1. Spirit Fanfics >
  2. Meu híbrido. (Taegyu) >
  3. Cap - 37

História Meu híbrido. (Taegyu) - Capítulo 37


Escrita por:


Capítulo 37 - Cap - 37


Taehyun

Bom, agora eu estou morando junto com o beomgyu em seu apartamento. Eu ainda não deixei de trabalhar na boate, por que eu preciso ajudar o beomgyu com o apartamento.

E eu estou perto do cio. Eu só espero que o beom saiba o que fazer quando esse dia chegar. A mesma coisa com a história dos filhotes, eu acho que gostaria de adotar uma ou duas crianças. Eu gosto de criança e quero ter.

Quero montar uma família com o beom, isto é, se ele quiser né.

Agora eu estou na sala, enquanto ele está na aula. Estou com tédio. O pumpikin está comigo no chão da sala. Ele não para de me cheirar, por conta do meu cheiro diferenciado a cada dia.

Eu não posso sair por que o beom disse que que tem outros alfas por aí, e se eles sentirem o meu cheiro vão querer me pegar a força. Isso é chato mas eu sei que ele só quer me proteger.

De repente o meu celular começa a tocar. O pego e vejo que era mensagem do namjoom.

< Oi

< Ei, o dong disse que está com saudades. Ele não para de perguntar da "mamãe" dele.

Mamãe? >

Ele ainda me chama de mamãe >

< Sim. Ele tá perguntando quando vc vai vir visitar ele.

< Num dia desses ele perguntou quando a gente vai se casar.

Kkkk, aí. >

Ele acha que a gente se ama >

< Pois é.

< E como você está?

< Tá indo essa relação?

Eu tô bem. A relação até que tá indo bem a cada dia.

< Que bom

< Já entrou no cio?

Não, mas estou próximo. >

< Oh. 

nós ficamos conversando por um bom tempo.

Hueningkai

Eu já estava em casa. O De Luca está comigo agora, estou com a cabeça sobre o peito dele e seu braço estava enrolado na minha cintura, mas ele está muito desconfiado. Ele já estava aqui quando cheguei, perguntou onde eu estava, por que eu não pedi carona até a casa dele e por que eu voltei pra casa só agora de manhã. Eu respondi todas essas perguntas, mas não foi o suficiente para ele não ficar com um pouco de raiva, ciúmes e desconfio. Eu e ele ainda não fizemos sexo, e nem quero antes do casamento.

Até que o De Luca desliza a mão até a região de minha bunda.

 tira essa mão metida daí - digo vendo ele colocar a mão devolta na minha cintura.

ah, hyuka, a gente nunca fez sexo. Isso poderia acontecer pelo menos uma vez? - diz desapontado.

não, apenas depois do casamento, já conversamos sobre isso. Não vamos começar de novo - digo sem olhar pra ele e continuo olhando pra tv.

Ele bufa e continua com o silêncio.

Taehyun.

Um bom tempo se passou. Estou entediado, o beomgyu ainda não chegou, e o namjoom teve coisas pra fazer. Estou apenas assistindo um desenho animado. Confesso que eu gostei desse desenho.

Mas eu sentia que algo estava errado. Comecei a sentir um pouco de desconforto entre as pernas. Mas eu ignorei, até que senti uma dor, que piorava a cada minuto.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...