1. Spirit Fanfics >
  2. Meu foco é você.- Imagine- Jaeyong >
  3. Dois-Uma noite

História Meu foco é você.- Imagine- Jaeyong - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 2 - Dois-Uma noite


- Eu nunca mais durmo no seu apartamento! - reclamou Jaehyun.

- Por que? - perguntou Taeyong arrumando a mesa para o café da manhã.

- Que negócio duro, minhas costas estão doendo até agora! 

- Então eu acho bom você achar sua chave depois do café.

Era demais para o Loiro ainda deixa o outro dormir na sua casa e ouve um desaforo desses, o sofá não era duro mais também não tão confortável como uma cama.

- Pois eu vou mesmo.

Taeyong ouviu a campainha tocar e foi até a porta se deparando com Yuta seu melhor amigo.

- Entra aí.

Quando estavam na cozinha já o Japonês viu um rapaz que nunca nem ouviu falar antes.

- Quem é esse aí?- perguntou se sentando na mesa.

Será que era mais um dos ficantes do amigo? Mas Taeyong não costumava sair com vários caras ele era até calmo.

- Meu vizinho filho do melhor amigo do meu pai, ele perdeu a chave do apartamento e veio para cá.

Jaehyun viu aquele mesmo menino de cabelos vermelhos só que agora não sabia seu nome, olhou bem para o rosto a sua frente e viu que não se tratava de um coreano.

- Você é japonês?

Viu o outro assentir.

- Yuta e você? 

- Jaehyun.

O Jung de certa forma ficou com um pouco de ciúmes não soube o porque.

- Eu vou dormir aqui hoje Tae.- falou atraindo um olhar curioso para si.

- Vocês namoram?

- importa? 

Depois de alguns minutos Jaehyun foi até o estacionamento e entrou em seu carro encontrando a chave debaixo do banco, parecia até brincadeira mas ele se sentiu atraído por Taeyong.

O Lee tem um corpinho escultural, um belo rosto e é marrento e Jaehyun se viu interessado. 

               ☆゚.*・。゚_________☆゚.*・。゚ 

- Tá' de brincadeira né Taeil?

- Não tô' não, ele agora tá com o Jungwoo

Doyoung sentiu uma pontada no seu coração, estava sofrendo por amor por Johnny o moreno é claramente seu tipo ideal.

- Isso é uma palhaçada! - reclamou atraindo olhares para si no grande hospital.

Doyoung é um enfermeiro e trabalha com Jaehyun, Jhonny e Taeil.

- foi o que eu achei...

Jhonny não gostava do pobre garoto o Kim que sempre manteve um amor não correspondido pelo amigo.

- Aish!

- Calma Dodo você merece alguém melhor.

- Mais eu amo ele, amo entende Taeil? - falou abraçando o mais velho.

E bom Taeil? Esse sofria por Doyoung tão apaixonado mais não poderia fazer nada se o Kim o via como um amigo.

- Eu sei você o ama...

Era doloroso ver o amigo sofrendo por um homem que não o ama que gosta de outro... E Jungwoo? Há esse ninguém sabe se ele gosta mesmo do outro.

- Me ajude Hyung, me ajude a esquecer ele sim?

- Como eu posso te ajudar? - perguntou sentindo o coração bater rápido.

- Arrume alguém para mim, alguém que eu possa amar.

Taeil nada respondeu mas teve uma idéia não tão boa.

Já estava terminando de arrumar suas coisas para ir para casa quando viu Jaehyun saindo de sua sala.

- Jae.

- Oi?

- Quero sua ajuda.

>>>

- Então é só isso que eu tenho que fazer?

- É sim.- respondeu o Jung.

- Uau então é fácil.

O amigo se despediu de Taeil indo dessa vez para sua casa.

O rapaz fez uma conta em um aplicativo de relacionamentos e passando por várias fotos até que achou uma que o chamou atenção era a imagem de uma flor e um coração (coraçãozinho coreano) o nome do usuário é: MyamorD.

Começou a conversa por mensagem com a pessoa do outro lado e se sentiu interessado, pediu até uma foto para o garoto do outro lado mais a única coisa que veio foi: Eu não posso, estou passando por um momento difícil.

            ☆゚.*・。゚_________☆゚.*・。゚

- Taeyong você faz programa?

- Não por que? 

- Tem uma foto sua aqui no site de garotos de programa.

- Não pode ser.- foi correndo para a sala pegando o celular da mão do Japonês.

- Bora processar liga lá para aquele amigo da sua mãe.

E foi o que fez... O Lee ligou para a mãe pedindo o telefone do advogado e logo ligando e em resposta teve horário marcado para as 8:40 da manhã.

Após tomar seu banho ouviu algumas batidas na porta.

- Yuta atende aí.

- É o Jaehyun!

O loirinho foi para ver o que o Jung queria e encostou a porta atrás de si.

- Eu estou te esperando à mais de meia hora e nada, vamos.- falou pegando no braço do loiro.

- Para que? 

- Ué o anúncio eu paguei e agora quero o serviço.

- Quanto você pagou?

- 700 reais por duas horas.

- Me desculpe Jaehyun mais aquilo foi um golpe, eu não vendo meu corpo.

-Mais eu paguei...

- Eu não tenho o dinheiro agora.

- Vamos só uma noite então.

- Como é que é? Eu te pago na semana que vem.

- Não eu não aceito, eu quero o seu corpo.

Taeyong se sentiu perdido entre querer ou não querer.

- Vamos eu preciso da resposta.

- Eu posso responder isso.

- Vamos responda você quer?- perguntou puxando a cinturinha fina e bem desenhada para si, sentiu a respiração do maior no seu pescoço.

Ele negaria ou não? O Jung era um homem gostoso para porra.

-Eu....


Notas Finais


Será que...
Bjinhos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...