História Meu eterno amor de verão - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Amizade, Amor, Espanha, Estudante, Família, Inter-racial, Mulher Negra, Romance, Verão
Visualizações 1
Palavras 993
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Literatura Feminina, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Estou postando pela primeira vez aqui , eu espero que gostem 😘

Capítulo 1 - Quando te vi pela primeira vez


Fanfic / Fanfiction Meu eterno amor de verão - Capítulo 1 - Quando te vi pela primeira vez

Capítulo 1

 

 

Acorda filha ! são 10 horas...

 

Ouço a voz da minha mãe e levanto cambaleando, olho para o celular e marcava 7h da manhã.

 

Mãeeeeeeeeeee! grito irritada pelo costume horrível que minha mãe tinha de me acordar mais cedo do que realmente precisava.    

 

Me sento na ponta da cama e passo a mão em minha testa e puxando meu cabelo pra trás, olho na caixa de mensagens de meu celular e vejo mensagens de Melody minha melhor amiga contando como era incrível viajar para fazer o bem.

 

Minha amiga tinha se inscrito em um programa de ajuda humanitária e ela tinha sido escolhida para ser voluntária em um país asiático do qual eu não lembro o nome.

 

Me levanto e vou fazer minha higiene matinal.

 

 Enquanto escovava meus dentes olho para a figura em frente ao espelho , uma garota negra com a pele escura, com os olhos inchados e uma boca pequena e carnuda, com o cabelo crespo bagunçado e uma auto-estima que aos poucos estava começando a conquistar.

 

     Depois de ter feito a minha higiene matinal e ter domado meus cabelos em um coque , coloco uma camiseta branca e um short jeans rasgado , no pé uma sandália de tiras rasa marrom, passo meu perfume e pego meu eterno óculos de sol , pego minha mochila e desço correndo para ir à aula de pintura.

 

Filha toma o café com a gente ouço minha mãe dizer , estendendo uma xícara de café com leite em minha direção, sendo acompanhada por luke que estendia uma tigela de frutas tropicais em minha direção com um sorriso banguela.

 

Oh luke, obrigado! digo passando a mão em seus cabelos crespos bagunçados .

 

 Mãe não dá tempo de tomar o café com vocês,  respondo apressada depositando um beijo em seu rosto e em seguida saio  de casa correndo , esbarro com Billy na porta querendo carinho, billy era o golden retrievier  de luke meu irmão Cassula , dou um carinho rápido  nele e saio correndo ...

 

  Chego  ao curso alguns minutos atrasada e  vou direto a praça da Alimentação  e compro uma garrafa de água já que sempre esqueço a minha , estava muito calor nesse dia então era bom estar sempre hidratada.

 

        Era um dia de verão e no verão as temperaturas em Barcelona podem chegar até aos 35 graus , eu não nasci em Barcelona mas moro nessa cidade linda desde os meus 11 anos , amo tudo aqui desde as praias lindas , as estruturas mediáveis misturadas com a arquitetura moderna , a vida noturna badalada da cidade , o amor pelo futebol e sobre tudo as férias ,se bem que fica lotada de turistas no verão mas eu amo tudo isso. 

 

 Fui me dirigindo até a sala de aula e reparei através do lado de fora da longa porta de vidro que meu  professor falava  com um homem que aparentava ter uns 27 anos ou mais . Abro a porta da sala de aula e entro tímida noto todo mundo olhar pra mim ,passo de fininho e vou até ao fundo me sentar , eu iria tirar minha mochila das costas para me acomodar quando ouço uma voz grave falar pra mim.

 

 Bom dia  menina , me viro pra responder e me deparo com o homem que estava do lado do professor Ruan, respondo um bom dia sem graça e me sento , tiro os meus matérias de pintura da bolsa e espero o professor Ruan começar a aula.

 

E aí Maria foi pra festa de novo ontem! diz Carlos em um sussurro  pra mim.

 

Respondo ele sem vontade e digo que não era da conta dele e fico distraída mexendo no celular  até que ouço professor Ruan falar.

 

 Bem eu não quis avisar a vocês porque queria que fosse supresa para todos ele diz com um sorriso estampado em seu rosto; noto meus colegas eufóricos e não sabia o porquê de toda aquela alegria .

 

Bem como vocês podem ter notado hoje temos um convidado especial : nosso caro Álvaro Velásquez Maluf  ele diz  batendo palmas logo em seguida .

 

 Me viro para Carlos e pergunto quem era o cara visto que não sabia quem ele era eu estava perdida , apesar de gostar de pintura , aquilo não era algo que eu levava tão a sério , era mais um hobbie que encontrei para passar as férias  aprendendo algo criativo, então no que dizia respeito a artistas plásticos famosos eu estava mais perdida que uma boia no meio do mar.

 

Sério  que você não sabe quem é? Carlos diz espantado 

 

 É Álvaro Velásquez Maluf o cara é um gênio da fotografia, o ano passado a foto dele estampou a capa da National geografic ele finaliza olhando pra mim entusiasmado.

 

Volto a prestar atenção no meu celular e nem ouço o que meu professor dizia na apresentação para do tal homem . Que só depois de ser despertada por ele noto como o tal Álvaro era bonito , ele era alto devia ter 1,87 cm de altura , tinha o cabelo preso em um coque , era loiro e tinha traços exóticos ,e a pele bronzeada  ,tinha uns olhos de um azul muito intenso , e me peguei secando ele descaradamente, até que fui interrompida por ele me perguntado .

 

 A menina... ele diz olhando sério pra mim

 

 ( já não gostei dessa intimidade de me chamar de menina penso pra mim )

 

Me chamo Maria Antônia grivon digo de forma ríspida o interrompendo ...

 

 Ok ! ele diz com o olhar sério . A Maria Antônia grivon ( da ênfase ao último nome )  quer falar alguma coisa, ou terminar o que o professor Ruan estava falando? 

 

Você está de acordo com o que o professor Ruan disse , ele pergunta pra mim me encarando em silêncio...

 

 

    Eu fico muda por um tempo , pois  não sabia o que o professor Ruan estava falando

 

(por algum motivo não estou gostando desse cara ) ...penso pra mim

 

 

  


Notas Finais


Espero que gostem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...