História Meu Estranho Amado - Capítulo 21


Escrita por: e SakkuraUchiha

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Aimi, Jungkook, Taehyung, Vampiro, Yang Mi
Visualizações 96
Palavras 2.086
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oia eu de novo com mais um capítulo pra vocês.
Bem espero que gostem e discupa se tiver meio sem graça estava sem criatividade.

Capítulo 21 - "Pesadelo and Passeio... Conhecendo Suga"


Fanfic / Fanfiction Meu Estranho Amado - Capítulo 21 - "Pesadelo and Passeio... Conhecendo Suga"

AIMI ON

Ouço Aí gritar. Eu e Tae nos levantamos rapidamente e vamos até a cama. Ela está se contornar e encharcada de suor, leio seus pensamentos e vejo que ela está tendo um pesadelo que até eu teria medo se ainda fosse humana.

- Nã- Não... Me deixe ir socorro... alguém me ajude eu não quero morrer... mamãe Onde você está? – Vejo ela gritar.

Apoio uma perna na cama e me inclino para ela chacoalhando seus ombros tentando a acordar.

- Aí... Aí acorde... – A chacoalho mais um pouco e nada dela acordar. – Vamos pequena acorde.

Com um movimento ela se senta assustada.

- Você está bem? – Pergunto e ao ouvir minha voz ela se sobressalta e se afasta de mim com medo. – Calma sou eu. – Falo e ela olha para mim me reconhecendo e ao mesmo tempo olha para Tea e se afasta um pouco mais com medo dele.

Leio seu pensamento e vejo que ela se lembrou do homem que assassinou seus pais.

- Ei... Calma esse aqui e o Taehyung meu namorado... Ele não te fará mau. – Falo.

- Eu... Eu... – É sem conseguir falar nada começa a chorar com as mãozinhas cobrindo o rosto.

- Xiii... calma. – Falo me sentando na cama, a abraçando gentilmente e acariciando seus cabelos. Ela resiste ao abraço um pouco mas logo se permite ser consolada.

- Tô... tô com... com medo. – Fala entre soluços. – Me-Medo deles virem... Virem atrás de mim.

- Não tema eu cuidarei de você. – Falo e ela me abraça escondendo sua cabecinha em meus cabelos.

- Não quero... Não quero que eles me matem... Não quero. – Fala chorando ainda mais.

- Ei... calma eles não vão te fazer mal algum. – Falo. – Não deixarei.

- Porque... Porque tem tanta gente mau não mundo... Porque? – Pergunta entre soluços.

- Eu não sei minha linda. Mas sei de uma coisa. – Falo.

- Oque? – Pergunta.

- Não deixarei que essas pessoas mas trinques um dedo em você.

Ela se livra de meus braços e coça os olhinhos inchados por causa do choro.

- Obrigada Aimi-san... Obrigada por tudo. – Agradece ainda chorosa.

- Não permitirei que a tratem mal. Serei sua protetora até quando desejar. – Falo e um leve sorriso nascem em seus lábios. – Agora vem... Vem dormir. – Falo.

Aí deita novamente e eu fico ao seu lado a aninhando.

- Você parece minha mamãe. – Fala.

- Porque? – Pergunto em um sussurro.

- Não sei só me lembrei dela e me veio você na cabeça.

- Hum...

- Aimi? – Me chama quase dormindo.

- Sim.

- Canta pra eu dormir?

- Canto. – Começo A cantar para ela e a acariciar seus cabelos. Segundos depois ela cai no sono.

- Você é incrível Aimi. – Tae fala se ajoelhando perto de mim. Dou um sorriso e volto a cantar para Aí.

 AIMI OFF YANG MI ON

Acordo com algo ou melhor alguém passando sua mão gélida em minha face. Abro meus olhos lentamente e olho para o dono daquela mão que me olhava atentamente com seus olhos âmbar.

- Bom dia! – Ele sussurra com sua voz doce e esperta.

- Bom dia!

- Dormiu bem? – Jungkook me pergunta acariciando meus cabelos com sua mão esquerda em quanto a outra passa por minha bochecha.

- Sim... Muito bem e você como passou a noite? – Pergunto.

- Muito bem. Você fica linda dormindo. - Fala com um sorriso de lado.

“Ah que sorriso”. – Penso e sinto minhas bochechas queimarem. Abaixo minha cabeça a escondendo em seu peito.

- Que houve. – Pergunta.

- Nada. – Respondo e Jungkook levanta minha cabeça para que eu olhasse para ele.

- Você fica mais linda ainda corada. - Fala e um sorriso se abre em sua face.

- Jungkook! – O advirto.

- Que foi... só tô falando a verdade. – Diz com um sorriso agora malicioso.

- Bobo.

- Fofa. – Fala e eu sinto meu rosto queimar mais ainda.

- Chato. – Falo. – Fica deixando a gente encabulada.

- Pura verdade. – Fala colocando suas mão atrás da cabeça.

Me sento na cama para me levantar.

- Pra onde você vai? – Jungkook pergunta.

- Me levantar. - Falo como se fosse o óbvio da minha intenção.

- Esta cedo. – Jungkook fala.

- Que eu saiba já são 8hrs da manhã. – Falo.

- Ainda continua cedo.

- Pra mim não. – Falo já me pondo de pé, só que mãos mais fortes me puxam de volta para a cama. – Jungkook!

- Que?

- Eu não posso ficar o dia inteiro na cama. - Falo.

- Porque? – Pergunta colocando uma mão do lado de minha cabeça ficando sobre mim.

- Porque... Porque... Porque sim tá. – Falo tentando sair de debaixo de Jungkook que me impede interminável.

- Porque sim não é resposta Yang. – Fala e eu olho para seus olhos.

“Esses malditos olhos”. – Penso.

- Eu... Eu... – Falo e Jungkook me beija antes mesmo deu inventar algo para escapar de seus braços.

Ele me beija calmo e com cuidado para não me machucar. Segundo depois ele descola nossos lábios encontrando nossas testas.

- Oque acha de um passeio no jardim hoje depois que você tomar café? – Me pergunta.

- Eu... É... adoraria. – Falo ainda com meus olhos fechados.

- Estarei te esperando na cozinha. – Fala me dando um beijo e saindo do meu quarto igual o “the flash”.

Suspiro e me levanto da cama indo em direção ao banheiro para a fazer minha higiene matinal.

Depois que fiz minha higiene entro debaixo do chuveiro e tomo um banho quente.

Quando sai do banheiro olho para a janela e vejo que a neve estava caindo mais densa. Caminho até meu closet. Escolho usar uma calça jeans preta e um moletom cinza com detalhes em azul claro. Nos pés calço meu tênis All Star preto com detalhes em cinza.

Quando saio do closet vou até minha penteadeira e faço minha maquiagem leve em tons de rosa claro. Coloco um colar que tem um pingente de coração que meu pai havia me dado. Solto meus cabelos e passo meu perfume de flor de Sakura.

Quando estou pronta saio do meu quarto ando pelos corredores e desço as escadas logo indo em direção a cozinha.

Chegando da cozinha me deparo com Jungkook, Sun, Jin e mais duas pessoas que não conheço.

- Bom... Bom dia! – Os comprimento.

- Yang minha querida. – Sun vem em minha direção e eu olho para Jungkook que parecia querer dizer algo.

- Oi. – Falo tímida.

- Com fome? – Me pergunta mas logo e interrompida por um pigarreio a suas costas. Ela olha para o garoto que eu não conhecia. – Ah desculpa esqueci de apresentar. Esse aqui e Min Yoongi e Kim Akemi Yuki.

- Prazer! - Falo olhando para o garoto chamado Min Yoongi e ele revirar os olhos.

- Pode me chamar de Suga, Yang Mi. – O garoto fala com ar de superioridade.

- Ta-Tabom. – Falo.

- É você pode me chamar de Kun, Yang. – A garota de aparência deslumbrante fala.

- Ok. – Falo a olhando.

- Vamos ser boas amigas... – Fala e eu a lanço um leve sorriso.

- Tá, tá chega de tanto papo e deixem a Yang tomar o café da manhã dela em paz. – Ouço Jin falar.

- Venha querida, sente-se aqui e se sirva. – Sun fala me indicando uma cadeira.

Caminho a passos lentos e me sento.

- Vamos deixar você tomar seu café da manhã em paz Yang... espero que esteja de seu agrado. – Jin fala.

- O-Obrigada. – Falo.

- Vem meu amor. – Jin disse pegando a mão de Sun e indo em direção a saída da cozinha. Quando eles estão prestes a sair Jin se volta para Suga e Kun. – Vocês dois também... – Fala e vejo se Kun e Suga os seguirem cozinha a fora me deixando a sós com Jungkook.

- Nosso passeio ainda esta de pé? – Jungkook pergunta se sentando ao meu lado.

- Esta. – Falo dando um sorriso e começo a tomar meu café sendo observada por Jungkook.

YANG Mi OFF JUNGKOOK ON

Quando Yang termina de tomar seu café pego em sua mão e saímos da casa caminhado tranquilamente até o jardim.

- Ah como eu amo frio. – Yang fala soltando minha mão e esticando os braços dançando na neve.

“Tão linda. Parece até uma criança”. – Penso.

- Você gosta de frio Yang?... Eu escutei isso direito? – Pergunto.

- Sim. – Fala parando de dançar na neve e me fitando. – Porque?

- Você é uma das poucas pessoas que gostam de neve. – Falo como se fosse o óbvio.

- Então eu sou especial. – Fala rindo e logo voltando a dançar na neve de olhos fechados.

Ela esbara em mim e eu a seguro para não cair.

- Você é do doidinha sabia? – Falo e ela ri com suas bochechas coradas por causa do frio. Não resisto e a beijo cuidadosamente.

Quando quebro nosso beijo ela esconde sua cabeça em meu peito ainda abraçando minha cintura.

- Porque você gosta de me deixar encabulada Jungkook? – Me pergunta sobre meu peito.

- Porque você fica muito fofa assim. – Falo acariciando seu cabelo, ela levanta a cabeça e olha em meus olhos.

- Você muito bobo sabia?! – Fala e eu rio.

- E você e muito linda. – Falo abaixando minha cabeça para a observar melhor. Sem nenhum aviso sinto ela fica na ponta do pés e selar nossos lábios em um beijo faminto. Com a surpresa perco o equilíbrio e Caio de costas na neve a puxando junto ainda com nossos lábios colado.

- Uau. – Exclama desgrudando nossos lábios e ficando sobre mim. Acaricio suas bochechas.

- Melhor nos se levantarmos se não você vai congelar. – Falo e ela ri saindo de cima de mim se deitando ao meu lado.

- Nem vamos ter muito tempo para apreciar a neve. – Fala.

- Porque? – Pergunto virando minha cabeça para ela e me surpreendo ao ver que ela me observa.

- Porque nossas aulas vão voltar depois de amanhã. – Fala.

- Verdade mas isso não que dizer que não podemos aproveitar depois que sairmos da faculdade. – Ela ri e começa a se levantar.

- Enquanto isso não acontece vamos aproveitar o resto das férias. Ok? – Pergunta.

- Tá. – Falo me levantando de um pulo.

- Vem vamos caminhar um pouco. – Fala estendendo sua pequena mão para mim. A seguro sem excitação e a deixo me guiar pelo jardim que já estava quase todo coberto pela neve.

[...]

Depois de algumas horas patinando e conversando com Yang voltamos para casa. Depois de nos livrar da neve de nossas roupas a levo para a cozinha para ela jantar.

- Hoje foi divertido. – Fala se sentando a mesa e já atacando a comida que estava em sua frente, não me contenho e dou um leve sorriso tinha esquecido que ela não havia almoçado.

“Âmbitos Vampíricos não morrem”. – Penso. “Afinal vampiros não comem e não precisam se alimentar com tanta frequência”. “ Como eu poderia ter esquecido que Yang precisa comer três refeições ao dia”. “Sou idiota mesmo” – Rio com meus pensamentos.

- Que foi? – Ela.

- Nada só estava pensando e sim foi ótimo o passeio e adorei ter sua companhia hoje Yang. – Falo e ela me lançar um sorriso.

- Faço suas palavras as minhas. – Dou um sorriso e acaricio suas bochechas ela fecha os olhos com meu toque.

[...]

Depois que Yang termina de Jantar a acompanho até a porta de seu quarto.

- Mais uma vez obrigado Jungkook. – Fala.

- Não foi nada my Jolie. – Falo. – Então eu tenho uma resposta para um novo passeio amanhã.

- Sim. - Fala e eu dou um sorriso de lado.

- Ótimo te ve... – Não consigo terminar minha frase pois alguém chama meu nome.

- Jungkook? – Jimin me chama novamente.

- Oque você quer? – Falo me voltando para ele um pouco frustrado.

- Onde você estava?... Te procurei por todo lugar. – Fala vindo em minha direção. Sua expressão muda quando vê Yang. – Ah entendi... Boa noite Yang! – A cumprimenta.

- Boa noite Jimin.

- Como eu estava falando eu te procurei por todo lugar. – Fala se voltando para mim novamente.

- Pra que? – Pergunto.

- Reunião. – Fala.

- Hum... Ok já estou indo. – Falo.

- Ok... Não demora e urgente. – Falando isso ele da meia volta e sai em passos apressados. Me volto para Yang.

- Hum... Eu preciso ir. – Falo.

- Tudo bem. – Fala.

- Te vejo mais tarde... prometo. – Falo me inclinando e a dando um selinho.

- Estarei te esperando. – Depois que ela fala isso ela entra em seu quarto e eu sigo o mesmo caminho de Jimin.

JUNGKOOK OFF


Notas Finais


Bem amores espero que tenham gostado.
Bjs e até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...