História Meu Híbrido JIKOOK - Capítulo 12


Escrita por: e Any_Yool

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook
Visualizações 108
Palavras 1.433
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg)
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente muito obrigado pelos 100 de favoritos eu escrevi essa fic pensando que eu teria só 10 favoritos 😂😂 mais vocês são fodas e eu quero agradecer a Any-Yool que me ajudou a fazer o lemon e agora é minha coautora 😍❤ Boa leitura e desculpe os erros

Capítulo 12 - Cap 12


Fanfic / Fanfiction Meu Híbrido JIKOOK - Capítulo 12 - Cap 12

Você não tem que ligar para o que eles dizem....

Eu tento...Mais eu ligo...Eu finjo não ligar...Mais por dentro...Estou morrendo...Estou com ódio...Estou triste...Já cheguei no meu limite

Você está errado...Você é isso...Você é aquilo

Não precisa lembrar como eu sou...O Quanto Idiota Eu Posso Ser...Ou Apontar O dedo, Toda Fez Que Eu errar...Eu Sou Humano ...Como Você...

Eu vou cair...Eu vou sangrar .... Mais...Vou me levantar e seguir em frente

Eu sei chorar...Assim como você...palavras machucam... pessoas machucam... A vida...machuca mais as vezes um pouco de realidade e bom

As vezes.... As pessoas têm que ver.....que todos so si importam com si mesmo...que a beleza sempre vai ser colocada acima da inteligência...Mais o que realmente temos que perceber...E que as vezes... Nos só temos... que... Não se importar

Kook XXXX

Tiveram que me tirar da sala a força e me sedaram ,não sei quanto tempo fiquei desacordado mais quando abri meus olhos , eu estava numa cama do lado do jimin

Ele estava deitado com o rosto virado então eu não podia ver seu rosto , me levantei e fui em sua direção puxei uma cadeira e me sentei e fiquei segurando a sua mão, estava quase adormecendo quando sinto minha mão ser levemente apertada olhei para o jimin e o vi abrindo os olhinhos

Jm - k-kookie

Jk- jimin calma pequeno vou chamar o médico - sair correndo e fui a procura de um médico que o examinou e deixou descansar e disse se tudo continuase bem o Jimin poderia ir embora daqui a dois dias ....

⏰⏰⏰⏰

Bem esses dois dias se passaram rápido e não eu não questionei o jimin por que ele fez isso.... Já estávamos em casa o pequeno estava deitado e eu sentado na cama do seu lado lhe dando o remédio

- Jimin eu não vou te forçar ,então quando você se sentir mais a vontade pode me dizer o que aconteceu para você fazer isso

- o jimin não quer trazer confusão para o kookie

- pequeno você nunca me tará problema pode me contar

- tudo bem -disse de cabeça baixa

flashback on

Assim que o jimin fez suas necessidades o jimin foi lavar a mãozinha quando sente alguém segurando meu ombrinho com força assim que virei vê aquele moça que comprimento o kokie o jimin não gosto dela

- ei seu gato pulguento que uma aberração como você faz andando com meu kook

- o jimin mora com o kookie

- não...Não o Kook nuca irá gostar de um híbrido gordo, feio , olha como você é feio, eis gordo o kook nuca irá gostar de você além do mais ele é meu - o jimin já chorava e tento sair dali mais o moça malvada segurou o jimin e o jogou contra a pia fazendo o jimin bater a cabeça e ver tudo escuro

flashback off

Ahhhh aquela puta desgraçada me paga.....

Já estava de dia eu teria que ir para a empresa e é como não quero deixar o pequeno sozinho resolvi levar ele é o deitar no sofá cama assim fiz quando chegamos a neide ainda não tinha chegado , jimin acabou dormindo no sofá eu tinha colocado um travesseiro e um cobertor pois estávamos entrando na época de inverno

Eu estou olhando uma papelada quando a porta e aberta sem bater e entra a neide com o vestido enfiado no cu com o decote tentando mostrar algum resto de peito da tábua ela vem correndo ate mim e pulando com o resto de peito na minha cara

- kook que saudade do senhor

- e senhor jeon para você agora me solta que temos que conversar

- sim senhor

Quando ela se sentou eu ia começar a falar quando escuto uma vozinha fofa e sonolenta me chamando

- kookie

- Oi meu pequeno - disse me levantando e o pagando no colo e voltando para minha cadeira

- kookie o jimin estava com fominha

- nos já vamos comer pequeno espere mais um pouco está bem - ele apenas assistiu

- O QUE ESSA ABERRAÇÃO FAZ AQUI - a puta da neide gritou fazendo meu pequeno se encolher no meu colo

- ko- quer dizer senhor jeon porque está com uma aberração dessa uma coisa feia gorda horroroso como essa vadi

- nem ouse terminar de falar sabe eu já te aturei demais, o jimin e a pessoa mais importante na minha vida ele não é uma aberração ele chora como você ,ele se machuca como você, ele tem sentimentos como você, ele é mais humano que você , ele não julga as pessoas Pela aparência, ele não é uma puta como você que sai pegando qualquer um e..... Eu jeon Jungkook estou perdidamente apaixonado por esse gatinho ele pode até não sentir o mesmo mais eu nunca vou deixar de amar ele mesmo nesse pouco tempo de convivência ele me tirou das minhas memória mais sombria e por isso -disse colocando o jimin que já estava chorando no chão e me ajoelhando- jimin aceita ser meu namorado

- sim o jimin aceita -eu o Abraço e nos beijamos só nos separamos quando escutamos um grito

- NÃO ISSO NÃO PODE ACONTECER -gritou a neide vindo bater no jimin e óbvio que não deixei

- o que pensa que está fazendo sai está demitida

- eu vou voltar me esperem

Assim que ela saiu o dia foi normal já estava a noite quando

- amor eu quero fazer -disse sentando no meu membro

- tem certeza

- tenho

Carrego Jimin até o quarto com muito cuidado, ele não estava muito pesado. Sinto sua respiração no meu pescoço e logo um beijo molhado que me faz arrepiar.

- J-Jimin… - Gemo deslizando minha mão até sua bunda farta e a apertando com vontade, recebo um gemido de aprovação em resposta.

- Jimin confia em você K-Kookie, ahn… - Ele fala e rebola no meu colo, meu pau já estava desperto.

O coloco delicadamente na cama e dou um selar em sua testa, ele me olha de uma forma tão pura, o puxo para um beijo sensual e cheio de desejo, coloco minha mão em sua coxa e dou leves apertões. Começo a retirar sua camisa, ele cora por vergonha.

- Você é lindo meu amor, eu te amo. - Falo e ele timidamente retira a minha camisa, depois desabotoa a fivela de meu cinto e abaixa minhas calças me deixando só de cueca.

- Kookie, Jimin vai fazer algo, tá bem? - Ele pergunta ainda corado e eu balanço a cabeça em afirmação.

Então ele fica de joelhos e eu me deito, a ereção já espelia um pouco de pré-gozo manchando a cueca. As mãos do híbrido foram de encontro até meu membro, que ele massageou me fazendo arfar. Retirou a cueca e deu um beijinho estalado na minha glande, e depois começou a sugá-la enquanto massageava meus testículos. Me sentia nas nuvens, então ele abocanhou por completo meu pênis me fazendo gemer alto e arrastado, continuou assim por alguns minutos, até que parou e engatinhou até mim deixando um selar em meus lábios.

Troquei as posições ficando por cima e deixei selares em seu pesoço até chegar em seu mamilo, mordisquei levemente para ver como seria sua reação. Recebo uns fortes puxões no cabelo e um Jimin gemendo fino, decido continuar e trilho mais alguns beijinhos até chegar em seu abdômen. Lá eu começo a retirar sua calça e em seguida sua cueca, deixando seu pênis exposto.

- Agora você vai se sentir muito bem meu amor. - Digo começando uma masturbação leve e aproveito para brincar com seus testículos com a língua.

Jimin gemia muito, o virei de costas para mim e beijei sua entrada apertadinha, que foi se abrindo aos poucos e contraindo fazendo com que eu desse um tapa estalado em sua bunda por pura excitação. Enfiei um dedo na entrada dele, recebi algumas reclamações, então continuei a masturbá-lo até chegar ao ápice. Logo pus o segundo e fiz o movimento tesoura preparando-o.

- Amor, vai doer, mas eu te prometo que passa ok? - Beijo as costas de Jimin e pego uma camisinha logo coloco-a em meu pênis e introduzo devagar em sua entrada.

Esperei um pouco até ele se acostumar, algumas lágrimas caíam de seu rosto. Foi quando senti ele rebolar pedindo mais contato, então comecei a estocar. O quarto era preenchido com nossos gemidos, continuamos nessa posição até que decidi mudar de posição. Me retirei dele e me sentei na cama, coloquei ele sentado por cima de mim e comecei a penetrá-lo de novo.

- Ahnn Kookie… Quase lá…- Ele geme.

Então chego no ápice e caímos suados e ofegantes na cama.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...