1. Spirit Fanfics >
  2. Meu Homem de preto-leonetta >
  3. Em direção a missão da nossa vida

História Meu Homem de preto-leonetta - Capítulo 13


Escrita por:


Notas do Autor


Oioi xentii! Mais um capitulo pra vocês! 💕

Capítulo 13 - Em direção a missão da nossa vida


Fanfic / Fanfiction Meu Homem de preto-leonetta - Capítulo 13 - Em direção a missão da nossa vida

"Você nunca sabe a força que tem. Até que a sua única alternativa é ser forte."-Johnny Depp 


        Buenos Aires,Argentina- 8:00AM


        Leon Vargas

        Acordo com o despertador tocando e rapidamento levanto indo em direção ao banheiro, faço minhas higienes e coloco o uniforme do "Spa" que vai atender a "Senhorita Jade". Coloco minha arma e uma faca dentro da roupa.

Saio do meu quarto e desço as escadas vendo minha irmã e meus pais sentados a mesa.

    -Bom dia.-Falo e pego uma maçã na mesa.

    -Bom dia Maninho, não sabia que estava trabalhando em um spa agora.-Francesca fala rindo

   -Quero ver quando você tiver sua primeira missão em dupla, vou torcer pra te colocarem a roupa mais ridicula.-Falo sério

    Ela me dá a língua e volta a comer.

     Minha mãe se levanta e me abraça se despedindo.

    -Calma mãe, só vou ficar três dias fora!-Falo secando uma lagrima solitária que cai dela.

    -Se cuida meu filho, quando você chegar vou fazer umas paletas mexicanas.-Ela fala sorrindo.

     -Não liga pra sua mãe filho, ela é muito sentimental!-Meu pai fala rindo e indo me abraçar, depois recebe um tapa no braço da minha mãe.

     -Ai mulher, eu só tava brincando.-Meu pai fala fazendo cara de dor e colocando a mão no braço.

     Minha irmã se aproxima de mim rindo com a cena e me abraça.

    -Boa Sorte maninho!-Ela fala ainda me abraçando.

    -Obrigado!-Falo desfazendo do abraço.

       Saio de casa e vejo o carro da organização, rapidamente um soldado pega a minha bolsa e eu entro.


      Violetta Castillo

Estava acordando quando sinto um peso em cima de mim.

       -Sai seu gordo!-Grito pra Diego.


      -Tenho que te acordar assim, você dorme mais que a cama.-Diego fala rindo e sai de cima de mim. 

       -Sai, sai, sai do meu quarto!-Falo o empurrando em direção a porta.

-Nossa você tra...-Não dou tempo de deixar ele falar e fecho a porta em sua cara.

Respiro fundo e sigo pro banheiro, faço minhas higienes e coloco o uniforme do "Spa". O mesmo caiu muito bem em mim, apesar de ser bem simples. Prendo meu cabelo em um rabo de cavalo e coloco minha arma escondida dentro da roupa. 

Coloco meus acessórios de combate, os brincos eles tem um dispositivo de explosão que quando entra em contato com o chão explode tudo que está em volta. 

A organização distribui esses equipamentos quando estamos em treinamento, e eles são de grande ajuda. Coloco minha pulseira com o disfarçe de uma pulseira normal e saio.

Me despeço dos meus pais que estão muito emocionados pois eu vou para minha "Primeira missão em dupla".

Quando chego perto da porta, abraço meu irmão.

-Mesmo você fechando a porta na minha cara eu ainda te amo.-Ele fala ainda abraçado comigo.

-Você mereceu.-Retruco me desfazendo do abraço.

Eu rir e me deseja boa sorte.

Saio de casa e entro no carro da organização indo em direção a missão da minha vida.

[...]

Chego na organização e vejo o homem de preto e do lado dele Antônio.

Saio do carro e vou cumprimenta-los.

-Oi esquentadinha.-Leon fala sorrindo.

-Oi Vargas.-Falo retribuindo o sorriso.

-Bom dia Agente Violetta!-Antônio fala me cumprimentando.

-Bom dia Antônio.

-Me sigam, vou levar vocês até o carro do spa.-Antônio fala indo em direção ao estacionamento da organização.

Seguimos Antônio até uma van preta escrito "Spa AnnaBela", com as letras na mesma cor do nosso uniforme. 

Vejo Antônio olhando o relógio do seu pulso e se direcionando para nós.

-Agentes, está na hora. Lembrem-se que Camila vai está sempre alerta juntamente com vocês. Qualquer coisa, chamem ela pela pulseira.-Antônio fala sorrindo.

Camila é a esposa de Antônio, sua secretária e seu braço direito. Ela é uma senhora muito bonita e foi uma grande agente. Minha mãe fala que ela fez uma grande missão com meus avós e é  muito simpática. 

-Está bem Antônio, obrigado!-Leon responde com sua pose séria e entrando no banco do motorista.

-Obrigada Antônio.-Falo sorrindo e entrando no banco do carona.

Logo Leon arranca o carro e sai da organização. Olho para trás e vejo alguns carros pretos um pouco longe de nós, provavelmente são da organização disfarçados.

-Nervosa?-Leon pergunta prestando atenção na estrada.

-Estava, mas agora não mais.-Falo dando de ombros.

-Vai dar tudo certo.-Ele fala me fitando e dando um sorriso reconfortante.

E que sorriso lindo que esse homem tem! 

-Você tem um sorriso muito bonito.-Falo olhando para estrada.

-Obrigada, é de Familia.-Ele fala rindo.

Acabo rindo junto com ele, quando escutamos o dispositivo de alerta do carro apitar. Aperto o botão e vemos Camila como sempre com o seu sorriso no rosto.

-Olá Agentes!-Camila

-Olá Camila.-Eu e Leon falamos juntos.

-Vocês ja estão chegando no chalé, pelo que estamos vendo, Jade acabou de pedir o café dela no quarto.

-Está bem Camila.-Vilu

-Depois vocês vão para o Hotel "San Cristóvão", fica a duas quadras do chalé.-Camila continua- Com quem Jade esteja envolvida, eles vão querer se vingar. Então, vocês não podem ir para casa hoje.-Camila

-Já foi confirmado com quem ela está envolvida?-Leon pergunta.

-Ainda não Agente Leon, precisamos dela pra confirmar nossas suspeitas.-Camila suspira.

-Vocês vão entrar na cidade agora, qualquer movimento suspeito eu lhes aviso. Boa Sorte!-Camila termina e desliga a transmissão.

-Ela parece está preocupada.-Comento já avistando a entrada da Cidade.

Apesar de ser no interior, a cidade que Jade está hospedade fica bem perto da nossa. É uma cidade pequena e de poucos habitantes. 

-Apenas deve ser muito estressante, o marido dela tem muitas responsabilidades e acaba interferindo nela também.-Leon responde parando o carro. 

-Chegamos.-Falo suspirando e saindo do carro.

O chalé era muito bonito e grande também, tinha muita cara de interior mesmo. O mordomo pediu a chave da van para Leon e levou o carro até o estacionamento. 

-Esses equipamentos de spa pesam!-Fala Leon entrando no chalé com duas bolsas nas mãos.

-Deixa eu te ajudar senhor reclamão!-Falo rindo e pegando uma bolsa.

Leon me olha com uma cara de poucos amigos e segue andando até a recepção.

Entro na frente dele correndo e me direciono a recepcionista.

Era uma moça de olhos claros e cabelos negros compridos, aparentava ser nova.

-Bom dia.-Falo e olho pra Leon que estava observando tudo sério.

-Bom dia, posso ajudar?-Ela tira os olhos do computador e nos olha. Seus olhos passam pelo corpo de Leon e ela morde os lábios. Que safada! 

-Nós gostariamos de saber qual é quarto da senhorita Jade Lafonteinner, nós somos do Spa AnnaBela.-Falo bem séria para ela.

-Ah sim, só um minuto.

Ela sai e vai ao outro lado para fala ao telefone.

-Está com ciúmes Castillo?-Leon sussura em meu ouvido fazendo eu tomar um susto.

-Que susto Vargas!-Falo irritada e vejo o mesmo rir.-Ciúmes? Cla..claro que não, só não temos tempo pra ela ficar te comendo com os olhos.-Falo cruzando os braços.

Ele balança a cabeça rindo. 

Mas é claro que eu estava com ciúmes, eu até entendo que o Leon tem um corpo muito lindo mas o que ela ta fazendo é uma falta de respeito. Apesar, que ele é solteiro e não tem mal algum. Por que eu estou com ciúmes? 

Saio dos meus pensamentos com a cabelo lambido chegando.

-O quarto é o 242, fica no 2°Andar podem subir.-Ela fala ainda olhando Leon.

Eu o puxo bruscamente e vou em direção ao elevador.

-Calma esquentadinha, eu não vou evaporar daqui não.-Leon fala colocando a mão aonde eu puxei.

-Dane-se, vamos logo acabar com essa missão que eu preciso comer.

-Sempre pensando em comida, né Castillo.-Leon fala fitando o elevador.

-Claro!-Falo e o elevador abre, saindo algumas pessoas. Eu e Leon entramos e por sorte não tinha ninguém atrás de nós.

Ficamos só eu e Leon no elevador. Ele aperta para subirmos no segundo andar e um silêncio constrangedor invade o ambiente. Sinto minhas pernas bambearem e meu coração ficar acelarado quando vejo o mesmo se aproximando de mim. Nossos corpos já estavam colocados e faltava apenas alguns milímetros para nossas bocas se encostarem, quando somos interrompidos pelo barulho do elevador avisando que já havíamos chegado. 

Sinto minhas bochechas ficarem vermelhas, acho que já parecia um pimentão. Me separo de Leon rapidamente e sem falar nada saio do elevador procurando o quarto de Jade. 


Leon Vargas

Não sei o que aconteceu no elevador, só sei que me deu uma vontade absurda de beijar Violetta. Estávamos quase nos beijando quando a porta do elevador se abre revelando o andar. 

Agora estou eu atrás de Violetta, enquanto ela procura o quarto da Jade. Esse andar é enorme e tem vários quartos, chegamos ao final do corredor e encontramos o quarto de Jade. Era o ultimo quarto do corredor, realmente ela queria se enconder. Quando Violetta vai bater na porta eu entro em sua frente.

-Ei!-Ela fala fazendo aquela sua cara irritada.

-Eu sou melhor em apresentações.-Falo pra ela e pisco.

Bato na porta e Jade atende.

-Sim?-Ela abre a porta colocando a cabeça para fora. 

-Bom dia Senhorita Jade, somos do Spa Annabela.-Falo com meu melhor sorriso no rosto.

-Oh sim, podem entrar!-Ela abre a porta dando espaço para nós entrarmos.

Que comece o show! 



Notas Finais


Esse foi o capitulo pessoal! Beijo Leonetta quase saiu hoje 🙈 ainda vamos ter muitas surpresas! Se eu consegui posto mais um hoje, se não, o próximo sairá amanhã. Até o próximo capitulo e Tchau Tchau! 💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...