História Meu eterno namorado!!!# - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cidades de Papel (Paper Towns)
Visualizações 5
Palavras 829
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Pesso perdao pelo ultimo capitulo, esqueçam o que foi dito e recomeçem a historia por aqui, boa leitura..

Capítulo 6 - Capitulo 6 "noite de tragédia"


23 de março de 2017.                         13:45h

As palavras de Felipe pareciam ter atingidos Paulo de uma forma inesperada pois o rapaz estava ali parado olhando para ele sem entender o que estava acontecendo com certeza aquela nao era a reaçao que ele espereva, eu mesmo estava surpreso.e Felipe completa.

-se era isso que você queria entao conseguiu, sou gay mesmo gente, mas isso nao me faz melhor nem pior do que vocês.

Apos o termino de frase de Felipe todo o refeitorio fica quieto e naquele momento so sabia penssar em como sentia orgulho daquele homen maravilhoso que a vida havia me dado, minha vontade era de ir para seu lado e beijalo muito mas acho que isso seria idiota levando em conta a ocasião, foi ai que começaram uma garota no fundo do refeitorio começou a puxar palmas, e em questões de segundos todo o refeitório estavam aplaudindo o Felipe de pé, entao Paulo pega na mao de sua namorada e sai andando do refeitorio chutando tudo.me aproximo de Felipe em meio as palmas e digo bem baixinho proximo ao seu ouvido,

-você é o cara mais corajoso que eu conheço

E ele responde

-sou não, quer dizer ainda não

Entao ele vira meu rosto e me beija, ao som de uma musica do "One direction" que eu nao tinha ideia de qual era o nome……

28 de março de 2017. 15:10h

O resto da semana foi bem tranquila, Paulo nao falava com Felipe porem parecia que a lista de amigos dele havia aumentado exponencialmente, pos agora todos queria conheçer o "famosos herói LGBT" de todo campus, sim deram esse nome pra ele. Entai chegou o fim de semana e eu queria muito fazer algo diferente, encontrar ele no nosso lugarzinho era otimo eu amava, mas eu tava querendo dar um passo maior entao peguei meu celular e mandei

MENSSAGENS

Oi

Ta ai?

To sim mah

Pode falar

To com saudades de você😏

🙈🙈🙈🙈

Tambem to mas vamos nos ver daqui a pouco nao?

Sim sim, mas eu queria

La vai, que tal nos irmos para um lugar diferente hoje??

Que tipo de lugar boate?

Não não, tipo barzinho? Bora?

Claro, tenho um otimo lugar pra irmosm……

Quero so ver😘😘

Desliguei o telefone e fui me arrumar, meu coração faltava pouco pra saltar pela boca era a primeira vez que fariamos algo estilo casalzinho se é que eramos isso.continuei a me arrumar quando deu as 20h inventei qualquer coisa para minha familia em casa e segui para a Rural, estava animado em onde o Felipe me levaria quando cheguei la ele estava maravilhosamente explendido, com um casaco preto com uma listra vermelha nos braços e uma calça escura e um tenis preto de bico fino, ao me ver ele soltou aquele sorrisinho encantador segui em direçao a ele e o beijei entao ele disse

-eai preparado pra surpresa?

Olhei para ele sorrindo e disse

-é ne, nao disse nada mais sabe que sou todo ancioso e odeio surpresas.

Ele sorrir de volta e responde

-sei por isso que nao falei nada, gosto de ver sua carinha quando ta com raiva

Dou um sorriso meio forçado e digo

-hahaha muito engraçado, mas pra onde vamos?

Ele diz galanteamente

- qual lugar eu deveria levar um otimo cantor?

Eu respondo pra ele com tom sarcastico

-primeiro nao sei onde esta o ótimo cantor e segundo sei la, no show da Anitta? Gargalho no final da frase

Ele diz

- um otimo cantor sim, e por isso que te levarei em um karaoke, ainda nao o vih cantar mas tenho certeza que é otimo.

Olho para ele soriio pego em uma de suas maos e digo

-vamos?.

Ele responde

-Bora

Quando chegamos eu ja estava totalmente nervoso, afinal so de saber que tinha que fazer algo em publico ja me fazia pirar, o lugar era lindo meio escuro com um palco iluminado de azul e umas mesas em volta, escolhemos uma mesa nao muito chamativa que demos sorte de conseguir ficamos ali sentados por um tempo bebendo, comendo, conversando e tudo mais ate que por fim eu me senti a vontade e disse a ele

-Feh, você é um verdadeiro Príncipe nao podia ter me trago em um lugar melhor.

Ele me olha damos uma olhada a nossa volta e percebemos que todos estavam ligados no cara que estava cantando e nos beijamos apaixonadamente ate que depois de 2 minutos se beijando ele me larga e diz

-então que horas vai cantar pra mim?

Eu ponho as maos no rosto mostrando que estava com vergonha e antes que pudesse dizer qualquer coisa somos abordados por um garçom que diz

-meninos desculpe atrapalhar, mais a casa ta lotada se importariam em dividir a mesa?

Felipe fica meio estranho de dizer que nao entao tomo a frente e digo.

-Claro que nao, pode trazer pra sentar

Com certeza essa foi a pior escolha que eu tomei, quando o casal tbm gay se aproximava de nois dois felipe levanta da mesa com um rosto de espanto e diz

-Lucas.

Olho para o garoto e sim, era exatamente ele o ex namorado de Felipe, com seu atual namorado na mesma mesa que a nossa.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...