História Meu forte dragão - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Seven Deadly Sins (Nanatsu no Taizai)
Personagens Arthur Pendragon, Ban, Diane, Dreyfus, Elaine, Elizabeth Liones, Escanor, Gilthunder, Golgius, Gowther, Griamor, Guila, Hauser, Helbram, Hendriksen, Jericho, King, Liz, Margaret, Meliodas, Merlin, Personagens Originais, Ruin, Veronica, Zaratras
Tags Baine, Kiane, Melizabeth, Nanatsu No Taizai
Visualizações 202
Palavras 1.423
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Luta, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi, oi, oi!
Boa leitura ^-^

Capítulo 3 - O encontro


Fanfic / Fanfiction Meu forte dragão - Capítulo 3 - O encontro

P.O.V Elizabeth

*Depois daquela ligação, eu e as meninas continuámos conversando, até que elas foram embora, durante a noite eu ficava rolando na cama ainda pensando no tal encontro, como eu pude ter aceitado isso? No dia seguinte eu me arrumo para ir a escola, nem se quer tomo café da manhã, ainda nem havia chegado a hora do encontro e eu já estava nervosa, eu fui pra escola junto com a Verónica, chegando lá eu fiz o que sempre faço, vou pra minha sala de aula com a cabeça baixa e me sento na última cadeira, logo a Elaine e a Diane chegam, a Diane estava rindo feita uma condenada enquanto a Elaine parecia está furiosa.

Elizabeth: O que aconteceu?

Diane: Rsrsrs A-aquele tal de... rsrrsr Ban...

*Ela mal conseguia falar de tanto ri, a Elaine se senta na cadeira perto de mim ainda furiosa.

Elizabeth: Calma... Respira Diane!

Diane: Tá rsrsr... Vou te contar...

Flashback ON

​P.O.V Diane

*Eu havia acabado de chegar na escola com a Elaine, quando o Ban se aproxima da gente.

Ban: Eae lorinha, tudo bem?

Elaine: Te interessa?

*Ela fala com raiva enquanto eu seguro a risada.

Ban: Nossa... Que ignorância! Só queria te chamar pra gente dá uma voltinha ali atrás da escola... Topa?

*A Elaine da um chute na perna do Ban, nessa hora eu não aguentei e comecei a ri.

Elaine: ME DEIXA EM PAZ DESGRAÇA!!!

Ban: QUAL É O SEU PROBLEMA?!

Elaine: MEU PROBLEMA É VOCÊ IDIOTA!!!

*Eu simplesmente não parava de ri, já estava ate ficando com falta de ar, a Elaine e me puxa pelo braço me levando para a sala de aula, ela parecia está furiosa...

Flashback OFF

P.O.V Elizabeth 

*A Diane conta tudo que aconteceu e eu também caio na gargalhada deixando Elaine ainda mais furiosa.

Elaine: DEUS! O que eu fiz pra merecer ser amiga dessas duas?

Elizabeth: Rsrsrs que fofa!

*Eu aperto as bochechas da pequena, logo o sinal toca e todos entram dentro da sala inclusive o professor Escanor, espera... O Meliodas e o Zeldris ainda não chegaram.

Diane: Cadê o Meliodas?

Elaine: E o Zeldris?

Elizabeth: Não faço a mínima ideia...

*Nós falamos baixo para o Escanor não percebe...

Escanor: Moças ai atrás! Vamos deixar as conversas de lado.

*Logo o Meliodas e o Zeldris entram na sala super apressados, eles estavam empurrando um ao outro, o Zeldris parecia está com muita raiva.

Zeldris: EU DISSE PRA VOCÊ NÃO COZINHA!

Meliodas: EU NÃO SABIA QUE IRIA FICAR TÃO RUIM DAQUELE JEITO!

Zeldris: MAIS VOCÊ SEMPRE FAZ...

Escanor: Rapazes...

*Eles são interrompidos por Escanor.

Escanor: Vocês sabem que horas são?

Zeldris: Foi tudo culpa do Meliodas.

Meliodas: Mentira...

Zeldris: MAS FOI VOCÊ QUE...

Escanor: Tá, Tá! Vou deixar passar dessa vez, mais espero que não se repita novamente!

*O Escanor interrompe eles novamente, e logo os dois vão se sentar ainda discutindo... A aula continua, eu estava muito atenta pois era aula de português, minha matéria preferida! Logo o sinal toca novamente e eu vou para o refeitório junto com Diane e Elaine, eu estava andando tranquilamente quando cinto alguém colocar o pé na frete me fazendo tropeçar e caí, porém... Eu acabei caindo em cima de alguém... QUE?! MELIODAS!!!

Meliodas: Olá Elizabeth!

*Ele fala enquanto eu coro mais que tudo! O refeitório estava lotado, todos pararam e ficaram olhando pra gente, cade um buraco pra que eu poça enfiar minha cabeça dentro dele?

Elizabeth: D-des-culpa...

Meliodas: Não foi nada...

*Eu saio de cima dele e percebo quem havia colocado o pé para que eu caísse em cima do Meliodas... Ban!

Meliodas: Ban seu cretino...

*Eu saio de perto do Meliodas rapidamente indo me sentar em uma mesa junto com Diane e Elaine, as duas ja haviam pegado seus lanches, mas eu estava sem fome, apenas deito minha cabeça sobre a mesa ainda morrendo de vergonha...

Elaine: O que foi isso que aconteceu?

Elizabeth: Que vergonha... Eu quero sumir da face da terra!

*A Diane parecia esta triste.

Elaine: O que foi Diane?

Diane: Não é nada! 

*A Diane dá um sorriso que mais parecia ser forçado, nós continuámos lá conversando ate o recreio acabar, quando isso aconteceu nós voltámos para a 2° aula, a cada segundo que se passava eu ficava mais nervosa, estava perto do "encontro", eu estava super nervosa, logo a aula acabou e eu ja estava guardando minhas coisa na mochila quando o Meliodas se aproxima de mim.

Meliodas: Oi Elizabeth!

*Naquele momentro eu fiquei sem reação... Ainda bem que Elaine e Diane estão do meu lado.

Elaine: Vamos deixar o casalzinho sozinho, se forem fazer alguma coisa a mais usem camisinha, tchauzinho...

*Ela fala com a maior naturalidade do mundo puxando Diane para fora da sala, bando de traira...

Meliodas: Elas não batem muito bem da cabeça né?

Elizabeth: A-acho q-que sim...

Meliodas: Não precisa fica com vergonha perto de mim!

Elizabeth! O-ok... Vou tentar!

*Eu e o Meliodas saímos juntos da escola e fomos até a tal lanchonete... Que vergonha! Eu quero sair correndo pra bem longe daqui! Nós sentámos em uma mesa da lanchonete, eu ainda estava fazendo cosplay de tomate.

Meliodas: Elizabeth... Porque você não tenta se inturma com as outras garotas? Eu sempre vejo você apenas com a Diane e a Elaine...

Elizabeth: B-bem... Eu simplesmente não tenho coragem pra isso! Acho que se eu for tentar falar com alguém poço parecer estúpida para a pessoa...

Meliodas: Porque alguém acharia isso de você?

Elizabeth: N-não sei...

Meliodas: Você é uma garota admirável Elizabeth...

*Ele fala sorrindo enquanto eu coro mais ainda, logo uma garçonete veio nós atender.

Garçonete: O que desejam pedir?

Meliodas: Eu gostaria de um hamburguer com batata frita e um milk shake de chocolate.

Elizabeth: Eu vou querer o mesmo por favor.

*A moça anota nossos pedidos em uma caderneta e vai embora.

Meliodas: Parece que temos gostos parecidos!

Elizabeth: S-sim...

A verdade é que eu não consegui pensar em nada...

*Logo nossos pedidos chegaram, o Meliodas parecia que tava passando fome a uma semana, devorou tudo em pouco tempo já eu mal conseguia comer de tanto nervosismo, quando nós terminamos o Meliodas pagou a conta e nós saímos da lanchonete.

Meliodas: Que fazer algo divertido?

Elizabeth: Hein?

Meliodas: Vem comigo!

*Ele pega meu pulso com delicadeza e me guia até um parque de diversões, nós começámos a ir em vários brinquedos do parte, teve um de "tiro ao alvo" que o Meliodas conseguiu acertar e como recompensa ele ganhou um ursinho rosa de pelúcia.

Elizabeth: Rsrs que fofo!

Meliodas: Toma!

*Ele fala me dando o urso

Meliodas: É meu presente pra você!

*Ele fala sorrindo e eu logo pego o urso e pulo no Meliodas o abraçando.

Elizabeth: NHOOW!!! Muito obrigada! Eu sempre quis ter um ursinho de pelúcia...

Meliodas: Rsrs fico feliz que gostou!

*Aquilo era inexplicável... Eu não sentia mais vergonha alguma do Meliodas, cada momento com ele era especial pra mim! Já estava escurecendo, e nós decidimos ir na roda gigante, conforme nós íamos subindo, eu contemplava mais ainda as estrelas, o Meliodas estava sentado do meu lado e ele também observava as mesma...

Meliodas: Elizabeth... Você sempre foi tímida desse jeito?

Elizabeth: Não...

Meliodas: "não"?

Elizabeth: Antes eu era uma garota normal como todas as outras...

Meliodas: O que aconteceu para que você fica-se tímida assim?

Elizabeth: Meu pai sempre foi um homem frio e viciado em trabalho e eu nunca conheci minha mãe, meu pai queria que suas filhas fossem perfeitas, por isso, proibiu a mim e a minhas irmãs de fazermos amigos... Ele dizia que as pessoas eram más influências, minha infância foi muito solitária, até eu conhecer Diane e Elaine, elas foram as únicas que ao em vez de me criticarem ou me chamarem de "escrota", tentaram ser minhas amigas... Meu pai as vezes também era muito agressivo e muitas vezes me impedia ate mesmo de brincar, por isso que eu sempre tive vontade em ter um ursinho de pelúcia, porque eu nunca tive um...

*Sinto lágrimas escorrerem pelo meu rosto em quanto eu contava tudo para o Meliodas, mas logo sinto uma mãe enxugar as mesma.

Meliodas: Tudo isso é passado... Você quem constrói seu futuro! Não tem nada haver com o seu pai, apenas seja você!

*Ele fala com um sorriso lindo no rosto enquanto enxuga as minhas lágrimas, eu sorrio junto com ele e logo o abraço.

Elizabeth: Obrigada, Meliodas...

*Nós ficamos ali na roda gigante por mais um tempo, até que descemos da mesma e o Meliodas me levou para casa...


Notas Finais


Porque será que a Diane estava triste?
Elaine você e muito stressada!
Gostei de vê Meliodas!
Espero que tenham gostado ^-^
Tchauzinho...




Deem uma olhadinha na minha outra fanfic de Nanatsu No Taizai <3
Link: https://spiritfanfics.com/historia/os-renegados-10676109


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...