História Meu idiota - Capítulo 25


Escrita por:


Notas do Autor


O que será da vida de David ? Apaixonado por Gabriel e com um novo sentimento por Sam. Bora lá vê o que vem por aí meus leitores(ras) lindos(das). Desculpa pela demora.

Capítulo 25 - Tudo muda sempre


Fanfic / Fanfiction Meu idiota - Capítulo 25 - Tudo muda sempre

O almoço já está na mesa e quase todos já estam na mesa, menos David. Dora e Alejandro conversam e Gabriel conversa com Karla pelo celular.

- O bom de hj foi não ir pra escola.

- tá louca? Primeira vez que falto. Tomara que meus pais não descubrem! Eu disse que ia da sua casa pra escola.

- se tu começar andar muito comigo vai tomar gosto em faltar.

- nunca tá louca? Dora sou o melhor aluno da salão e uns da escola.

- Kakakakak (risos de deboche) ok ne. Cadê David? To morta de fome e ele não sai daquele quarto.

- esqueceu que agora ele é outro. Tem que sempre está arrumado do jeito que ensinei ele.

- tu tá ciente que tu criou um monstro ne,David vive se olhando no espelho da ate medo.

- kakakakaka(risos).

- será se aconteceu algo com ele lá dentro pessoal?

- Nada Gabriel já ele sai. Falando nisso olha ele aí.

- Oi pessoal. Desculpe a demora

- Maninho vc estava batendo punheta?

Todos olham pra Dora com umas caras de não esperarem aquilo. David longo ficou vermelho e Alejandro começa a rir sem parar.

- nao, não..Não tá louca? 

- to brincando maninho. Bora comer

= vamos..

Então se sentaram na mesa e começaram a comer. No hospital os medicos faziam mais exames em Sam. No centro de investigação Marcello está a apurar novas prova do tal serial killer.

- Investigadora Kelly o que vc me diz sobre essas digitais?

- senhor as digitais fora alteradas, não bate com ninguém da cidade ou do país.

- Como não? Esse nerds é mas esperto do que imaginávamos.

- Marcello ele cortou a pele onde fica as digitais.

-Filho da mae. Mas vamos pegar esse assassino.

No hospital o medico conversa com os pais de Sam, depois de horas avaliando o estado de Sam.

- E ai doutor? Meu filho vai sair dessa.?

- infelizmente fizemos o que podemos, agora é só esperar. Ele por acordar a qualquer momento ou não, e tbm não sabemos se ele teve outras sequelas. 

- não doutor. Por favor não diga isso.

- calma querida! Nosso filho é forte.

*Sam em como em um sonho profundo: ele vem cores se misturando e algumas vozes distante que não consegue reconhece de quem são. Ele parece que está sentado e olha para as mãos, depois para os pés descalços.*

Depois de terminarem de almoçar, Gabriel convida, David, Dora e Alejandro para ficarem na sala.

- gostaram?

=sim. Simm

- obrigado por vcs aceitarem o meu convite.

- tudo bem.

- mas agora temos que ir pq saímos escondidos do nosso pai. Se ele ir em casa e vê que não estamos lá agente se lasca.

- ok. Mais uma vez obrigado.

=obrigado também.

Os três se despediram de Gabriel e foram para o carro. Gabriel não tirava a cena que aconteceu no quarto de Sam e o pq de David ter recusado de seguir, pois nos olhos dele tava escrito que queria ir além. Com David tbm não era diferente, passou o almoço todo quase calado. 

- pq vc está tão calado David? Aconteceu algo?

- Não é nada amigo

- Aconteceu sim Alej eu conheço meu maninho, conta logo.

- vishi se for babado quero saber, nada de segredo entre nós.

-Affs vcs são demais. Ok aconteceu.

-vou ksksksks(risos ) o pouco tempo que moramos juntos já te conheço.

-......

=Contaaaaaa o que aconteceu.

- vcs dois dão certinhos. Credo. Ok vou contar.

= vai, vaiiiiiii. Vai...

- eu e Gabriel ficamos.

- o que viado? Estou morto, Jesus! Como assim? 

- credo maninho

- o que Dora? Vcs não queriam saber!

=sim... Conta mais.

- e não foi a primeira vez. Mas não passou de uns beijos.

- viado tu tá sabendo que tu vai morrer se Karla saber disso.

- e é por isso que nenhum de vcs vai contar pra ninguém.

- sou uma múmia maninho.

- viado tu tá saindo uma verdadeira piranha. Mas amei pq aquele Gabriel é muito gostoso eu dava fácil pra ele.

- que horror viado acalma teu fogo aí deixa meu maninho fala o resto.

- hummm. Estou com a consciência pesada.

- pq amigo?

- Pq eu aceitei o pedido de namoro de Sam no dia do acidente. E estou me sentido culpado e traidor.

- Puts 

- putinha sem valor a senhora. Ksksksk(risos) To brincando amigo. E agora?

- quero que vcs me ajudem! To sem saber o que fazer. Eu sou louco por Gabriel e estou gostando de Sam tbm.

- irmãozinho vc está fudido.

- obrigado Dora.

E assim ele foram conversando até chegar em casa. O dia todo chovia e parava.



Notas Finais


Bom pessoal foi isso hj, um pouco curtinho e bem simples. So pra não deixar vcs sem capítulo. Adoro vcs, qualquer coisa só comentar e desculpa qualquer erro


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...