História Meu guarda-costas - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Ação, Adultério, Bangtan Boys (BTS), Romance, Violencia
Visualizações 5
Palavras 759
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Mistério, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom gente reescrevi uma outra história pois não estava gostando muito do resultado da outra então, está aqui.
Espero do fundo do meu coração que vcs gostem.

BOA LEITURA ANJOS 👼🏼♥️

Capítulo 1 - O começo


Fanfic / Fanfiction Meu guarda-costas - Capítulo 1 - O começo

O começo 

 

Point view s/n

 

Mais um dia entediante, aff.

Eu me encontrava na minha cama enquanto meu pai resolve algo na sala com os seus “sócios”, e eu não podia sair do meu quarto pq meu não deixava eu saber de nada, nadica de nada mesmo.

Bom pra vcs não ficarem perdidas eu vou contar um pouco sobre eu.

 

Me chamo s/n e tenho 20 anos, sou filha de um empresário-oque todos acham-e sim, sou rica tenho tudo que eu quero na hora que eu quero, PORÉM não sou mimada/nojenta/patricinha como vc estão pensando okay? Bom, meu pai e chefe de uma gangue/máfia-sim, ele é o chefão que manda e tudo e todos-. Minha mãe morreu antes mesmo de eu conhecê-la. Sim, ela morreu em seguida depois de me colocar nesse mundo, e não, ela não morreu por estar fraca ou pq não aguentou o parto. Nada disso, ela morreu pois um dos inimigos do meu pai tinha um plano de matar minha mãe enquanto estava grávida de mim, ou seja o plano dele era de tirar as pessoas que meu pai mais ama nesse mundo, mas como tudo não é a mil maravilhas pra todos o pulando dele não deu certo e acabou que matou só a minha mãe. 

Então pra evitar a minha morte ou sei lá, fui criada em meios a armas, facas, lutas, e muita mas muita violência. Meu pai sempre disse que era pra mim crescer já pronta pra qualquer coisa e mais blá-blá-blá. Eu sempre odiei isso, essas matanças entre dois grupos ou mais, de matar pessoas inocente por devem pra ele, ou até mesmo as vendas de drogas. Nunca gostei disso. Sei que não certo mas, des de que eu me entendo por gente venho tratando meu pai como se ele não fosse meu pai. Eu sei que deveria estar grata por ele me proteger e me dar as coisas que eu preciso ou até mais, mas eu só queria ter uma vida normal, uma pai que trabalha de um jeito certo, não arrancando vidas de pessoas, isso é muito desconfortável, por isso que eu digo, ODEIO MINHA VIDA. 

 

Mas pra compensar essa minha vida inútil, tenho minhas melhores amigas que são, Margot, Evelyn, Camille, Ully, Zoé, Tatiana que tem são filhas de mafiosos. Os pais delas tbm trabalham pro meu pai, e como eu, algumas delas não conheceram a mãe delas, outras perderam a mãe quando tinha uns 3 entre 5 anos-tbm por causa dos inimigos dos nossos pais-. 

 

Com isso tudo, todas nós temos um guarda-costas.

O meu guarda-costas e o Jimin, o da Margot e o Namjoon, o da Evelyn e o Seokjin, o da Ully e o Taehyung, o da Tatiana e o Yoongi, o da Camille e o Hoseok, e o da Zoé e o Jungkook todos eles são bem sérios, não falam nada, só ficam atrás de nós que nem carrapatos, e acredite, isso irrita MUITO. Não importa ande nos vamos eles sempre estão nos acompanhado, tipo agora, Jimin não sai da porta do meu quarto, diz ele que coisas ruins não importa aonde a gente esteja sempre acontecem e e muito bom previnir e andar segura. Cara qual é, eu já tenho 20 anos, sei me vira caralho. 

 

Telefone tocando

 

Ouço a melodia tranquila do toque do meu celular e logo pego o mesmo e vejo o nome “tropa de elite” na tela-oque e bem cafona não é mesmo- tropa de elite e o nome do nosso grupo, de nós sete, e não me pergunte o porque desse nome, pois foi a retardada da Ully que colocou esse nome, pois segundo ela e um nome adorável, sim, ela uma deb mental. 

 

Eu: alô?- falo logo que atendo-.

 

Ully: EAE MEU AMORES MAIS AMADOS-fala/grita-.

 

Tatty: oh caralho vai gritar no ouvido da seu cu porrah- fala quase atravessando a mão no celular pra dar uma na cara da Ully-. 

 

Evelyn: olha a boca tatty. 

 

Zoé: desconheço essas duas, pai amado.

 

Cami: gente quisso em?

 

Margot: quanto amor em.

 

Eu: *suspiro* então, oque que vcs tem nesses miolos de minhocas em?- já sabia que uma delas pensaram em algo pra nós nos divertimos o resto do dia desse sábado tão “interessante”. 

 

Zoé: gente, vamos pro shopping? To precisando de roupas novas e um celular novo, pq esse meu celular viu, já to sentindo a idade dele. 

 

Todas nós: topo.

 

Evelyn: okay, então nos encontramos na casa da s/n pois ela é quem mora mais perto do shopping. 

 

Eu: okay. Vou me arrumar, até.

 

Todas:okay, ate.

 

 

 

continua.....


Notas Finais


Espero que tenham gostado!
Amanhã eu volto com outro capítulo okay? Bjs amores!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...