqui ? Eu não quero me envolver em problemas . -jisung

Vc não vai se meter em problemas nenhum, na verdade não sei bem nem o que você tá fazendo aqui?

__ Chan ! Ele vai nos ajudar (disse apertando a bochecha do mais novo)

Está bem ( concordo passar de achar aqueles dois um pouco estranhos)

__então o que vai ser? (Diz jisung esperando pela resposta)

Vamos rouba-lo e dar uma surra naquele idiota!

Vejo jisung me encarar com um semblante assustado quando eu terminava de explicar para minho o resto do plano.

Minho havia seguido seungmin durante o dia todo e o viu em uma das suas funções diárias que era fazer uns depositos em um banco no centro da cidade .

Seungmin on

Depois da escola fui a o escritório do meu pai para uma reunião que teria com uns socios do leste do país.

Uma discussão que fazia uma reuniao de duas horas durar o dia inteiro , ja estava entediado quando meu pai pediu pra que eu fosse levar uns depositos ao banco , achei estranho pois o mesmo me acompanhou até a sala dele e me deu um envelope a mais.

Pai ? São 6 depositos?

__ não, são 5 , o envelope maior e o documento que o senhor kwon pediu.

Posso ler?

__Sim , mais lembre de deixar na mesa, pode tirar uma cópia pra mostrar pra Sn. Aproveite e compre um presente pra ela , em caso vc não saiba garotas gostam bastante de flores .( disse o mais velho)

Por mais que eu não tivesse entendido o motivo do meu pai mandar comprar flores pra Sn aproveitei que ele havia saído e comecei a ler o documento.

Dizia que a casa havia sido comprada e não a dívida, nao pude deixar de sorrir bang dessa vez perdeu e perdeu feio.

Qdt 14:30

Decido não esperar o motorista e dirigindo até o banco , depois de uma quadra vejo que do motor do carro estava saindo uma fumaça paro o carro e desço, abro o motor e me afasto pelo calor e quantidade de fumaça que saia, tento espalhar a fumaça pra poder enxergar o motor quando sou empurrado para o lado e caiu no chão.

Vejo um homem aproximando de mim e chuta a minha barriga , me fazendo me curvar de dor.

De relance abro os olhos e vejo mais dois homens vasculhando o carro e pega os envelopes , me levanto e vou em sua direção quando o maior entregou o envelope para o menor que saiu rapido com a moto me deixando só com os outros dois, tento correr atrás dele mais sou impedido por um dos caras que me segurou por trás.

Me solta!!

Grito em direcao a um dos homens que estava em minha frente, enquanto o de tras ria .

Vi o que estava em minha frente se aproximar e desferir um soco em minha barriga , o de tras segurou maos forte para que eu nao caisse enquanto o da frente me batia .

Estava quase apagando quando me jogaram no chão , a dor estava tão forte que quase nao consigoo respirar , vejo que um dos caras esta indo em direção a uma moto escondida atrás de um muro ,foi a última coisa que eu vi antes de ser apagado com uma pancada no rosto.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...