História Meu Híbrido Pervertido(G-Dragon) - Capítulo 6


Escrita por:

Visualizações 185
Palavras 1.036
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Ficção Científica, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - Capítulo 6


Fanfic / Fanfiction Meu Híbrido Pervertido(G-Dragon) - Capítulo 6 - Capítulo 6

  S/N ON

  Acordei em minha cama, olhei para o lado e GD não estava ali, lembrei da noite de ontem e rapidamente me escondi de baixo das cobertas com um sorriso bobo no rosto, me levantei e fui até o banheiro fiz minhas higienes e tomei um banho, coloquei uma roupa (capa) e fiz um coque alto bagunçado, desçi para a cozinha vendo GD lavando a louça, abracei ele por trás o que fez ele se virar rapidamente e me abraçar.

GD-: Bom dia Noona! -me deu um selinho demorado.

-: Bom dia GD!

    Me soltei dele e sentei na mesa, comecei a comer quando lembrei que tinha que tomar a pílula do dia seguinte, já que GD não usou Camisinha, depois de ter almoçado me levantei e fui até o banheiro, peguei minha caixa de remédios e tomei a pílula, guardei a caixa e desçi para a sala, me deitei no sofá e comecei a assistir Bob esponja, eu sou muito viciada nesse desenho, fechei meus olhos, estava muito cansanda, quando sinto um peso em cima de mim, abri meus olhos e vejo GD, empurrei ele que caiu no chão e fez bico.

GD-: Noona! Não pode empurrar o GD!

-: Desculpa meu amor! -dei um selinho do biquinho dele, então ele me olhou com um sorriso.

GD-: Posso me deitar com vc?

-: Aham -ele veio em minha direção e logo se deitou atrás de mim, ele pegou em minha cintura e ficou vendo o desenho, meus olhos começaram a pesar e logo dormi (au: Cara ela dormi demais! Parece eu😂)

     ........

  Acordei sentindo beijos molhados por todo o meu pescoço. abri os olhos e vi GD.

GD-: A Noona acordou!

-: Sim, sai de cima de mim pfv, tenho que ir fazer as coisas GD!

GD-: Que coisas Noona? -falou saindo de cima de mim.

-: Tenho trabalhos da faculdade pra fazer, msm estando de férias tenho ainda muita coisa pra fazer {Eu não sei se eu falei, mas agora ela está de férias Ok} Me levantei e fui andando até meu quarto, peguei meu notebook e comecei a digitar meu trabalho. GD apareceu na porta, ele se sentou do meu lado na cama e começou a observar tudo que eu fazia.

     [QUEBRA DE TEMPO]

   Eu já estava quase tendo um ataque aqui, GD não parava de me provocar, como vou poder terminar o trabalho assim?

-: GD já falei pra parar! -falei para o híbrido que estava deixando chupões em meu pescoço.

GD-: Noona eu quero atenção! Já faz Três Horas que vc está aí e nem liga pra mim!

     Soltei meu notebook e o olhei, se ele quer atenção vai ter atenção!

     Me aproximei dele e o beijei, o beijo estava lento mais GD logo foi aprofundando, ele me deitou na cama e começou a tirar meu short junto com minha calcinha, ainda me beijando, ele enfiou Dois dedos logo de uma vez em minha intimidade, começou a me estocar forte e fundo, ele separou o beijo e desceu para minha intimidade introduzindo sua língua, ele logo começou a brincar com meu clitóris me causando arrepios, logo começou a chupar forte e aumentando as estocadas, logo gozei em sua boca, ele chupou todinho meu mel.

-: Agora é minha vez Daddy!

    Fui engatinhando até ele, subi em em cima dele e comecei a beijar-lo com necessidade, logo fui tirando sua calça junto com sua cueca box, quando sinto ele pegar em minha cintura e me preencher logo de uma vez e estocar com força.

-: D-daddy! era a minha vez!

GD-: Shiiiu - ele se sentou na cama me fazendo ficar em seu colo, ele estocava com força, logo senti minhas pernas tremerem, antes que eu podesse derramar meu liquido ele me tirou de cima dele, o olhei com reprovação, ele se levantou e foi até o outro quarto, entrou com um chicote e uma algema, o olhei confusa e disse.

-: O-onde conseguiu isso?

GD-: Segredo -ele veio até mim e colocou as algemas em meus pulsos logo prendendo na cama, ele me olhou com um sorriso malicioso, e logo foi passando o chicote por todo meu corpo, meu coração começou a acelerar, ele veio até mim e me deu um selinho demorado e disse.

GD-: Prometo que não irei te machucar Noona! Mas vc tem que me obedecer oq se não já sabe!

    Então o olhei assutada, mas é melhor confiar.

GD-: Fica de Quatro agora!

    Fiz o que ele mandou, logo senti ser preenchida por ele novamente.

GD-: Se gemer apanha!

    Então ele começou a dar estocadas fundas e fortes, a cama começou a ranger, não estava mais conseguindo segurar meus gemidos então o soltei.

-: D-DADDY MAIS RÁPIDO! AWWN

    Gemi quando senti uma ardência em meu bumbum.

GD-: O que eu falei S/N?

-: Q-que não era pra mim g-gemer.

GD-: Então pq não era fazendo isso?

-: E-eu não consigo Daddy!

    Então ele começou a dar estocadas violentas, me fazendo tirar vários gemidos de minha boca, esse homem me deixa louca, e cada vez mais minha bunda doía, cada vez mais chicotadas, minhas pernas já estavam fracas, tentei falar para GD.

-: GD, minha...Awwwn!! -não consegui terminar já que o mesmo me estocou forte e ao mesmo tempo me deu uma chicotada.

GD-: Não me chame de GD, e sim Daddy!

    Então foi aumentando as estocadas, eu já tinha gozado a muito tempo, só não tive coragem de falar para ele parar pq estava com medo dele me machucar.

-: D-daddy, para pfv, E-eu não estou aguentando m-mais! -falei já chorando. ele não disse nada, apenas saiu de dentro de mim e tirou as algemas de meu pulso, ele me pegou no colo estilo noiva e me levou para o banheiro, me colocou sentada na pia e encheu a banheira, logo me pegou e entrou dentro dela comigo, encostei minha cabeça em seu peito e ouvi ele falar.

GD-: Desculpa ter te machucando meu amor, me perdoa!?

-: Te p-perdoo sim! -dei um selinho no mesmo. Depois de ter terminado saímos da banheira e ele me levou até o quarto, me deixou na cama, e pegou uma roupa pra mim usar, ele colocou ela em meu corpo e logo se trocou tbm, apagou as luzes e se deitou comigo me abraçando forte e colocando minha cabeça em seu peito.

GD-: Boa noite meu amor!

-: Boa noite Daddy

    



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...