História Meu híbrido inocente (Jikook) - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Tags Bangtan Boys, Bts, Jhope, Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, Kpop, Namjin, Rap Monster, Shipp, Suga, Todos, Vhope, Vkook
Visualizações 2.106
Palavras 1.012
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Esse será o último capítulo por hoje.

Capítulo 8 - Na adoção.


Fanfic / Fanfiction Meu híbrido inocente (Jikook) - Capítulo 8 - Na adoção.

Depois que Taehyung contou que eu "transei" com a Jennie, eu fiquei muito envergonhado, porque eu não queria fazer isso tão cedo, mas agora já foi. Espero que aquela vadia saia da empresa, o mais rápido possível, não vou aguentar nem olhar para cara daquela cachorra.

Fico nos meus pensamentos distraído, quando percebo que Taehyung estava falando comigo.

"E aí, vamos? "- pergunta Taehyung.

Sacudo um pouco a cabeça de um lado para o outro.

"O que você estava falando? "- pergunto olhando para Taehyung.,

"Eu perguntei se vamos almoçar? "- disse Taehyung.

"Ah desculpa, eu estava distraído e nem prestei atenção no que você disse."- falei e me levanto da cama.

"Tudo bem, acontece."- disse Taehyung e sorriu logo em seguida-"então? ".

"Estão o que? "- pergunto confuso.

"Aff Jimin, eu ja falei! "-exclamou Taehyung com a voz um pouco rude.

"Ah sim lembrei , vamos "- digo e logo saio do quarto e Taehyung veio atrás de mim.

Fomos para a cozinha, tentar preparar algo para comer, porque eu e Taehyung não sabemos cozinhar nem um pouco. Eu só compro comidas industrializadas, porque eu não tenho tempo de fazer comida, ainda mais que eu moro sozinho para que eu irei fazer comida?

[...]

Preparamos um lamen que compramos no mercado e sentamos em volta da mesa para comer.

"Está bem Jimin?"- pergunta Taehyung colocando lamen na boca.

"Sim, porque? Tem algo de diferente?"- pergunto.

"Não é nada, é que os meninos falam muito de você para mim"- disse Taehyung olhando para mim.

"O que eles falam de mim?"- pergunto, estava muito curiso para saber.

"Os meninos falam que você precisa sair mais, curtir mais a vida e conhecer algumas pessoas."- disse Taehyung voltando a comer o lamen.

"Sabia!"- Ri forçado me afastando na mesa e encostando a costas na cadeira, batendo as mãos logo em seguida na mesa.-"Sabia que eles iriam ficar falando disso de mim"- respondi.

"Eu sei que você não gosta de tocar nesses assuntos, mas eles querem ver você feliz."- disse Taehyung olhando para mim.

"Eu sei que todos vocês querem me ver feliz, mas o problema é que eu não tenho que ter relacionamento para ser feliz, porque o que me deixa feliz é a amizade de vocês, é isso que me importa."- olho fixamente para Taehyung e dou um leve sorriso.

"Ahh"- sorriu e desviou o olhar, olhando para o lado-"Me desculpe se eu te magoei em alguma coisa."- disse ele voltando a me olhar.

"Taehyung, você não me magoou, na verdade ninguém me magoou, só fico nervoso quando tocam nesse assunto de "relacionamento".-falo com o tom de voz calma.

Taehyung apenas concordou e voltamos a comer o lamen.

Não tocamos mais nesse assunto.

[...]

Já era praticamente 18:37㏘ e Taehyung já tinha ido embora.

Estava assitindo TV quando passou um lugar onde estavam doando animais e esse lugar é super perto da minha casa.

Já que eu moro sozinho e os meninos ficam me enchendo o saco de que eu preciso de uma "companhia", amanhã eu irei ter um.

Desligo a TV e vou para o meu quarto.

Já eram 21:16㏘, resolvi tomar um banho relaxante, para tirar todo o cansaço e pensamentos pesados.

[...]

Termino o meu banho, coloco um shots moletom preto com uma camisa azul bebê e vou deitar na cama.

Resolvo pegar um livro para ler.

Gosto de ler livros, isso me deixa ainda mais tranquilo.

Sem perceber, por alguns minutos acabo adormecendo.

[...]

No dia seguinte

Hoje é domingo.

Acordei praticamente umas 13:12㏘, com o livro aberto sobre o meu peito.

Levantei da cama e já fui direto ao banheiro fazer as minhas higienes matinais.

O ruim de um homem quando acorda, é que o nosso amiguinho acorda mais cedo que nós mesmos.

E isso é um pouco complicado, mas fazer o que né?

[...]

Terminei as minhas higienes e fui para a cozinha comer algo.

Como de sempre, peguei uma banana e uma maça.

Quando eu acordo eu não sinto fome, mas sempre como algo saudável para me fortalecer.

[...]

Já eram umas 15:47㏘, e me lembrei da nova adoção de animais que eu vou ir ver.

Talvez hoje eu volte para casa com um novo companheiro, quem sabe assim os meninos parem de ficar falando que eu estou sozinho.

Subo para o meu quarto, para trocar de roupa.

Resolvi colocar uma bermuda cinza claro com alguns rasgos de leve, uma camiseta marrom claro com desenhos de folhas na barra da camiseta, dando um visual parecido como de um surfista, coloquei a minha sandália marrom, pentiei o cabelo com os dedos e prontinho.

Peguei a minha carteira, que está todos os meus documentos e sai de casa a pé mesmo, porque como eu já disse, já que é super perto da minha casa.

[...]

Caminhei uns 10 minutos, cheguei na adoção.

Era uma adoção muito linda, na frente tem um espaço grande com grama, onde eu vi cachorros correndo, e tinha vários brinquedos.

Entrei na adoção e fui recebido com a funcionária do local.

"Olá, seja bem vindo Senhor, na nossa adoção de animais."- disse a moça e fez reverência.

"Olá, muito obrigado."- retribui o gesto.

"O que o Senhor procura?"- disse a moça saindo de trás do balcão.

"Estou em procura de uma nova companhia."- disse olhando para vários animais.

"Que legal Senhor, aqui é um ótimo lugar para ter um amiguinho."-disse ela-"vem comigo, que eu irei mostrar todos os animais dessa adoção."- disse ela andando para uma sala, onde ficava vários filhotes de animais.

Os animais alí eram bem agitados, e pareciam bem contentes com aquele lugar.

"Aqui é onde fica os filhotes. "-disse ela indo em direção a um filhote de cachorro.

"Legal. Que fofinho! "-digo.

"Quer pegar? "- perguntou a moça estendendo o pequeno animal para mim.

"Sim."-digo, pego o pequeno cãozinho e coloco ele encostado sobre o meu peito.-"você tem outros animais? "- pergunto.

"Sim, temos vários! Temos gatos, cachorros, peixes, coelhos, porquinho da índia, Hamster e vários outros. Ah, e também temos híbridos "-disse ela.

"Híbridos? "- perguntei.

"Sim, são junções de dois tipos de espécies diferentes. Exemplo: se juntar um Humano com um animal qualquer."-disse ela-"me siga que eu irei mostrar alguns, eles ficam em uma sala grande, porque eles precisam de espaço. "-falou e logo em seguida começou a caminhar. Coloquei o filhote no chão e apenas a segui.

Continua... 


Notas Finais


Não fiquem me cobrando sobre o shippJikook por favor, isso me deixa desanimada a continuar a publicar. Eu sei que o imagine é sobre Jikook, mas eu acho que tem que ter mais acréscimo para a história ficar interessante. Estou me esforçando para fazer um imagine longo e detalhado para vocês. Espero a compreensão de todos. Amanhã irá ter mais. E amanhã Jungkook será inserido na história, só estou deixando claro para não me cobrarem.
Bjs até!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...