1. Spirit Fanfics >
  2. Meu hokage-san >
  3. Por impulso

História Meu hokage-san - Capítulo 3


Escrita por: rosadinhax

Notas do Autor


Sim, eu resolvi postar isso agora pois me deu muitas ideias e nao queria perder. Passando para avisar que deixarei para amanhã para postar o capítulo sobre a festa. Achei necessário fazer este primeiro para dar mais químicas para depois haver algo mais quentes. E claro que dar mais conteúdo. Só isso mesmo, ah espero que gostem 👉🏼👈🏼❤

Capítulo 3 - Por impulso


Fanfic / Fanfiction Meu hokage-san - Capítulo 3 - Por impulso


A manhã de Sakura já começou tranquila, na verdade não muito, ao se acordar se lembrou de seus sonhos da noite passada, coisas que pareciam tão reais que se sentiria envergonhada se viesse seu ex sensei, talvez nem conseguiria olhar nos seus olhos sem nem lembrar do toques sonhadores que teve com ele, de uma forma tão real como aquela. Parando de pensar nisso se levantou de sua cama já a arrumando, para adiantar mais as coisas que teria que mover de lugar mais tarde. Após isso entraria no seu banheiro de seu quarto, já adiantando tomando seu banho com uma água fria para se acordar melhor. Se sentia muito bem dormindo relaxada que não se acostumou a querer ficar acordada, mas teria tantas pessoas que queria ver que sua vontade foi grande ao certo ponto de entrar naquela água fria e se levar, com uma certa rapidez, estava com frio, algo normal após acabar de acordar. Terminando seu banho se trocou colocando sua roupa de Anbu, pois sabia que teria que fazer uma ronda pela vila, antes de começar a viver como se não trabalhasse em nada. Depois de colocar sua roupa ficou no espelho se vendo, achando ainda mais bonita aquela manhã, será que algum sonho tenha haver com isso? Percebendo que está perdendo seu tempo desceu as escadas rápido já indo na geladeira indo dar uma olhada na mesma, encontrando apenas a comida de ontem que sua amiga tinha feito a ela. Sakura não ficou surpresa nem um pouco, até porque quanto tempo não comprou nada para sua casa, desde de comida a roupas que precisava. Então resolveu já sair de casa indo dar volta as ruas, sem sua máscara. Na sua cabeça as pessoas se sentiriam mais a vontade vendo um rosto tão conhecido. Sim, depois da guerra a rosada ficou ainda mais conhecida, não por sua beleza mas também por suas habilidades. 


E assim passou a manhã, sakura andando pelos os locais observando melhor para não deixar sua missão ser um desastro total. Já estava a ir embora quando sentiu sua barriga roncar de fome, já não seria novidade, até pois ela não comeu nada de manhã; olha que sua fome demorou chegar, já eram 10hrs e começou a se roncar agora. Dando passos para trás foi direto ao mercado, comprando assim alguns alimentos que seriam necessários para um mês para quem mora sozinho. Ao sair do local com as sacolinhas na mão se deparou com cabelos roxo atravessando a rua indo até um loiro o abraçando já em seguida. Não teria como não reconhecer Hinata e Naurto, o seu casal favorito. Sem pensar duas vezes foi até eles andando com calma já se pronunciando.


- Olha se não eu entrei meu casal favorito! - Diria a rosada com um sorriso nos lábios.

- SAKURA-CHAN!!! - Nem conseguindo responder o loiro ele já veio para cima a abraçando, chegando a apertar muito a si.

- Assim você mais me esmagar, seu Baka! 

- Oi, Sakura-chan. Como você está? - Olhou em direção a voz calma que já seria de Hinata.

- Sim sim, como você está Sakura-chan. - Disse Naruto.

- Eu estou bem, e vejo que vocês também. Fico feliz por isso. Alguma novidade? 

- Então... queríamos te convidar para ir almoçar com nossos amigos hoje. Eu iria chamar para jantar mais aí Ino veio com papo de festa já que hoje é sexta, então resolvi ser isso mesmo. Você vai né Sakura-chan?! - Fala o loiro já a olhando para a mesma com uma certa cara de animação.

- Vou sim Naruto, só me diga onde é que estarei lá. 

- Vai ser na antiga churrascaria! Te espero as 13hrs. Já que é a hora que todo vai estar livre pois é horário de almoço. - Naruto fala começando a roçar sua cabeça se aproximando de Hinata, onde pega sua mão e se assusta já falando.

- Isso, te esperamos lá Sakura-chan. Nos precisamos ir, mas até logo - Hinata fala com um sorriso tímido em seus lábios carnudos.


Sakura acena apenas com a cabeça e sai do local indo direto para sua casa com as mãos já vermelhas por estarem pesadas. Adentrando sua casa ela coloca tudo em cima da mesa, para assim já guardar para fazer um pão torrado para comer. Já estava no seu limiti por estar com tanta fome. Depois de comer ela foi até seu quarto, separando uma roupa antiga que usava antes de se juntar a Anbu, que era meio que de treinamento e sair para todos os cantos, se sentia confortável com aquilo e valorizavam bastante suas curvas. Dando a hora de ir almoçar no lugar marcado começou a passar um leve batom rosinha em sua boca, parando em frente ao seu espelho, onde se encarou e gostou bastante do que viu, soltando um sorriso boba para si mesma, saindo logo já de sua casa a trancando e indo para o seu compromisso.


Chegando lá ja se encontrou com todos, menos Kakashi, como sempre atrasado e último. Parece que algumas coisas nunca mudam, não é mesmo. Se encontrando com seus amigos já os cumprimentando se sentando ao lado de Ino, que estava com seu namorado. Parece que todos estavam na verdade. É, Sakura Haruno estava de vela, ela odiava ficar. Para Ficar ainda melhor chegou Shikamaru com Temari, que já sentaram perto de Neji e Tenten, que estava a se olhar meio bobos. Sakura ainda não sabia como eles ainda não estavam juntos, talvez seja porque Neji tem dificuldade com isso, mas até onde ficou sabendo conversando com Ino naquele lugar eles estavam ficando desde de quando a cereja saiu da Vila. Estranho não namorar depois de passar muito tempo como esse, mas quem seria ela para julgar. Todos já estavam inquietos com fome, com a espera do Hokage. Temari foi a primeira a se rebelar já ficando brava e querer bater no coitado do seu namorado que a tentou a acalmar. Naruto já estava a minutos reclamando querendo pedir seu pedido, que não nem nada nem menos que lamen. Não demorou tanto para o prateado chegar com uma cara meio sem graça. 


- Eu encontrei um gato na árvore aí eu fui...- Antes mesmo de terminar de falar todos falaram juntos:

- Me poupe as suas desculpas Kakashi! 


É, muitas coisas não mudam mesmo. E com isso todo mundo ficou feliz, pois iam fazer seus pedidos, e a espera seria algo muito agradável, pois teriam todos ali para conversar coisas que todos gostavam, fofoca. Não demorou muito para chegar às comida e eles começarem a comer que logo acabou com a rapidez de todos estarem famintos. Fui a primeira a achar estranho quando Naruto se levantou com Hinata segurando sua mão e limpando a garganta, já querendo começar a falar, antes mesmo deixando sua namorada muito vermelha.


- Então... Eu trouxe vocês aqui não só para comer mas também para dar a notícia tão maravilhosa que eu e Hinata vamos nos casar! - Todos olharam espantados para o casal, mas logo começaram a bater palmas e dar gritinhos de felicidades - E gostaria que já que Sakura-chan está aqui, queria perguntar se Kakashi-sensei e Sakura queriam ser nossos padrinhos de casamento. Pois Sakura-chan é como uma irmã para mim e Kakashi-sensei como um pai. Gostaria muito que vocês aceitem.

- Claro que queremos! - Disseram os dois juntos, sim Sakura e Kakashi falaram juntos, dando um sorriso de alegria. Não daria para ver o sorriso do prateado mas sentiria que sua reação seria essa.


Após essa tal declaração todos abraçaram os noivos e aproveitaram o resto do tempo que sobrou até acabar o horário de almoço de todos, para assim conversar ainda mais. E assim passou, um momento de felicidade muito importante para todos ali presente. Após essa tal emoção no almoço a rosada voltou para sua casa disposta a dar uma arrumada sobre ela melhor. Que com isso parou para pensar que ela teria que entrar junto com Kakashi dentro da igreja já a daria calafrios em sua barriga. Agradeceu que ele não quis falar com ela, mas achou estranho, parece que ele estava a evitando, não que ela não estivesse fazendo o mesmo por causa de seu sonho, mas se sentiria mal, e com isso decidiu levar um pedaço do pudim que tinha feito pouco tempo atrás, antes de terminar seu trabalho naquela casa. 


Sakura on;


Eu estava muito inquieta enquanto andava pelas as ruas, só de imaginar ficar cara a cara com ele me deixava meio que boba, não sei porque fico assim, mas ele acaba me deixando desse jeito. Constrangedor eu posso dizer, me sinto uma menina toda apaixonada. Isso me faz me sentir cada vez mais trouxa ainda, não sei porque, mas acho que consciente em Sasuke. Já faz um bom tempo que eu não tenho mais notícias dele, mas pouco me importo, importante é que me não sou mais apaixonada por ele, e espero que isso continuei.


Não demorou muito para eu chegar ao prédio do Hokage, que assim que já entrei fui direto a sua sala, onde bati na porta e recebi permissão de entrar. Entro já com um meio sorriso em meus lábios, se aproximando.


- Olá Hokage!

- Não precisava desse tipo de formalidade Sakura, apenas Kakashi já é o suficiente. - Acenti com minha enquanto me aproximava cada vez mais perto dele, já sentando em sua frente lhe dando a sua mesa o que eu trouxe. Percebi o olhar de curioso dele e falei antes de esperar sua pergunta.

- É pudim.. quer dizer, te trouxe um pedaço de pudim. Espero que goste. Antes de falar que não precisava espero que aceite. Até porque vim saber porque está me ivitando. - Ele me olhou meio que assustado, mas respirou fundo, e com cuidado se levantou de sua mesa se aproximando de mim, ficando a minha frente.

- Muitos motivos constrangedores... Mas o que mais me assusta é o por que de eu querer fazer isso.. - Antes de eu falar algo ele levou sua mão ao rosto onde a acariciou e assim aproximou seu lábios aos meus com cuidado ainda com sua máscara. Na minha cabeça aquilo estava acontecendo lento, mas eu sabia que foi em estantes de rapidez e já assim ele começou a ficar um beijo ainda mais molhado e quente. Sua mão que estava em minhas bochechas foram para meus olhos, onde os tampou e assim senti ele pedir passagem com a língua e por meio de instinto natural eu aceitei, já sentindo sua língua preencher meus lábios ao mais fundo possível, me fazendo sentir o leve gosto de vinho, que me fez perceber o porque dele estar me beijando. Em movimentos rápidos o empurrei vendo e parando para perceber que eu estava fazendo, infelizmente eu mantive olhos fechados ainda quando o empurrei, fazendo que quando abri meus olhos já o vi com máscara. Olhei espantada para ele sai dali dando passos rápidos, ouvindo sua voz e assim puxar meu braço. 



Sakura of

Kakashi on


Desde de quando vi Sakura entrar pela  porta senti uma leve atração por ela, leve digamos assim né, pois parecia que tinha borboletas em minha barriga, estava parecendo um adolescente apaixonado... Quando a vi na churrascaria tentei não olhar para ela ao máximo. Quando eu ouvi que Naruto pediu nao pensei duas vezes e aceitei, e tentei parecer mais normal possível, percebi a mulher ficar corada, mas acho que nem ela percebeu isso. Entao eu estava ignorando ela, pois eu não estava bem ao certo ponto te conversar com ela normal como antes, quando éramos sensei e aluna. Isso, ela era minha ex aluna, o que eu tinha na minha cabeça ao pensar dela daquela forma, de uma forma tão inadequada. E foi na bendita hora que eu quis beber aquele litro de vinho sozinho, ainda por cima virando para Shikamaru não me ver bebendo, pois eu não estava afim de levar sermão dele. Quando escutei batidas na porta guardei rápido o litro vazio, já olhando para os papéis em cima da mesa, mas quando olho para cima vejo Sakura! Aquilo foi um gatilho, e já por estar com vontade não segurei, pois parece que a bebida me deu coragem, e foi num impulso que tudo aconteceu... Eu beijei a rosada, na hora eu gostei muito, mas depois que ela me empurrou eu tomei minha postura e percebi em qual posição eu estava, numa totalmente diferente de Sakura, ela era minha ex aluna, droga, nao sei como não percebo e coloco isso na minha cabeça. Fui rápido o suficiente para colocar minha máscara de volta e já a ver indo embora, acabei falando e depois em impulso peguei em seu abraço.


- Me desculpa Sakura. Eu não sabia o que tinha na minha cabeça. - Mas logo com sua força bruta que sabemos que ela tem soltou minha mão com facilidade de seu braço e saiu. Depois eu gelei em só pensar nela na festa mais tarde. Eu não queria ir naquele momento, mas prometi que ia para Naruto mais cedo quando ele veio pessoalmente me pedir. É, parece que vai ser longa essa noite.



Notas Finais


E aqui vai um capítulo antes de postar o outro amanhã. Se você leu até aqui só tenho que te agradecer, e caso tenham erros de português peço desculpas desde de já.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...